Skip to main content
 -
Wilson Renato Pereira é jornalista especializado em cultura cervejeira, autor da Coluna "Cerveja&Cia" na revista Mercado Comum, palestrante.

Cervejaria Küd inaugura instalações e dobra produção de cervejas especiais


A Cervejaria Küd, uma das pioneiras entre as artesanais mineiras, está inaugurando uma unidade de brassagem de 2.500 litros, aumentando quase dez vezes sua capacidade. Com isso, mais a instalação de novos tanques de fermentação, empresa dobra o volume total da sua produção de cervejas especiais, para 30 mil litros/mês.
“A nova unidade destina-se à produção de chope e os equipamentos antes existentes agora servem, exclusivamente, ao envase em garrafas e latas, o que permite padronizar sensorialmente toda a linha de produção. Com isso, a Cervejaria Küd vem responder à crescente demanda de consumidores ávidos por boas novidades.”, disse o diretor Bruno Parreiras.
Receitas especiais
Desde o início do ano, a Küd passou a lançar uma nova receita todo mês. “Estão sendo criadas cervejas com atitude rock’n’roll, inspiradas em músicas das grandes bandas. Fabricadas em quantidade limitada, apenas na versão chope, as bebidas são distribuídas somente a estabelecimentos e consumidores especializados. O objetivo é fazer testes de degustação, antes do lançamento ao público”, explicou Parreiras.
“Queremos que a nossa cervejaria seja reconhecida por muito mais motivos do que a qualidade da já tradicional linha de produtos. Essa ideia veio da percepção de que os nossos exigentes clientes querem sempre novas sensações e de que os nossos pontos de venda crescem continuamente. Por isso, temos que ser ágeis e nos reinventar toda hora, a fim de acompanhar os desafios do mercado”, afirmou o diretor da Küd.
Bruno Parreiras disse que a Cervejaria Küd expandiu suas atividades porque já não dava conta de atender aos pedidos dos clientes, desde o ano passado, sendo obrigada a alugar equipamentos de outras fábricas. “Mesmo com a crise econômica, as demandas do público de cervejas especiais não pararam. Em resposta, passamos a criar bebidas surpreendentes, que vêm reforçar nossa identidade de marca, baseada na qualidade e inovação”, acrescentou.
Sempre com inspiração em músicas de rock’n’roll, que dão nome aos seus rótulos, a Küd já lançou cinco novas receitas em 2018:
BITCH’S BREW Double IPA, receita recriada a partir do estilo original, com sabor e aroma intensos e explosivos. Inspirada no som peculiar da banda Aerosmith, que tem a essência mais pura do rock n’roll, mas nunca deixou de se reinventar. Graduação Alcoólica (8,2%), Amargor (100 IBU).

HEART OF GOLD
Belgian Strong Golden Ale, cerveja com características frutadas, resultado de uma fermentação cuidadosa com leveduras selecionadas. Neil Young, senhor do rock de voz suave, performances explosivas e surpreendentes, inspira a receita. Graduação Alcoólica (8,4%), Amargor (25 IBU).
BACON BISCUIT BLUES
Doppelbock Defumada com características focadas basicamente no malte, ingrediente algo esquecido pelos lupulomaníacos. Aroma e sabor surpreendentes, remetendo a biscoito. Uma releitura e reconstrução da receita original, que homenageia o som memorável do Aerosmith, uma banda cheia de estilo. Graduação Alcoólica (8,4%), Amargor (25 IBU).
FEAR OF THE DARK Foreign Extra Stout que tem como características principais ser bem escura e um pouco mais forte do que as tradicionais e lupuladas stouts. O ponto da torra dos maltes utilizados oferece a cor e remete aos sabores de café e chocolate. O amargor é mais pronunciado. É inspirada na obra do Iron Maiden. Graduação Alcoólica: (6,4%), Amargor (50 IBU).
MR. BROWNSTONE Fruit Beer que tem como base uma Brown Ale e remete a essa musica do Guns ‘n Roses. Tem aparência castanho-avermelhada e apresenta sensação complexa vinda da combinação de maltes especiais. O sabor de cereja e coco aprimora o aroma dessa surpreendente cerveja. Graduação Alcoólica: (5,4%), Amargor (20 IBU).

16/08/2018

Com Cerveja, Uai!

Wilson Renato Pereira é jornalista dedicado a difundir a cultura cervejeira de qualidade. Autor da coluna "Cerveja&Cia" na revista Mercado Comum e palestrante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *