Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

As voltas que essa vida (Atleticana) dá

Ê Galo! A temporada nem começou e as informações – ainda que especuladas em redes sociais – deixam o Torcedor sobressaltado.

Nomes que ainda podem chegar causam um alvoroço na Massa. Desde aqueles que serão recebidos em aeroporto até outros que à priori já desfrutam de rejeição.

É bem verdade que até o momento, o balanço é altamente positivo. Entre os que saíram, ao que sinto, nenhum deixará saudade.

Ainda tem mais gente que deveria ligar o desconfiômetro e pedir pra seguir a carreira (ou até mesmo encerrar sua carreira) noutro lugar.

Já na lista de jogadores contratados, mesmo considerando que apenas um – Allan – chega com credenciais de solução, os demais podem dar certo. Tenho colocado fé nessa renovação. Já era tempo!

Mas, cá entre nós, essa possível transferência do Cleiton para o Bragantino preocupa e muito ao Torcedor.

O jovem goleiro, que ganhou visibilidade na disputa de um título nacional dentro da Gávea, assegurando a conquista para o Galo, é uma das raras promessas da base nos últimos tempos.

Em matéria de revelar goleiro, passamos décadas sem que nenhum vingasse no time principal.

O último foi Diego Alves, vendido precocemente, assim como se desenha agora com Cleiton.

Só se o Galo estiver trazendo, por exemplo, o Tadeu do Goiás. Até admitiria se fosse o Tiepo da Chapecoense. E ainda contratar o Robertinho, demitido recentemente do lado de lá da lagoa.

A se concretizar, será um tiro no saco do Atleticano. Creio que ele pode voltar das Olímpiadas muito valorizado.

Minhas considerações acima, não tiram a motivação que sinto no início de temporada.

Ao meu sentir e também pelas prosas com muitos Torcedores pelas ruas da cidade, é quase unanime reconhecer que a diretoria mudou de atitude.

Passou a ouvir a base, no caso o Atleticano, trazendo reforços pontuais e jovens, diferente daquela quantidade de boi cansado e descompromissados que passaram pela Cidade do Galo.

Ao contrário de dezenas que chegaram nos dois últimos anos, menos de dez serão contratados para essa temporada.

O nosso Torcedor é ousado e irreverente. Enquanto vivemos um período de aparente calmaria, zoando rivais – com propriedade – diga-se – uma vez que suportamos a arrogância e a soberba durante um bom tempo, agora ouço diariamente manifestações divertidíssimas.

Ontem, um deles me disse que “no dia 7, o time do Sette, vai golear por 7”, devolvendo o único discurso que restou ao torcedor adversário.

Calma pessoal, ainda temos de completar essa travessia da reorganização.

Enquanto isso, nosso sub-20 segue brilhando na Copa SP. Ontem a vítima foi o São Bernardo. Quatro a um.

Ao que vi, se o time soube reagir na competição, depois daquela amarga derrota na estreia, ontem mostrou a mesma força de recuperação.

Voltamos do intervalo vencendo por dois gols e os primeiros momentos do segundo tempo foram terríveis, até o adversário marcar um tento e ameaçar o time Atleticano.

Pois, a partir daí, novamente o Galinho assumiu as rédeas da partida e chegou a mais uma goleada.

São cinco jogos, com uma derrota e quatro vitórias, tendo marcado 15 vezes e tomados apenas três gols.

Agora, a exemplo da série A do Brasileiro, o Galo é o único de Minas na competição. Todos os demais já voltaram pra casa.

Fechando, me permitam repetir uma frase do saudoso Ferreira Goulart que vai bem ao encontro do pensamento do Torcedor que sonha com grandes conquistas e um clube organizado daqui pra frente.

Temos exemplos próximos do caos que uma má gestão pode causar ao sofrido torcedor.

Nós não mudamos de humor gratuitamente, o Sette é que mudou sua postura. Ainda bem. Então segue o dito pelo Goulart: “Não quero ter razão quero é ser feliz”.

*fotos: 1 e 2) Bruno Cantini/Atlético; 3) Pedro Souza/Atlético

58 thoughts to “As voltas que essa vida (Atleticana) dá”

  1. Não adianta colocar a base no elenco e não utilizar. Isso foi o que foi feito há anos. Pq o Hulk nem tem oportunidade? Se chegar o Arena será o segundo lateral esquerdo contratado, nessa brincadeira serão milhões gastos em uma posição que nem testamos o lateral da base. Quanta incoerência de um diretor que responde o torcedor alegando que contratações como do Roger Guedes o Galo faz na base, mas emprestam o lateral que NUNCA fez 10 partidas seguidas. Minha única esperança é o Dudamel acabar com o corporativismo dos medalhões e quebrar paradigmas botando os melhores.

  2. Wellington. Você viu algum desses contratos? Eu penso que o clube que emprestou o jogador deve ter se resguardado, preservando partes dos percentuais em casa de compra ao final do empréstimo. Eu duvido que o Galo tenha possibilidade de comprar 100% ao final do empréstimo. E o empresário nao vai ganhar nada? Vc acha mesmo que o Sao Paulo emprestou o Caleb ao galo estabelecendo o valor de 600 mil reais por 100% de seus direitos econômicos? Eu suspeito que esse valor é para aquisição de 50%, ficando o Sao Paulo com 30% e o jogador/empresário com 20%.

  3. Caro Atleticano, Pablo de Oliveira,

    Ainda espero uma mudança de postura do nosso Galo em relação ao aproveitamento efetivo desta base que está pedindo passagem.
    Porque não subir Calebre, Guilherme e o Tiago Juan (17 anos) e o mais promissor de todos.
    Com relação a venda do Clayton, penso exatamente que é uma oportunidade grande de vermos nossos goleiros Michael e Fernando jogarem,.
    Quem era o Clayton antes de ter oportunidade no profissional.

  4. Meu caro Jose Antônio,

    Após a peneira realizada em todas as categorias do Galo, ficaram cerca de 10 jogadores por categoria e foram contratados mais ou menos outros 15 por categoria. Todos sem exceção vieram a custo zero, e com o passe estipulado em contrato. Ou seja, se forem bem, o Galo exerce o direto de compra e não adianta a equipe chorar.
    Então todos quando bons e aprovados podem se considerar jogadores do Galo.
    E ainda tem pessoas que fala que o trabalho realizado é ruim.

    1. Wellington. Você viu algum desses contratos? Eu penso que o clube que emprestou o jogador deve ter se resguardado, preservando partes dos percentuais em casa de compra ao final do empréstimo. Eu duvido que o Galo tenha possibilidade de comprar 100% ao final do empréstimo. E o empresário nao vai ganhar nada? Vc acha mesmo que o Sao Paulo emprestou o Caleb ao galo estabelecendo o valor de 600 mil reais por 100% de seus direitos econômicos? Eu suspeito que esse valor é para aquisição de 50%, ficando o Sao Paulo com 30% e o jogador/empresário com 20%.

      1. PERGUNTO:

        E DAÍ?
        ACHO ENGRAÇADO FICAREM PERGUNTANDO POR CONTRATOS, ISTO OU AQUILO…..
        QUANDO NA VERDADE O QUE VALE MESMO SÃO RESULTADOS.
        JA DISSE ANTERIORMENTE QUE SE É OU NÃO, DESDE QUE RENDA PARA O CLUBE, DIVIDENDOS E RESULTADOS, QUE MAL FAZ?

  5. Eduardo depois de tanta cagada da diretoria algumas atitudes esse ano tem que ser elogiada.
    Na minha opinião a reformulação está sendo bem feita dispensando os inúteis e contratando bons jogadores jovens.
    Além das contratações que foram bem feitas temos jogadores da base subindo, temos o sub 20 fazendo uma boa copa São paulo e temos uma equipe de transição sendo observada de perto pelo técnico Dudamel.
    Temos bons valores nesse equipe de transição sendo trabalhados e maturados vejam?
    Goleiro: Matheus Mendes (20 anos)
    Laterais: Samuel Toscas (20 anos) e Wesley Fagundes (20 anos)
    Zagueiros: Vitor Mendes (20 anos), Gustavo Henrique (20 anos) e Léo Griggio (20 anos)
    Meias: Adriano (20 anos), Guilherme Castilho (20 anos), Neto (17 anos), Alessandro Vinicius (20 anos) e Kevin Pereira (20 anos)
    Atacantes: Felipe (17 anos), Gabriel Pires (20 anos), Lucas Índio (20 anos), Mateus Criciúma (20 anos), Matheus Porto (20 anos) e Lucas Mineiro (20 anos)
    E para finalizar, a escolha do técnico foi certeira independente dos resultados iniciais é ter paciência dar tempo ao Dudamel trabalhar que vamos colher os frutos.
    Vejo o Galo 2020 MUITO MELHOR QUE 2019 e fazendo escolhas certas, ATÉ QUE FIM ACHO QUE APRENDERAM COM OS ERROS DO PASSADO.

  6. Boa tarde a todos
    Estou me perguntando:
    Será que nós torcedores temos uma facilidade enorme para criticar, já que basta um resultado negativo para a gente, IMEDIATAMENTE, meter o pau, mas para elogiar somos bem mais cautelosos e precisamos esperar uma série de resultados positivos?

  7. Bom dia!
    Hoje quero fazer uma oração, que se dividirá em gratidão e petição:

    Obrigado por nos livrar definitivamente de Elias! Como eu desejei isso e pedi por isso! O melhor reforço pra esse ano foi a saída desse inútil!
    Obrigado por nos livrar de Geuvânio!
    Obrigado por nos livrar de Vina, aquela bichona!!

    Agora eu te imploro, por favor! Encarecidamente eu peço, suplico, livrai-nos de Ricardo Oliveira! Que ele vá pregar em outra praça, faça muitos adeptos, mas não aqui. Por favor!
    Livrai-nos de Patric! Ele já ganhou muito dinheiro jogando não sei o que, menos futebol. Não lhe desejo mal. Com o dinheiro que ele ganhou pode terminar a vida tranquilamente. Não suporto mais ver esse sujeito bonachão vestindo a mais linda camisa!
    Pra terminar eu te peço, Livrai-nos urgentemente de Fábio Santos. Agradeço pelos pênaltis bem cobrados, mas que não pagam os inúmeros gols levados em seu setor, nem os péssimos cruzamentos que ele fez. Não suporto mais ver aquela perninha de pardal tatuada! Sem contar que ele é um baita fingido. Finge que marca!

    Em nome do Rei, do Cerezo e do Ângelo, amém!!!

    1. Boa tarde Galo Roberto e amigos do Galo. Eu gostaria muito de saber, quem renovou antecipadamente o contrato do Ricardo Oliveira, que originalmente venceria em dezembro2.019.
      Porque renovou o contrato de um jogador, na época com 38 anos, até dezembro/2020 quando o mesmo terá 40 anos?

      1. Boa noite.
        Alexandre Galli foi colocado no CAM pelo 7C. O presidente deu a ele autonomia para exercer a função, pois ele mesmo dizia não entender de futebol.
        Um contrato só se integraliza com a anuência do presidente.

  8. Compraram (ou jogaram dinheiro no lixo) o Martinez “meia boca” e Hernandez “pereba” por tipo 25 milhões de reais e agora pra refazerem a BURRADA precisam vender o goleiro titular e de um futuro brilhante a frente… pelo valor oferecido pode até ser um ótimo negócio em termos de Brasil, porém, o Cleiton têm todas as qualidades pra se tornar um grande goleiro no futuro próximo… difícil aceitar essa venda muito em função do nosso GALO precisar voltar ao cenário dos vencedores e com certeza todo time CAMpeão começa por um ótimo goleiro, fato!!!!!

    OBS.: eu chamei de piada a base atleticana depois do primeiro jogo pela Copinha quando perdemos pro River do Piauí… passados mais alguns jogos e vejo que a evolução foi grande dentro da competição que a partir de agora pra nós, só camisa pesada pela frente… considero o nosso GALINHO uma zebra e acho assim até melhor… sem muito oba oba e quem sabe não pinta uma surpresa… torcemos!!!!!

    1. Atenção ao Martinez hein! A única oportunidade em que o vi jogar ao vivo ele realmente decepcionou, contra o terceiro time do Internacional, onde Rever e sua turma nos envergonharam no Horto, mas o cara é jogador da seleção do Paraguai, não tem futebol pro GALO? Lembro que aqui mesmo neste blog, chamaram o Jair de ajudante de pedreiro. Quanto ao LE uruguaio, nada posso comentar, não puseram pra jogar.

  9. Bom dia Eduardo, atleticanas e atleticanos que vibram com o Galinho enquanto o Galão não vem.
    Pois é, a vitrine do Galo continua bem iluminada e mostrando produtos de outros fabricantes. O Calebe é boa promessa, mas não é do Galo. Só está comendo o nosso feijão e se vingar vai encher o cofre do São Paulo. Vejo muito otimismo nesse início de ano. Já presenciei inícios de ano muito mais promissores que este e no fim do ano ficamos chupando dedo. Mas, que seja, está melhor que não ter o que comemorar.
    ESTE ANO É O ANO 49 DO TÍTULO DE 1971. 49 É GALO. Oh, Deus, tende misericórdia de nós.

    1. Ao que sei, Calebe e outros do sub20 e sub17, tem passe fixado. Se der certo, vale dizer, basta pagar o acordado. Soube até, sem confirmação, que no caso dele já está sendo providdnciada a quitação.

      1. Paulo e Eduardo,
        li aqui no portal uai que o Calebe está emprestado pelo São Paulo até o fim de 2021 com passe fixado em 700 mil. Se for assim, é um ótimo negócio, pois termos mais dois anos para ver se ele vale a pena e depois podemos comprá-lo ou não por um valor irrisório para jogadores de qualidade.

  10. Se o Cleiton for vendido o Galo se arrependerá amargamente. Além de, em breve, vê-lo sendo vendido na Europa por 4 vezes este valor, não conseguirá repo-lo, a menos que contrate algum boi cansado em final de carreira e com contrato de 3 anos. Pelas notícias, é o que deve ocorrer. Cleiton é diferenciado de todos os goleiros brasileiros em atividade, porque sabe jogar de líbero. Não há outro goleiro brazuca que faça isso. Além desse ponto, ele é muito seguro.

  11. PARA OS QUE APOIAM A VENDA DE CLEITON :
    AH…. VENDAM LOGO ……..
    TÍTULOS.????? PRÁ QUE TÍTULOS.????
    DAQUI A 50 ANOS GANHAMOS OUTRO BRASILEIRÃO.
    ESSA TORCIDA DO GALO PRECISA DEIXAR DE PENSAR PEQUENO…..
    ESSA É A MINHA OPINIÃO.

  12. Bom dia senhores!
    Blogueiro, não sei se você esqueceu ou se omitiu por outro motivo, mas além do Diego Alves, revelamos na seqüência anterior outro grande goleiro, tão bom ou melhor que o Diego, o Bruno, ironicamente em épocas diferentes, saíram daqui pra brilhar em alta intensidade no rival carioca.
    Quanto ao Diego, lembro muito bem do esforço enorme que nossa torcida fez pra queimá-lo aos 19 anos, mais um pra coleção; caso semelhante ao zagueiro Gabriel, sei que muitos o contestam, eu sou defensor e de certa forma ele provou isto no Botafogo, por que será que os alemães do Red Bul o querem, o Internacional também, o próprio Botafogo? Entendo que temos que perder o arroto 2013/2014, não somos o Bayer de Munique, e infelizmente, nos últimos 4 anos, nossa zaga foi uma draga PRINCIPALMENTE devido ao péssimo desempenho do Léo Silva e agora, ainda pior, o Rever; qualquer parceiro se “estrepa” ao lado destes dois ex-bons-zagueiros.
    Estou assustado e preocupado com esta repetida adoração pelo trabalho neste início de ano da dupla 7C/Rui Costa, simplesmente porque não estão fazendo tantas “merd…” como de hábito; isto é no mínimo precipitado, achar que isto ou aquilo vai salvar a lavoura; gostaria que os trouxas da imprensa rural de BH questionassem a diretoria qual o valor estará sendo arcado pelo clube dos 650 mil mensais do Bolt e Terans; 80%? 500 mil? Quanto ao Cleiton, confesso que esperava mais dele após um belo início, cisma minha ou não, depois que flagramos o ex-santo Vitor orientando ele durante um jogo pra fazer cêra, só o vi regredir, mas aposto no crescimento dele, tenho ogeriza ver o Vitor com aquela insegurança e aquela tremedeira quando recuam a bola nos seus pés; tenho a mesma impressão que outro fez, o Michael me causou uma boa impressão na base e no time que jogou um paulistão recentemente; om Prass de 49 anos já foi pro Ceará, Deus nos livre, precisamos de rejuvenescer.
    Ontém vi o jogo do Grêmio, me chamou atenção o meia da Chapecoense, que ignorantemente, deixaram o garoto subir pra categoria sub-20 com o apelido Foguinho, o nome dele é Vinicius, natural do distrito de Ouro Preto, Santo Antônio do Salto, a transmissão se derreteu pelo garoto, pergunto; onde e o que fazem este clube do cafezinho de ex-jogadores do CAM? Éder, Reinaldo, Marques Bolt, Hernani, Neguetti, Edgar, etc? Acho que naquele momento, deveriam estar no quarto coffe break do dia, ou seja, comendo quietos literalmente. O Reinaldo bastou um garoto fazer três gols, o Calebe, pra ele dar seu pitaco, clara intenção de oportunismo,…isto é histórico de ex-ídolos,….
    Finalizando, acho que vamos ter que ir à Cidade do Galo pra saber de fato como estão se desenvolvendo os métodos de treinamento e intensidade da era Dudamel, não possuímos profissionais desta área com competência pra tal. Abraços!

    1. Caro Otávio bom dia!
      “gostaria que os trouxas da imprensa rural de BH questionassem a diretoria (…)”. Vc nunca ouvirá tais questionamentos. As razões são facilmente deduzidas. Imprensa local provinciana e obediente…
      “Estou assustado e preocupado com esta repetida adoração pelo trabalho neste início de ano da dupla 7C/Rui Costa,(…)”
      O discurso mudou radicalmente. Nada fizeram. Trouxeram algumas apostas, nada mais do que isto, e o humor do atleticano mudou.
      Não podemos nos esquecer que este ano é um ano “bi eleitoral”, digo, municipal e clubístico. Cada um que tire as suas conclusões.
      Sobre a possível venda do Cleiton, o dinheiro serviria para pagar os salários do Bolt em euros, do Pastor, do Di Santo (aquele que tem 30 anos de idade e 44 gols na carreira), do Hernandez e Martinez. Contratações feitas pela atual e muito competente diretoria.
      Esqueçamos os fatos, sejamos felizes!

    2. Boa Tarde! A respeito da “turma do cafezinho”, acredito que a função deles é de passar no caixa do Banco para receber seus salários. Verdadeiro cabide de emprego.

  13. Muito bom até aqui o trabalho do Marcos Valadares com o GALO sub 19_ sim,sub19 a maioria da garotada é nascida em 2000,2001 e até 2002 como é o caso do LD Carlos Daniel_ na copa São Paulo. Time corre o risco de ficar pelo meio do caminho,faz parte do processo, porém o q se vê é um time organizado e em crescimento. Baita contratação a do Marcos Valadares!
    Qto ao Cleiton,lembro q este troco de pinga foi o que Sette e Costa gastaram em Hernández e Martinez,e é certo q terão de ir ao mercado buscar um goleiro já q Michael ao meu entendimento,está longe segurar esta bronca. Qdo venderam o Diego Alves diziam: temos um reserva a altura,deixe ir. O reserva: Edson seis dedos e 5 anos para buscar um goleiro de verdade. SAN

  14. Bom dia!
    Sobre a venda do Cleiton, acho até que pode ser uma boa. Tentaria uma negociação um pouco melhor, talvez.
    O que não entendo é alguns acharem que é necessário contratar outro goleiro pois desta forma estaríamos trocando seis por meia dúzia.
    Quanto ao Vitor, não é o péssimo dos péssimos que alguns têm insistido em falar.
    Em minha linha de raciocínio, o Galo vem jogando mal há alguns anos e tem feito poucos gols. Soma-se a isto uma defesa horrorosa. Pergunto: a culpa é do goleiro?
    Acho que com a melhora do time como um todo o Vitor também apresentará uma melhora significativa.
    Esperar pra ver…

  15. Vejamos
    =======
    Na minha opinião , futebol sob todos os pontos
    de vista e análise continua o mesmo , haja vista
    que as regras do jogo sofreram pouquíssimas e
    nada profundas mudanças .

    No entanto , o que temos é uma busca por um
    protagonismo insano por parte daqueles que
    deveriam tão somente cuidar para que a bola
    pudesse rolar nos pés dos atletas .

    Daí que temos uma imprensa a reinventar as
    mais comezinhas táticas aplicadas em campo ,
    trazendo novos conceitos para a mais surrada
    das jogadas praticadas desde sempre

    Só um exemplo : querem nos fazer crer que a
    atitude de um zagueiro que se apresenta para
    uma jogada de ataque é uma criação de algum
    gênio das pranchetas .
    Com certeza , não viram Luiz Pereira jogar…

    Ou quando enaltecem um lateral que chega de
    forma decisiva na linha de fundo ou pelo meio
    para participar de um lance ofensivo .
    Também , com certeza , não viram o Breitner ,
    o Carlos Alberto , o Nilton Santos jogarem

    Ficaria aqui toda a manhã com exemplos .

    Mas muita coisa tenho a ponderar, sobre ,por
    exemplo , declarações aqui citadas de Kalil e
    Mediolli , absolutamente corriqueiras e que
    não trazem nenhuma novidade , mas que são
    tratadas como segredos desvendados a nos
    trazer revelações bombásticas .

    Pra fechar essa postagem , os comentários a
    respeito do juvenil e da importância que se
    quer dar ao trabalho INOVADOR da equipe
    técnica , que MONTOU o elenco :
    também , nada de novo , apenas NARRATIVA
    para justificar uma pretensa modernidade .

    Destaca-se o jogador Calebe ( é assim que se
    escreve ? ) trazido do São Paulo .
    Não foi assim com o Bremer ?
    Então , sejamos “menas” .

    1. Prezado Eduardo Barata.
      Muito boa e oportuna a sua análise. A imprensa, de um modo geral, quer reinventar a roda. A lembrança do Gol da enciclopédia Nilton Santos (o maior lateral esquerdo de todos os tempos), em 1958, no jogo contra a Áustria, é exemplo de que nada se cria, tudo se copia. E o que falar do gol do magistral Carlos Alberto Torres, em 1970, no jogo contra a Itália? Teoria de jogo é uma coisa, prática de jogo é outra. Lembro-me, perfeitamente, em 1970, no jogo do Brasil contra o Uruguai, no qual o Brasil começou perdendo, e o técnico do Uruguai sabendo que o jogo do Brasil fluía sempre pelos pé de Gerson, colocou dois marcadores para vigiá-lo, e nos primeiros vinte minutos o Brasil não havia se encontrado em campo. O que fez o Gerson? Adiantou o Clodoaldo, postou-se à frente da zaga do Brasil trazendo consigo os seus marcadores, liberando o Clodoaldo para fluir o jogo e ato contínuo, o Brasil empata o jogo, em bela trama do Tostão, e a partir daí foi o Brasil de sempre. Como se diz o ditado: Nada se cria, tudo de copia, apenas aperfeiçoa-se.

  16. Bom dia Eduardo, atleticanas e atleticanos,
    na minha opinião, as saídas de jogadores são as melhores notícias do Galo. Ontem emprestamos Terans ao Peñarol… Como ele tem contrato de 5 ANOS com o Galo vou torcer muito pra que ele jogue bem lá e que a gente possa reaver, pelo menos, parte do dinheiro que jogamos no lixo com sua contratação. Ainda falta Patric, Fábio Santos, Ricardo Oliveira e Bolt, esse um caso à parte, 3 ANOS de contrato e salário de 100 mil EUROS, vai ser difícil nos livrarmos dele, tanto quanto de quem o contratou…
    Precisamos de reforços, pelo menos três, centroavante, e laterais… Maílson é uma aposta….
    Quanto ao galinho, assisti a todos os jogos e vi apenas promessas, nada mais que isso… Não me iludo com categorias de base…
    Estava no Indepa em 2014 quando o Galo foi campeão brasileiro da copa do Brasil sub-17. Vi muitos jogadores que na época achei que seriam aproveitados no time principal, lembro do Jordan zagueiro que pensei que seria um novo Clebão, Natan, Ralph, Tabata, Capixaba, Flávio e Cleiton se destacaram… Desses o Cleiton vingou no time principal, Tabata saiu de forma bisonha, e os outros ou pararam, caso do Flávio, ou não deram em nada… É preciso muita calma na avaliação dos garotos. Muitas vezes alguns se destacam porque possuem ganho físico em relação aos outros, mas quando chegam ao profissional esse ganho desaparece….
    Estranho foi saber que o Calebe está emprestado pelo São Paulo…
    O Galo precisa fazer dinheiro pois tem dívidas na FIFA que precisam ser quitadas, por isso acho que vender o Cleiton por 5 milhões de euros é um bom negócio. Goleiros nunca são muito valorizados, o goleiro Alisson foi vendido pelo Internacional por valor semelhante…
    Terça feira o Galo volta a campo e por isso, nossa alegria também….

  17. Bom Dia! Apenas uma ressalva: que a “soberba/arrogância/maior de Minas”, até então propagado pelo “lado de lá”, não passe para o lado de cá. O CAM não está navegando em “céu de brigadeiro”. Muito pelo contrario! Temos dívidas enormes, falta de transparência ( o que ocorreu lá), falta um time de um competitivo, uma diretoria que não houve a torcida (arrogantes), gente que defendem a venda da Diamond (restante). Ou seja, tudo que ocorreu do “lado de lá”. Não pode chegar aqui. Quanto ao Cleiton, e a filosofia dos times brasileiros! Formam de depois entregam a quem tem poder econômico. Agora, com todo respeito, Bragantino. Vamos esperar mais um pouco.

  18. Se o Galo estivesse em um situação financeira tranquila dava para segurar o Cleiton, mas eu pergunto de que adianta segurar o Cleiton e atrasar salário???
    Nós vimos com as marias o estrago que salários atrasados faz.
    Não podemos abrir mão de 23 milhões de reais por um goleiro que nem sabemos se vai ser titular durante a temporada, confio no Victor e Michael para manter a qualidade no gol do Galo.
    E essa história que ele pode se valorizar depois da olimpíadas é balela o goleiro Uilson foi campeão olímpico e não se valorizou nada acabou machucando e saindo de graça.
    Nosso maior reforço é manter os salários e premiações em dia.

  19. Bom dia, amiGalo Eduardo.
    5 milhões de euros por um goleiro é muito dinheiro. Já era para ter ido o goleiro e vindo o dinheiro.
    Lembra quando aquele técnico do shakhtar donetsk, o que levou o Bernard, quis o Carlos, e o time ofereceu 10 milhões de euros? E o que o “inteligente” do Kalil fez? Recusou, pois achou que o Carlos, um enganador, sempre achei isso, valia muito mais e que iria valorizar mais ainda. E o final dessa história? Não foi vendido e saiu de graça para o Vitória de Setúbal. E lá se foi a grana.
    Parece que a burrice passa de diretoria para diretoria no Galo, como se fosse um problema genético. E aí entendemos como de diretoria burra, uma atrás da outra, vem afundando o Galo. E toma Robinho, Cone, Elias, Felipe Conceição, Emerson Conceição, etc, etc.
    E títulos? ah, quem liga pra títulos, não é mesmo? Assim devem pensar os presidentes do Galo.
    Se querem um Goleiro para compor elenco, o Fernando Prass está sem clube, e tem lenha pra queimar. E que o time continue na prospecção de novos valores.
    Saudações alvinegras.

    1. Acredito que há uma diferença entre Carlos e Cleiton: o primeiro sempre foi apenas aposta, nunca foi titular pela seleção; o goleiro, por outro lado, desbancou o ídolo Vitor e se tornou titular do time, pode brilhar na olimpíada e se valorizar.

  20. Sobre a possível venda do Cleiton… sou terminantemente contra!!!! De que adianta ter um bom ataque, se é que o temos, mas nossa defesa ser totalmente vulnerável, insegura? A se concretizar a venda, teremos dinheiro em caixa, que vai sumir rápido, e ficaremos sem um goleiro que, com certeza, vai valorizar ainda mais. Ele é bom, novo e com futuro. Se pretendemos ganhar algo este ano temos de manter aqueles que já demonstraram que jogam. Tirá-lo vai ser um tiro no pé. Temos grandes goleiros disponíveis hoje no mercado? Não! Quem irá substituí-lo? Victor???? Ow, me ajudem né!!!!!

  21. COM ESSA DIRETORIA NÃO SE PODE NEM PISCAR QUE COMEÇAM AS TRAPALHADAS.
    VENDER CLEITON , O MELHOR GOLEIRO DO BRASIL , PARA PAGAR HERNANDES E MARTÍNEZ É O FIM DA PICADA.
    ISSO MESMO , ESSES DOIS GRINGOS CUSTARAM 23 MILHÕES QUE É O PREÇO QUE ESTÃO VENDENDO CLEITON.
    SETTE CÂMARA E RUI COSTA NÃO PERDEM TEMPO PARA FAZER PÉSSIMOS NEGÓCIOS PARA O GALO.
    COMO GANHAR TÍTULOS COM UMA DUPLA DE TRAPALHÕES DESSA.???

  22. A direção do Galo poderia ficar atenta e repetir o que aconteceu com o Léo Silva anos atrás. A solução do camisa 10 do time pode estar do outro lado da lagoa.
    Sobre a base vamos aguardar para ver o próximo confronto , contra um time forte como o Grêmio.

  23. Cadê o centroavante ???? O brasileiro terminou dia 8 de dezembro e até hoje nada do camisa 9? Brincadeira isso … Ricardo Oliveira não tem a mínima condição, emprestem , dispensem, o que for necessário. Emprestem pagando parte do salário … que renovação foi essa! . Di santo também não . Sem um matador não há técnico que se sustente .

    1. Verdade Andrade, mais uma vez o Ricardo Oliveira vai ENGANAR fazendo uns golzinhos no Mineiro e nos fazer raiva no Brasileiro e Sul Americana perdendo um caminhão de gols.
      Sem contar o Di Santo que tem menos gols que o Rogerio Ceni e não consegue dominar um bola.
      Tem que contratar um camisa 9 URGENTE!!

    2. Oremos prezado Andrade, oremos por um camisa 9 jovem, bom de bola, matador e com sangue nos olhos por vitórias e conquistas… com esse aí que temos, velho pro futebol, boi cansado, já muito rico, com futuro promissor como pastor de igreja e que se preocupa mais com o gel no cabelo do que fazer gols, vai ser osso!!!!!

  24. Bom dia, massa!

    A meu ver a venda de cleiton é uma oportunidade de bom negócio, e juntando com a venda de Chara e Luan já chegaríamos a 55 milhões dos 100 milhões previstos no orçamento de 2020 com venda de jogadores. Isto só nos primeiros 15 dias do ano.
    Mas, creio que o grito e o desespero da torcida é pensar que vamos ter Victor no Gol. Todos sabem que o tempo dele já passou e que ele hoje não reúne condições técnica e nem físicas para ser o titular da equipe. Foi um grande goleiro e ídolo que a massa sempre guardará na memória, mas infelizmente a aposentadoria já bateu na porta dele, assim como bateu na porta de um certo centro avante que ainda perambula lá pela cidade do Galo.
    A recuperação do Galinho melhor do que os resultado em si é a lição que fica é para termos paciência com o time titular, que os resultados certamente não ocorreram de imediato, pois estamos num processo profundo de transformação.

  25. Bom dia Eduardo e amigos! Quanto ao Cleiton tenho uma visão diferente, acho a posição de goleiro obrigação de qualquer equipe grande produzir seus jogadores. Vejo com bons olhos a venda de um goleiro por esse preço, indiferente de quem seja o goleiro não falo apenas do Cleiton. A história mostra que o Atlético tem dificuldades me revelar goleiros em curto espaço de tempo, mas essa realidade é que precisa ser mudada e não há de recusar uma boa venda de goleiro. Pensar que ele pode ser valorizar ainda mais não é uma verdade que o tempo nos mostra, quantos goleiros monstros no Brasil, passaram a carreira toda em um mesmo time sem se quer ter tido sondagem dos times europeus. O próprio Vítor, Rogério Ceni, Fábio de costas kkkk, Jefferson do Botafogo são exemplos que não é fácil vender goleiro. Portanto eu particularmente vejo com bons olhos a venda, e que possamos sim trazer jogadores para somar o elenco como estão especulando o Arana. Lembro que é apenas minha opinião e respeito qualquer opinião contrária. Um abraço a todos.

  26. bom dia Eduardo e massa. acho que vamos perder o Cleiton. mas se for vender que vende pela cláusula 20 milhões de euros ,mas o 7 câmera não pode ver dinheiro e vai acabar vender por 5 milhões de euros. o problema é ter Victor frangueiro de novo de titular e tem amigalos que adora este frangueiro e aposentado.
    se for contratar outro goleiro que seja para ser titular chega do entregador e frangueiro quem gosta de museu é as Marias caloteiras. a boa notícia que livramos de outros encosto therans foi emprestado. mas ainda tem mais aposentados e encostos para sair do galo. Fábio Santos. bolt.pastor pipoqueiro. Victor frangueiro mas que clube vai querer contratar estes ex jogadores. se vier o lateral esquerdo do Sevilla ai sim estamos bem na lateral o problema é sir vim.começo a preocupar com a situação do galo,sem camisa 9.10 e lateral esquerdo esquece títulos em 2020.vá galooo.

  27. Caro Eduardo, muito vem falado sobre o Galinho na Copa SP. Principalmente se levarmos em conta que é um time novo, pois a maioria dos que jogaram a categoria ano passado, estão no profissional ou no time de transição. Destaco o Bruno Michel, atacante canhoto, muito bom de bola. Observem! Alguns (os que querem ter razão, e não ser felizes), desancaram o trabalho nossa base pelo resultado do primeiro jogo. Precipitação, para dizer o mínimo. Se Cleiton for vendido, estamos bem servidos. Além de Victor, Michael Fracarro, o outro reserva, é excelente! Sigamos! SAN

  28. Bom dia Avila. Bom dia a todos. ” Nós nao mudamos de humor gratuitamente. O Sette é que mudou a sua postura”
    Essa frase ao meu cuidar é lapidar, ainda mais reforçada pelo filosofia do Ferreira Goulart. O que importa e ser feliz. Entao vamos ser felizes e aclamar o nosso Presidente pela mudança de postura. Viva o Sete Câmara! Viva a nossa paixão! Viva o Galo! Que se dane a razão eu também quero é ser feliz! Tamos juntos Avila. Gratuitamente!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.