Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

A marcha dos números

Faltando 17 jogos para o encerramento, a partir de agora tudo é afunilamento e as contas farão parte do nosso dia a dia até a decisão final do Campeonato Brasileiro. Se temos 38 pontos até a 21ª rodada, com 60% de aproveitamento, para chegar ao título temos de melhorar um pouco apenas este aproveitamento. Nos 21 […]

Leia Mais

Os desfalques anunciados

Os amigos que acompanham este espaço genuinamente Atleticano são testemunhas das várias manifestações – tanto do blogueiro quanto nos comentários dos leitores – sobre eventuais desfalques e necessidade de reposição. Temos duas contusões inesperadas (Júnior Urso e Erazo) e a aguardada e agora já anunciada convocação de Rómulo Otero para os jogos das eliminatórias da […]

Leia Mais

Você já fez o seu Galo Na Veia?

Hoje, somamos quase 70 mil sócios, sendo entre todos os clubes filiados ao movimento “Futebol Melhor” o que mais vem tendo adesões nos últimos tempos. Outro dado estimulante: o número de adimplentes (em dia com a mensalidade) ultrapassa o daqueles clubes que anunciam números superiores aos do Galo no “torcedômetro”. Ao contrário de realizar promoções, tipo […]

Leia Mais

Desfalques no real e no genérico

A partida de domingo é decisiva às nossas pretensões, bem como às do Atlético do Paraná. Se estamos na quarta colocação, o time paranaense ocupa a sétima posição e faz uma campanha bastante regular. Ao lado da Chapecoense, formam a dupla de times intermediários mais chatos de serem batidos em seus domínios. Tanto que na segunda rodada […]

Leia Mais

Derrota fora de propósito

Foi feio, sim. O Santos, que no primeiro turno vencemos por um a zero, com nosso time todo reserva, acabou – desfalcado – aplicando uma goleada no Galo. Ainda assim, apesar de tudo, seguimos no G4, agora a quatro pontos do líder e apenas um da vice-liderança. Em que pesem os conhecidos e manjados erros da arbitragem, o […]

Leia Mais