Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Todos os santos contra São Paulo

Se depender do estado de ânimo, tanto dos profissionais quanto da Torcida, o Galo se classifica amanhã na Copa Libertadores. Ingressos estão totalmente esgotados. Jogadores, praticamente todos, liberados. Só não podemos contar com os dois suspensos, mas aqueles que estavam machucados e eram dúvida estão liberados. Alternativas não faltam para o treinador montar a equipe.

Lógico que qualquer um de nós Atleticanos tem o time que imaginamos o ideal, mas a definição – ainda que possa não agradar – cabe ao treinador. Como em outras ocasiões, apresento minha discordância e sinto que o Atleticano também questiona, por exemplo, a insistência com Patric no ataque. Diante disso, só nos resta rezar para que Aguirre esteja numa noite iluminada ao definir os onze que começam a jogar.

image

Opções, ele tem de sobra. Carlos, Dátolo e, muito provavelmente, Robinho, liberados. Cazares, ao meu sentir e de muitos Atleticanos com quem falei, ganhou definitivamente a vaga e deverá ser a arma definitiva à nossa pretensão de avançar na competição.

Além deles, claro, com as duas ausências – Rafael Carioca e Júnior Urso –, o técnico dispõe de Lucas Cândido e Eduardo, que brilharam no final de semana, contando ainda com o versátil Dátolo como opção. Será um jogo de alterar nosso estado emocional e esse sangue sul-americano – notadamente argentino – será fundamental para o Galo.

Li ontem, aqui no Superesportes, que o capitão Leonardo Silva projeta o time agressivo em busca de gols. Afinal, para assegurar a vaga sem sofrimento, a vantagem de dois gols é ideal. Com um gol a zero, é aquela coisa das penalidades. Outro resultado com apenas um gol seria fatal.

image
Fotos: Atlético/Bruno Cantini

Imagino um jogo ataque-contra-defesa, uma vez que os paulistas, com o regulamento na mão, buscarão o empate ou derrota mínima, desde que marcando gol. Enfim, uma convicção todos nós Atleticanos temos: a massa vai jogar com o time, concordando ou não com a escalação que Aguirre definir.

Creio em todos os santos que conspirarem a favor do Galo. O único entre aqueles escolhidos por Deus que não quero saber é o Paulo. A mística da Catedral do Horto e o mantra do “eu acredito” serão mais fortes que qualquer outro movimento no sentido contrário.

Quero sentir e presenciar tudo, desde o movimento da Torcida chegando, a rua de fogo, mosaico e o barulho ensurdecedor do Atleticano, que supera até mesmo qualquer avião decolando ou aterrissando. A partir das 17h, o Caldeirão começará a entrar em ebulição.

11 thoughts to “Todos os santos contra São Paulo”

  1. O nosso GALO é um excelente time, precisando apenas que o treinar se acomode e ponha os jogadores em campo para uma disputa coletiva e sem aquelas faltas feias e desnecessárias nas proximidades da área. Por falar nisso, o blog poderia dizer para o teimoso do Aguirre, que as faltas perto da área devem ser cobradas em direção ao gol e não aqueles cruzamentos que não estão dando em nada. De qualquer modo somos GALO até morrer!!!

  2. Tem um são paulino que disse não não tem medo do Horto, moço!
    Ele sabe que com a nossa FÉ, há muito o que Temer! 🙁

  3. Eduardo, minha aposta é pelo histórico que foi seguido na libertadores com o Aguirre:
    Victor
    Marcos Rocha / Leo Silva / Erazo / Douglas
    Leandro Donizete / Eduardo
    Cazares
    Carlos / Pratto / Clayton (Robinho)

    O Cazares daria uma ofensividade maior na equipe no começo da partida, que costuma ser o padrão de 20 minutos de pressão de todos os times do Aguirre.
    Para opções para substituição ao decorrer da partida:
    Sai Cazares / Entra Dátolo – Melhor marcação e saída de bola no pé
    Sai Carlos / Entra Hyuri ou Patric – Creio que o Carlos não aguente os 90 minutos
    Sai Clayton (Robinho) / Entra Lucas Candido ou Carlos Eduardo – Lucas para segurar a pressão no final (senão não é galo) ou Carlos Eduardo para comandar o meio, colocar Patric / Hyuri na direita e Dátolo na esquerda para segurar as laterais e impedir a subida do Michel Bastos.
    Abraço e sucesso pra nós!

  4. Gostaria de “buzinar” no ouvido de Nepomuceno o seguinte: Veja o que Grafite aos 37 anos vem fazendo no Santa Cruz e Nenê (34) no Vasco. Por que não trazer o Carlos Alberto (31 anos), um dos melhores meias do Brasil, atualmente no Figueirense, para dar qualidade ao meio campo do Galo? Esse atleta é uma das joias do futebol brasileiro. Poderia ser trocado pelo Berola e feito um contrato por produtividade. Tem problemas físicos? Tudo bem, seria condicionado por fisioterapeutas, para jogar ao menos meio tempo. Já seria o suficiente.

  5. Motivação caro Dudu ,mo.ti.va.ção ! O favoritismo descomunal que os experts do eixo estão dando ao time de Vila Sônia, mais as declarações em vídeos que pipocam na grande rede – quarta tem mais ,Horto não mete medo em ninguém e etc ..- tem de motivar não só os jogadores mas tbm a MASSA .Mostrar para eles quem é quem nesta bagaça .Do jeito que estão pintando o spfw,parece até que tomamos um sacode na 1ª partida – cheguei até a dar um confere na gravação, para ver se realmente foi um placar mínimo mesmo – . Gosto muito disto ,da última vez que fomos alcunhados de cavalo paraguaio,que já havíamos sido excluídos da competição,que o Mineirão era neutro – Pato lembra -se ? – e a quarta feira do povo do barro preto que nunca chegou, ,deu no que deu .Que o favoritismo seja todo ele para o adversário, e na humildade,comTODA NOSSA RAÇA PRÁ VENCER, ao final a vitória seja nossa, do GALO e da torcida . Como bom Mineiro que somos,vamos comendo pelas beiradas , a arapuca para caçar bambis está armada, a motivação necessária tbm ,com as armas que estão nos dando , VAMOS PRÁ GUERRA … SAN

  6. Caro Eduardo,
    Me desculpe, mas discordo até mesmo da sugestão de improvisar Dátolo no meio, como volante. A hierarquia de atuações e até mesmo de coerência indicam que o meio campo será Donizete + Eduardo. Se não, seria Donizete + Lucas cândido, e como última opção, Lucas Cândido + Eduardo, respectivamente nessa ordem. Escalar Dátolo como volante para uma partida decisiva como essa é mais temerário do que escalar o Patric no ataque, já que esse. pelo menos, atuou dessa forma no ano.

    Saudações Alvinegras

  7. Time que joga em casa tem obrigação de ganhar, mais ainda quando se trata do Galo e sua pujante torcida. Precisamos fazer dois, três a zero ou quem sabe até mais, com ou sem desfalques, porque no momento existe elenco para o atleticano sentir otimismo. Temos tudo para passarmos às semifinais, inclusive pela experiência de Aguirre em Libertadores. Afinal, ele foi quase que exclusivamente contratado para levar o Galo ao título. Essa foi a grande cartada de Nepomuceno ao promover a troca de treinador. Que tudo dê certo.

  8. Saudações. Vc foi muito feliz em sua colocação Eduardo. ” que Aguirre esteja em um noite iluminada ao definir os 11 que começam jogando”. Já disse aqui e repito, Aguirre não é bobo e sabe que a maior chance profissional dele é esta. Então ele irá escalar o que tem de melhor em seu entendimento. Se eu escalar meu time ideal aqui, muitos discordarão. Pois não existe unanimidade e toda é burra. Portanto cabe a nós atleticanos apoiarmos os 11 que entrarem com mt energia positiva e cânticos para estufar a veia do pescoço. Bica Bicudo. Eu Acredito. Amanhã é Galo doido na Cabeça..Com Fé em todos os Santos..

  9. Amigo Dudu, amanhã será mais um dia de sofrimento e expectativas para um duelo importantíssimo. Como é humanamente impossível descobrir o que se passa na cabeça do Prof. Pardal do inferno, é realmente rezar para todos os santos iluminaram esse desqualificado e que ele escale o time sem as suas invenções mirabolantes. O time ideal, todos sabemos, mas será que ele sabe?
    Bica eles Bicudo!!!! FORA AGUIRRE, VOLTA KALIL. Aqui é Galo Porra!!!!!

  10. Vitor, Douglas Santos, Leo Silva, Erazo, Marcos Rocha, Leandro Donizete, Datolo(volante), Cazares, Lucas Pratto, Robinho(Carlos), Cleyton acho q Datolo de volante seria uma boa, apesar de eu não gostar do patrick ele pela direita pode bloquear a avenida marcos rocha, mas de todo jeito vai dar galão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.