A Índia trará os investimentos esperados por Bolsonaro?

Durante a visita do Presidente Jair Bolsonaro à Índia será realizada uma missão empresarial que contará com entidades indianas e brasileiras, além de associações dos mais diversos setores, como carnes, calçados, suco de laranja, etanol e derivados, dentre outros. A agenda inclui a assinatura de um memorando de entendimento para atuação conjunta na promoção de negócios entre os dois países, incluindo troca de informações e oportunidades, especialmente sobre investimentos e startups.

É importante mencionar que a visita presidencial ocorrerá não em razão de negociações comerciais, mas em razão do convite do Primeiro-Ministro indiano a Jair Bolsonaro para a comemoração do Dia da República (26), de modo que o objetivo principal não seria a abertura comercial ou a discussão de questões referentes a acesso a mercado e investimentos.

No entanto, considerando os desentendimentos recentes entre os governos, como por exemplo a disputa na Organização Mundial do Comércio (OMC) pelos subsídios indianos ao açúcar, a desistência do tratamento especial e diferenciado, que gerou atritos mútuos, e a postura do governo mais voltada a países desenvolvidos; a viagem presidencial demonstra que ainda pode existir um movimento de reaproximação diplomática com externalidades positivas ao comércio entre ambos os Estados.

Um comentário em “A Índia trará os investimentos esperados por Bolsonaro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *