Governo de Minas Gerais busca soluções para a recuperação econômica de empresas

O governo de Minas Gerais tem obtido resultados positivos na luta contra a contaminação pelo coronavírus. Com uma transmissão mais lenta em comparação a outros estados, o governo mineiro também tem trabalhado no âmbito econômico e fiscal a fim de assegurar uma recuperação econômica com o programa Minas Consciente. A intenção é que cada município esteja devidamente orientado e possa decidir a respeito da flexibilização do isolamento, preservando a saúde da população.

Além disso, na semana passada, o Congresso Nacional aprovou o Plano de Socorro aos Estados (PLP 39/2020), que ainda aguarda sanção presidencial. Se o texto for sancionado pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, o estado de Minas Gerais deverá receber uma ajuda de R$ 446 milhões de reais para serem utilizados em ações de saúde pública e mais R$ 2.994,00 para serem utilizados em ações que o governo entender viável.

Em outra frente de atuação para garantir soluções para resguardar empresas com atuação sólida no estado, a bancada de deputados do partido NOVO tem trabalhado em prol da liberdade econômica e da desburocratização para que as empresas possam continuar suas operações no estado.

Por intermédio do deputado federal Lucas Gonzalez (NOVO/MG), o secretário-adjunto da Secretária de Estado da Fazenda, Luiz Cláudio Gomes, participou de uma reunião com integrantes do setor leiloeiro para discutir as demandas burocráticas do setor no estado. O secretário assegurou que o governo aplicará esforços para buscar transparência, legalidade e eficiência na análise de processos administrativos que possam prejudicar a atuação de empresas que contribuem com a economia mineira, em especial durante o combate à pandemia da COVID-19.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *