Skip to main content
 -
Gustavo Fonseca é Cofundador do Doutor Multas. Criado há 9 anos com o objetivo de ajudar os motoristas, já evitou que + de 5.200 clientes perdessem a CNH com consultoria administrativa personalizada. É dedicado a disseminar conteúdo relevante para conscientizar as pessoas sobre as Leis de Trânsito.

Frete e transporte de pequenas cargas: como iniciar no setor com segurança

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Para quem vai começar a trabalhar com frete e transporte de pequenas cargas, é preciso se atentar a algumas dicas. Veja aqui como garantir a segurança sua e das mercadorias transportadas!

O frete e transporte de pequenas cargas é uma função que está interligada a diferentes nichos, ou seja, a diferentes setores. Afinal, sem o transporte de mercadorias, seja insumos ou outros, eles não chegariam às mãos das empresas, lojas, indústrias, laboratórios e consumidores.

Portanto, é uma função essencial para os setores da economia, mesmo o frete e transporte de pequenas cargas. Investir neste segmento é contribuir não somente com os clientes e consumidores finais, já que também gera postos de trabalho, ou seja, contribui com a distribuição de renda.

Mas, como realizar o serviço com mais segurança? Veja!

https://pixabay.com/pt/photos/pacote-entrega-publicar-courier-5503969/

O que devo saber para garantir a segurança ao montar um serviço de frete e transporte de pequenas cargas

Para realizar o serviço de transporte de pequenas cargas e frete o condutor deve ter um veículo. Este pode ser de pequeno porte, como utilitários, pequenos caminhões e até motos.

Afinal, o serviço contará com a distribuição de pequenas cargas, mesmo sendo de mercadorias diversas, perecíveis ou de maior valor. É importante ter em mente que o setor oferece grande vantagem para empresas de diferentes setores e para o consumidor final.

Isso porque garante agilidade na entrega e menor valor investido para o deslocamento de mercadorias. Mas, como garantir a segurança do veículo e motorista? Confira algumas dicas!

1. Elabore um plano de negócios

É muito importante ter um plano de negócios para que, assim, se tenha maior visualização de um todo. Afinal, o planejamento é uma etapa fundamental para qualquer tipo de investimento e nela é possível incluir tudo o que o seu negócio precisa, em termos de segurança.

2. Contrate o seguro auto para cargas

Os índices de furto e roubo de cargas continuam sendo altos pelo país, em diferentes regiões. Embora as ocorrências sejam mais altas nas estradas, ainda assim ocorrem dentro das cidades.

Os veículos de cargas leves também são alvos de incidentes e não apenas de roubo e furto, mas de colisões e outros sinistros. Portanto, contar com a proteção da seguradora é garantir mais tranquilidade para o motorista e a empresa.

Entre as ofertas comuns pelas seguradoras, existem esses tipos de contratações no seguro para transporte de cargas: seguro de Responsabilidade Civil, seguro para Transporte Nacional e seguro de Responsabilidade Civil – Desaparecimento de Carga.

As coberturas variam conforme a empresa responsável pelo veículo contratar e entre as mais comuns: roubo, furto, incêndio, colisão e também para assegurar a carga no transporte. No caso do seguro de carga, ela é contratada por tipo que será transportada, tendo sua vigência apenas durante o período do transporte.

Mas, as demais coberturas são essenciais para manter a segurança financeira da empresa e motorista. Afinal, em caso de sinistro coberto, basta acionar a seguradora para ser indenizado.

3. Conheça o histórico dos funcionários

Se você pretende iniciar uma empresa com funcionários, é importante investigar o histórico dos funcionários que pretende contratar. Com isso, poderá ficar mais tranquilo sobre a honestidade da sua equipe, o que evitará riscos para a sua empresa.

Saiba que isso também evitará que você contrate um possível integrante de quadrilhas. Ou seja, uma pessoa que está ali para passar informações e facilitar o roubo e furto de mercadorias.

4. Faça treinamentos

Se você vai contar com uma equipe ou começar o serviço sozinho, o treinamento é essencial. Neste é importante conhecer os equipamentos de comunicação, o que fazer em caso de roubo e furto ou mesmo acidentes, técnicas de alertas para situações de riscos, entre outras.

5. Invista em aparelhos de monitoramento

É muito importante contar com aparelhos de monitoramento e rastreamento por satélite. Estes funcionam 24h por dia, garantindo a sua tranquilidade tanto em serviço, quanto por deixar o veículo e mercadorias guardadas.

6. Tenha equipamentos de segurança

Eles contribuem muito com a segurança do veículo e também do condutor. Portanto, verifique se está em posse de, ao menos, os principais.

Entre eles, você pode contar com cadeados, travas e alarme automotivo, além de outros.

Seguindo estas dicas, você poderá andar mais tranquilo e seguro ao fazer o frete e transporte de pequenas cargas. Lembre-se de que, mesmo não estando nas rodovias, é importante se atentar com a segurança do veículo e do motorista.

Por: Andreia Silveira, do site Smartia.com.br.

 

 

 

 

 

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.