Skip to main content
 -
Gustavo Fonseca é Cofundador do Doutor Multas. Criado há 9 anos com o objetivo de ajudar os motoristas, já evitou que + de 5.200 clientes perdessem a CNH com consultoria administrativa personalizada. É dedicado a disseminar conteúdo relevante para conscientizar as pessoas sobre as Leis de Trânsito.

6 atitudes a serem tomadas em caso de acidente

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Como já estamos mais do que acostumados a saber, nenhuma pessoa está imune a qualquer tipo de situação desagradável. Quando o assunto é trânsito, não são apenas multas as responsáveis por configurar essas circunstâncias.

Em muitos casos, a situação pode ser muito mais grave do que ser multado e ter de pagar o valor cobrado. Muitas pessoas se envolvem em acidentes de trânsito ao redor do mundo. Vários deles geram danos materiais. Alguns podem, até mesmo, fazer com que o veículo seja sinistrado. Em outras palavras, podem fazer o veículo apresentar perda total.

No entanto, o mais preocupante são os altos índices de acidentes fatais, ou seja, aqueles que terminam com óbitos. Nesses casos, a vida perdida é muito mais importante do que o veículo ou o dinheiro.

Se falarmos de Brasil, estudos indicam que o país está na quinta posição entre os que apresentam mais ocorrências de acidentes. A Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2016, apresentou o assustador número de 37.306 mil mortes no trânsito ao longo do ano de 2015. Os resultados para pessoas feridas e inválidas por causa de acidentes também são alarmantes, somando 204 e 515.750 mil respectivamente.

Principais causas de acidentes de trânsito

Quando se pensa em acidentes de trânsito, automaticamente vem à mente a ideia de que alguma distração ou infração foi cometida. Muitos casos de acidentes poderiam ser evitados caso o condutor tivesse prestado mais atenção à via por onde passava. Por isso, a primeira causa que resolvi destacar foi a falta de atenção ao trânsito. É preciso estar atento a tudo ao nosso redor, desde a sinalização até o fluxo de veículos e pessoas no local.

Outra atitude perigosa é usar o telefone celular enquanto dirige. Essa postura contribui muito para o desvio da atenção do motorista. Ao atender uma ligação ou enviar uma mensagem, o foco do condutor passa a ser o ato de comunicação desenvolvido, deixando o trânsito em segundo plano. Não esqueça que esse comportamento é uma infração média, podendo gerar multa e 4 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Evite distrações ao volante

Antes de passar para as dicas de como agir em caso de acidente, gostaria de destacar uma última ação que pode ser fatal no trânsito. Estou falando da combinação perigosa de álcool e direção. Essa é uma das principais causas de acidentes com morte no trânsito. Essa conduta, além de tirar vidas, faz com que o condutor seja multado por cometer infração gravíssima e, além disso, pode fazer com que lhe seja retirado o direito de dirigir.

6 atitudes a tomar em caso de acidente

Finalmente, irei passar para você algumas dicas para que você saiba como proceder caso seja vítima ou ocasione um acidente de trânsito. Preste muita atenção, pois todas são muito importantes para que o problema possa ser resolvido da melhor forma possível.

1- Sinalizar a área

Após o acontecimento do acidente, é necessário sinalizar a via, utilizando o triângulo e, se possível, o sinal de alerta do veículo, de modo a deixar atentos os demais motoristas sobre o ocorrido adiante. Essa ação é importante para evitar que outras pessoas acabem se envolvendo e, assim, agravem a situação.

2- Providenciar socorro ou atendimento às vítimas

Quando alguma pessoa acaba sendo ferida, é indispensável solicitar socorro. Mover deliberadamente a vítima pode acabar causando algum trauma mais grave, por isso a importância da presença de profissionais da saúde no local.

Socorro às vítimas

3- Em caso de vítimas, não alterar o local do ocorrido

Caso o acidente tenha vítimas, é provável que a perícia seja feita no lugar. Neste caso, não se deve alterar o local do ocorrido, como fazer a remoção dos veículos, por exemplo. Basta, apenas, sinalizar a área e chamar socorro, conforme dito acima.

4- Se não houver vítimas, retirar os veículos da via

Falemos, agora, de casos em que os danos são apenas materiais. Quando o acidente não faz vítimas, a melhor atitude é remover, caso seja possível, os veículos da via, para não interromper o fluxo. Caso contrário, não esqueça de sinalizar adequadamente.

5- Buscar entrar em acordo com a outra parte envolvida

Manter a calma e conversar com a pessoa envolvida no acidente é fundamental para evitar uma discussão no trânsito. Em caso de acidentes com danos materiais, a melhor opção é tentar estabelecer acordo entre as partes. Se isso não for possível, então é adequado registrar Boletim de Ocorrência para que a situação seja resolvida legalmente.

6- Evitar a curiosidade

Essa dica serve para aqueles que, ao perceberem um acidente, logo viram o pescoço para ver detalhes do ocorrido. Reduzir a velocidade ou, até mesmo, parar o veículo por curiosidade pode fazer com que você acabe sendo envolvido no acidente. Além disso, atrapalhará o trânsito que, provavelmente, já estará apresentando algumas complicações.

Vimos que algumas atitudes simples, quando tomadas com calma, podem ser determinantes para a solução dos problemas gerados por um acidente. Além disso, nunca é demais lembrar a importância de conduzir com cuidado.

Veja mais: http://www.abcdoabc.com.br/abc/noticia/acidentes-diminuem-21-7-rodovias-estaduais-durante-carnaval-61136

Você tem alguma outra dica de atitudes úteis para casos de acidente? Compartilhe aqui, deixe seu comentário.

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.