Skip to main content
 -
Gustavo Fonseca é Cofundador do Doutor Multas. Criado há 9 anos com o objetivo de ajudar os motoristas, já evitou que + de 5.200 clientes perdessem a CNH com consultoria administrativa personalizada. É dedicado a disseminar conteúdo relevante para conscientizar as pessoas sobre as Leis de Trânsito.

10 dicas para viajar com segurança

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Viajar, além de ser prazeroso e divertido, é uma atividade que requer cuidado e atenção em vários detalhes para que tudo ocorra dentro do planejado. Quando o trajeto for feito de carro ou moto, as precauções devem ser ainda maiores, de modo a zelar pela segurança de todos os que estiverem no veículo. Por isso, neste artigo trazemos 10 dicas para que sua viagem seja segura e para que nenhum imprevisto atrapalhe seu passeio

1- Revisão do veículo

Antes de sair de seu ponto de partida, é preciso verificar uma série de itens em seu veículo. É importante conferir todos os itens de segurança, como freios, suspensão, parte elétrica, pneus, direção e o nível de água e de óleo no motor. Além disso, averiguar se os cintos de segurança estão em bom estado é indispensável, pois todos deverão estar fazendo uso enquanto o carro estiver em movimento

2- Documentação

Não se pode esquecer a documentação no momento de sair para viajar. É preciso estar de posse da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e, também, do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo). Inclusive, é importante verificar se o licenciamento e o seguro obrigatório estão dentro do prazo de validade.

3- Crianças no veículo

Crianças devem usar itens de seguranças obrigatórios, de acordo com sua faixa etária. Os recém-nascidos e bebês devem ser transportados no bebê conforto. Crianças de até 4 anos devem estar sentadas na cadeirinha. Já as crianças entre 4 e 10 anos devem fazer uso do assento de elevação. Maiores de 10 anos podem usar o banco traseiro do carro e devem, sempre, utilizar o cinto de segurança. É preciso estar atento à segurança das crianças no trânsito.

Crianças devem viajar na cadeirinha

4- Viagens longas

No caso de o destino ser muito distante do ponto de partida, o condutor precisa atentar a algumas questões referentes ao seu estado de saúde e energia. Antes de iniciar a viagem, é preciso estar descansado e alimentado, ter comido preferencialmente alimentos leves, que não venham a causar sonolência. Caso seja possível, é útil revezar a direção com outro condutor. Assim, evita-se o cansaço extremo de quem está ao volante.

5-Ultrapassagens

Fazer ultrapassagens, muitas vezes, ajuda a agilizar o percurso, de modo que não seja necessário ficar “preso” atrás de algum motorista que esteja dirigindo abaixo da velocidade da via. Porém, é fundamental ter atenção ao realizar essa manobra, pois muitos acidentes se dão em decorrência de ultrapassagens proibidas ou mal executadas. Uma das dicas mais importantes em relação a isso é planejar a ultrapassagem, verificando se será possível concluí-la. Outro ponto fundamental é sempre sinalizar a manobra, de modo que os demais condutores percebam o deslocamento de faixa que está sendo realizado. Além disso, é preciso lembrar-se de nunca realizar ultrapassagens pela direita, pois, além de perigoso, é proibido.

6- Dias de chuva

Viajar em dias chuvosos requer cautela. A pista molhada oferece grandes riscos de aquaplanagem, que ocorre quando o veículo se desloca sobre a água acumulada na pista, sem que as rodas estejam em contato com o asfalto. Neste caso, é preciso retirar o pé do acelerador, de modo a reduzir a velocidade aos poucos, até que se volte a sentir a tração do veículo com o solo. Pisar imediatamente no freio poderá causar a perda de controle do veículo.

7- Em caso de acidente

Caso você passe por algum ponto em que haja ocorrido acidente, é importante manter a calma e a atenção ao cruzar o local. Se for o caso de precisar ajudar as vítimas, lembre-se de que movimentá-las pode agravar a situação. Neste caso, a melhor opção é chamar o resgate e sinalizar o trecho.

8- Não consumir bebida alcoólica

Bebida e direção, definitivamente, não combinam. Essa regra vale para qualquer situação. Porém, quando se vai pegar a estrada, essa combinação pode resultar em tragédias ainda maiores. Consumir qualquer substância que afete seus reflexos pode contribuir, significativamente, com acidentes que colocarão em risco a vida de todos os que estiverem ocupando o seu e outros veículos.

9- Viagem de moto

Alguns pontos essenciais para viajar de modo

Os cuidados com o estado de conservação do veículo são tão válidos para motocicletas, quanto para os demais veículos. A manutenção da moto e as revisões devem estar em dia. Além disso, o uso de equipamentos de segurança, como o capacete e trajes adequados, é indispensável.

10- Motociclistas: redobrar cuidados na estrada

Em uma viagem de moto, os mais vulneráveis na estrada são os motociclistas, devido à exposição perante os demais veículos em circulação. O excesso de confiança pode ocasionar acidentes. Portanto, é importante controlar a velocidade e posicionar-se sempre de forma segura entre os outros veículos. Motociclistas mais confiantes podem ter mais chances de acidentar-se.

Saiba mais sobre seus direitos na hora de viajar.

Curtiu as dicas que separamos especialmente para sua viagem? Esperamos que, assim, você faça seu percurso com mais segurança. Tem mais alguma dica para contribuir conosco e com os demais leitores? Deixe nos comentários abaixo e boa viagem!

Compartilhe nas redesShare on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.