Fabricante repõe ônibus do BRT/Move incendiado na Av. Pedro I

Publicado em Sem categoria

A fabricante de carrocerias Marcopolo entregou à Viação Jardins (empresa do grupo Saritur) um ônibus zero quilômetro para repor o articulado do BRT/Move da linha 61 (Estação Venda Nova/Centro – Direta) que pegou fogo em operação na Av. Pedro I, em junho do ano passado. O novo coletivo é idêntico ao Marcopolo Viale BRT chassi Mercedes-Benz O-500 MA de prefixo 10701 incendiado, que estava nas ruas desde o primeiro dia de operação do transporte rápido por ônibus, em 8 de março de 2014.

Na ocasião do incêndio, testemunhas afirmaram que o fogo começou na articulação do ônibus – onde há uma rótula e fiação elétrica sob a sanfona que une os dois vagões. O motorista Maurício Ferreira de Lima contou que percebeu uma fumaça estranha e parou o coletivo na pista exclusiva do Move, próximo ao Parque Municipal Fazenda Lagoa do Nado, no Bairro Planalto, Região Norte da capital. Ao ir verificar a articulação, Maurício observou que havia chamas na parte debaixo. Funcionários de um posto de gasolina ficaram assustados com o fogo. Sete passageiros saíram ilesos. Embora o incêndio tenha começado no centro da carroceria, a Saritur declarou que o ônibus sofreu perda total.

Em setembro, a Marcopolo afirmou que a perícia contratada para investigar a causa do incêndio foi inconclusiva. Caso tivesse sido constatado problema de fabricação, a BHTrans e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH) exigiriam um recall. “Foi encontrado diesel na sanfona (que é feita de material inflamável), o que acabou colaborando para a rápida propagação do fogo”, disse a Marcopolo na época, em nota.

Ônibus que pegou fogo em operação teve perda total

Marcos Vieira/EM/D.A Press

Procurados pelo blog para falar sobre a substituição do BRT/Move incendiado, Marcopolo e Saritur não se posicionaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *