Homicídios e armas de fogo no Brasil: uma relação direta

Publicado em

No post anterior, publicamos artigo do professor Luiz Flávio Gomes discutindo o fato de que o Brasil é um dos países  mais homicidas do mundo e também ostenta o rótulo da impunidade: a taxa de elucidação dos inquéritos de homicídio no nosso país  varia apenas de 5% a 8%.Mata-se mais no Brasil do que em países que estão em guerra:

Na imagem acima, observamos que o número total de homicídios no Brasil entre 2004 e 2007 (193 mil) foi superior à soma de todos os 12 conflitos armados listados (170 mil). Quanto à taxa média de homicídios no período, apenas três países apresentaram-na superior a 12,0 mortes/100 mil habitantes: a Somália, com 24,4; o Brasil, com 25,7; e o Iraque, com 64,9. A chance de morrer em países em guerra como o Afeganistão, o Sudão ou Israel/Palestina é, portanto, bastante inferior à chance de ser assassinado no Brasil.
O vetor das mortes no Brasil é a arma de fogo:
Ao contrário do senso comum, os homicídios derivados do tráfico de drogas não representam um número tão elevado como se noticia repetidamente:
(Fonte: DHPP – PE, 2009)
No gráfico acima, por exemplo, segundo informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa de Pernambuco (DHPP-PE), dos homicídios registrados, 32% estariam ligados ao tráfico de drogas; 28,2% ligados à vingança; 20,5% a relações interpessoais, 7,9% a crimes passionais,  7,16% deles estão ligados aos grupos de extermínio e  4,14% com envolvimento em brigas.
Ou seja, o tráfico de drogas responde por um percentual grande de mortes; mas como existe muita arma de fogo disponível, muitos outros tipos de conflito transformam-se em homicídios.
 
Pelos dados do Sistema Nacional de Armas (Sinarm), até 2010 circulavam no Brasil cerca de 16 milhões de armas de fogo. Desse total, 14 milhões (87%) estão com a sociedade civil. Sob a responsabilidade do Estado, figuram 2 milhões de armamentos, ou seja, 13% do total apurado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *