Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Vexames que esgotam a paciência

Apesar de que as partidas pelo Campeonato Mineiro só a partir de agora passam a ter valor, o Atleticano está dando sinais de impaciência com o time e – notadamente – com o treinador Diego Aguirre. O uruguaio, que até é muito bom na dialética, ontem (10) não demonstrava a mesma desenvoltura das entrevistas anteriores. Suas respostas, até certo ponto vazias, eram repetidas a cada nova pergunta dos jornalistas.

De tudo que ele disse, o que eu consegui tirar de proveitoso é que “agora é que vale”. Se for assim que ele pensa, apesar da desconfiança de muitos e que até divido parte disso, que ele nos garanta uma reviravolta na atuação do Galo daqui pra frente. Não só o título mineiro, que, a bem da verdade, é decidido a partir de agora. Estar entre os quatro, para os padrões do nosso time, é obrigação. Aguirre deixou claro que agora é que começa a valer. Então, o Atleticano exige o título.

aguirre 02

Outra situação que fica clara é que, a partir de agora, chega de experiências. Se o treinador insistir com esse time alternativo novamente, o vexame pode se repetir. A meu juízo algumas coisas ficaram evidentes. Já disse aqui sobre a urgência da contratação de um novo zagueiro para compor o elenco nas próximas fases da Copa Libertadores. Que Patric se recupere logo e volte, exclusivamente, como opção de banco para as laterais. Nada além disso. Os dois de ontem estão definitivamente reprovados. Carlos César parece ter preguiça e não corre. Mansur não é para o padrão Atleticano.

Na derrota para o Tricordiano, em que pese toda a amargura que estamos sentindo, uma utilidade existiu. O Victor, depois desse período parado, demonstrou, até na reposição de bola, sua falta de ritmo. Espero que os 90 minutos da derrota tenham sido suficientes para quebrar essa condição e que, a partir de quinta próxima, tenhamos o “melhor goleiro do Brasil” de volta. Clayton, que deverá ser inscrito para a próxima fase, ainda não justificou aquela batalha com o Corinthians pela sua contratação. Está na hora também de mostrar o seu valor.

aguirre 03

Sem querer fazer julgamento do treinador, coloco aqui algumas observações de torcedores ao final da partida, tanto pelo Whatsapp quanto por outras ferramentas da rede social. Não significa, necessariamente, que concorde com todas elas, mas servem de reflexão. “Time sem padrão de jogo. Taticamente mal organizado. Ataca sem objetividade. Meio de campo cheio de espaços. Não pressiona a saída de bola do adversário.”  Resumidamente, assim dizem os que defendem a troca imediata do comandante.

43 comentários em “Vexames que esgotam a paciência

  1. Achei uma desculpinha muito da esfarrapada essa de ” agora é q vale”, pra quem nos q somos torcedores, perder um clássico e ser goleado pelo um time da série D é vergonhoso e motivo de chacota. Se o cara fosse bom com um elenco desse aí, tinha ganhado de todos (clássico, todos adversários do mineiro e da 1°fase da libertas) pois ao meu ver todos times são inferiores, porém um time bem armado e com as substituições sabias pra cada momento faz toda a diferença para um resultado positivo. E isso já está claro q ele não sabe fazer, além de até hoje não conhecer o elenco. Então amigos q o Sr. Nepomuceno nao espere assim como aconteceu com Autuori q quando saiu a vaca já estava no brejo e sem forças p reagir. Mudanças já!!!

  2. Do início do ano até agora pude analisar o seguinte:
    1) Dátolo e Donizete são imprescindíveis.
    2) Não temos zagueiros para sermos campeões.
    3) Laterais titulares já são meia-boca. Imaginem os reservas. Esse Mansur então é sofrível.
    4) Quais as peças de reposição do ataque? Sinto saudade até do Carlos… Por aí dá para se ver o nível.
    5) O time encarnou o sentimento do Aguirre. Os jogos onde ele joga com reservas não valem nada e os jogadores assimilam isso. Só jogam na Libertadores e jogos decisivos. Só que o Brasileiro já está aí! E estamos na fila há mais de 40 anos! Vai jogar com esse timinho reserva que não quer nada? Aí na hora que acabar a Libertadores (ganhando ou não) a distância dos primeiros lugares será inatingível… Lembram do Internacional do Aguirre que era o melhor time do Brasil na época e fracassou em tudo?
    6) Alguns querem o M. Oliveira, mas acho que é santo de casa. Mas se a diretoria quer ele, que seja logo, pois O Deivid não durará muito tempo e o lado de lá vai buscá-lo outra vez…
    Espero que esteja errado, mas as circunstâncias estão nos levando a perder as esperanças com o treinador e time.
    Esperemos os próximos dias….

  3. O Aguirre já chegou em clima de desconfiança. Após a desatrosa saída do Inter na semi da Libertadores, por insistir em não repetir um time titular, foi cruxificado pela torcida e, eventualmente, mandado embora. Está repetindo no Galo o que fez no Internacional…é só questão de tempo pro time sucumbir na Libertadores. Aí vai ser tarde demais. Não acho que uma troca agora, seria eficaz, mas uma conversa séria do presidente Daniel com o técnico.

  4. Não tenho mais paciência com Aguirre. São 4 meses de trabalho e não há evolução no time. Ontem mesmo deveria ter sido demitido. Marcelo Oliveira é atleticano e há tempos espera esta oportunidade. Se nada for feito, seremos eliminados da Libertadores, o que seria um desastre com este elenco.

  5. Este Aguirre é péssimo, dar força ao jovem Uilson que falhou contra o cruzeiro,
    dizer que Carlos Cesar é jogador moderno,colocar um jogador em campo aos 47 m do segundo tempo , o time perdendo de 3×2 pro del valle, ou seja precisando empatar e ele parando o jogo……………………fora irresponsavel, maluco, papagaio falante.

  6. Pessoal, vamos analisar de forma coerente: Cazares : É o único jogador lúcido e de qualidade, o que sabe armar, porém está sem com quem jogar. Pratto: Sacrificado pelo esquema, batalha como ninguém, sem nuncar desistir das bolas. Robinho: Continua o mesmo, só joga contra time pequeno. Clayton – apenas mais um jogador razoável. Marcos Rocha- Merece banco já a algum tempo. Estamos como na época da SELEGALO, um ótimo time no papel, porém não temos técnico .

  7. Eu, que por diversas vezes critiquei a pirraça e a falta de criatividade de Levir Culpe, me deparo hoje com esse senhor, que não sei quem é, não sei de onde veio e por onde andou! Para ele, tudo o que importa é se o time criou chances. Tem uns 5 jogos que o bando dele cria ,, cria, cria e não decide nada. Toma de 1, de 2, de 3 e agora de 4 e ele continua com o mesmo discurso! Se continuar nessa pegada, vamos perder o Mineiro e ele vai dizer que serviu de experiência, perderemos a Libertadores e ele continuará insistindo que valeu de experiência, perderemos o Brasileirão e ele dirá que serviu de experiência e por fim o rebaixamento e ele continuará dizendo que serviu de experiência..!!! Pelo amor de Deus, Daniel! Pare esse imbecil…

  8. O galo correu p/ contratar um goleiro experiente (Lauro é experiente, em plena forma, maduro, etc), Boa colocação geral é sinônimo de vantagens nas fazes seguintes da Libertadores. Agora eu pergunto a esse Senhor: Porque Lauro ficou no banco, e ele colocou para jogar um ” menino” inexperiente, inseguro para jogar contra o Del Vale??????? Me explique, por que os atleticanos não conseguiram entender.

  9. Resumo, nossa paciência acabou. Hoje temos um time melhor do que o de 2015 e não temos técnico no comando. Fui a todos os jogos do mineiro realizado no indepa, mas ontem foi triste de ver. Daniel (Presidente do galo), se vc não trocar o técnico agora o seu investimento no time será jogado no lixo.

  10. Tá devendo demais esse Sr. Aguirre. Tem um ótimo elenco nas mãos e até agora não demonstrou simplesmente nada: foram 10 jogos contra times de série A e a campanha é simplesmente ridícula: 4 derrotas (Flamengo, Figueirense, Cruzeiro e Independente Del Valle) 3 Empates (2x América e Colo Colo) e apenas 2 vitórias (Colo Colo e Independente Del Valle). Sem contar as campanhas: Nenhuma vitória na Primeira Liga, Segundo lugar com 9 pontos atrás do Cruzeiro e Divisão de liderança na Libertadores (esse último é que está dando mais sustentação ao desempenho do Sr. Aguirre). Corremos um sério risco de ser eliminado da Libertadores, pois esse treinador demonstrou que não tem capacidade de mudar o time taticamente durante os jogos, uma besteira dele num jogo decisivo e já era: estamos fora! Abre o olho diretoria!

    1. Se deixarem ele (Diego Aguirre) mias tempo vai se repetir o que aconteceu no tempo do Paulo Autuori . Quando a diretoria acordou já era tarde demais

  11. PERDEMOS O JOGO EM QUITO POR CULPA DO AGUIRRE, SERA QUE A ESCOLHA DELE FOI CERTA? JOGAR FORA E CAMPO RUIM, TEM QUE TER MEIO CAMPO FECHADO E COMPACTO AI SIM SE NO FINAL PRECISAR VENCER COLOCA ATACANTES

  12. O problema crônico: a) falta de cobertura das laterais (as duas são ruins, mesmo os titulares); b) zagueiros lentos jogando adiantado e c) meio de campo condicionado a acompanhar e não briga pela bola na intermediária adversária (meio caminho para finalizar ao gol).

  13. qual é a justificativa para a contratação do goleiro Lauro. Esse prof. pardal o preteriu em favor do frangueiro Uilson…

  14. Bom dia, Eduardo!
    Há muito venho tentando postar um comentário. Não consegui. Sou da velha guarda, inábil ao computador… Vejamos se dá certo desta vez… Se der, iremos conversar muito ainda…
    Saudações Atleticanas!
    Aqui é Galo.

  15. Treinador não vibra, não cobra, vive de plancheta na mão. O time tem parecido de peladeiros. Temos vividos de sufocos mesmo na libertadores: 2×1 contra o melgar, sufoco no zero a zero contra o colo colo, melhor só os 3×0 na volta contra o colo colo, independe um sufoco de 1×0 e vexame nos 3×2. Ou seja, mal escalado sem visão…um amontoados de jogadores, às vezes cheio de laterais para ser atacantes, outras vezes, cheio de meio campo para ser atacantes.

  16. Gostaria que Minas contasse com mais um clube de grandeza! Pois fica muito pesado para o Cruzeiro levar só o nome de Minas, América e Atlético está na hora de se tornarem profissionais para dividir com Cruzeiro a responsabilidade de levar Minas ao topo! Cair de quatro a dois tendo os dois tentos do Atlético feitos com falhas da arbitrários nos traz tristezas mas vamos lá bola pra frente.

    1. Ô, Wagner Ricardo, vá lá no blog do palestra e volta me dizendo se tem algum atleticano se metendo em assunto de vocês… Preste atenção ao subtítulo do blog: Aqui é Galo!
      Va procurar e achar sua turma: Benecy, os traficantes de helicóptero, etc, etc…

  17. Saudações Alvinegras. Sou leitor assíduo deste espaço e é com muita tristeza que venho dizer que minha confiança e paciência com Aguirre acabaram. Eu sou a favor das novas oportunidades e da saída da mesmice. Mas com Aguirre teimando em jogar sem o General, fazendo substituições equivocadas. Sei que nenhum treinador agradará a todos, mas os 3 times de serie A que jogamos perdemos os 3 jogos( flamengo, figueirense e as meninas), além de perder de goleada dentro do horto para um time que estava na zona do rebaixamento. Será que teremos que esperar a saída precoce da Libertadores.Ai o ano já estará perdido. Saudações Alvinegras.

  18. Eu defendia o Aguirre até ontem. Porém, perder de 4 para o Tricordiano é um vexame sem precedentes. É inaceitável! Nem na época do Mixirica, Nedo Xavier e Ziza Valadares era assim. Esse time está desorganizado em campo, sem raça, sem conjunto, não vibra. Parece um amontoado de jogadores de pelada, descompromissados com o resultado. Isso é culpa do técnico, porque material humano ele tem de sobra. Nos últimos quatro jogos foram 3 derrotas e 10 gols sofridos, agravados por uma apatia fora do comum. As entrevistas pós-jogo são sintomáticas. O cara está perdido. Parece ter um carro esportivo nas mãos, mas sequer consegue ligar o motor. O sistema de rodízio dele funciona muito mal. As escalações estão equivocadas e as substituições são desastrosas.
    A partir de hoje, torço pela contratação do Marcelo Oliveira, ou qualquer outro que queira fazer o simples, ao invés de inventar. Espero queimar a língua, pois futebol é imprevisível, mas desanimei com a filosofia de trabalho deste treinador e sua enorme (improdutiva) comissão técnica.
    Acorda, Galo!!!

  19. E se trocarem, Marcelo de Oliveira não, pelo amor que se tenha ao Clube Atlético Mineiro não façam isso. Porquê o cara mora em Pedro Leopoldo, pertinho do CT do Galo, é outro que não tem nenhuma competência para treinar o Galo. E olha que eu sou da geração que vi o Marcelo jogar, com Reinaldo, Paulo Isidoro, Ângelo, Alves, Toninho Cerezo e cia do Galo. esse Diego Aguirre com toda sinceridade já fazendo hora extra, com muitas burradas e erros grotescos. Desde que chegou por aqui, em momento algum escalou a mesma equipe. E me permita Eduardo, tem jogadores já vencidos no Galo. Carlos César, Tiago, Edcarlos, Mansur, Patric, Luan, Rafael Carioca, Hyuri, Leonardo Silva, aliás o Rafael Carioca nunca teve cancha de jogador do Galo, sem raça, frio, putz e na libertadores precisamos de jogadores com brio, raça, sangue do Galo, fica com aqueles toquinhos sem objetivo. Sou Atleticano apaixonado, amo o Galo, nos precisamos de uma renovação neste elenco que deveria ter sido feito no final de 2014, final de 2015. Um treinador cheio de frescuras, como diria o péssimo Celso Roth, cheio de mecânica. Olha Eduardo não sou pessimista, sou realista, a continuar com este cidadão aí e vários jogadores que citei acima, sera ano perdido. Tomara que tudo que disse torne o contrário. E finalizando, fora Aguirre, Marcelo Oliveira não e renovação geral no final deste ano. Abraços e desculpe a extensão do meu comentário.

      1. Não entendo nada mesmo de futebol, meu negócio é falar de paixão. É essa, com o Galo, com todo respeito, eu entendo bem. Não é a toa que tem mais de dez anos que não perco um único jogo mandante. Belo Horizonte, Sete Lagoas (todos), Ipatinga, além de muitos outros fora. Marrocos, Mexico, Paraguai e no fim deste ano vou ao Japão.

  20. É iminente a troca de comando técnico. O cara é um professor pardal e muito passivo. O Levir está deixando saudades! A contratação de um zagueiro e reservas para as laterais são prementes. Que saudade do Kalil que já tinha tido uma reunião com jogadores e comissão técnica há muito tempo. Melhora, Daniel!

  21. Bom dia e boa semana ao Canto do Galo ! Agora vê-se claramente o por que de a imprensa sulista ter batido tanto no Aguirre .Não era por conta do preparador físico e rodízio do time, e sim pela falta de motivação e perda do vestiário do inter . Este foi o assunto da resenha na volta para casa com amiGalos de toda hora e de muitos,mas muitos jogos do GALO – parceria antiga e bacana – . Aguirre ainda não entendeu que em se tratando de GALO,até em disputa de mijo à distância a vitória é sim importante para a Massa e muito mais ainda para o CAM ,tem essa de ” derrota normal ” aqui não . Aquela falta de marcação,preguiça,apatia e sei lá mais o que vista em campo ontem, para mim é indício de soberba por parte desta turma que deveria estar comendo poeira para mostrar serviço . 3 volantes para que ,se com Aguirre eles se acham armadores,então marcar prá que ? Time sem vontade e com discurso pronto atraindo para si uma perigosa ,mas real, responsabilidade/obrigação de vencer tudo o que vier daqui para frente.Outro ponto, Cazares ! Brigaram tanto pelo gajo e até agora não mostrou a que veio.Seu futebol deve ter ficado escondido na alfandega ,te falar viu! bolinha pititinha a dele até o momento. Será que mais uma vez teremos a reedição de um cardenas,pietro,cairo, ou até mesmo um edson mendes no CAM ? Espero estar errado,mas depois de 3 derrotas seguidas em 4 jogos disputados … o alerta foi ligado e a farda Alvinegra merece ser respeitada ,mesmo que o jogo não esteja valendo nada ,SE É QUE EXISTA um jogo do CAM que não valha nada …#GaloSempre

  22. Eduardo, parabéns por mais um excelente texto. Você em seu resumo das vozes que ecoam nas redes sociais têm razão. Sou treinador e o que mais me assusta nesse time montado pelo técnico Aguirre é a falta de um padrão de jogo. Não observamos sequer faltas ou jogadas ensaiadas. Não é possível que, com esse elenco, ele venha dizer que ainda não teve tempo para dar uma cara a esse time. Sofremos com coberturas dos laterais que em vários momentos avançam sem a preocupação de marcar, perdemos a liderança dentro de campo ao optar pela saída de Leandro Donizette e assusta muito a falta de compactação de todos os setores do time. Vamos pagar pra ver, mas a paciência vai se esgotar se perdermos o campeonato mineiro.

  23. Não tenho barba, mas se tivesse a minha já estaria ficando de molho, está dando uma sensação de que não temos todo este plantel que até então eu achava, ou o nosso treinador não está regendo bem esta orquestra. Realmente não estou gostando do que estou vendo. Cleiton até agora não justificou tamanho empenho em sua contratação e o time, mesmo que não sendo titulares, não podem perder desta forma para o Tricordiano, com todo o respeito que merecem. Estou começando a sentir falta do Levir, pois este não tinha em mãos o elenco que o Aguirre tem, e ele soube tirar melhor proveito, como todos nós sabemos. Saudações Atleticanas.

  24. Bom dia Sr. Eduardo, não tem como o Clayton mostrar seu futebol até agora só jogou fora de sua posição de origem, em apenas 1 jogou pela esquerda mesmo assim alternado pela direita, foi o melhor jogo dele diga-se de passagem, quanto ao jogo foi terrível parecia o Timinho de Itaquera, brincadeira enfrentamos em nossos domínios o Tricordiano, o salário de alguns reservas pagam com folga alguns meses de salário deles não é possível perder para um time destes ainda mais em casa mesmo com time misto, eu queria a saída do Levir é um ponto, mas não gostei da contratação do Aguirre, defenfi no início, mas não dá Aguirre vaza do meu Galo pelo amor de Deus, Victor estava sem ritmo aquele gol o mais bonito do Mineiro a Massa não merecia isso, será que precisamos nos preparar para o Melgar???

    *Off-Topic(favor editar esta parte): preciso dizer alguma coisa a mais que nossos goleiros profissionais não tem uma técnica para defender pênaltis, ontem no jogo virei para meu filho e disse o Victor vai tomar o gol e ele perguntou como eu sabia, eu disse não há necessidade de fazer tanta misura na frente do batedor, mais uma vez nosso goleiro mesmo sendo Victor foi batido facilmente, tudo aquilo que lhe disse é de suma importância que chegue até nosso departamento de goleiros imagine valendo vaga para passar de fase na Libertadores disputa de pênaltis ele me faz um show de horrores deste, goleiro não preciso disto precisa de saber o que está fazendo, tenha uma ótima semana

    1. Aguirre já era mesmo, nem deveria tem vindo. Concordo, o que acontece com o Atlético solta fogos para contratar e depois o cara vem e a bolinha dele, oh!!!!! Cazares, o Clayton até agora tb não disse a que veio.
      Então fora Aguirre e toda equipe de médicos e preparadores físicos, não pode acontecer o que vem acontecendo: Muitos jogadores no departamento médico, incrível, não pode um time do nível do nosso Atlético ocorrer isso.

      1. Assisti o jogo contra a URT e minha preocupação com o futuro só aumentou. Não temos padrão de jogo,o time não tem alma. Até o Victor desaprendeu comoSr. Aguirre no comando. Que saudades das jogadas mortais pelas laterais que o Atletico tinha no tempo do Levir Culpi com cruzamentos e cobranças de laterais pelo Marcos Rocha. A defesa não inspira nenhuma confiança.Nunca vi tando erros de passes. O time parece que não treina. Olhe, dá dando calo nos olhos assistir este time inventado pelo Sr. Aguirre. Se em quatro meses ele não conseguiu até hoje que o time fizesse um jogo que enchesse os olhos da torcida, não vai conseguir nunca. O que vai ser deste time quando tiver de enfrentar os times da serie A do brasilerão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*