Skip to main content
 -
Gustavo Fonseca é Cofundador do Doutor Multas. Criado há 9 anos com o objetivo de ajudar os motoristas, já evitou que + de 5.200 clientes perdessem a CNH com consultoria administrativa personalizada. É dedicado a disseminar conteúdo relevante para conscientizar as pessoas sobre as Leis de Trânsito.

As 9 multas que suspendem a CNH imediatamente

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

A Multa de trânsito refere-se à penalidade de natureza pecuniária estipulada pelos órgãos de trânsito aplicada aos proprietários e condutores de veículos que não cumprem as leis relativas a esse sistema.

Multas que suspendem imediatamente a CNH

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é o documento legal que determina as regras, infrações e penalidades para os que fazem uso do complexo sistema de trânsito.

Esse documento, na verdade, determina o que é permitido ao condutor e, sobretudo, define quais atitudes você deve tomar ao fazer uso das vias públicas.

Caso você seja flagrado cometendo alguma infração por algum equipamento eletrônico ou agente de trânsito, você certamente vai receber uma notificação, a tão temida multa, que é classificada em quatro modalidades:

  • 1 – Infração de natureza leve: três pontos na carteira de motorista e multa no valor de R$ 88,38;
  • 2 – Infração de natureza média: quatro pontos na carteira de motorista e multa no valor de R$ 130,16;
  • 3 – Infração de natureza grave: cinco pontos na carteira de motorista e multa no valor de R$ 195,23;
  • 4 – Infração de natureza gravíssima: sete pontos na carteira de motorista e multa no valor de R$ 293,47 (neste caso, o valor poderá ser multiplicado, dependendo dos agravantes que envolvem a infração.).

Os valores estão mais caros, já que essas multas foram atualizadas pela Lei 13.281 de 2016, justamente com o intuito de dificultar ainda mais a imprudência dos condutores, diminuindo, dessa forma, os acidentes envolvendo o trânsito.

Dependendo do tipo de infração, as penalidades poderão ser bastante rígidas. É o caso de algumas infrações gravíssimas, em que a multa pode incluir a suspensão da sua CNH.

Essas são as chamadas multas autossuspensivas que, devido à sua gravidade, podem tirar a carteira do motorista sem que esta tenha um ponto sequer.

O DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) apresenta, em seu site, uma lista de infrações que geram esse tipo de penalidade. Dentre elas, podemos citar:

1) Dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outro produto com ação psicoativa que cause dependência;

2) Conduzir o veículo com velocidade superior a 50% do limite permitido pelos órgãos de trânsito;

3) Não respeitar bloqueio policial;

4) Realizar competições esportivas nas vias públicas, sem que haja permissão para isso;

5) Praticar rachas;

6) Não prestar socorro à (s) vítima (s) de acidente de trânsito;

7) Realizar manobras perigosas;

8) Ultrapassar na contramão de forma perigosa;

9) Dirigir fazendo ameaças aos outros condutores ou aos pedestres que estiverem atravessando a via pública.

Caso você tenha sido multado por qualquer uma dessas infrações, você pode (e deve) recorrer.

Soma de pontos na CNH

A soma de pontos que é aplicada a sua carteira de motorista é bem mais simples do que parece.

Como já mencionei acima, toda infração é passível de penalidades. Essas penalidades resultam em multas e o seu valor varia conforme a gravidade da infração.

Mas, além das multas, o infrator terá pontos acrescidos a sua CNH e a contagem é feita de três maneiras diferentes, dependendo de cada caso:

  • No caso de habilitação provisória – ao somar sete pontos, o motorista já terá atingido o limite;
  • No caso dos motoristas profissionais – o limite para a suspensão da CNH é 19 pontos, no entanto, ao atingir 14, o condutor terá de fazer um curso de reciclagem preventivo;
  • No caso de CNH padrão – o limite é 19 pontos.

Tratando-se de habilitação provisória, a situação é considerada especial. Se o motorista for reincidente em infração do tipo média ou caso tenha cometido uma grave ou gravíssima, ele terá a sua permissão de dirigir retirada e terá de reiniciar todo o procedimento de obtenção da carteira.

Nas demais categorias, se o motorista superar a quantia de pontos estabelecida como limite, a sua habilitação será suspensa e ele terá de fazer o Curso de Reciclagem de Condutores.

A “validade” da infração é de 12 meses, ou seja, para ocorrer a suspensão da sua carteira, você deverá ter atingido os 20 pontos em um período de um ano.

Para ficar por dentro do sistema de pontuação da sua CNH, é muito importante que você saiba como acompanhar a quantidade de pontos pela internet. Para isso, você deve acessar o site do Departamento Estadual de Trânsito do seu estado.

Tendo acessado o site, você deve clicar no link de consulta à pontuação. Então, é só preencher com os dados solicitados.

Análise gratuita

Gostou das informações? Tem alguma dúvida relacionada às multas? Entre em contato com o Doutor Multas, farei uma análise gratuita para você. Deixe seu comentário. Compartilhe.

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

4 comentários em “As 9 multas que suspendem a CNH imediatamente

  1. Parabéns pela sua análise , li e estou estudando muito sobre o que vc colocou e algo mais , se vc tiver alguma sugestão para leitura mais especificamente sobre o trânsito pesado (caminhões) estou estudando para trabalhar como instrutor de motorista em uma empresa em São Paulo, desde de já agradeço e boa sorte.

  2. Sou a favor de penalidade para qualquer tipo de infração das leis (em geral)
    O grande problema é a indústria das multas, fato é a quantidade imensa de pardais com todo tipo de sensor em pontos estratégicos, alguns sem a menor lógica, soma-se a isso um país que não tem transporte público de qualidade, incluindo aí segurança.
    Para alguns tipos de infração o motorista deveria antes receber uma advertência, só partir da mesma infração cometida novamente ele deveria ser penalizado, ou seja não há caráter educativo algum, só de arrecadação mesmo!

    1. Infelizmente as multas se tornaram o mecanismo para a arrecadação de dinheiro. O que deveria ajudar com a educação no trânsito, se tornou uma forma de conseguir cada vez mais dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.