As 10 linhas de ônibus mais superlotadas de BH

Publicado em Move, Sem categoria, Transporte urbano
Renato Weil/EM/D.A Press 3503 lidera o top 10 de linhas com maior movimento de passageiros
Renato Weil/EM/D.A Press 3503 lidera o top 10 de linhas com maior movimento de passageiros

Superlotação está entre as principais queixas de usuários do transporte coletivo por ônibus. Em Belo Horizonte não é diferente. Dezenas de itinerários trafegam abarrotados de passageiros não apenas no horário de pico, o que impacta na mobilidade urbana – uma vez que se gasta de mais tempo para ir de um ponto ao outro da cidade e quem pode, foge dos coletivos usando outros meios, como carros e motos. Entre as 10 linhas que mais transportam passageiros na capital, a que mais chama a atenção é a diametral (ônibus azuis) 3503, conforme mostra levantamento feito a pedido do Faixa Exclusiva.

Interligando os bairros Santa Terezinha, na Regional Pampulha, e São Gabriel, na região Nordeste, passando pelo Centro, a 3503 carrega uma média de 579.799 passageiros/mês com uma frota de 43 ônibus. A viagem tem tempo médio de 80 minutos – mais de uma hora dentro do busão.

Paulo Filgueiras/EM/D.A Press 1502 (Vista Alegre/Guarani) aparece na segunda colocação
Paulo Filgueiras/EM/D.A Press 1502 (Vista Alegre/Guarani) aparece na segunda colocação

Outra linha igualmente longa é a 5201 (Dona Clara/Buritis), que desde a implantação do BRT/Move usa ônibus do tipo Padron, com ar-condicionado e maior espaço interno. Mesmo assim segue carregada – média de 406.934 passageiros/mês transportados por 41 coletivos com viagens de 85min. Veículos do tipo articulado, com maior capacidade de transporte e presentes nas linhas troncais do sistema BRT, poderiam amenizar o problema (e as queixas dos usuários, espremidos feitos lata de sardinha…).

Única linha troncal da lista das 10 mais, a 30 (Estação Diamante/Centro), que ainda tem ônibus convencionais, também não ajuda: 87 min., 364.146 usuários/mês e 44 coletivos em circulação – esperamos que a implantação do BRT/Amazonas melhore a ‘velocidade comercial’, como o Setra-BH define o ritmo de viagem dos coletivos.

Marcos Vieira/EM/D.A Press Problemática, a 9250 leva 102min. por viagem
Marcos Vieira/EM/D.A Press Problemática, a 9250 leva 102min. por viagem

O top 10 de superlotação inclui ainda uma das linhas mais problemáticas de BH: a 9250, marcada pelo alto índice de evasão (não pagamento da passagem) e um trajeto que parece não ter fim. Entre os bairros Caetano Furquim e Nova Cintra, passando pela região do BH Shopping e a Savassi, gasta-se cerca de 102min. (quase duas horas!!!), viagem de ônibus mais longa de Belo Horizonte.

CONFIRA O TOP 10:

Linha Passageiros* Frota Viagem Distância percorrida
1. 3503 – Santa Terezinha/São Gabriel 579.799 43 80min. 9.442.293m
2. 1502 – Vista Alegre / Guarani 421.069 31 80min. 5.004.380m
3. 5201 – Dona Clara/Buritis 406.934 41 85min. 6.575.589m
4. 9101 – Alto Vera Cruz/Santa Lucia 404.709 29 59min. 3.541.740m
5. 9250 – Caetano Furquim/Nova Cintra 399.401 40 102min. 5.438.086m
6. 9205 – Nova Vista/Nova Cintra 364.736 27 67min. 4.489.588m
7. 30 – Estação Diamante/Centro 364.146 44 87min. 10.613.584m
8. 4802 – Pindorama/Boa Vista 355.163 28 79min. 4.673.004m
9. 4110 – Dom Cabral/Belvedere 336.435 37 86min. 4.571.334m
10. 8207 – Maria Goretti/Estrela Dalva 330.950 42 84min. 4.371.164m

*Números de agosto de 2016
Fonte: BHTrans

31 comentários para “As 10 linhas de ônibus mais superlotadas de BH

  1. Eu discordo em relação a linha 3503 no sentido Santa Terezinha. Quem pega a linha no centro sentido Santa Terezinha gasta em média horário de pico 45 a 50 mim para chegar em casa. Antes das 17 h a média é de 30 há 35 min. O que foi colocado 80 min, deve ser de um bairro para o outro, ou do centro até São Gabriel, pois, em relação ao tempo gasto Centro-Santa Terezinha, não procede. Hoje a linha 3503 é uma das melhores linhas em relação horários de frota de ônibus.

    1. Melhores? Digo por experiência, a linha 3503 é uma das piores de BH. Quanto ao tempo, o cálculo, segundo a matéria, é relativo ao percurso Santa Terezinha-São Gabriel.

    2. E linha 9805 ficamos quase 25 minutos nos pontos e ele demora a passar e olha que santa efigenia é pertinho do centro

  2. E a linha 5106 BH-Shopping/ Bandeirantes??? Vive lotada, nem a BH trans nem a prefeitura resolve este problema que se arrasta a anos. Será que a nova administração conseguira resolver???

  3. Esqueceram os campeões: 9103 – Santo Antônio/Santa Tereza, 5102 – UFMG/Santo Antônio e nas linhas alimentadoras: 616 – Céu Azul!

  4. Essa demanda Passageiro/Dia não é possível… Deve ser passageiro mensal: Explicando: Linha 9101 tem 404.709 Passageiros e 149 viagens no dia útil… dividindo dá uma média de 2.700 passageiros por viagem. O veículo cabem 80 passageiros e considerando a rotatividade… impossível, né?!

    Abraços e sempre vejo o blog.

    1. Desculpe, mas esse número é perfeitamente aceitável levando consideração o embarque e desembarque de passageiros sendo que o itinerário é bairro a bairro cortando o centro de BH.

  5. Vocês esqueceram de colocar o Jardim Leblon, que agora está atendendo ao bairro Rio Branco. Um absurdo, o que a Bhtrans faz com a gente. Já temos poucos ônibus, motoristas dando nó e essa empresa, com a conivência da prefeitura, estende o ônibus para outro bairro. A gente fica um tempão esperando essa carroça na Estação Pampulha e quando chega o ônibus fica lotado. Êta Move nojento. Só atrapalhou a gente.

  6. isso é porque voces nunca visitaram a estacao , jose candido da silveira, para verem a fila e desordem no embarque da linha 0822 vila maria. é horrivel, o ponto final da inha é na estacao e os motoristas saem qundo eles querem, nao cumprem horarios e matam viagens e a gente liga pra bhtrans para reclamar, eles falam que é mentira. Resquicios do PT.

  7. E as linhas 4102 e 4107? É um descaso com a segurança dos passageiros, motoristas e trocadores, permitir que os ônibus circulem com esse excesso de pessoas todos os dias. Além de não colocarem mais ônibus em circulação, proibem os chamados “perueiros” de fazerem o serviço que não estão fazendo. Ja que não tem ônibus pra atender a enorme demanda, ao menos regulamentem os “perueiros” que apenas estão tentando trabalhar. Estou cansada de ver viatura da bhtrans e da pm apreendendo e multando essas pessoas, enquanto na praça sete celulares são roubados e ngm faz nada. Vamos rever as prioridades? Parar de visar a o lucro com as multas e apreensões e dar valor pro que realmente sao pagos pra fazer que é garantir a segurança pública é o caminho.

  8. Discordo totalmente do 3503 está na primeira posição, de onde saíram estes dados estão totalmente equivocados. A frota de BH está muito mal distribuída, este 3503 é o ônibus que anda mais vazio, certo dia contei 11 carros um logo após o outro de 3503 todos completamente vazios enquanto esperáva o fatídico 3501 Jardim alvorada São Marcos que só vem uma vez na vida e outra na morte e anda igual lata de sardinha de tão cheio…estava outro dia no ponto da rua rio de janeiro enquanto passou 5 ônibus pra sabará isto mesmo SABARÁ e nada do maldito 3501 passar. É preciso rever esta situação bhtrans linhas com carros sobrando e outras faltando absurdo e descaso com a população.

  9. Cada um sabe o seu martírio em pegar a linha do seu bairro. O 1404B mesmo não tem lógica: Do Inconfidência/Estrela do Oriente, o ônibus vai pro centro pela Pedro II. No sentido contrário, vai pela Padre Eustáquio, que vive garrada! Tinha que passar pela Pedro II na volta também!

  10. Pelo menos se os ônibus fossem de motor traseiro e com ar condicionado, melhoraria bem o conforto dos passageiros principalmente dos motoristas que sofrem com o transito caótico de BH, o barulho e o calor do motor é desumano. O que temos em BH são caminhões adaptados para transportar pessoas.

  11. Ônibus 4032, 4107 e 4201 no horário de pico, 08:00 no bairro e 18:00 na Savassi e Centro. Vivem lotados…. além do normal. Até perigoso. Só volto pra casa em pé no ônibus.

  12. Entendo que as linhas que mais transportam passageiros nos ônibus de bh tem que ser as que transportam das estações direto para o centro. Principalmente a 50 e a 83D. Transportam passageiros de muitos bairros. Faltou esses números.

  13. Vocês se esqueceram das linhas alimentadoras. Exemplos de linhas superlotadas são: 616 – Estação Pampulha/ Céu Azul C;
    617 – Estação Pampulha/ Piratininga via Rio Branco;
    618 – Estação Pampulha/ Rio Branco via Jardim Leblon.
    Cabe destacar também as linhas do MOVE: 50, 51, 61, 62, 65, 66, 83P 83D.

  14. NÃO ADIANTA, NINGUÉM VAI CONCORDAR COM NINGUEM. A LINHA 3501A POR EXEMPLO, É UMA LINHA PRESTES A SER EXTINTA, BAIXA DEMANDA DE PASSAGEIRO, BASTA VERIFICAR O QUADRO DELA, O BAIRRO SÃO MARCOS HOJE É RODEADO POR GRANDES BAIRROS COM LINHAS MAIS FORTES ONDE OS USUARIOS MIGRAM,NUNCA PODE COMPARAR COM SABARÁ QUE É UMA CIDADE E TEM 1000% MAIS USUARIOS. O CERTO SERIA UMA LINHA DO 5503 CORTANDO POR DENTRO DO SÃO MARCOS, E O RESTANTE DO PESSOAL , NUMA LINHA DO METRÔ

  15. gente a linha 30 estacão diamante centro, principalmente o direto, e o terror muita invasão brigam com os motoristas porque deixaram invadir pela porta traseira mas coitados o que eles pode fazer, si falar alguma coisa agora e tudo vou te matar, os passageiros de bem tem que si unir pedir o motorista para parar na primeira viatura que ver e apontar quem são os invasores e fazer descer todo mundo e dar lugar para quem pagou passagem

  16. Faltou colocar a linha 4501 (Califórnia /São Paulo ) em horário de pico por causa de um novo condomínio fechado no meio do itinerário e a vila também. E sem contar que são poucos ônibus nessa linha

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *