Skip to main content
 -
Gustavo Fonseca é Cofundador do Doutor Multas. Criado há 9 anos com o objetivo de ajudar os motoristas, já evitou que + de 5.200 clientes perdessem a CNH com consultoria administrativa personalizada. É dedicado a disseminar conteúdo relevante para conscientizar as pessoas sobre as Leis de Trânsito.

Seu veículo foi roubado? Veja como agir

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Ter o veículo roubado é, sem dúvida, uma situação pela qual nenhum motorista gostaria de passar. Nos dias de hoje, devido à violência, que está cada vez mais presente no cotidiano dos cidadãos, ninguém está livre de ter o seu veículo roubado, ainda que todos os cuidados possíveis sejam tomados.

É preciso considerar a possibilidade de seu carro ser roubado e pensar sobre o que poderá ser feito nesses casos e quais atitudes têm mais chances de trazer resultados positivos.

Caso isso venha a acontecer com você, é necessário agir com rapidez para tentar solucionar o problema o quanto antes.

Neste artigo, vou enumerar os principais passos que você deverá seguir após passar pelo susto e estresse que esse tipo de situação nos causa.

 

  • 1 – Meu veículo foi furtado. O que eu faço?

 

Se o seu carro foi furtado, ou seja, os bandidos levaram o seu veículo enquanto você não estava no local ou não percebeu a ação, você deve ligar imediatamente para a central de sinistro e para a polícia por meio do número 190 para comunicar a sua seguradora do ocorrido e ir logo em seguida fazer um boletim de ocorrência (BO) na delegacia ou online pelo site oficial.

A rapidez da sua ação é fundamental, principalmente se o seu veículo tiver seguro, pois as chances de você reaver o seu automóvel serão muito maiores nas primeiras horas após o ocorrido.

Caso haja demora no atendimento dos policiais, vá até a delegacia mais próxima e faça o BO o quanto antes.

Procure não se esquecer de detalhes importantes, como o número da placa, o modelo do seu veículo, a cor do carro, a presença de possíveis testemunhas no lugar onde ocorreu o furto, horário em que ocorreu o furto, algum detalhe no veículo que possa servir para identificá-lo mais rapidamente, como, por exemplo, adesivos ou outros acessórios visíveis do lado externo.

Lembre-se: qualquer informação pode ter muito valor nesse momento.

Tendo o BO em mãos, o próximo passo é entrar em contato com a seguradora para fazer o pedido de indenização.

 

  • 2 – Meu veículo foi roubado. O que fazer?

 

Essa é uma situação bastante delicada e requer muita calma para agir da melhor forma, dentro do possível, é claro.

Após ter passado pelo susto de ser roubado, tente se recuperar e puxar pela memória detalhes importantes como a descrição física dos sujeitos que lhe abordaram, as roupas que eles usavam no momento, o tipo de arma com que lhe ameaçaram (se for o caso), o modelo e a placa do veículo em que os ladrões estavam na hora, etc.

Não se esqueça, também, como no caso anterior, de informar todos os dados possíveis do seu veículo. Nesse momento, tente agir de forma racional e juntar o maior número possível de informações.

Assim que estiver em lugar seguro, sem risco de sofrer violência, ligue rapidamente para a sua seguradora e, em seguida, para a polícia pelo número 190 para informar sobre o roubo. Após ter feito esse comunicado referente ao sinistro, vá até a delegacia mais próxima para registrar o boletim de ocorrência.

Caso você tenha alguma testemunha que presenciou a cena ou que estava com você no momento do ocorrido, colha todas as informações da pessoa, pois poderão ser informações-chave para a polícia.

É muito importante que você faça o BO na delegacia de polícia, já que com esse documento é possível entrar com o pedido de indenização juntamente à seguradora.

 

  • 3 – Como contatar a seguradora
Seguradora

 

Você deve procurar a seguradora imediatamente após o ocorrido. Mas, se mesmo assim ela não conseguir localizar o seu veículo, você deverá enviar determinada documentação para a seguradora e pedir a indenização. Esses documentos são: carteira de motorista, todos os documentos do carro e também do seguro.

Para ter mais segurança, é importante que o condutor guarde em casa as cópias dos documentos do veículo, pois os originais podem ficar no automóvel, sendo levados juntos com ele. O que também ajuda nesses momentos é possuir fotos dos documentos no e-mail, assim será possível acessar essas informações a qualquer tempo e lugar.

Uma maneira bem prática de contatar a seguradora é falar diretamente com o corretor, pois, sendo ele o encarregado da sua apólice, certamente estará por dentro dos fatos.

O contato com a seguradora também poderá ser feito via e-mail ou até pelo telefone. O importante é que você consiga acertar a entrega da documentação necessária. Certamente, você terá de contar detalhadamente o ocorrido a cada contato com a seguradora, isso porque ela costuma se certificar dos fatos por medida de segurança.

No entanto, lembre-se sempre que o mais importante nessas situações é preservar a sua segurança e a de sua família. Não tome nenhuma atitude precipitada que possa colocar a vida de alguém em risco. Tente manter a calma e agir com a razão, por mais que pareça difícil.

Análise gratuita

Gostou das informações deste artigo? Ficou com alguma dúvida? Está passando por alguma situação específica? Entre em contato com o Doutor Multas e peça uma análise gratuita. Deixe seu comentário. Compartilhe.

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

2 comentários em “Seu veículo foi roubado? Veja como agir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.