Skip to main content
 -
Gustavo Fonseca é Cofundador do Doutor Multas. Criado há 9 anos com o objetivo de ajudar os motoristas, já evitou que + de 5.200 clientes perdessem a CNH com consultoria administrativa personalizada. É dedicado a disseminar conteúdo relevante para conscientizar as pessoas sobre as Leis de Trânsito.

CNH específica para veículos automáticos

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Em dezembro de 2017, a Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou uma proposta que permite tirar uma CNH específica para a obtenção e condução de veículos automáticos.

Cada vez mais populares, os veículos automáticos possuem algumas diferenças em relação ao câmbio manual, sobretudo no que diz respeito à embreagem.

A proposta original é de autoria da Dep. Mariana Carvalho, do estado de Rondônia. Inicialmente, eram contempladas apenas as motocicletas.

O relator, o Dep. Hugo Leal, do Rio de Janeiro, adicionou, à proposta, a contemplação de carros, ônibus, micro-ônibus e caminhões automáticos, e não apenas as motos.

Assim, o motorista poderá optar por habilitar-se apenas para esse tipo de veículo ou para veículos exclusivamente de câmbio manual. Se o condutor for flagrado dirigindo veículo de característica diferente à autorizada em seu documento, a infração será considerada gravíssima, correndo o risco de multa e retenção do veículo.

Por enquanto, a lei ainda está em tramitação. No entanto, caso seja aprovada, como irá funcionar na prática?

Entenda sobre a proposta de CNH específica para carros automáticos

O Projeto de Lei 7746/2017 acrescenta dispositivos ao Código de Trânsito Brasileiro, prevendo uma CNH específica e exclusiva para dirigir carros automáticos.

Criada originalmente pela deputada Mariana Carvalho, a proposta foi aprovada em uma comissão especial e ainda está em tramitação. Caso seja aprovada, irá alterar os artigos 147 e 162 do Código de Trânsito Brasileiro.

Na prática, se o texto se mantiver como indicado pelo relator Hugo Leal, ficará assim:

  • 6º O candidato à obtenção do documento de habilitação poderá optar por realizar as aulas práticas e o exame de direção de que trata o art. 152 em veículo dotado de câmbio automático, nos termos de regulamentação do Contran.
  • 7º O documento de habilitação fornecido em atendimento ao disposto no § 6º deverá conter o registro da restrição para a condução exclusiva de veículos dotados de câmbio automático, o qual poderá ser retirado a qualquer tempo mediante a realização das aulas práticas complementares e do exame de direção em veículo com câmbio mecânico.

Já o artigo 162 incluirá,como infração, aconduçãode veículo de câmbio manual por motorista habilitado somente para veículos automáticos.

O PL criará subcategorias na carteira de motorista. Por exemplo: carros automáticos seriam referentes à habilitação B1, enquanto a categoria B2 serviria para conduzir carros com qualquer tipo de transmissão.

A lógica seria a mesma para motos (categoria A), caminhões que excedam 3,500 kg (categoria C), ônibus (categoria D) e demais caminhões (categoria E). Originalmente, a lei era destinada apenas para motos.

Atualmente, o Código de Trânsito Brasileiro não faz nenhuma distinção entre carros automáticos e manuais. Com essa proposta, o cidadão terá direito de escolher.

Como funcionam os carros automáticos?

Os carros automáticos vieram para facilitar a vida dos motoristas. Seus recursos e comodidades também auxiliam os deficientes físicos e pessoas com mobilidade reduzida.

Com os carros automáticos, não é preciso fazer a troca de marcha manualmente, isto é, eles dispensam o uso da embreagem.

Com a crescente procura por carros assim, essa tendência abrange tanto carros populares quanto os de luxo. Em 2017, 42% dos carros novos vendidos eram automáticos, automatizados e CVT.

Um dos motivos da grande procura é que os carros automáticos fornecem maior conforto ao motorista, já que não é necessário usar o pé esquerdo, ajudando a concentrar-se apenas no trânsito.

Tudo isso é feito graças ao sistema de transmissão do veículo, que, de forma automática, identifica a relação entre a velocidade e a rotação do motor do carro.

Principais diferenças entre carros automáticos e manuais

Já vimos, acima, algumas diferenças entre carros automáticos e manuais. Porém, a diferença básica e primordial está na necessidade do acionamento da embreagem, no câmbio manual.

Entretanto, existem outras diferenças, como, por exemplo, o câmbio automatizado, que é um meio termo entre o manual e o automático. Nesse caso, o engate das marchas é bastante semelhante ao manual, porém não é necessário acionar a embreagem.

Há também a transmissão CVT (Constinously Variable Transmission), que, traduzindo para o português, significa Transmissão Continuamente Variável.

Essa opção é encontrada principalmente em carros europeus, americanos e japoneses. É uma evolução do câmbio automático, que torna a passagem de marchas mais confortável.

Atualmente, os testes para conseguir a CNH são realizados em carros com troca de marcha, habilitando o motorista também aos veículos automáticos. Apesar disso, os dois tipos de câmbio acabam sendo duas formas diferentes de dirigir.

Para entender mais sobre carros automáticos, temos um artigo especial explicando tudo.

Quais são as novas mudanças na CNH?

O projeto de lei para uma CNH específica para carros automáticos ainda está em tramitação, mas algumas mudanças na CNH já foram anunciadas e o motorista precisa estar atento a elas.

Já a partir deste ano, algumas mudanças foram feitas. A CNH ganhou um novo visual, com marcas d’água e QR Code, que é um código que permite a leitura de dados por meio da câmera de um smartphone.

A partir de janeiro de 2019, a CNH passará a ter um chip, abandonando de vez o modelo em papel. Serão semelhantes aos cartões de crédito e será usado plástico para a confecção.

Com isso, o governo pretende modernizar a CNH, adaptando-se à nova realidade tecnológica, e também evitar fraudes. Todas as informações do motorista estarão no chip.

Além disso, a nova CNH poderá ser usada para pagamentos de pedágio, transporte público e outros serviços, tudo por identificação por meio do sistema de biometria.

Não foram divulgados os valores da nova carteira de habilitação, mas os motoristas já habilitados podem ficar despreocupados, já que, com a renovação, a nova CNH será emitida.

A mudança traz vários benefícios, como maior segurança, durabilidade, e possibilitará, futuramente, uma integração com outros países.

O modelo foi alterado graças a um estudo da Universidade de Brasília (UNB), que recomendou sua alteração e a adoção de um cartão inteligente.

Os exames de direção terão mudanças?

Caso a PL 7746/2017 seja aprovada, haverá algumas mudanças nos exames de direção. O candidato poderá ser habilitado apenas para veículos automáticos.

Mas será permitido tirar CNH para carros manuais e automáticos, como ocorre nos dias atuais.

No mais, o exame será o mesmo. O candidato deve realizar exames físicos e psicológicos, aprender a teoria e a técnica, passar no exame teórico e prático. A diferença será na subcategoria (caso a lei seja aprovada).

De momento, a PL tramita em caráter conclusivo e está sendo analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

E você, o que achou da proposta? Crê que a mudança é positiva? Deixe um comentário abaixo e compartilhe com os seus amigos e familiares.

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

15 comentários em “CNH específica para veículos automáticos

  1. Seria engraçado se não fosse trágico o fato de deputados eleitos pelo povo para representar seus interesses, representando apenas o interesse da Administração Pública. Me espanta cidadãos acharem isso normal ou julgarem tratar-se de um Projeto de Lei em prol da população.
    Não percebem o “presente de grego” que estão ganhando? ou por acaso acham mesmo que haverá diminuição no valor da emissão da carteira para veículos automáticos? E quanto a quem escolher dirigir os dois tipos de veículo? acham que não haverá uma cobrança ainda mais alta?

    Vamos pensar que por um acaso você deixe seu carro automático – para o qual é habilitado- na oficina, mas então, sua/seu filha(o) passa mal e para levá-la(o) ao hospital, você use o carro (manual) do(a) esposo(a), do vizinho ou quem quer que seja e na volta para casa…TCHARAM: É abordado pelos agentes de transito, multado e ainda tem o veículo apreendido porque não teve dinheiro suficiente para tirar habilitação para os dois tipos…Hahaha depois reclamam da quantidade de impostos e dos valores elevados, porém, na hora de ser cidadão, conhecer e exercer seus direitos e cumprir deveres, vemos apenas uma pequena parcela da população que realmente o é e está disposta a combater este tipo de atitude dos nossos representantes, a grande maioria do povo brasileiro está preocupada mesmo é com a novela e o brasileirão.

    Cada povo tem o governo que merece!

    Quanto a mim, acompanharei e divulgarei incessantemente as propostas dos nossos representantes que por vezes esquecem que temos o poder de elegê-los e também não reelegê-los!

  2. E p quem ja tem a habilitação,muda alguma coisa? Esse motorista vai ter q tirar uma outra carteira p dirigir carros automáticos ,sendo que não tem nenhuma dificuldade em dirigir os dois tipos de carros?

  3. Bom dia! A modernização é necessária, e as pessoas com dificuldades com o câmbio manual deve ter o direito de dirigir respeitado e o carro autorizado facilita a dirigibilidade pois o foco maior é na direção do veículo e não no processo de transmissão.

    1. Oi, Sílvia!
      Os exames devem ser feitos em carros que não são automáticos, para o motorista sair preparado para dirigir qualquer automóvel.
      Mas, caso o projeto seja aprovado, isso poderá se tornar realidade.

  4. Eu estou tirando minha CNH especial, para câmbio automático, mas a minha CNH normal vai vencer nesse período e como o tempo da CNH espe5ficar pronta + mais o tempo que demora para as isenções e a liberação do carro , como que eu faço para dirigir carro com cambio normal com a habilitação de automatico até sair as isenções e o carro.
    Tem alguma alternativa, para que eu não seja multado em uma blits
    Desde já obrigado.

    1. Olá, obrigado por entrar em contato conosco!Por gentileza entre com contato com o Detran para confirmação sobre a liberação desses documentos para uma informação mais precisa. Desde já nos colocamos a disposição. Para dúvidas maiores entre em contato com nossa equipe pelo e-mail: doutormultas@doutormultas.com.br e pelo SAC 0800-602-1543.Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.