Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Já virou sacanagem

A má vontade da CBF com o Galo é histórica. Não bastasse a série de “armações” ao longo dos tempos, sempre que phode essa entidade – que costumeiramente privilegia interesses do Rio e São Paulo – prejudica o futebol brasileiro todo. No nosso caso, nem vale a pena repetir sobre arbitragem, atos administrativos e STJD […]

Leia Mais

1, 2, 3 X Galo

Hoje, bem cedinho, numa triangulação, eu e o coronel Ernest Soares, conhecido como Neneth, falamos pela rede social com Carlos Alberto da Silva, outro policial militar também reformado. Ambos bom-despachenses, sendo que o primeiro mora atualmente em Uberaba e o outro na cidade de Braga, em Portugal. Comentávamos que os três últimos títulos internacionais do […]

Leia Mais

A França se rendeu ao Galo

Fazer adversário trëmër é com o Galo mesmo. Não só time de Minas Gerais, mas clubes do exterior e até seleções de destaque no cenário futebolístico mundial. Foram 36 jogos com seleções nacionais, sendo que o Galo venceu 22 vezes, empatou cinco vezes e sofreu dez derrotas. No período que antecedeu a Copa do México (de […]

Leia Mais

Um Atleticano nos EUA

Se, para muitos de nós Atleticanos, só de – por alguma razão – não poder ir ao jogo do Galo em Belo Horizonte é de arrebentar, imaginem para os milhões que moram distantes da capital mineira. Roni, que tive a oportunidade de conhecer no ano passado, quando o Galo foi jogar com o Atlas, em […]

Leia Mais

Tá na hora da virada

Depois de quatro anos brilhando no cenário esportivo nacional, sul-americano e mundial, o Galo e os Atleticanos, mal acostumados, vivem um ano terrível. Atípico, em relação à nossa história, especialmente a recente. Entre 2012 e 2015, o Galo esteve no topo de tudo, foram conquistas em cima de conquistas. Copa Libertadores, Recopa Sul-Americana e Copa […]

Leia Mais