Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Um olho no Flu e outro em 2020

Assim como naquele ditado, “um olho no peixe e outro no gato”, o Atleticano encara a partida de hoje no Rio de Janeiro.

Se o dito popular sugere que não se pode deixar o peixe sozinho, tem de ter cuidado senão o gato come, no nosso caso a situação é muito similar.

Se o time, a exemplo da rotina da temporada, tropeçar novamente na partida de hoje, permite o avanço dos retardatários. Concomitante a isso, temos de pensar num próximo ano diferente dos tempos recentes.

Pelos prognósticos dos matemáticos e institutos, nossa probabilidade de rebaixamento – ainda que muito baixa – existe.

Para zerar essa possibilidade, é fundamental a vitória no campo do adversário. Não tivéssemos cometido tantos erros ao longo da temporada, desde contratações desastradas e descabidas – consequentemente derrotadas inexplicáveis – estaríamos lutando e disputando vagas na zona de classificação e não brigando contra o rebaixamento.

Além disso, a insistência com um treinador que mostrava – rodada a rodada – que não tinha comando sobre os jogadores, o que nos conduziu a mais longa série sem vitórias de todos os tempos.

Enfim, passou e temos de olhar para frente. Pensar no futuro. Ao que parece, a gestão no Galo começou a querer ouvir a voz das ruas. Não sei, ao certo, se pela “pressão popular” ou por algum lampejo de colocar e buscar rumos satisfatórios.

A ascensão de garotos da base aos profissionais, situação tanto reclamada e implorada pelo torcedor Atleticano, bate na Cidade do Galo.

Se Marquinhos e Bruninho – mesmo que ainda não tenham se tornado realidade – sinalizam mais futebol e comprometimento que aquela quantidade sem fim de “boi cansado”, outros começam a ter oportunidade. Alerrandro, agora contundido, teve menos chances que o Torcedor gostaria.

Bruno Silva, Guilherme Castilho e Leo Griggio, se as coisas sossegarem, poderão ter oportunidades ainda neste ano.

Do jeito que está, não creio que arriscariam com qualquer deles, existindo necessidade urgente de resultados.

Além deles, ainda sonhamos com Neto, Alessandro Vinicios, Vitor Mendes e outros. Tomara que não seja uma cortina de fumaça para acalmar a reação da Massa que dava sinais de ir às ruas pedir mudança ampla, geral e irrestrita. Desde o segundo andar da sede de Lourdes.

Para uma boa reformulação e o início desse planejamento é fundamental atirar para longe o risco do descenso.

Que nossos jogadores tenham vergonha na cara e tragam a vitória hoje lá do Rio de Janeiro.

Só assim, tanto nós Torcedores quanto nossos combatidos diretores – notadamente – que trabalham no futebol terão a tranquilidade necessária para atingir o sonho de uma reformulação generalizada.

Pra cima deles, Galo!

*fotos: Bruno Cantini/Atlético

11 comentários em “Um olho no Flu e outro em 2020

  1. O MELHOR PLANEJAMENTO PARA 2020 , TEM QUE COMEÇAR PELA QUEDA DE SETTE CÂMARA E RUI COSTA.
    OU ALGUÉM ACREDITA QUE ESSES DOIS SABEM PLANEJAR ALGUMA COISA.???
    COM ESSES DOIS A DERROCADA É CERTA.
    SETTE E RUI COSTA NÃO PODEM CONTINUAR.
    FORA SETTE CÂMARA.
    FORA RUI COSTA.

  2. Bom dia MASSA!

    Novamente não fizemos o dever de casa e corremos um sério risco de salvar o time do recanto-das-garças. Assim como foi naquele fatídico jogo do meia dúzia x 1, tomei birra desse número. O jogo de hoje é ganhar e pronto, não tem outro resultado. Isso olhando para uma possível sulamericana. Reclamar de diretoria, comissão técnica e jogadores, virou chover no molhado. Agora é torcer para sair fora do risco de rebaixamento e começar a cobrar para 2020, que a princípio sinaliza ser igual a este ano. Aí sim, o sofrimento será medonho.

    O próximo ano estará mais competitivo do que esse, pois já garantiram a subida Bragantino (leia-se Red Bull, com o caixa maior do que o nosso, por isso vai ter melhores contratações) e Sport; e brigam por duas vagas Atl-GO, Mequinha e Curitiba, os três muito melhores dos que vários times que estão na série A. Assim, 2020 será muito mais forte que esse ano.

    2019, eu achei que esse seria nosso ano, afinal os 9 x 2 está estampado nesse ano, mas mais uma vez o 9ALO conseguiu o mais difícil, não ganhar nada, nem a sulamericana mais fácil de todos os tempos e que dá vaga direta para libertadores. Geralmente vejo colegas, torcedores, dizendo que impossível o 9ALO não fazer isso ou aquilo. Aqui não tem disso, aqui tudo é possível. O impossível passa a ser possível, é só ver nosso 2o semestre. Alguém achava que seria possível ser o martírio que está sendo?

    Então é isso, hoje não interessa é vencer, vencer, vencer……

    VAAAMMMÚUUUUUUUUU 9999AAAAALLLLLLLLÔOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!

    PS.: Ainda temos de compensar a derrota contra a Chapecoense. Mas em qual jogo? Esse não vale, esse é dever ganhar.

  3. AVISOS E ALERTAS NÃO FALTARAM. :
    QUE F.SANTOS , ELIAS E R.OLIVEIRA IRIAM DESTRUIR O ATLÉTICO. MAS , TINHAM AQUELES QUE NÃO CONCORDAVAM. A REALIDADE DOS FATOS COMPROVARAM.
    NÃO ADIANTA CONTRATAR VETERANOS EM FIM DE
    CARREIRA .
    QUANTO À SETTE CÂMARA E RUI COSTA , JÁ ESTÁ COMPROVADO QUE OS DOIS SÃO IMCOMPETENTES E IRRESPONSÁVEIS. NÃO PODEM CONTINUAR.
    AS CONTRATAÇÕES DO ATLÉTICO ESTÃO OBEDECENDO UM ÚNICO CRITÉRIO : “” JOGADORES INDICADOS POR EMPRESÁRIOS “” , REFUGOS , QUE NÃO TEM CONDIÇÕES DE VESTIR A CAMISA ALVINEGRA.
    ESSE É O NOSSO PRINCIPAL PROBLEMA.
    EMPRESÁRIOS ESTÃO COMANDANDO O GALO.

  4. Jogo muito complicado pro nosso GALO… se for 11 contra 11 temos chances de Vitória… agora se o trio de árbitros + o VAR entrarem com a camisa tricolor, já era pra nós!!!!!

  5. Bom dia Avila. O que me desanima é saber que o Rui Costa vai ser o responsável pela montagem do elenco. Na minha opinião, deverimos ter um técnico já contratado para indicar jogadores para suprir as carencias do time. Penso que precisamos no minimo de dois laterais, um camisa 9 e um camisa 10 e um volante, todos com capacidade para assumir o time . titular. Agora eis a questão: Como contratar esses jogadores ? O Presidente disse ter proposta de 6 milhoes de dolares pelo Chara: vende logo. Como moeda para escambo temos Cazares, Guga, Alerrandro, Otero. E finalmente tem de negociar e reincidir pelo menos com Pastor, Terans, Vina, Bolt e Maidana. Aposentar leo silva. Tchau e bênção para Elias e Giovanio. E dispensar os come quieto: Marques, Eder Aleixo e Adilson e o treinador de goleiros.

  6. Bom dia Eduardo e Atleticanos! Em um passado bem próximo, diria que o jogo de hoje seria um excelente oportunidade para três pontos fora de casa. No entanto, a confiança nesse elenco é zero´- não dá para esperar grande coisa com Elias, Cazares, Jose Welisson, Ricardo Oliveira entre outros tantos. para aumentar a insegurança do torcedor a atual comissão técnica não passa também confiabilidade de ter condições de tornar esse time com futebol de melhor qualidade e consistente. a sorte é que o adversário está tão ruim ou pior que nós, mas joga em casa.
    Como diz o mestre Eduardo, se houver uma vitoria sobre o fluminense, a possibilidade de rebaixamento praticamente se zera. Portanto, é fundamental a vitória no campo do adversário, que além de amenizar a revolta do torcedor, pode dar condições para se concentrar em um planejamento sério e bem feito para 2020, algo que creio ser muito mais difícil de acontecer do que esse atual time do Atlético voltar do Rio com uma vitoria de goleada, afinal a diretoria atual tem sette câmara e seus asseclas que já deram demonstrações de exacerbada incompetência.
    Independente de o Atlético escapar da segundona, seria fundamental a troca geral e irrestrita da diretoria atual; com ela não vejo futuro para o Atlético. Saudações Atleticanas

  7. Bom Dia a todos os atleticanos e atleticanas de todos os matizes!
    “Enfim, passou e temos de olhar para frente. Pensar no futuro. ” Conforme sempre escrevo, o GALO e o time do ano que vem, que vem, que vem, e que nunca chega.
    Se grande parte do elenco tem contratos longos ( segundo matéria que li, 80%), que planejamento seria este?
    Quem irá querer craques como Bolt, Terans, Martinez, e outros mais? Só o GALO!
    Sobre a promoção dos atletas da base, espero que haja qualidade. Infelizmente ter a supremacia do super campeonato mineiro, NÃO é referencial para NADA! A quanto tempo não ganhamos uma copa São Paulo? Talvez seja culpa da arbitragem.
    A base é tão pessimamente gerida, que o GALO dispensa jogador depois de longos três meses de treinamento, que ele acaba na seleção brasileira!
    O tal do chorão Alerrandro teve sim sequência de jogos. Não se firmou. Preferiram trazer o super batalhador, raçudo, lutador, e artilheiro que não faz gol ( di Santo), ao invés de mante-lo no time. Para mim esse Alerrandro é artilheiro do mineiro, esse campeonato semi-amador que temos. Fora isso não vejo nada mais.
    O único planejamento que acredito seria uma reforma na diretoria e elenco, AMPLA, TOTAL E IRRESTRITA, porém jamais acontecerá. A FAMIGLIA continuará com seus desmandos, a receita continuará caindo, e o estádio será a solução.
    Não vejo pelas informações apresentadas pela imprensa nada diferente a acontecer. Ah! Temos de ser otimistas!
    Cuidado com o Fluminense! Eles precisam do resultado. Nissos indolentes, vetustos, ex-jogadores em atividade, terão vergonha na cara! Porquê? Tiveram vergonha no último domingo?
    TORCER SEMPRE SEM NUNCA PERDER A CAPACIDADE DE JULGAR!

  8. Salve massa e Guru!

    Pois nossa a meta é a saída definitiva da zona da degola. Vamos tapar os ouvidos para o idiota do entregador de camisas que, quer porque quer, enganar os trouxas ao alimentar ainda vaga na libertadores.
    Mas temos que dar crédito a ele que mesmo com toda fraqueza bem ou mal vem dando chance aos garotos da base, coisa que o próprio Rodrigo Santana que foi treinador dos garotos não o fez. Aliás, nenhum dos entregadores de camisa desde o fraquíssimo Micale (Meu Deus! Como conseguimos ter esse cara como técnico).
    Com a saída da degola a ordem será colocada a garotada em campo pra ganhar rodagem e dar a mala pros sub 40 que andam infestando nosso time e roubando nosso dinheiro.

    Tem muita gente boa pra gente investir :
    Vanderlei (goleiro Santos) / Jairo (Goleiro Palmeiras)
    Gilberto (Lateral direito Florminense)
    Messias (ex América) onde anda?
    Bruno Pacheco (Later. Esquerdo chapecoense) / Leo Pelé (Later. Esquerdo são paulo)
    Ramiro (Meio campo Curica)/Hudson (meio Campo São Paulo)/ Zé Ricardo
    Zé Rafael / Yohan (Palmeiras)
    Yony Gonzales (Flominense)/ Arthur Caique (Bahia) barrio (Flamengo) Sassá (Marias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*