Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Ressaca de uma classificação amarga

Volto, como faço esporadicamente, a fazer novo post nesse dia seguinte. Nem a vaga assegurada para as quartas de finais foi suficiente para acalmar as cobranças da nossa exigente Torcida. E, em que pese sempre buscar evidenciar o lado positivo da nossa trajetória, é inegável que o Atleticano tem seus motivos. Foi um dos piores jogos do Galo, agravado com dois erros imperdoáveis. O primeiro do goleiro Éverson e o segundo divido entre Rever e Alonso.

Qual, entre nós, apesar da classificação dormiu bem essa noite? Difícil encontrar algum Atleticano satisfeito com o futebol apresentando pelos comandados de Cuca. Entretanto, com todo respeito – inclusive ao meu tormento pessoal – o time assegurou a vaga e nas quartas de finais serão outros desafios. Não acredito que essa atuação de ontem irá se repetir.

Cada jogo tem uma história diferente. Temos de despertar e nos reorganizar – fora e dentro de campo – para atingir aos nossos objetivos. Depois de três jogos seguidos com o mesmo Bahia, vencendo os dois primeiros por três e dois a zero, criamos a expectativa de uma nova vitória. Os baianos, a cada partida, utilizaram times diferentes. Não repetiu e mudou a estratégia para vencer e não avançar. Perdemos e avançamos.

Os jogadores que falharam, em lances imperdoáveis, vem alternando boas e más apresentações. Éverson, embora tenha na sua conta o gol de ontem, os dois do Ceará e ainda os anulados pelo VAR frente ao Boca Júnior, tem tido grandes apresentações. Rever e Alonso, que permitiram no segundo gol o jogador baiano cabecear entre eles, são zagueiros experientes e de muita utilidade nessa nossa busca por títulos. Rever ontem, fora esse lance e mais dois outros – um deles no do primeiro gol – foi soberano na defesa. Alonso, que não passa por bom momento, já mostrou também qualidades.

Somos, aí falo de cadeira e pelas minhas reações pessoais, implacáveis quando nossas expectativas se frustram. Teve mensagem que chegou aqui no blog, tão grosseira quanto hilária, como se o blog e o blogueiro fossem responsáveis pelo resultado de ontem. Pelas expressões chulas, não pelo conteúdo, teve de ir para a lixeira. Não sou passador de pano, estou blogueiro e sofro igual a qualquer um entre nós que querem e sonham com os títulos que o Galo está no páreo.

Ocorre que, nas Copas do Brasil e Libertadores, são oito equipes classificadas e todas buscando o mesmo objetivo. Isso se repete no Brasileirão. São vinte times – embora algo em torno de cinco credenciados pelo que estamos acompanhando – que buscam chegar em primeiro lugar. Quero os três títulos, mas, convenhamos, é quase impossível. Nosso apoio é fundamental para o triunfo. Ganhamos o Mineiro, somos vice-líder do nacional e nas quartas de finais das duas copas, não vou permitir que torcedor que está no Z4 da B coloque pilha no meu bom astral.

Tenho convicção que ainda hoje, se é que já não ocorreu ou está ocorrendo, o treinador e seus companheiros de comissão técnica – junto aos jogadores – estão avaliando e debatendo sobre o que deve ser melhorado. Sem entrar muito em questões que devem ser discutidas entre esses profissionais, mas Sasha precisa acordar. Ontem, suas poucas participações foram com passes “melancia”, como dizia o canhotinha Gérson nos anos 60 e 70.

Meu amigo Sérgio Amaral, Atleticano radicado em Brasília que – carinhosamente – aqui o chamamos de Capacete, fez uma interessante lembrança. Outro canhotinha, o saudoso Ângelo – meio campista do Galo – dizia que “time que não ganha dividida não ganha campeonato”. Para quem não lembra ou não viu Ângelo jogar, ele era baixinho e bem franzino, mas não perdia uma bola dividida. É esse espírito que o nosso elenco precisa entender e incorporar a cada partida. Seja com o Juventude, River Plate, Chapecoense ou Flamengo. Assim, “eu acredito”, vamos beliscar um, dois, três ou até mais títulos nessa temporada. Já temos o Mineiro, pela frente ainda a Libertadores, Brasileiro, Copa do Brasil e até – quem sabe – o Mundial.

Fora o pessimismo e aqueles que sugerem fora Éverson, fora Cuca e fora todos. Perdemos a invencibilidade num péssimo jogo, mas garantimos a vaga. Foi uma classificação amarga, mas pior seria se tivéssemos ficado pelo caminho. Vou seguir apoiando – mesmo que reclamando –, pois no final quero estar é comemorando. Assim seja!

*fotos: Pedro Souza/Atlético

17 thoughts to “Ressaca de uma classificação amarga”

  1. Boa Noite,

    Alguns sonhando e eu escrevendo….
    Ontem tive insônia como todos, com dores e febre pela segunda dose da vacina, fiquei assistindo a live pós jogo do Breno.
    Para domingo creio que nosso time irá jogar com os seguintes jogadores:
    Everson, Guga, Igor Rabello, Nathan, Tchê Tcchê, Alan Franco, Neto, Hyorran, Calebre, Sasha e Borrero.
    Com poucas mudanças creio eu, e apenas três titulares, o Everson, Tchê Tchê e Nathan Silva.
    Espero os 3 pontos.
    Bom sono a todos!

  2. Caro Eduardo,

    Palmeiras ganha fora, eliminado em casa;
    Internacional vence fora, eliminado em casa;
    Corinthians perde em casa, empata fora e é eliminado;
    Bahia perde fora, vence em casa e é eliminado;
    Galo vence em casa, perde fora e se classifica.
    Moral da história: quem às vezes ganha, às vezes perde. E vice- versa. E ganha dinheiro.
    Deixemos o show para o Flamengo, nosso freguês eterno. O Galo vai ganhar discretamente, mineiramente…
    Na oportunidade, indago: Messi daria certo com Nacho, Hulk e Keno?

    1. Creio que já temos boas opções para a reserva do Nacho. Se ele quer vir pro Galo vai ter de brigar muito pra ter oportunidade.
      Aqui é Gaaalooo, po##@!

  3. Boa noite.
    Um time que não empolga a torcida, é sinônimo de oscilações nas apresentações. Jogos muito abaixo do que já apresentou e sabemos que pode apresentar. Escolhas repetidas e questionadas que vêm constantemente falhando e colocando em risco vitórias, classificações e nossos corações.
    Assim, mesmo sendo o vice líder do nacional e classificado em duas copas, não sei se é saudável esperar pelo meu sonho com esse time, igual fiz ano passado. E foram míseras vitórias que não conseguimos sobre Goiás e Vasco, hoje rebaixados.
    Recuar diante de um adversário que perdeu até pro Sport? Pareceu medo de jogar bola. Isso no Galo me doe os olhos e o coração. Mesmo classificado.

  4. Boa tarde , Canto do Galo!
    Everson é um goleiro mediano, que é “regular” em deficiências que não foram corrigidas em sua formação como goleiro. Insistem que ele tem uma ótima reposição de bola, mas está sempre repondo a bola para os adversários, com aquele chute meia força. Parece mais um ator mexicano interpretando um goleiro, com aquela gestual rebuscado quando está de posse da bola.
    Nos grandes títulos tivemos Renato em 71 e Vitor em 2013.
    Já vi times ganhando títulos com jogadores de linha medianos, mas goleiro é difícil.
    Parece que proibiram o Savarino de buscar a linha de fundo. Quando chega no bico da área ou volta a bola para trás ou tenta cortar para dentro. O mesmo vinha acontecendo com o Keno. Será que é orientação do Cuca ?
    A torcida do Galo resmunga, xinga , mas na hora do jogo não deixa de apoiar.

  5. Boa tarde a todos!
    O Galo está negociando o Marrony, sendo assim, precisamos ir ao mercado reforçar o grupo.
    Tem um jogador quase tão bom quando o Marrony disponível no mercado, é argentino e jogava em um time da Espanha.
    Oh Menim e demais R’s, busquem o Messi antes que alguém faça uma oferta, o sonho dele é disputar uma libertadores, então, abram as portas e uma parte do cofre.

    1. Deve ser piada, só pode kkkk. “Busquem o Messi!” kkkkkkkkkkkkk. Amigo, vc acha que o Galo tem condições de disputar jogador com o PSG ou outro clube europeu? Além das enormes dívidas que temos, os Menin tem dinheiro porém o mesmo não dá em árvore, sabia?

  6. boa tarde Eduardo e massa. foi uma lição que o galo do cuca pardal e suas tropas de peladeiros tiveram. porque cuca pardal tirou o Igor rabelo e voltou com seu afilhado rever aposentado. tchê tchê deveria ser proibido de jogar no galo péssimo dos péssimos. mas para mim o cuca pardal éo maior culpado em entrar com 3 volantes contra o Bahia. para passar pelo poderoso River plaite vai ter que jogar ok não jogou ainda. Abre o olho cuca pardal. Everson frangueiro para mim no mínimo reserva então diretoria está esperando ok para contratar reforços ja disse aqui mil vezes. .parabens diretoria por doar mais um jogador. aff.a galo abre o olho. vá galooo.

  7. Boa tarde a todos!
    Se o Everson joga tanto com os pés assim como a imprensa jabazeira fala, por que não coloca-lo de centroavante no lugar do Shasha? O filho da Xuxa não deve pegar nada,o Everson todo mundo tem certeza. Pelo menoa assim ganharíamos uma opção com alguém que ” sabe jogar com os pés ”
    O Bahêa é muito ruim mesmo! O Galo jogou com 8 no primeiro tempo e eles só conseguiram fazer dois gols.

  8. Amigo Eduardo, gostar do jogo eu não gostei do primeiro temo, no 2º já fomos bem melhor. Os times ainda estão se acertando, pode ser que não dê tempo e podemos ser eliminados de algum campeonato, pode, porém não podemos de notar nossa evolução e crescimento com o CUCA conhecendo mais os jogadores e sabendo melhor utilizá-los. Até as certezas precisam ser testadas. Estamos vendo constantemente jogador que entram e ajudam e outros já nem tanto. Vai queimar os caras? não. São ativos do clube e nisto aqui não pode ter amadorismo, não pode desvalorizá-los, a torcida cobra boa administração mas fica dando pitacos como se fossem diretores do Clube. Não pde se levar por rompantes de torcida e ser massa de manobra. Aqui é Galo.

  9. Boa tarde amigos do Galo. Cuca ontem foi errou feio, deveria ter assumido seus erros de escalação e posicionamento do time, quase pôs tudo à perder.
    O NOSSO GALO tem um elenco para produzir um futebol muito mais consistente e produtivo, o Cuca precisa tirar lição do jogo de ontem, o pior jogo do Galo nesta temporada.

  10. “Fora o pessimismo e aqueles que sugerem fora Éverson, fora Cuca e fora todos. Perdemos a invencibilidade num péssimo jogo, mas garantimos a vaga”. Só garantimos a vaga graças à pouca qualidade do adversário, não por méritos próprios.
    Se acha que devemos apoiar incondicionalmente apesar dos erros bisonhos reiteradamente cometidos, isso beira a alienação, o fato de gostarmos de futebol não deve ser impedimento a podermos observar o óbvio.
    Na minha opinião, se o time continuar com esse goleiro o torcedor vai estar sempre de coração na mão…..
    deixemos de mimimi e damos nome aos bois é um frangueiro e ponto final. Se o time optar por continuar com ele, arque com as consequências que fatalmente virão, depois não adianta chorar sobre o leite derramado, simples assim.

  11. Time campeão normalmente tem um goleiro q tenha pelo menos regularidade. Com todo respeito ao Everson…não é ele. Não adianta fechar o gol num jogo e entregar no outro. Toma gols, que nem goleiro do juvenil toma.

  12. Boa tarde xará e amigalos!
    O que preocupa Gurú são as más atuações do Galo no quesito “decisões” neste ano de 2021. A primeira decisão do ano contra o Mequinha foram dois 0x0 sem inspiração. Depois veio o Boca e mais dois 0x0 também sem nenhum futebol convincente. Agora no jogo decisivo contra o Bahêa(o primeiro foi 2 x 0 mas não decidia nada) um futebol pobre. Será que o problema é psicológico? Será que este grupo treme nas decisões?? Contra o River nós talvez saberemos…

    1. Como o primeiro não decidia nada? Foi o resultado do primeiro que nos classificou.
      No restante, concordo que nos outros jogos de mata mata o time não jogou tão bem quanto poderia. Mas jogos assim geralmente não são para dar show, ambos os times entram dando a vida.

  13. Saudações atleticanas!!
    Estamos na quartas!! Perdemos quando e da forma que podia. Essa história de tantos jogos invictor não é muito bom para os anseios. Vargas já mostrou que é o titular. Savarino caiu muito de produção. Zaga precisa treinar. Réver x igor rabello na copa do br. o que houve com o igor rabello que do nada parou de ser escalado?
    Vaaammmmmooooo Gaaaaaaaallllllllllooooo!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.