Skip to main content
 -
Rosa Maria Miguel Fontes Jornalista e escritora. Contato rosamaria.fontes@hotmail.com

“O pomo de ouro e o cavalo de Troia”

Fonte: www.contaumahistoria.com.br

Essas duas narrativas da Mitologia grega são apresentadas pela escritora Sônia Travassos do jeito que ela gosta de contar e nós gostamos de ouvir histórias. É um lançamento da Escrita Fina Editora.

Vamos combinar: Mitologia é surpreendente e conhecê-la é enriquecedor, porém, muitas vezes, a leitura deixa o leitor perdido em nomes, lugares, objetos e situações muito antigas…  e, por isso, a leitura exige até mesmo uma pesquisa paralela.

Mas aí, surge a autora Sônia Travassos e, com sua experiência em narrar histórias e com o seu conhecimento sobre Mitologia grega, reúne as duas habilidades e facilita tudo para o leitor. Para começar, o livro nos oferece explicações sobre cada um dos personagens das duas narrativas da cultura grega: “O pomo de ouro e o cavalo de Troia”, que no livro são apresentadas distintamente.

A autora também deixa um recado a respeito do seu estilo de escrever sobre temas mitológicos:

“História da Grécia Antiga muita gente já contou. Mas, olha, se eu fosse você, lia estas que eu escrevi. Elas são muito legais. São as minhas preferidas! E eu contei assim, do jeito que a gente conta quando conta oralmente, sabe? Como se estivesse conversando.”

 “Agora, um lembrete: são duas histórias, mas você tem que ler na ordem que eu escrevi. É que uma tem a ver com a outra, uma completa a outra. Geralmente as histórias gregas são assim mesmo: umas dentro das outras… E as personagens são as mais diversas: deuses, deusas, mortais, heróis e monstros de todo tipo!”

Desse jeito que ela acima descreve e com seu texto gostoso e fluente, Sônia Travassos nos transporta para a Grécia Antiga e sem nenhum sacrifício para o leitor. É uma leitura prazerosa guiada também pelas ilustrações do designer gráfico, ilustrador e animador carioca, Julio Carvalho.

Das narrativas eu destaco dois objetos frequentemente usados na literatura. Vamos começar na ordem da autora: “O pomo de ouro”. Na Mitologia, o pomo de ouro (ou maçã de ouro) é um elemento recorrente em lendas e contos de fadas. Geralmente, os heróis devem resgatar o pomo/maçã escondida ou roubada pelos vilões.

Esse pomo aparece em três relatos na Mitologia grega. No caso da nossa história, apareceu e promoveu muito mais: a própria Guerra de Troia que durou muitos anos.

Essa guerra é a segunda narrativa e nos traz outro objeto que também se tornou popular e vem atravessando gerações: o cavalo de Troia. A autora comenta sobre ele no final do livro:

“Às vezes, uma pessoa ganha um presente que, a princípio, parece ser muito legal. Com o tempo, porém, percebe que ele só traz problemas e preocupações. É nessa hora que se diz: ‘Esse presente é um cavalo de Troia!’ ou então: “Mas que presente de grego!’. Entenderam o sentido?”

Se não entenderam está na hora de conhecer na totalidade as duas narrativas que, como Sônia Travassos explica, estão uma interligada na outra. O livro é destinado aos adolescentes, tem 40 páginas, custa R$ 28,90 e pode ser comprado nos links: www.grupoeditorialzit.com.br e https://www.fokaki.com.br

Com a palavra, a autora

Sônia Travassos: “Procurei trazer pro texto escrito o sabor do texto oral, dos momentos das leituras compartilhadas com as crianças” – Foto: Divulgação

“O pomo de ouro e o cavalo de Troia” é o 14° livro de Sônia Travassos. Ela concedeu uma entrevista exclusiva ao blog, por email, e comenta sobre seu trabalho e lançamento:

“Eu sou professora, mediadora de leitura em bibliotecas e salas de leitura, há mais de 30 anos, e estas duas histórias gregas sempre estiveram entre os repertórios que gosto de apresentar aos alunos, quando desenvolvo projetos com a Mitologia Grega. A recepção dos alunos a estas histórias sempre foi muito positiva e eu também gosto muito delas. Como elas se entrelaçam, como a maioria das histórias gregas, umas dentro das outras, achei que poderia juntá-las numa única narrativa.

A segunda coisa que acho legal dizer é sobre a linguagem que escolhi para narrá-las: escolhi criar um narrador que conversa com os leitores, que busca a oralidade da fala, como se estivesse contando a história ao vivo, como eu sempre fiz nas minhas aulas. Então procurei trazer pro texto escrito o sabor do texto oral, dos momentos das leituras compartilhadas com as crianças. Por isso escolhi o subtítulo: “Duas histórias gregas do jeitinho que eu gosto de contar”.

Sobre as ilustrações, para mim, foi uma grata surpresa a escolha que a editora Escrita Fina fez do Julio Carvalho, que eu não conhecia ainda, mas que achei que ilustrou lindamente o texto, trazendo a atmosfera destas histórias clássicas em tons pastéis e sombras e buscando ângulos diferentes para recriar estas histórias já tão desenhadas por outros ilustradores.

Este é o meu 14º livro publicado e tenho outro pra sair no ano que vem. Também devo escrever um novo volume com histórias gregas, da mesma forma que fiz este, entrelaçando mais duas ou três histórias. Os leitores com que eu já estive neste ano, me pediram muito isso. Acho que será legal!”

Estaremos aguardando por mais esse livro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *