Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Sampaoli, um técnico de verdade ou um engodo?

Max Pereira
@pretono46871088
@MaxGuaramax2012

Alguém duvida que a contratação de Sampaoli tenha gerado expectativas e também iluminado o imaginário do atleticano? Mas, mais que isso, gostem ou não, independentemente dos ruídos que inviabilizaram a sua continuidade, de seu temperamento irascível e da inabilidade e falta de tato do comando atleticano para lidar com as perturbações do ambiente e com os problemas de vestiário, Sampaoli personifica sim a ideia de um planejamento para o clube mudar de patamar e não mais retroceder.

O próprio clube em sua nota onde comunica oficialmente o desligamento do treinador afirma que “Jorge Sampaoli teve papel importante para mudar o Atlético do patamar em que se encontrava nos últimos anos”. Eu diria mais: apesar dos erros e das dificuldades de relacionamento intramuros da cidade do Galo, Sampaoli deixou um legado importantíssimo: a certeza de que não é possível alcançar um nível de excelência de resultados sem elevar o nível profissional e de exigência de qualidade que perpassam também e, fundamentalmente, por romper concepções arcaicas de se fazer futebol e de se relacionar com a mídia e o mundo exterior. Nesse sentido, a grande contribuição do treinador argentino foi escancarar o total despreparo do clube e de seus dirigentes para lidar com o nível de exigência e de profissionalismo imposto por ele, ímpar na história do clube.

E, independentemente de seu comportamento e de seus erros, seja escalando, seja substituindo, seja no relacionamento interpessoal dentro da cidade do Galo, Sampaoli teria carradas de razão em mostrar-se incomodado e excessivamente tenso, seja em relação ao ambiente hostil a ele e a seu trabalho que se instalou dentro e fora da Cidade do Galo, seja também em relação aos ataques desferidos a ele próprio, a jogadores e a seus parentes, ora desfechados por fogo “amigo”, ora lançados pelos tradicionais inimigos clube e seja ainda em razão às recorrentes passividade e omissão do Atlético em relação a estas situações.

Ou seja, se faltou ao treinador habilidade para manter sadio o ambiente intramuros da Cidade do Galo e no trato com as pessoas a seu redor, conforme reza a lenda, faltou também às diretorias do Atlético, anterior e atual, tirocínio e comando para blindar os seus ativos, transparência e credibilidade para que o clube se posicionasse firme e claramente sempre que se fez necessário e trato para gerir os abalos até certo ponto naturais das relações interpessoais dentro do clube. Embora fosse nítido que vários segmentos da mídia tradicional se ressentissem da falta dos afagos e privilégios tradicionais, paradoxalmente o clube permitiu que boatos, notícias fabricadas e outras distorcidas atingissem um nível absurdo e insuportável e que isso, visivelmente, corresse ainda mais o ambiente intestino e afetasse o time dentro de campo.

Com a chegada de Sampaoli, de sua comissão técnica e de vários outros jogadores e profissionais brasileiros de origem e experiências diversas, o clube, mais do que ter-se transformado em uma legião estrangeira, teve seus paradigmas colocados em xeque e a sua cultura organizacional revirada. Daí é natural que surjam conflitos, descontentes, insatisfeitos e dificuldades significativas de adaptação tanto para quem está chegando, quanto de aceitação para quem já estava e se sente naturalmente inseguro com as mudanças que necessária e inevitavelmente vão ocorrendo.

A imagem simbólica de Sampaoli pendurado em uma grade para acompanhar os instantes finais do jogo contra o Sport após ter sido expulso e a sua intensidade à beira do campo até o último jogo em que ali esteve, ficarão registrados na memória do torcedor atleticano. Sim, foi uma reconstrução pontilhada de muitos erros, mas que levou o Galo para a fase de grupos da Copa Libertadores. Foi também um trabalho que quebrou uma passividade de anos. E foi igualmente um ato de bravura fazer o que fez, sem ser simpático e sem se preocupar em agradar a arcaica imprensa mineira, mesmo sabendo que as mudanças em geral nunca são bem aceitas e digeridas. E aqui não foi e nem podia ser diferente.

Ainda vale destacar que, dentro de campo, Sampaoli deixa ao Atlético um novo Guga, cuja evolução salta aos olhos até do mais incauto dos observadores.

Amado por uns, odiado por outros, Sampaoli sai do Atlético deixando atrás de si sentimentos controversos. Mas, certamente não é um engodo. É apenas mais um ser humano que erra e que se deixa cair nas armadilhas de seu temperamento intenso e das idiossincrasias humanas. Que seja feliz onde for e que, à luz dessa experiência, o Atlético saiba encontrar o seu substituto.

59 thoughts to “Sampaoli, um técnico de verdade ou um engodo?”

  1. Pelo que li, de alguns amigalos,, fica a conclusão: os passadores de panos são solidarios e corporativos , agora se desdobram em transformar em saga, epopéia, a passagem do nebuloso cometa hermano . O proximo passo será o endeusamento . Renovação de tardelli em pauta , é duro, menos uma contratação por vir. Não largam o osso no galo, nunca . vão daqui, vão dali e caem no galo com contrato vitalicio . Cornetas , soem as trombetas. Vamos nos organizar, miremos na disciplina e união dos passadores de panos. Miremos nos cornetas ilustres como a turma do amendoim do parmera , que derrubam treinador antes dele assumir. Ídolos kkk

    1. 1. Miremos no Galo!
      2. Me explica como se renova um contrato vitalício! Os vitalícios agora tem prazo de validade?
      3. GALO sempre em maiúsculas!
      SAN

  2. Esse provavelmente é o meu último comentário sobre o Sampaoli. Página virada. Treinador, jogador, dirigente passam e o Galo continua sempre. Vida que segue!

    Mas eu fiquei aqui pensando porque todo o corneta acha que a opinião dele é ‘senso comum’? Porque ele pensa que o barulho dele é a ‘voz da rua’? Talvez porque façam um barulho insuportável para impor suas ‘verdades’ goela abaixo de todos. Na sua intolerância, não admitem quem pensa diferente e se julga o dono da razão.

    O problema não é a ‘liberdade de expressão’ do corneta e nem o barulho que ele faz. É claro que cada um vê o mundo de um jeito e tem todo o direito de exprimir isso. O problema é que ele se julga a ‘voz de Deus’ e talvez por isso mesmo patrulha e desanca quem pensa o contrário deles. Quantos que aqui escreviam e desapareceram pela pressão que fazem os cornetas ‘donos da razão’?

    Só quero dizer uma coisa: ninguém é obrigado a gostar disso ou aquilo. Mas, cornetas, não tenham a pretensão de falar em nome da torcida. Vocês falam por vocês. E só.

    A propósito, o site que abriga esse blog colocou a disposição dos torcedores uma avaliação do ex-treinador. Nos extremos tivemos 5% de péssimo e 10% de excelente. Numa avaliação mais centrada tivemos 10% de ruim e 41% de bom. Quem não viu nada de bom ou ruim e achou regular foram 34%.

    Portanto, se teve gente achando o serviço do ex-treinador péssimo, o dobro desse povo achou excelente. E se alguém achou o serviço ruim, mais de quatro vezes essa turma, achou o serviço bom. Portanto, cornetas, falem por vocês mesmos, não falem em nome da torcida porque vocês não a representam.

    A propósito da pesquisa, 75% acharam a saída do treinador positiva para o clube e 25% acharam negativa. Achei o resultado excelente. Uma prova que torcedor torce é para o Galo e não para algum personagem. Quer ir embora? Vai com Deus! Não vai ficar viúva aqui não. Ou pelo menos, se ficarem viúvas, serão poucas.

    Quem quiser ver a enquete, está aqui:

    https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2021/02/26/noticia_atletico_mg,3904499/enquete-torcedores-do-atletico-escolhem-favorito-para-o-lugar-de-sampaoli.shtml

    1. Em 1989 não existia rede social e eu fiz pesquisa diária de onde tinha informação da preferência do eleitorado par a eleição para presidente daquele ano, os adesivos dos carros. Deu Afif Domingos com 95%. Nas urnas não teve 2%. Quem acredita em enquete de Internet tem que repensar.

      Sampaoli nos salvou da série B, depois de estarmos em quinto no Mineiro e eliminados pelo Afogados e pelo Santa Fe ao mandar um monte de amebas embora, e muitos deles foram rebaixados em Botafogo, Coritiba e Goiás.

      Quem não gostou está com saudades de buscar os 45 pontos ou brigar pela última vaga da Sul Americana.

      Se vier um técnico que não tem culhão para continuar o trabalho dele, como por exemplo melhorar o setor defensivo, não pode ser sequer cogitado, como o Cuca, por exemplo. Além de diversos outros fatores, nos últimos anos ele sempre fala em parar para tratar da saúde. Em três meses fala isso aqui e teremos que recomeçar todo o processo a partir da escolha de outro técnico.

      Prefiro outro estrangeiro, mas no Brasil o melhor é o Renato Gaúcho, apesar do passado dele com o Galo. Ele não é babaca como o Cuca, que avisou antes do Mundial que sairia. Ainda tenho esperanças que ele venha.

      #CUCANÃO

  3. Boa noite

    Pouco importa o que disse o ex vice presidente. Já sabíamos da festa do COVID. Esse foi o grande erro do Sampaoli no Galo. Talvez perdeu o comando ali. É bom técnico, mas muito polêmico, Também erra muito nas contratações e substituições. Não gostei também quando tentou Thiago Neves.

    Mas isso é passado, já foi. Vamos flar do futuro treinador!

    Abraço

  4. Caro Max,
    o outro patamar que o Sampaoli desejou chama-se cultura! Ele tentou modificá-la, trazer a sua e suprimir a existente, desde sempre. Mas eis aí o problema: o que é a cultura de um clube senão a sua própria identidade? Para se tornar o atlético que o Sampaoli queria – e que os atleticanos sonham – seria preciso deixar de ser atlético. Suicídio! É preciso acreditar no próprio ser! Uma hora, o triunfo será seu, nem que seja daqui a 50 anos.
    Sds.

  5. Obrigado, Victor, muito obrigado! És o maior goleiro de nossa história! O mais relevante, o mais vencedor. Será lembrado eternamente. Obrigado! PS: Cuca deve ser o plano A. Passou da hora desse grande e vencedor personagem do Galo retornar ao Clube. Renato eh deboche. Seria o mesmo que aceitar Thiago Neves. Semelhante à contratação, nos anos 80, do Chicão. Considero um deboche provinciano, sequer considerar Renato. Esqueceram?? SAN

    1. PS 2: tá na hora de parar com esse papo de mudança de patamar. Os títulos de 13/14 NÃO mudaram nosso patamar, Sampaoli (que fez bom trampo) não mudou nosso patamar. O Galo eh GIGANTE como sempre foi! O futebol só existe por causa do Galo! SEMPRE fomos os maiores! SEMPRE, desde 08. SAN

  6. Eu leio um texto como esse e fico na dúvida. Alguns falam bem do Sampaoli, outros falam mal. Afinal quem está com a razão?

    Bom, eu sei é que ele não é medíocre, pois os medíocres são esquecidos rapidamente e nunca chamam muito a atenção, ainda que recebam temporários holofotes, quando, numa desesperada necessidade de aparecer, começam a escrever cartinhas que, a acreditar no que dizem, servem apenas para assinar seu próprio atestado de omissão, vaidade e apego ao cargo, pois quem é conhecedor de ‘atrocidades’ não tem o direito de se calar. E menos ainda de falar extemporânea e oportunisticamente quando foi colocado para fora, denotando um rancor e uma amargura que só mostram a qualidade do seu caráter.

    Mas voltando a Sampaoli, interessante ver que ele é admirado e odiado quase que com o mesmo vigor. Provavelmente as características de sua personalidade causam mais sentimentos negativos que positivos. Daí para serem extrapoladas para suas características profissionais é um pulinho. Dificilmente reconhecemos uma boa qualidade em quem não gostamos.

    Mas deixando o emocional de lado, as percepções pessoais do mundo, os interesses pessoais atingidos e focando apenas numa análise fria, profissional e, porque não?, financeira, eu vejo diversos times e seleções procurando contar com o seu trabalho profissional. Eu vejo time árabe oferecer e ele recusar mais de R$ 50 milhões para prestação dos seus serviços. Eu vejo que ele tem mercado na Europa e me pergunto qual treinador brasileiro que também tem. Nenhum, eu mesmo respondo!

    Definitivamente, entre avaliações emotivas, passionais e arcaicas do futebol, além de uma ou outra ‘jenialidade’ que sempre aparece, eu prefiro ficar com quem trabalha no futebol e reconhece um grande profissional em Sampaoli.

    Mas é isso aí. Se os 4 R’s do Galo frequentassem o blog iriam ficar roxos de vergonha de ver tanta gente que entende de futebol e negócios muito mais do que eles. Contratariam aqui pelo menos uns 4 B’s ou uns 4 I’s para aí sim o Galo ter um projeto de verdade.

  7. Caros,

    O LIXO vai para debaixo do tapete!

    ENGODO do engodo é quem insistentemente durante um ano inteiro INCUTIU na cabeça do SAMPAOLI e da diretoria 2005 e dos CABEÇA VADIA, via LERO LERO sem pé nem cabeça, q CONQUISTAR a única competição q NOS disputávamos, sob 200 milhões em investimentos DIRETOS, era INVIÁVEL, pq o clube estava se preparando para o NOVO e o RENOVO q de NOVO e de RENOVO ñ tem PORRA NENHUMA!

    O time EM FORMAÇÃO (falácia em luta contra o engodo) e o CLUBE mudando de PATAMAR! Só ñ tava vendo quem ñ queria!

    COMÉDIAS DESPREZÍVEIS! Ocupar um espaço NOBRE na média e muitos dentro do CLUBE para jogar contra a NOSSA TRADIÇÃO de BRIGAR nas competições! Tomem VERGONHA na cara sim, Srs embusteiros CONVERSA MOLE!

    SAMPAOLI mudou NOSSO PATAMAR? Q patamar? Por acaso NOSSO GALO nunca na sua história disputou prá valer, com orçamentos até MAIS medíocres do q o ATUAL, nas CABEÇAS?

    Q patamar é o NOSSO afinal de contas. Quer dizer q armar um time q de FATO eNTREGOU A RAPADURA mudou NOSSO PATAMAR? (já vimos NOSSO GALO ser derrotado por muitos motivo, por ENTREGAR, nunca tive tal sensação!)…Agora, no CantodoGalo, uns CARAS legais, boa praça, familia (tanto q defendem O FRANGUEIRO por motivos de VIUVEZ ou empatia com a esposa, algo tao edificante), ñ fumam bebem nem frequentam casa de tolerância…mas, e para reconhecer o MALFEITO?…TRABALHARAM contra nos EDITORIAS, frequentemente NONSENSE, atacando os BRAVOS CORNETAS e outros nem tanto, atacaram TODA a TORCIDA, culparam a TORCIDA! Na SEMVERGONHICE pura, no mais puro MAU CARATISMO! ..

    Como se ñ houvesse uma COMPETIÇÃO em curso sendo disputada contra os TRADICIONAIS adversários! Aí, na última rodada, o campeão é quem ACREDITA e faz por onde! Foi SIMPLES? NUNCA É!

    Vestiu a camisa, tem q ter paciencia! Ah! mas ñ pode criticar, somente se VOZ BAIXA, FLAUTINHA, avestruz de joelhos! Uai, é Igreja? Ñ é o trabalho do SAMPAOLI o colocado em xeque, se era ISSO ou AQUILO! O q se coloca em xeque é?: de NOVO e de RENOVO: o q mudou? NOSSO GALO era um timeco e agora se transformou numa potência, só pq houve uma LIMPA nos come quietos do verão passado e conquistou um SUPREENDENTE 3º lugar?

    FACÇÃO ATOA, Jabazeira, vcs ñ REPRESENTAM o CLUBE! Tenham o mínimo de JUÍZO, reparem e tomem VERGONHA NA CARA, Ô Comédias, no CLUBE pelo qual NÓS torcemos? …vcs ñ REPRESENTAM! Jogam contra! Quem defende JOGADOR , cartola ou sei la o q por defender, pq vestiu camisa e beijou escudo! COMÉDIA é isso! ISSO, essa coisa, pode até ser atleticano!

    NÃO HÁ NADA DE NOVO NO FRONT! Parece q NADA muda! NUNCA!

    Q VENHA O MINEIRO! PRÁ CIMA GALO!

    Abs!

  8. O meu ultimo comentario sobre este treinador. Olhando esta foto do presidente sorrindo e desejando todo tipo de felicidades a este embusteiro e ainda acenando com a inacreditavel possibilidade de um reencontro, comecei a pensar. Porque todo presidente do Galo sente um enorme prazer em confrontar a torcida? Porque ? Porque adoram ir contra o senso comum ,desprezando sempre a vox populi, vox Dei,a voz da massa ? Porque , sempre , que a vaca se dirije ao brejo e a porca torce o rabo, pedem, clamam por nossa força, nossa união ? Porque sabem do nosso poder , fingem que não sabem. Sabem que somos mais poderosos que seus apoiadores dos grandes grupos economicos (ao qual somos gratos demais e acreditamos nas suas boas intençoes) , somos a base da piramide desta cadeia alimentar que tritura e engole tecnicos e jogadores sem compromisso com nossas cores e até presidentes. Todos efêmeros, passageiros. O clube e a torcida , não. Perenes , solidos , cujo amor devoção sempre aumentam, não importa se com titulos ou não. O vice que saiu deu uma entrevista hoje falando do treinador que saiu. A minha vontade é de vomitar. Agora , depois que entregamos , por tres miseros e miseraveis pontos o campeonato mais facil da decada pelo total das lambanças feitas debaixo de seu nariz

  9. Não acho que o Sampaoli mudou o Galo de patamar, acho sim que ele ajudou o Galo a voltar a ter credibilidade no mercado e na mídia mas mudar de patamar não.

    Acho que ele fez um.otimo trabalho no Galo, de eliminado precocemente da Copa do Brasil e sulamericana a classificado direto pra Libertadores e terminando a 3 pontos do campeão é uma campanha e um trabalho elogiavel. Mas ao mesmo tempo esses mesmo resultados são totalmente frustrantes para o torcedor. Uma Vitória, só faltou isso e sim tbm é culpa do Sampaoli mesmo com o bom trabalho apresentado.

  10. ASSINO EMBAIXO DE TUDO QUE DISSE O AMIGO , GALO ROBERTO DE OLIVEIRA.
    CARO MAX PEREIRA , NÃO VAMOS EXAGERAR , O SR. SAMPAOLI SE VENDEU COMO UMA FERRARI E ENTREGOU UM FUSCA.
    MUITA ARROGÂNCIA PARA POUCO FUTEBOL.
    ACREDITO QUE OS 4 R , VÃO COLOCAR ORDEM NESSA BAGUNÇA , FALTA DE AUTORIDADE E FALTA DE PROFISSIONALISMO QUE IMPERA NO GALO HÁ MUITOS ANOS.
    TODOS SABEMOS QUE DESDE O TEMPO DE LUXEMBURGO , QUANDO ESTE SR. FOI CONTRATADO COMO TÉCNICO DO GALO , O MESMO , VIVIA NAS NOITADAS , NAS MESAS DE BARALHO E RODAS DE UÍSQUE , E COLOCAVA O SEU ASSESSOR PARA TREINAR O TIME.
    ORA , ISSO É INADMISSÍVEL , EM UM TIME DA GRANDEZA DO GALO , ONDE JOGADORES E TÉCNICOS GANHAM FORTUNAS PARA CHEGAR AQUI E TER ESSE TIPO DE COMPORTAMENTO , EM PREJUÍZO DO CLUBE.
    VAMOS FALAR DO SR. RENATO GAÚCHO , O SEU COMPORTAMENTO NO PASSADO , INCLUSIVE NO GALO , O CONDENA ANTECIPADAMENTE . ESSE SR. QUANDO AQUI ESTEVE DEIXOU PÉSSIMAS IMPRESSÕES.
    NÃO CONCORDO COM A CONTRATAÇÃO DE UM TÉCNICO DESSE PERFIL , MAS CASO SEJA CONTRATADO , ACHO QUE JÁ DEVERÍAMOS RECEBÊ-LO COM UM PÉ ATRÁS E AUMENTAR LOGO NO INÍCIO O TOM DAS COBRANÇAS.
    ESSE RENATO GAÚCHO NÃO PODE TER VIDA FÁCIL AQUI , TEM QUE CHEGAR JÁ SENDO COBRADO E NADA DE RECEPÇÃO COM FESTAS.
    O SEU PASSADO NA SELEGALO NÃO RECOMENDA.
    POR ISSO PREFIRO CUCA.
    PROFISSIONALISMO.
    RESPONSABILIDADE.
    DEDICAÇÃO , MUITO FUTEBOL E TÍTULOS É O QUE DEVEMOS EXIGIR DESSES PROFISSIONAIS QUE SÃO MUITO BEM PAGOS PARA ISSO.
    BRASILEIRÃO.
    LIBERTADORES.
    COPA DO BRASIL.
    ESSE É O NOSSO ÚNICO OBJETIVO NESSE , ANO QUE VEM QUE JÁ CHEGOU.

  11. Se tem algo que eu aprecio no ser humano é a diversidade do pensamento. Sempre digo que ser inteligente é um detalhe que assiste ao homem e ser divergente em ideias é o que o faz lider no reino dos animais. O texto do MAX hoje propiciou diversas interpretações causadas por entendimentos diversos. Tem os que simplesmente concordam em gênero, número e grau, como se diz costumeiramente. Tem os que entenderam que o MAX estava romanceando o treinador e aqueles que simplesmente não concordam com nada que diz respeito ao dito cujo, entre os quais me incluo. Como eu disse em outro comentário, o Sampaoli está morto na vida do CAM e do Galo. Seu espólio vai render muita conversa e pouco ganho material. Veja-se o que ocorre com o ex-vice presidente, perdeu o bonde da história ao se eximir de falar tempestivamente e agora tenta recuperar o tempo perdido sem considerar que a história do CAM está mudada para sempre. Não foi evidentemente o Sampaoli quem mudou a história do CAM, ela foi mudada a partir de decisões tomadas pela sua nova cúpula diretiva. Sampaoli foi apenas um instrumento usado nessa mudança. Chegou, serviu, fez o que fez, não agradou à maioria, tomou o simancol e foi-se. Contrariando o presidente, tomara que não volte nunca mais.

  12. Estão a dizer que amanhã o Victor faz
    seu jogo de despedida .

    O jogador que foi um dos grandes na
    maior conquista do clube foi colocado
    à margem do elenco , posso dizer até
    humilhado pelo FARSANTE que aqui
    esteve , recebe da diretoria que vai
    mudar o PATAMAR da instituição essa
    BELA HOMENAGEM ;

    jogo de reservas , contra uma equipe
    do interior , sem tradição , em partida
    a ser realizada às 18:15hs .

    E a gente é obrigado a ouvir esse papo
    de que o Atlético agora é outro .

    Só vou colocar aqui uma letra , quem
    quiser que complete :

    V _ _ _ !!!!!

  13. É isso aí, Max. Disse tudo. Só não consegue ver quem não consegue ver. É tentar fazer o sujeito entender porque ele não é mais alto do que si mesmo.

  14. Meudeusdoceu ! , se continuarmos nessa abstração
    literária futebol mesmo que é bom vai custar a voltar
    a campo .

  15. Sampaolli é um B@@@@@@ , não deixou M@@@@
    nenhuma de legado (deixou “consistência tática ” ,
    é pracabá , sem chance de continuar a ler) e ainda é
    paparicado por uns e outros .

    Ninguém aguenta mais ouvir essa história sobre um
    salto no patamar do clube .
    Pra que isso aconteça , chama o Bruno Henrique .

    E pra terminar . ” a imagem simbólica do Sampaolli
    pendurado na grade e todo o parágrafo ” pra mim
    chegou pra rivalizar com a imagem do Embuste em
    cima da árvore .

    Simplesmente , ´´´´ deixa pra lá .

  16. Bom dia a todos!
    Pensei que o assunto JS já seria exclusivo do futebol francês. Pena que ainda ecoa…
    Mas também né.. Campeoníssimo por onde passou, inclusive aqui, é pra ser lembrado, homenageado e tal… aff.. Engodo ou Embuste? Essa é a minha dúvida..
    Página já virada.
    A preocupação agora é com a temporada 2021.
    O “Ano que Vem” finalmente chegou. É esse!!
    E a perseguição aos títulos da temporada/21 começa amanhã:
    Meta n°1: Campeonato Mineiro!
    E o GALO ainda sem técnico. Alô sr. Diretor!
    Tomara que o novo comandante que chegar, não queira descobrir a roda ou ficar se dependurando por aí.
    Que comande o time sem invencionices.
    Os aplausos virão naturalmente…
    Saudações

  17. Vitor, Mariano, Igor Rabelo, Gabriel, Dodo, Dilam, Calebe, Zaracho, Savinho, Marroni e Tardelli . O time que enfrenta a URT. Hora de despedida do Vítor e Tardelli e de dar uma sequência de pelo menos cinco jogos para Savinho, Zaracho, Calebe e Marroni mostrarem sem tem garrafa pra vender. Se não conseguirem jogar contra times do Mineiro devem zarpar do Galo.

    1. RICARDO PEREIRA ,

      questionei em comentário que fiz :

      quando é que vamos ter futebol de verdade
      em campo ?

      Eu nunca vi tanta conversa pra não se dizer
      nada de bola rolando .

      O Atlético agora virou tese de Mestrado !!!!!
      Tenha dó !

      1. Pois é JOSÉ EDUARDO BARATA, muita lorota pra pouca bola: Legado, Patamar, Excelência, Compliance…
        Isso entra em campo?
        Pelamor…

      2. Só faltou dizer q a torcida do Atlético, imbecil como ela só, acha q montar um time e fazê-lo campeão em 10 meses é tarefa fácil. A torcida de internet sabota o time e faz com q tecnicos e jogadores vitoriosos sejam questionados sem terem tempo de mostrar trabalho. A torcida do Galo é um câncer q não entende nada se futebol, cai na pilha de pseudojornalistas q vivem de alimentar crise no clube. A torcida não cabe no projeto dd profissionalismo do clube.

  18. O seu texto , eu não diria esclarecedor, todos os atleticanos sabem, dos antenados e proximos desta torre de babel, onde a fogueira da vaidade não se apaga nunca, servindo, sempre para trampolim de interesses pessoais por tres anos de midia e holofotes, , até os mais remotos, distantes torcedores, que acompanham , estarrecidos , nem que seja no radinho de pilha ,os acontecimentos diarios e, a cada jogo, vendo o time despencar ladeira abaixo , sem freio, sem um basta nesta situação orquestrada pela incompetencia destas diretorias omissa e inaptas. PASSIVIDADE , que destruiu o sonho de nós, atleticanos. Foi, amigo, a passagem deste senhor, pelo nosso clube, bem mais que mostrar que erai possivel uma mudança de patamaR. Nada muito revolucionário e inovador, não ,amigo. Com o time a seis anos , ladeira abaixo , o zé das camisas com contrataçoes de quase duzentos milhoes, seria diferente tambem. E mais competente, aposto. Sem ssubir em arvore e ficar dependurado em grades. Conversa pra boi dormir, fomos ,mais uma vez, enganados

  19. Chega de 2020 em termos de futebol…

    Acabou, passou, foi e com ele mais um ano de decepções em torneios nacionais e internacionais…

    O Rural veio pro Sette Câmara levar um caneco em três anos de mandato, pouco demais…

    Que 2021 que se inicia amanhã, seja de alegrias e conquistas pois o Atleticano merece, independentemente de fazerem ou não as coisas certas dentro do nosso CAM…

    O Atleticano quer acreditar que todos os envolvidos no Projeto atual, do novo Presidente aos Gestores/investidores, chegando no Diretor de Futebol, Comissão Técnica e Jogadores, sejam capazes de mais acertos do que de erros, amém!!!!!

  20. Bom dia Max. Bom dia a todos. Lamentável a atitude covarde do ex vice do Galo de buscar holofotes atacando o ex técnico após o Clube formal e civilizadamente, por seu presidente, fazer um despedida agradecendo e o presenteando com uma camisa personalizada. Além da multa o Sampaoli ainda vai dar retorno financeiro para o Galo indicando jogadores do Clube para o Olimpique. Creio que Guilherme Arana, Guga e Vargas serão indicados para o Clube Francês , por se enquadrarem nas ideias de jogo do ex-técnico. A contratação do Dodô, para mim, sinaliza reposição do Guilherme Arana. Queiramos ou não, Sampaoli cumpriu o contrato com o Galo, saindo com o pagamento da multa e também atingiu seu objetivo pessoal: retornar ao futebol europeu. Se cometeu ” atrocidades” no Galo foi com a conivência da ex vice presidente, que além de pedir sua demissão poderia ter se afastado do cargo e denunciado as supostas ” atrocidades” quando elas estariam sendo praticadas e não após a saída do técnico. O ex vice já faturou mais de dois milhões prestando serviços jurídicos para o nosso Galo. Deveria se contentar com é esse acréscimo patrimonial, mas parece que a profissionalizacao do clube não atende a suas ambições pessoais. Por que não te calas Lázaro Cândido?

    1. DOMINGOS SÁVIO,

      esse Lázaro é um engodo .
      A contrapor o trabalho do Sampaolli
      que o fizesse como aqui muitos de nós
      o fizemos, DURANTE o seu trabalho , e
      não agora .

      Atitude podre !

  21. Bom dia a todos!
    Sampaoli é sem dúvidas um GRANDE campeão;
    Em reclamações
    Em cartões amarelos
    Em cartões vermelhos
    Esportivamente um fracasso,um engodo,um fake,um DENOREX,um gato vendido por lebre.
    Como pessoa; péssimo.

  22. Bom dia,

    Sampaoli tocou fundo nas mais rançosas raizes do Galo.
    Despresou o diretores, vice ou qualquer um que gostava de tar seus pitacos no time, a carta do vice presidente mostra claramente que ele era um desafeto do treinador, e fez o mesmo com a torcida, que mesmo tentando não conseguiu interromper seu trabalho pela metade.
    Sempre foi dito que alguém de dentro do clube conspirava contra, seja divulgando escalação antecipada, fofocas e material para uso dos jornalistas e YouTube de plantão.
    Com a divulgação da tal carta do Lazaro ele se credencia a ser um destes.
    Não sou defensor do eis técnico, acho até que forneceu material suficiente para as criticas expostas, mas, estas pessoas na sua falta de empatia e não suportando ser colocado a margem dos acontecimentos, junto a isto, vendo o sucesso momentâneo sem sua participação, fizeram coisas que também de alguma forma contribuiu para a perda deste título, a torcida mera coadjuvante dos interesses escusos destes, sempre trabalhando inocentemente a favor dos que vão contra, resumindo manipulada.
    Mas não, infelizmente ambos não conseguem enxergar isto, por isso continuamos no lugar de onde não conseguimos sair, estacionados na mesmice.
    Espero apenas que depois deste episódio, todas as partes absorvam alguma coisa de bom, alguns exemplos nas falhas e erros para não incorrer novamente.
    Ano novo, vida nova. Costuma-se dizer que depois uma tempestade vem a bonanza e é isto que espero para 2021.
    Que chegue um treinador para corrigir os desvios e o grupo acredite nele e seus argumentos para fazer um time melhor e principalmente mais unido a procura do resultado.
    Apesar das críticas ao treinador, ele deixou o Galo com a agenda cheia para 2021, espero que tenhamos êxito em totas as competições.
    Que venha 2021. Aqui é Galo.

  23. [•••]”a certeza de que não é possível alcançar um nível de excelência de resultados sem elevar o nível profissional e de exigência de qualidade que perpassam também e, fundamentalmente, por romper concepções arcaicas”[•••]
    Vc acha q isto acontecerá de fato com a Instituição,prezado!
    O maior gol do GALO na temporada passada foi ter posto pq correr uma turma de junin cheios de dedos ,com o ego + inflado q märïä Bi- reBaixada_ tem uma legião deles ainda,uma legião!_ . Um deles só é pai de filho bonito,os feios q lutem! O inimigo do GALO está dentro de suas próprias fileiras,basta ver como se comporta o q antes era colocado em pedestal e hoje se comporta como uma verdadeira “dona fifi”. já q está fora por livre e espontânea vontade_ foi o cidadão em questão quem disse qdo palestrou (SIC) na passagem do bastão (SIC) lá em novembro p.p._. Em 2014 foi Dª Lúcia e agora é o ex.VP q resolveu jogar as cartas p fora_ aliás desde q saiu ñ faz outra coisa a ñ ser jogar as cartas p fora_ …pq como diria titia Rita Lee: ” “quem não chora daqui, não mama dali_diz o ditado_ quem pode, pode deixe os “acomodados” q se incomodem. Profissionalismo no GALO passa longe,prova é q MAIS uma vez vamos p o início de um torneio com UM INTERINO na nossa casamata_ perdão! Interino nada,ANALISTA de desempenho e um ex atleta q como jogador foi um máximo,como não sei o quê, não há justificativa p estar ali,nem batedor de faltas temos um, só aí vê-se qto tem sido útil. Portanto! Nada de novo no fronte é só um ano de experiência e o time em campo q é bom, não sabemos qual será. Este é o “proficcionalismo” e o projeto q nem eles mesmos acreditam nele…! E prá terminar…deixa quieto!!!!!
    Saudações Atleticanas

    1. Prezado José Roberto, bom dia.

      E é exatamente por não ter alcançado este nível de excelência em qualidade e em profissionalismo que omiti-lo nos escapou. Os mecenas garantem que estão buscando isso. Ainda pago para ver.

      No artigo “ AFINAL, ATLÉTICO, QUE PROJETO É ESSE? “ (https://www.falagalo.com.br/preto-no-branco/afinal-atletico-que-projeto-e-esse/) publicado nesta última quinta-feira no Fala Galo, escrevi que se “tem algo que vale a pena sempre repetir é que o Atlético precisa passar por uma profunda reformulação de conceitos e métodos de sua gestão e, em particular, no trato do futebol profissional. O futebol vem mudando muito e o Galo também já não é o mesmo de alguns anos atrás.

      Mas, o que é de fato este projeto de que tanto falam e pouco mostram? É já uma iniciativa concreta como dizem ou ainda é algo do tipo esboço, rascunhos, intenções, desejos?”.

      Se vamos um dia atingir esse nível de excelência só quem viver até lá verá. Por ora vigiar e cobrar.

      Saudações atleticanas.

      1. Prezado! Tens razão qdo dizes q o “futebol vem mudando e o GALO já ñ é + o mesmo” no q corroboro com esta afirmativa,tanto q hj ñ me vejo + como um simples torcedor e sim como ‘cliente’ _ a própria Instituição me vê assim_ e isto é muito triste para quem sempre foi de arquibancada p sentir aqla emoção qdo o GALO entrava em CAMpo. Hoje como cliente lhe digo com toda certeza, não indicaria este “projeto” a ninguém,sabes pq: nem eles mesmos têm certeza o q esperar dele. Sou crítico costumaz destas diretorias “lua de cristal”q hj pensam o @Atletico e vou continuar assim por ter receio do “pagar p ver”. O q se vê no horizonte Alvinegro ainda é muito nebuloso p cravar q futuramente irá acontecer o q hj eles pregam. Já vimos filmes como este_ com os mesmos personagens, diga-se_ antes e o final não foi nada dqlo q era esperado,pelo contrário! Parabéns pelas duas letras,um forte abraço
        Saudações Atleticanas

  24. Caro Max, bom dia! Eu considero o Sampaoli um técnico da primeira prateleira. Como em todo o trabalho que termina, temos que buscar os pontos positivos, que foram, a organização tática, a busca incessante do gol, a paixão pelo trabalho. Também na busca do novo treinador devemos aprender as lições com os erros: Muito poder e centralização, a teimosia com Evérson no gol, jogar com 03 zagueiros, insist~encia com jogadores que não davam resultados, como Allan, Hyoram e Vargas. A nossa frustração é que deixamos escapar um campeonato mais fácil dos últimos anos, bastava uma vitória de 2×0 que o titulo era nosso! Mas se lembrarmos do inicio do ano, o medo era geral de um fracasso retumbante! Então como somos Galo, e acreditamos sempre, vamos relembrar 2.012 um ano de organização e conquistas em 2.013. Que este ciclo esteja se repetindo! Dá-lhes Galo!!!!

    1. Caro Geraldo, bom dia.

      Ainda bem que existem opiniões diferentes. Nos alertam e nos fazem melhorar. Eu diria que Sampaoli é realmente diferente e tinha tudo para ser um técnico campeoníssimo. E não o é graças a problemas que gera e potencializa e ao seu temperamento que não consegue controlar. É um ser humano, falho e problemático como milhões de outros. Um talento mal explorado por ele próprio e pelos que se servem de seu trabalho.

      O torcedor do Atlético é curioso e marca determinados jogadores que podem jogar bem levarem o time à vitória ou salvá-lo de uma derrota certa, que vão sempre serem xingados, descartados.

      Dentre os citados por vc Everson salvou o Atlético em vários jogos e, diante, do Palmeiras evitou dois gols certos do Porco no primeiro tempo que mudariam o. Jogo inteiramente. Correu risco de ser expulso é verdade mas deu ao time a chance de vencer que estava sendo jogada fora.

      Allan fez os dois lançamentos para Keno na origem dos dois gols. E é um dos jogadores com mais índice de acertos de passe do time e do campeonato. E Hyoran nos levou à vitória algumas vezes quando nenhum outro jogador tinha mais força e inventiva para chegarvaomgol adversário.

      Todos foram irregulares é verdade, mas existem um conjunto de variáveis que precisam ser levados em conta. Além disso, o time atual do Atlético é formado por operários táticos e não por craques. É um time de mediano para bom que, aos trancos e barrancos, disputou o título até a antepenúltima rodada.

      Um grande abraço.

  25. Bom dia a todos!!
    Max! Max!
    Concordo com tudo o que você disse sobre a imprensa provinciana. E não é só a mineira mas nacional. Ela está totalmente sem credibilidade.
    Quanto ao argentino saltitante, no âmbito esportivo vou amaldiçoá-lo pra sempre pois ele foi o principal culpado pelo Galo ter perdido o campeonato brasileiro mais fácil de sua história. Sem perdão!
    Quanto ao ex vice presidente, um falastrão idiota querendo holofotes depois da morte. Tinha que ter aberto a bocarra no tempo de seu exercício, não agora! Imbecil!!!
    Quanto ao jogo amanhã não aceito menos que 8×0.

    1. Prezado Roberto, bom dia.

      8 x 0 no mínimo, então. Esse prognóstico, mais que um sonho, uma exigência, resume o espírito atleticano.

      Sampaoli foi culpado por tudo de bom e de ruim que aconteceu dentro de campo? Sim e não. Sim, porque existem pontos positivos no seu trabalho que são inquestionáveis. Não, porque ele, as diretorias, os jogadores e vários funcionários erraram, a imprensa, as redes sociais e a torcida ajudaram a conturbar o ambiente.

      Saudações alvinegras.

  26. Vamos romantizar o Samapaoli ?
    Eu não achei nada profissional como se comportou o técnico , tanto dentro de campo como fora. Sampaoli fez uma miscelânea com elenco do Galo, e por isso produziu um time sem consistência tática. O final foi horroroso, além de bater boca com juízes, passou a brigar com jogadores adversários. Fica o legado de não contratar esse perfil de profissional.
    Agora começa o Campeonato Mineiro, que somos os maiores vencedores e com muito orgulho, principalmente, para os que vivenciaram a rivalidade dos anos 60 e 70 , com as grandes equipes que tínhamos em Minas. Tempos em que ganhar o regional proporcionava uma alegria como se fosse uma Libertadores. No final dos anos 60, vivíamos uma saga para vencer o adversário regional. Lembro de um jogo no interior, em Itabira, que a torcida do Galo causou um engarrafamento na estrada, para ir ver Galo na busca do título. Os tempos eram românticos, sim, mas com futebol de qualidade, grandes jogadores saiam das equipes do interior, para brihar no futebol brasileiro.
    Podemos disputar com time alternativo, mas nada de entregar a paçoca.

    1. Caro Paulo, bom dia.

      É curioso como se vê futebol diferente. Você disse que omiti-me do Atlético de Sampaoli não tem consistência tática. Eu já acho que um dos maiores problemas foi a rigidez tática excessiva e engessadora, associada a uma queda de intensidade, que levaram o time a abdicar do título.

      Cabe à diretoria detectar as razões dessa queda de intensidade para que isso não ocorra mais no nível que aconteceu. Ou seja, a busca do equilíbrio e da regularidade é o pulo do gato. Oscilações são normais no futebol e exigem habilidade para minimiza-lãs e contorna-las, o que claramente faltou ao treinador e ao comando.

      Saudações alvinegras.

      1. Saudações alvinegras Max!
        No início do trabalho foi um time que, realmente, buscava o gol, e esta era a proposta de Sampaoli. Isso foi se perdendo e no final os jogadores não sabiam o que fazer com a bola. Talvez pela confusão do estilo Sampaoli.

  27. Salve massa, Max e Guru !

    Com todo respeito que merece, principalmente pelos anos de dedicação ao clube, mas creio que já passou da hora do Dr. Lásaro se calar. Nós torcedores, cansamos de cobrar da diretoria pra que ela viesse a público se manifestar, depois de acontecimentos e atitudes de comissão técnica e jogadores e ele como vice-presidente da diretoria anterior, se calou. Porque vir agora se manifestar e quando teve a oportunidade não o fez?
    O que ele traz agora não é nenhuma novidade que a torcida ou não sabia ou não imaginava. Mas do jeito que ele vem se comportando é como se tivesse dor de cotovelo.
    Sampaoli já é passado e creio que ele ainda não saiba disto, já estamos em outra vibe Dr. Lásaro!

    Nota: Caros Guru / Galuppo, amanhã pelo que se noticia é o jogo de despedida de São Victor. Mais do que postar sobre o jogo, creio que merece uma postagem especial ao maior goleiro de todos os tempos que passou por nosso clube. Obrigado Santo!!!!!

    1. Assino, caro JBHGalo!!!
      Sem dúvidas, o maior e mais importante goleiro da história do Galo!!
      SAN!

  28. Com o devido respeito às opiniões do autor do texto, embora concordando com alguns pontos da sua fala bem articulada, discordo no ponto essencial: prá mim o Sampaoli é um ENGANADOR. Pior; um enganador que tem como uma das suas estratégias jogar prá plateia, como se estivesse vestindo a camisa do clube mais que ninguém, passando os 90 minutos de cada jogo a gesticular e esbravejar, RECLAMANDO o tempo todo, a ponto de se tornar o campeão de cartões pelas suas indisciplinas à beira do gramado. Será que, diante de tantas penalidades, ele é que estaria certo e os juízes errados? A resposta óbvia é que o errado sempre foi ele, que, pasmem, aos dois minutos do jogo já iniciava seus veementes reclamos, até com relação a “bola fora”. Prá mim, em resumo, é um mala sem alça.

    1. Só faltou colocar num altar, acender uma vela, ajoelhar e rezar prá ele. Virou santo o homem. Santinho do pau-oco.

  29. bom dia Eduardo e massa e max pereira . ja disse aqui e repito o pardal me enganou eu e milhões de torcedores do galo espalhado pelo mundo afora. não vou mentir acreditei no pardal até a derrota para o Bahia está derrota fica na minha memória e percebi que o pardal é um patético treinador e no Brasil estão cheios deles. pardal fez uma limpeza com ex jogadores mais deixaram seus refugos e peladeiros para trás. ele poderia fazer um favor e levar para França,Vargas.bueno.everson.mariano.Hyorran.nathan.sascha.allan.rever.esta aí a bomba que o galo vai ter que segurar a maioria destes jogadores são pedidos do pardal. ok acho mais engraçado é passadores de panos neste argentino paraguaio a poucos dias foi o fantoche caetano e agora é cuei agradecer o trabalho do pardal. eu sempre digo o galo tinha obrigação de ganhar o brasileirão gastou 200 milhões em reforços e estava so disputando o brasileirão. e quando começar a copa do Brasil. libertadores e brasileirão vamos ficar no quase se disputando so o brasileirão pardal e jogadores pipocaram.que venha um treinador campeão e põe o galo para ser campeão e que faz uma varredura neste elenco porque de promessas e apostas estou a espera desde 1971.ótimo final de semana a todos amigalos. vá galooo.

  30. Bom dia MAX PEREIRA,
    ontem seria seu dia e por isso a sua virada de página ficou para hoje. Seu belo texto faz uma apologia ao ex-treinador e em que pese as argumentações contrárias mostra que mudanças radicais estão e serão feitas no CAM. Parece que você quer mostrar que o provincianismo está morrendo no clube e uma profissionalização assertiva começa a ser instalada. Só não acredito que o ex-treinador ou engodo tenha tanto a ver com isso como parece transparecer no seu texto. Sinto que a sua passagem mostrou, sim, deficiências no que concerne ao modo de gestão do clube, principalmente no que diz respeito à comunicação. Paradoxalmente, ele, que não se comunica com ninguém, mostrou as falhas dessa comunicação atleticana.

    Pois bem, loas ou críticas negativas continuarão por algum tempo a serem feitas ao Sampaoli. O ex-vice presidente até já começou a expor um dossiê contra ele. Mas, ele é passado. Para as vidas do CAM e do Galo ele está morto e não deixou legado. Pode ter deixado no máximo um espólio cujo valor sempre será discutível. O seu belo texto se mostra muito efetivo em seu final:

    “Amado por uns, odiado por outros, Sampaoli sai do Atlético deixando atrás de si sentimentos controversos. Mas, certamente não é um engodo. É apenas mais um ser humano que erra e que se deixa cair nas armadilhas de seu temperamento intenso e das idiossincrasias humanas. Que seja feliz onde for e que, à luz dessa experiência, o Atlético saiba encontrar o seu substituto”.

    1. Concordo plenamente com o que voce diz e acho que assim como não deixou legado no Santos ( nos outros clubes não sei), não deixou aqui no nosso time. Sem ter muito conhecimento do que ele fazia no dia a dia, mas vendo somente o comportamento dele nos dias do jogo (aquilo para mim não era intensidade, mas insanidade), o time caindo jogo a jogo, sem padrão nenhum, sem liga, sem vontade de ganhar, e para não me estender muito,só tenho a dizer que vá com Deus e que para mim não vai ficar nenhuma saudade.

      1. Caro amigalo GETÚLIO, endosso o seu entendimento. Não quero me estender em comentários sobre essa parte da vida do Galo. Passou, passou. Fim. Que Deus o faça feliz onde estiver e que o diabo o carregue e o mantenha para bem longe daqui.

    2. Caro Paulo, bom dia.

      Não pretendi tecer loas ao treinador e, muito menos, fazer qualquer apologia a ele. Escrevi exatamente o que poderia escrever à luz das informações que recebi, das minhas observações e da minha experiência em relação ao Atlético.

      Para mim está claro que Sampaoli é um ser humano e, como qualquer outro, com problemas, limitações, defeitos e virtudes. Mas, fiz questão de destacar, como você bem aludiu, ao provincianismo das diretorias do Atlético, ainda bastante amadoras para o meu gosto.

      Muito obrigado e saudações atleticanas.

      1. Prezado MAX. Os fatos têm suas versões e as aversões podem induzir ao erro. Como sempre declarei aqui sou averso ao Sampaoli desde que foi contratado nunca vi nele nenhuma virtude técnica que corroborasse o enorme investimento nele. Por isso, ao menor sinal de aceitação a ele, minhas defesas se levantam e, me desculpe, deturpam tudo. Mas, vá lá, acho que ele nos fez um favor ao mostrar aos dirigentes, por mais provincianos que sejam, como não contratar outro engodo.

  31. Bom dia,
    Sou Galo desde que nasci a 63anos e vejo muitos torcedores a criticar muitos treinadores mas nosso futebol não da tempo a nenhum treinadores cobram muito mas não tempo pra ninguém trabalhar o que falo e que nossos derigentes e que enfiam os pés pelas mãos pagando salários absurdos para treinadores e jogadores medíocre como já passou pelo nosso Galo . Sobre o Jorge Sampaoli ele e enganador so faz os times que passou endividar e depois larga o barco , Só sei agora e contratar um treinador vitorioso para fazer este elenco ganhar títulos porque time nos temos agora .

  32. Bom dia Eduardo, atleticanas e atleticanos que ontem vivenciaram um dia de tranquilidade no blog. Nada como um fim de campeonato para que todos entendam que o que passou, passou e tivemos uma edição quase pacífica e sem turbulências para alegria do Guru blogueiro. Foi muito bom e provou que nós, mesmo sendo torcedores apaixonados, se quisermos podemos exercer a gentileza.

    Gentilezas à parte, vamos começar uma nova guerra. A luta pelo ruralminas que servirá como uma autêntica peneira. É hora de largar as chuteiras e calçar as botinas. Com boa parte do elenco titular em férias reduzidas, finalmente teremos em campo os nossos garotos do sub-20 auxiliados por alguns marmanjos que não estão dando certo na parte de cima. Quem não se der bem no rural, com certeza não servirá para absolutamente nada e poderá desocupar espaço na mesa para que outro venha comer o feijão do CT. Eu, a exemplo do que tem feito a anos o Athletico, sempre quis que o Galo fizesse isso, principalmente nos anos em que disputou outros títulos como a LA e a CB. Porém, dirigentes provincianos preferiram desperdiçar forças num torneio regional a dar oportunidades aos jovens e aos jogadores que sem chances no time titular pudessem mostrar algum serviço ou valor.

    O Galo tem em seus vários quadros profissionais, incluindo os emprestados, mais de setenta jogadores. Parece mais um quartel que clube de futebol. E isso tem peso significativo na folha de pagamentos. Mesmo com esse bando todo ainda precisa procurar jogador no mercado. O que justifica manter esse plantel onde tem certamente, vários imprestáveis? Está havendo uma confusão adjetiva no Galo. Estão confundindo imprestáveis com emprestáveis. Se o tal projeto prevê reorganização já passou da hora de mudar isso.

    Um sábado excelente espera por nós. Vamos aproveitá-lo ao máximo e recarregar as baterias porque domingo tem rural. Vamos torcer, gente.

    O GALO ESTÁ VIVO E ATIVO. COM CHUTEIRAS OU BOTINAS VAI ENCARAR O RURALMINAS.

    1. Prezado Paulo, bom dia.

      Os cuidados que o clube tem que ter com a base a meu ver têm que ser mais complexos e efetivos. Historicamente o clube tem pecado bastante na transição quando vários garotos de indiscutível potencial têm sofrido cortes significativos e até definitivos em suas carreiras.

      Ontem em uma Live o diretor Rodrigo Caetano informou que o clube vão extinguir o time de transição. Nenhum de seus entrevistadores, e eram seis, perguntou porque o Atlético não disputa e nunca disputou o Brasileirão de aspirantes como vários outros clubes de todas as séries, da A a D e de fora delas, o fazem. Ou alguém dúvida queres-te tipo de competição ajudaria em muito na maturação e na evolução destes garotos?

      Nessa entrevista o dirigente atleticano deixou transparecer a eqüeva eterna e estranguladora preocupação coma folha de pagamentos e com a redução da quantidade, ainda que a qualidade possa ser afetada. Ninguém o questionou sobre isso também.

      Enfim, o Atlético há muito trabalha mal suas potenciais revelações. Os garotos e o clube pagam caro por isso. E a torcida ainda massacra quem tem o azar de ser mal escalado é jogar mal no time principal. Coisas do Atlético.

      Saudações alvinegras.

      1. MAX, quanto aos dizeres do diretor de futebol do Galo pouco me surpreende, pois, é só um pau mandado sem nenhuma autonomia de ação. Faz o que mandam e obedece por que tem juízo. A falta de discernimento no tocante aos jovens jogadores e na avaliação dos atletas como um todo é uma lástima no Galo há décadas. Presentemente, cito só dois jogadores que saíram daqui sem avaliação correta para se consagrarem em outro time. Vini e Maidana. O primeiro, na seleção do brasileirão, não serviu para o Galo. Espero que aqueles que não se derem bem no ruralminas sejam realmente dispensados, no mínimo, para alívio da folha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.