Ar-condicionado do BRT/Move depende de fatores para ser eficiente

Publicado em Sem categoria

Um dos problemas encontrados por usuários do BRT/Move nos primeiros dias de operação, o sistema de ar-condicionado dos ônibus articulados depende de faixas de temperatura e ventilação específicos para operar com eficiência. O clima ideal oscila entre 22 e 25 graus, afirma o executivo de vendas da Thermo King – uma das três fornecedoras do equipamento para a frota de BH –, Eraldo Melo. O blog constatou que nem todos os motoristas, contudo, estão habituados ao funcionamento da novidade.

Melo alerta que é preciso que o sistema funciona num intervalo de 10 a 12 graus em relação à temperatura externa. A escolha pelo fornecedor dos sistemas fica a cargo dos consórcios operadores de transporte coletivo, que “montam” a carroceria dos ônibus de acordo com as especificações da BHTrans.

“A ventilação depende de uma série de fatores, principalmente os dutos de ar dentro dos ônibus. Mas não há um volume recomendado por passageiro”, explica. A potência do equipamento (identificada pela sigla BTU/h) depende da radiação externa e interna – proveniente do assoalho e do teto do ônibus –, e a quantidade de passageiros a bordo. “Todos esses fatores influenciam na qualidade do ar”, acrescenta o especialista da Thermo King.

Foto: Bruno Freitas/EM/D.A.Press

COMO FUNCIONA O AR-CONDICIONADO

O sistema tem como função proporcionar um clima agradável no interior dos ônibus, considerando temperatura e umidade relativa do ar. Cada equipamento é composto de três conjuntos principais:

1) Condensador

Localizado sobre o teto e orientado para frente da carroceria

2) Evaporador

Localizado sobre o teto e na parte traseira da carroceria

3) Compressor com Alternador

Localizado na área do motor (no caso dos ônibus articulados, na traseira). Utilizado como fonte de alimentação dos motores elétricos do condensador e evaporador.

Distribuição

– O ar no interior do ônibus é aspirado pelos ventiladores centrífugos através das serpentinas do evaporador, onde é resfriado e desumidecido, para ser descarregado nos condutores e distribuído pelos difusores.

– No condensador, o ar do ambiente é sugado pelos ventiladores axiais através das serpentinas para extrair calor do refrigerador, expulsando-o então, pela parte superior do equipamento.

Ficha técnica

Dois fabricantes forneceram os equipamentos dos 18 ônibus articulados já em operação:

THERMO KING

Modelo LRT Confort

Capacidade de refrigeração (BTU/h)    125.000

Volume de ar do evaporador        2.330 metros cúbicos hora/5.440 metros cúbicos hora

Peso                    247kg

Dimensões*        4,53m x 1,85m X 1,93m

*Comprimento x largura x altura

Divulgação/Thermo King

SPHEROS

Modelo CC 335

Capacidade de refrigeração (BTU/h)    120.000

Volume de ar do evaporador        3.700 metros cúbicos hora/ 6.300 metros cúbicos hora

Peso                    155kg

Dimensões*        3,48m x 1,70m x 2m

Divulgação/Spheros

Fonte: Climabuss, Spheros e Thermo King

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *