Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Ao mecenas o que é de mecenas

Assim como no evangelho foi atribuída a Jesus a frase “a César o que é de César”, o Atleticano sabe reconhecer o valor e a importância desse aporte financeiro dos 4Rs ao Galo. Ao que sinto, percebo e ouço, não fossem Rubens, Rafael, Ricardo e Renato – seguramente – seriam dois mineiros em processo falimentar. […]

Leia Mais

O Atlético de amanhã é o resultado do Atlético que está sendo construído hoje

Max Pereira@pretono46871088@MaxGuaramax2012 Já escrevi neste espaço que dois fantasmas obsidiam o Glorioso. Primeiro, a irregularidade que o time atleticano tem mostrado em jogos contra clubes brasileiros e de camisa menos pesada, o que pode acabar por corromper o ambiente interno, não só em razão das cobranças e pressões decorrentes, como também porque evidenciam uma deficiência […]

Leia Mais

Honramos o nome de Minas

Pois é, entre os times mineiros, além do Galo, só nossos representantes da série D venceram. Nosso parceiro de série A, o América foi derrotado em Belo Horizonte, pelo Corinthians. Nas séries B e C, em dois jogos nenhum deles ainda conheceu a vitória. Na Segundona foram duas derrotas e na terceira o representante mineiro […]

Leia Mais

Não basta contratar e o treinador escalar. É preciso transparecer dentro de campo a mística e o dna alvinegros

Max Pereira@pretono46871088@MaxGuaramax2012 O Atlético terminou a fase de grupos da Libertadores invicto e na liderança geral da competição, conquistando 16 pontos em 18 possíveis. Em uma campanha que não deixa dúvidas quanto ao potencial de seu elenco, o Galo impôs goleadas aos seus adversários e, afora um empate indigesto na estreia em gramados venezuelanos contra […]

Leia Mais

Chip na Copa do Brasil

Se com todos os jogadores à disposição, a exemplo dos tempos de Sampaoli, andava difícil prever qual a escalação do Cuca, imagine agora. No exato momento em que as escolhas passaram a ser previsíveis e contando com o que temos de melhor, as convocações para seleções tiram exatos seis jogadores do Galo, que vai brigar […]

Leia Mais