Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Transparência é direito de todos

https://www.mg.superesportes.com.br
https://www.mg.superesportes.com.br
Por Max Pereira
@pretono46871088
@MaxGuaramax2012

Depois de uma semana tipicamente atleticana, iniciada com uma vitória fora de casa e de virada, valendo a liderança do Brasileirão e regada por uma daquelas tradicionais turbulências provocadas pelo próprio clube e alimentadas pelos coveiros de sempre, o Atlético, ao mesmo tempo em que se despede melancolicamente do seu mais talentoso camisa 10 pós Ronaldinho, lança o seu tão esperado Portal de Transparência.

Anunciado já há algum tempo pelo presidente Sette Câmara como um marco de sua gestão, vale mais pelo que promete e sinaliza do que pelo que já apresenta de resultados e informações.

É que o Atlético ainda está longe do nível de profissionalização ideal e dos sonhos de qualquer Atleticano minimamente consciente. Mas, o simples lançamento deste Portal de Transparência, ainda que exíguo e superficial, já é um avanço elogiável e animador. É um sinal de que o Atlético está mudando.

Por isso, tem razão o Presidente, quando diz que é um marco. Mas, não apenas de sua gestão, mas da história do Clube, porquanto inédito e revolucionário em se tratando de uma instituição que sempre primou pela falta de transparência. Não atoa, o Atlético se tornou, senão o mais fechado, um dos Clubes mais fechados do futebol brasileiro.

Aprendi ainda na infância que a necessidade faz o sapo pular. E não foi só o jejum de títulos que fez o Atlético se mexer e mudar de rota, fugindo de um abismo que parecia inevitável. Dívidas crescentes, receitas, senão inelásticas, indicando queda irrefreável, pandemia, agudizamento da crise econômica e o debacle do rival fizeram dirigentes e parceiros do clube colocarem as suas barbas de molho.

Renova Galo
Renova Galo

Particularmente, venho defendendo a tese de que o desastre azul assustou a muitos do mundo preto e branco. Assim, o que aconteceu com o rival provocou no universo Atleticano um choque de realidade.

Com gráficos interativos que indicam a participação da E&Y, uma das empresas de consultoria de gestão que atua no Galo, o Portal Atleticano pode ser acessado por qualquer torcedor, patrocinadores e parceiros do clube e, se constitui inicialmente em uma reunião de informações e dados disponibilizados em uma nova linguagem. A maioria dos números já estava disponível no site do Atlético de forma diluída.

Mais importante que os gráficos, as informações sobre as finanças do clube, os dados do balanço patrimonial, de receitas e de despesas, os indicadores financeiros, as demonstrações contábeis, os relatórios independentes, além de outros documentos, como o estatuto, o “Manual Anticorrupção”, a Política de Privacidade, informações sobre o Conselho Deliberativo e o Conselho Fiscal e as certidões compartilhadas, é o fato de que o recém-lançado Portal da Transparência do Atlético inova a forma como o clube passa a se relacionar com o seu torcedor.

E, por ter por um de seus preceitos a publicidade como regra geral e o sigilo como exceção, o Portal Alvinegro fomenta a cultura de transparência e o desenvolvimento do controle social na gestão do Atlético.

Da mesma forma como é cultivada na ciência, na engenharia, nos negócios, nas humanidades e em outros contextos sociais, a prática da transparência vai possibilitar à nação alvinegra conhecer quais ações estão sendo executadas por aqueles que têm a responsabilidade de conduzir os destinos do clube. Transparência implica abertura, comunicação e responsabilidade. Aliado a isso, transparência trás credibilidade.

Aqui um alerta: transparência e segredo do negócio não são coisas excludentes. Ao contrário, se uma empresa exitosa é aquela que prima pela excelência de sua gestão, a prática da transparência é o símbolo da boa governança e a capacidade de proteger os segredos do negócio e as informações estratégicas é o primado do sucesso.

Esse salutar e auspicioso processo de mudança do clube é também um desafio para aquele Atlético que tradicionalmente sempre falhou na proteção de seus segredos de negócio e estratégias diretivas.

“Habemus” transparência. Que seja uma realidade sem volta e não apenas um jogo de cena.

Vamos, Galo! Renova, Galo!

32 thoughts to “Transparência é direito de todos”

  1. Boa tarde,

    Com a implantação do SAP no Atlético, passa a ser possível a divulgação de resultados trimestrais e até mensal, isto sim, seria um portal de transparência.
    Como já foi dito, este portal significa uma quebra de paradigma, é tudo sinal de evolução, temos que louvar e comemorar.
    O pensamento da melhoria continua tem que ser realidade para poder obter resultados práticos.
    Nosso galo precisa agora é aprender a valorizar seus jogadores, ano passado o Flamengo na janela vendeu R$364 milhões com apenas 3 jogadores. Não é para sair vendendo jogador, mas, se o fizer é para se valorizar, a base tem um papel importantíssimo nesta relação.
    Estamos atentos e juntos com nosso time em campo e fora dele.

  2. Parece que o Grêmio vem com time alternativo. Não se enganem, jogo complicadíssimo. Esse mesmo time empatou com o Palmeiras praticamente titular. Eles tem uma forma de jogar, independente de jogador. Amanhã é jogo decisivo as pretensões do Galo no campeonato. Tem que ganhar todos os jogos, enquanto outros times tem outras competições. Fazer como o corinthians em 17. O Galo precisa de mais de 2 reforços: uma armador e um centroavante. E não para completar elenco, tem que ser para resolver. De regulares o elenco tem aos montes. Tomara que as contratações estejam bem encaminhadas e esperando só a janela para anunciar.

  3. Amigalos,
    sobre a transparência – Immanuel Kant: “Tudo o que não puder contar como fez, não faça!”
    ou, O que não pode ser contado, mostrado, não deveria ter sido feito. Ponto.
    Abraço a todos e que venha mais uma vitória do GALASSO..
    Bica Bicudo….
    Esse BR é NOSSO…. Anota aí.

    1. Respeito o seu direito de pensar diferente. Os segredos de negócio de qualquer entidade ou empresa têm que ser preservados e protegidos, não pique sejam pecaminosos, inconfessáveis ou desonestos e, sm, porque estratégicos e fundamentais ao sucesso.

      Saudações atleticanas,

      Max Pereira

  4. Boa tarde, Max, Eduardo e AmiGalos.
    (Texto atualizado)

    Técnico, diretor e presidente do Galo foram severos e inábeis com Cazares, poeta-pianista da bola, rebelde e pecador (como era Little Richard ao piano e dança, um dos criadores do rebelde rock and roll).

    Com leitura de jogo e técnica apuradas, Cazares era o artista, craque singular desse elenco alvinegro de padres-prosadores carregadores de piano (tocado pelo bispo roqueiro na área tecnica).

    Não há um no grupo com similar domínio de bola, habilidade, inteligência, criatividade, drible, passe, assistência, cobrança de falta e finalização. Não perderia os gols perdidos por seus ex-colegas.

    Estão no YouTube lances, jogadas e 41 gols pelo CAM, exemplares da sua maestria artística. E as suas assistências aos gols de Chará na vitória do Galo por 2×1, eliminando o Santos do técnico argentino, na Copa do BR-19, em SP. 

    Desde 2016 no clube, atuando em times limitados e instáveis, o equatoriano nunca teve técnico, diretor e presidente capacitados para lhe valorizar o talento e dar-lhe equilíbrio emocional e profissional.

    E não teve agora nenhuma chance do técnico, do diretor e do presidente (pit bull que o depreciou na mídia) para se redimir e mostrar seu raro futebol. Nem teve apoio de RH, DM e psicólogas do clube.

    Como os vários dados a Elias, Fábio Santos, Patric, Zé Welison, Vina, Ricardo Oliveira, Di Santo, Maicon JaBoltí e outros cabeças de bagre sem luz própria, que parasitaram o futebol e os cofres do clube.

    A história atleticana destaca os talentosos (e rebeldes) Reinaldo, Ronaldinho Gaúcho, Éder e os centroavantes Campos, Valdir Bigode e Guilherme.

    Sem segunda chance, Telê Santana foi inflexível e cortou de Copa de Mundo Reinaldo (pressão da ditadura, em 1982) e Éder (expulsão por violência e pressão do eixo, em 1986). Sem os atacantes geniais e rebeldes, os times perderam brilho e taça.

    Diretoria gambá ludibriou diretor e presidente atleticanos e levou de graça (80% de desconto) o melhor meia-atacante (camisa 10) das Américas.  Gambá e outros mais astutos do que o Galo tolo.

    Por insensatez, desleixo e incompetência administrativa de recursos humanos e esportivos, o CAM abandonou e perdeu Cazares, outros craques e títulos ao longo da sua existência.

    Lições recentes são “pedidos de critério técnico” desconexos do treinador e malfeitos da diretoria: quase contratação do oportunista ex-Maria e do investigado S. Villa e cessão do artista/arteiro Cazares, segundo reforço doado ao mesmo rival BR.

    O Atlético nunca soube se planejar e valorizar seus ativos. Contrata caro atletas errados e cede barato seus talentos. Cariocas dizem que mineiro compra bonde; paulistas, que mineiro oferta suas joias.

    Doravante, será preciso mostrar competências de gestão humana e esportiva para ganhar o BR, passados quase 50 anos, antes que a casa e a emissora bandidas o impossibilitem de novo.

    Único dos candidatos ao título disputando só o BR-20, para o Galo – como diria Elvis Presley – “It’s Now or Never”.

    1. Comentário muito bom e que passa por desacertos de g estão que ainda devem ser corrigidos se o Atlético quer, de fato, ser uma excelência de gestão.

      A passagem de Cazares pelo Atlético revela, além de uma péssima gestão de recursos humanos, problemas graves de. Transparência.

      Peço licença para discordar apenas do tratamento de parasitas aos jogadores mencionados em seu comentários. Nunca renderam o que deles se esperava. Em razão de vários fatores e, não porque simplesmente não quiseram ou por mau profissionalismo.

      Saudações atleticanas,

      Max Pereira

    2. Boa tarde,

      Não podemos esquecer que o jogador em questão foi quem quis sair do Atlético, demonstrou está vontade a muito tempo atrás, e a raiz desta insatisfação não foi só devido a falta de apoio do clube ou a qualidade duvidosa do elenco do Galo, mas, sim dos filhos em série que andou fazendo e as pensões que tem que pagar, marcação da imprensa e da torcida na sua vida particular.
      Ficar livre dos seus problemas significa em parte sair de BH, e até do Brasil.
      Sempre foi um jogador reconhecidamente de talento, mas, muito instável, um verdadeiro vagalume, que em seus bons momentos criou um fã clube de viúvas que não sabem o que irão fazer quando vê-lo marcar gols em outro clube, até já imagino o quanto irão chorar por aqui, mas, antes de mais nada é bom deixar claro que aqui ele não representou nossa camisa como deveria, sua maioria de gol não foram decisivos, e quase sempre só passaram de lampejos.
      Quando ele fizer os tais gols quero que se lembrem do Vina, Iago Maidana e outros eis jogadores que também saíram para serem felizes em outro lugar, assim, será mais fácil para as viúvas suportarem o seu provável sucesso em outro clube.
      Para mim só sinto ele não ter saído antes, porque conseguiu nestes anos dar a sua cara ao Galo e isto já estava até deixando vários torcedores desiludidos, utilizando plágio de outro amigalo, com ele nunca passaríamos do time do ano que vem.

    3. Antônio,

      Assino em baixo. Texto perfeito.

      Cazares é craque, como sempre ouvi, o Galo gosta de jogadores esforçados.

    4. Prezados GG.
      Comentário consistente! O
      que faltou ao Cazares, foi um disciplinador. Futebol ele tem de sobra. Pena que o Sampaoli não lhe tenha oportunidades. Os números por você evidenciados indicam que estamos dando de graça um jogador de potencial incrível! Apenas um senao: Reinaldo é incomparável em qualquer situação, mesmo tendo jogado no time das Marias. Espero que nos arrepamos futuramente por termos desfeito de um ótimo jogador, que poderia, perfeitamente ser, futebolisticamente falando, ser o 10 que o Atlético tanto procura e precisa. Acompanho o seu relato, respeitando as opiniões divergentes!

  5. Bom dia Eduardo e amigos do Galo. O Portal de Transparência, as contratações, estádio e até a relação com o torcedor, são mudanças neste último(?) ano de gestão do presidente Sette, que nos traz esperança em títulos e dias melhores para a instituição CAM. Quanto a contratação do Cavani, se efetivada da forma que está sendo divulgado, será um negocio a nível de Ronaldinho. Que venha o Cavani.

  6. Caros,

    É amanhã! É dia de decisão! PRÁ CIMA GALO! SÓ A VITÓRIA SALVA! A hr é agora!

    CAVANI: favorável a esse tipo de contratação. Prateleira de cima, movimento a comércio da cidade! Quem ñ arrisca…Outra coisa, temos MECENAS! Ou Mecenas só vale se for pra Zélê e TyNê?

    CASARES: jogador acima da média. Qnd chegou ao clube, fez suas melhores apresentações, e sucumbiu à instabilidade da gestão do clube a partir de 2015 (2016, último bom time), aliada a chegada de meliantes como Cone/patrick/pastor/FabíolaSanta, et TRANQUEIRAS. Cazares, somado às péssimas compainhas dentro e fora de campo, tinha ou tem um defeito notável: Ñ TEM GARRA, vontade de VENCER! … Adeus, CAZARES!

    Obs.: TRANSPARÊNCIA agora é o novo refrão da TURMA do folclore. Minha Nossa Senhora de Lourdes perdoe tais PATOTEIROS! Será q são SÓCIOS do meninim? Se essa conversa mole for adiante tentando implantar crise onde ñ existe, só pode, proponho a criação da REVELHA.

    Qual falta de TRANPARÊNCIA existe no GALO? Os caras repetem qq ladainha, são iguais papagaios. Agora com os MECENAS, tudo luzes…ah!!!!…Clube de FUTEBOL, o GIGANTE de Minas, clube como NOSSO GALO é time COMPETITIVO dentro de campo. Isso é q é TRANSPARÊNCIA. Tá transparente o estádio, a venda do Shopping, etc, quem tá mandando, tá muito transparente até A Vontade de ser campeão por parte da atual DIREÇÃO! pt! E q A CARTOLA ñ caiam na tentação de DESMONTAR o núcleo base, VENDER A preço de banana e ñ REFORÇAR! Nada de AnoQVem muito menos de AnoPassado, qnd deixaram Larghi na mão!)

    VIVA A REVELHAGALO!

    1º art do estatuto da REVELHAGALO: “TEMOS DE GANHAR TODOS OS JOGOS”. Será q é muito dificil entender esse artigo: NOSSO GALO já carregou um brasileiro inteiro sem perder uma única partida sequer, lembram? Pq temos q computar DERROTAS q ainda ñ aconteceram? Jg é jogado, lambari pescado!

    Art sem número: VENCER EM SEQUÊNCIA, SEM INTERVALOS para baixo astral!

    Artigo último: Quem for contra VENCER VENCER VENCER ñ é ATLETICANO!

    Obs sobre obs.: AMANHÃ É JG NERVOSO! Só a VITÓRIA SALVA!

    AQUI É GALO?
    AQUI É GALO!
    GALO SEMPRE!

    1. Meu velho, falou o que penso sobre o Cazares. joga muito, mas não tem garra, falta sangue nos olhos. Aqui é vencer, vencer, vencer. Poderia ser maior e melhor. Uma pena! SAN

  7. Prezado! Vejo o portal como um marco importante para a Instituição,penso q ele ainda deverá ser aperfeiçoado e aprimorado. Por enquanto além do novo visual e gráficos bem elaborados, ñ consta nada além de informações previstas por lei. Mas já é o primeiro passo na abertura do clube da luluzinha. Gostaria q em breve passassem a publicar o balancete trimestral p q a torcida_ quem quiser, lógico!_ possa acompanhar a evolução financeira da Instituição. Qto mais detalhado mais credibilidade terá,por enquanto “transparência” só o nome,mas já é um começo. Saudações Atleticanas . #GALOSempre

  8. É muito dinheiro pela contratação de um jogador de 33 anos. Apesar de Cavani ser um cracaço.
    Tem jogadores novos com preços melhores.

    1. Paulo Roberto, lembro que o Ronaldinho chegou ao NOSSO GALO com quase 33 anos, vindo de uma passagem ruim pelo Urubu. Concordo que tem no mercado jogadores novos com preços melhores, mas não com o reconhecimento internacional do Cavani, interessa ao investidor a imagem e a projeção que este jogador vai dar a sua empresa e também ao NOSSO GALO. Que venha o Cavani.

      1. E ainda….. seria quase quase o mesmo o preço a ser pago/gasto/investido no Soteldo….. considerando o valor dos direitos, luvas, salários e premiações. Só uma pergunta: Dá pra comparar? A frente de uma contratação de um jogador de reconhecimento internacional, vem o reconhecimento e conhecimento do CLUBE no primeiro mundo do Futebol e todo o resto do mundo….,,,, e quem não gostaria de jogar com ele.. Fariam fila na porta da sede ou nas linhas de telefone para oferecer jogadores pra fazerem parte do elenco do GALASSO…. e o DINDIN que não proporcionaria……..Mídia mundial acompanhando…….DINDIN entrando…..marca valorizando…..imagem extrapolando limites….
        é isso…

  9. Esses Pseudo Atleticanos que Xingaram ontem , o maior jogador da história do GALO , só podem ser Marias infiltradas.

  10. ANTONIO CG , atualizando …..

    Posso não concordar com tudo o que você
    escreveu no último post , mas que seu texto
    foi “supimpa” não há como negar .

    O termo “supimpa” foi o que me ocorreu no
    momento, buscado nas entranhas da mente
    que armazena vocábulos há 71 anos …

  11. SAUDAÇÕES ALVINEGROS.
    MUITO FELIZ COM MEU GALO E COM NOSSO FUTURO.
    ESTAMOS FAZENDO PROPOSTAS É DE R$ 100 MILHÕES HOJE EM DIA.
    TEMPOS DE VACAS GORDAS.
    SIGAMOS.
    BICA BICUDO.
    ESTOU FELIZ DEMAIS.
    VIVA A VIDA

  12. Cuidado GALO! Olha o GOLPE! A nossa diretoria tem que ficar muito esperta com essa onda que está se criando sobre VOLTA DE TORCIDA AOS ESTÁDIOS, ADIAMENTO DE JOGOS DEVIDO A JOGADORES INFECTADOS COM COVID, MP DAS TRANSMISSÕES DOS JOGOS. Vejam bem quem são os principais ATORES ENVOLVIDOS: FLAMENGO, CORINTHIANS, CBF, REDES DE TV, GOVERNOS FEDERAL, ESTADUAL (RJ, coincidência né) E MUNICIPAL (RJ, coincidência né). Será que estão interessados em MELAR O CAMPEONATO BRASILEIRO? Nesse pais, onde dar GOLPE é muito fácil, onde, assim como no futebol JUIZ LADRÃO ATUA, e no final ainda ganha cargos: uns vão ser comentaristas, outros ganham cargos na CBF e outros viram até superministros da República e sabemos onde isso vai parar, a realidade está aí, na cara do povo brasileiro. FICA ESPERTO GALO! ESSE CAMPEONATO TEMOS CHANCES REAIS DE GANHAR, MAS O GRITO DE VIRADA DE MESA JÁ ESTÁ SENDO DADO, PERCEBAM OS SINAIS. Cuidado com as narrativas, atitude 7C, FOCO NA CBF E COMISSÃO DE ARBITRAGEM, gaste suas energias ali, os caras tramam o tempo todo, jogam pesado e estão muito bem escorados em todas as áreas. Esse campeonato brasileiro é POSSÍVEL, a HORA É AGORA! Que venham os REFORÇOS solicitados pelo COMANDANTE SAMPAOLI URGENTE.

    1. Foi minha derradeira tolerância com a conotação política inserida em comentários. Dias atrás, numa posição diferente da atual, alertei sobre o uso indevido do espaço para tal finalidade. Também tenho minha opinião sobre o assunto, porém esforço e insisto que aqui é SÓ Galo.
      Tenho algumas opções se essa situação persistir. 1) cortar a parte relacionada no texto; 2) ignorar o conentario todo; 3) abandonar o barco.
      Já disse. Assino esse espaço por puro prazer em resenhar sobre o nosso time do coração. Se não for entendido, permaneço na arquibancada.
      Abraços!
      Aqui é SÓ Galo, po##@!

    2. Respeitando e compreendendo as ponderações do nobre blogueiro, entendo perfeitamente válido o alerta do José Antônio M. Filho. A história do Atlético é repleta de “incidentes” casuísticos e tremendamente prejudiciais ao Glorioso.

      Desde arbitragens terríveis a suspensões fortuitas, como a do Rei antes da final do Brasileirão de 77 contra o São Paulo, passando pelo escândalo do Serra Dourada e o adiamento de um jogo contra o Flamengo quando o Galo vinha embalado e o rival carioca em baixa, o Atlético vem, há décadas, experimentando frustrações e sendo derrotado pelo extracampo.

      Todo o cuidado é pouco. Não atoa o Galo recorrentemente sofre ataques de toda ordem visando desestabilizar o clube e o time. Os ataques que visavam derrubar Sampaoli são prova irrefutável do que afirmo.

      Saudações atleticanas,

      Max Pereira

      1. Caro, são situações bem distintas. Sobre arbitragem, CBF, televisão – que sempre nos sacanearam – não existe relação com o mencionado alerta. Não é difícil perceber. Sempre fui muito flexível aqui e você é testemunha disso, só não gostaria (como alguns poucos pretendem é levar o debate noutra esfera. Também tenho meu pensar sobre a situação política, nunca fui omisso e já passei por situações terríveis. Tem quem poste igual ao que penso, só que aqui é outro tema que nos une.
        Espero ter sido entendido.

  13. Bom dia a todos! Tenho convicção que tudo que está acontecendo no Galo, não é obra do acaso, nem de vontade dos dirigentes eleitos. É uma exigência dos Menins, Rubens e Rafael, que são empresários de extremos sucesso nos ramos que atuam. Não iam enfiar a fortuna já colocada nas mãos de qualquer dirigente que fosse. Enxergaram no Galo, o que muitos dirigentes e homens de negócios na Europa já viram, que é o milionário negócio que é o futebol. Então para que isso acontecesse no Galo, exigiram auditorias, enxugamento e eficiência na máquina administrativa, que era um cabide de empregos para os apadrinhados, e modernização na gestão. Aí sim, trabalhando com metas, orçamentos, e com uma apaixonada torcida como a nossa, estaremos com certeza para sempre do topo do futebol brasileiro, não por ter achado ou montado um bom time, mas por uma gestão moderna e empresarial, onde a paixão vai ser a alavanca financeira, não a motivação para tocar o time. Em tempo: Pode escrever que após estas ações o próximo passo vai ser modernizar o estatuto, com ferramentas modernas de gestão e compliance, para que futuros dirigentes não sejam donos do clube, e sim administradores responsáveis. Estou vendo que o Galo está entrando na modernidade. Obrigados Rubens e Rafael! Dá-lhes Galo!

    1. Geraldo, bom dia

      Eu penso exatamente como você, eles jamais colocariam dinheiro nas mãos desse presidente.
      Todo esse processo de gestão que apenas se iniciou, com certeza é decisão deles enquanto “mantenedores” do Clube. E eles estão certos.

  14. Bom dia Max. Bom dia Eduardo. Bom dia a todos. Ainda bem quebo Cavani nao aceitou a proposta de dois milhões e meio de reais para jogar no Galo. Um Clube que está com salários atrasados nao deve contratar um jogador pagando-lha ( ainda que através de patrocinadores) quatorze milhões de euros por tres anos de contrato. Além disso, a diferença entre o salário proposto ao Cavani e os salários dos demais jogadores do clube poderia quebrar a unidade do elenco. A tentativa de contratação do Cavani, me faz lembrar a contratação de Forlan que o Galo tentou, mas ele acabou indo para o Internacional, onde produziu quase nada de util. Na minha opinião, ainda bem que essa contratação do Cavani não se concretizou.

    1. Cavani é caro mas joga demais. Se viesse, faria 1 gol por jogo. Em terra de cego ele tem os dois olhos bem abertos. Seria artilheiro do BR disparado, campeão, melhor jogador e tudo mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.