Padrons do Move tem 13,2 metros por causa de restrição do Contran

Publicado em Sem categoria

Documento técnico que define como devem ser os ônibus do Move, o decreto 15.019 datado de 18 de setembro de 2012, permite – nos itens 3.2.1. e 3.2.2. –, que os ônibus padrons (BRTs simplificados, de motor dianteiro e capacidade para 100 passageiros) tenham de 13,2 a 15 metros de comprimento, o que aumentaria a capacidade dos coletivos no transporte rápido por ônibus.

Outro documento, anterior e soberano, pois foi publicado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) em 13 de novembro de 2006, contudo, especifica que as dimensões autorizadas não podem passar de 14 metros em veículos não-articulados. E podem até chegar aos 15 metros, desde que os veículos (no caso, do transporte coletivo urbano de passageiros – ônibus), sejam equipados com o terceiro apoio (eixo) direcional.

Desde o começo das negociações da frota do Move, a maioria dos operadores (consórcios) foi unânime ao priorizar o padron de dois eixos. A Mercedes-Benz até cogitou desenvolver um chassi OF-1724 6×2. Ficou na hipótese.

Na prática, todos os padrons foram encomendados com 13,2 metros por causa da restrição. Um dos empresários do setor, ao ser questionado sobre o porque em não adotar o terceiro eixo, disse que compensa mais encarroçar um ônibus articulado.

A Resolução do Contran é a de número 210.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *