CAMINHADA DA FRATERNIDADE DA PAMPULHA.

Publicado em

Retomando uma tradição da década de 1980, o Lar dos Meninos Dom Orione – instituição filantrópica de assistência sócio educacional da Congregação da Pequena Obra da Divina Providência (Dom Orione), responsável pela assistência e formação de mais de 10 mil adolescentes e mil seminaristas ao logo de mais de 50 anos nesta Capital, mantenedora também do Instituto Dom Carlos Sterpi (escola de ensino médio), do Instituto Dom Gaspar Goggi (seminário de Filosofia) e da Paróquia Nossa Senhora da Divina Providência, dentre outras atividades sociais, culturais e religiosas – fará realizar no dia 23 de março, sábado, das 20 às 24 horas, a CAMINHADA DA FRATERNIDADE NA PAMPULHA. O evento, de cunho religioso e sem fins lucrativos, terá como motivação o início das comemorações dos 100 anos da chegada dos primeiros missionários orionitas no Brasil, assim como compor as atividades em preparação a Jornada Mundial da Juventude, que acontecerá em julho do corrente no Rio de Janeiro. A época escolhida é de forte simbolismo para a comunidade católica, tendo em vista o tempo da quaresma e a realização da Campanha da Fraternidade, que neste ano está focada na discussão acerca dos dilemas da juventude brasileira – cuja temática será especialmente focada durante a realização da caminhada. Para a realização desta atividade será feita uma caminhada pelas ruas dos bairros São Luiz e Bandeirantes, com o seguinte percurso: 19 horas – concentração em frente ao Lar dos Meninos Dom Orione- Avenida Dom Orione, 187 – bairro São Luiz; 20 horas – início da caminhada, com o seguinte percurso: Avenida Dom Orione, seguindo pela rua Paulo de Oliveira Santos; depois, pela Avenida Fleming, subindo pela Avenida Novara; contornando a Praça Toscana, descendo pela Avenida Novara até o Parque Ecológico da Pampulha, no Marco Zero; seguindo na orla da Lagoa, via Avenida Otacílio Negrão de Lima até a Praça Pe. Dino Barbiero, em frente ao Parque Guanabara. 23h30min: Praça Pe. Dino Barbiero – celebração final. Em alguns pontos do percurso (Praça da Pampulha; início da Avenida Novara; Praça Toscana; Marco Zero e em alguns pontos ao longo da orla da Lagoa) o grupo fará pequenas paradas para a leitura de textos bíblicos, pequenas reflexões e cantos, com o auxílio de equipamento de som de baixa intensidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *