Pela Coleta Seletiva com inclusão dos Catadores

Publicado em

O Brasil vive um novo cenário em torno da regulamentação da Política Nacional dos Resíduos Sólidos e dos esforços coletivos em colocar fim a um dos problemas ambientais mais graves do país: a disposição inadequada dos resíduos em lixões e a falta de programas de coleta seletiva nos municípios brasileiros. Nas últimas décadas foram fortalecidas as organizações dos catadores de materiais recicláveis, que realizam importante trabalho de devolver ao ciclo produtivo da indústria milhares de toneladas de recicláveis. Estima-se que no Brasil mais de 800 mil pessoas vivem desta atividade produtiva. Outras centenas de catadores continuam realizando esta atividade de forma autônoma ou vinculada a depósitos. A coleta seletiva representa a melhor tecnologia social de destinação de resíduos, gerando indicadores econômicos, ambientais, sociais e estimula a participação da sociedade e o setor produtivo na responsabilidade compartilhada, ampliando a consciência ambiental e a melhoria da qualidade de vida nas cidades. Estas conquistas correm riscos de desaparecer com a privatização do lixo e tecnologias diversas de incineração dos resíduos urbanos, que criam fortes impactos para a saúde pública, o meio ambiente e para os cofres municipais, pois exigem alto investimento público e acontecem sem a participação da sociedade organizada dos municípios afetados. Isto sem dizer da exclusão dos catadores, trabalhadores que ao longo dos últimos 80 anos vem realizado este trabalho como forma de sobrevivência e subsistência sua e de seus filhos. Participe conosco da Marcha em defesa da coleta seletiva e da audiência pública na Comissão de Participação Popular da Assembléia Legislativa de Minas Gerais.

DIA 06/05/2013 – SEGUNDA-FEIRA07h30min – Concentração em frente ao Centro de Defesa dos Direitos Humanos da População de Rua e Catadores de Materiais Recicláveis. Rua Paracatu, 969 – Barro Preto (Próximo da Avenida Amazonas). 08h30min – Marcha Pela Coleta Seletiva com inclusão dos Catadores. 10h00min – Audiência Pública e debate sobre a Proposta de Parceria Pública Privado – PPP na região metropolitana de Belo Horizonte. ALMG DIGA SIM A COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA! DIGA NÃO A INCINERAÇÃO DOS RESÍDUOS! 

Realização:

· Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis – MNCR · Movimento Nacional do povo da Rua – MNPR · Instituto Nenuca de Desenvolvimento Sustentável – INSEA · Pastoral Nacional do Povo da Rua · Centro Nacional de Defesa dos Direitos Humanos da População de Rua e dos Catadores de Materiais Rcicláveis – CNDDH Informações: 31.3295.7270 (INSEA-MNCR) – 3250.6360 (CNDDH) E-mail: insea@insea.org.br

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *