Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Quem tá com o passo errado nessa parada não é a Torcida

Foto: Bruno Cantini | Atlético

Neste domingo, novamente sem Galo, me propus a uma abstração em torno do sentimento das ruas. Diria que, nesta altura da vida e até em função de ser blogueiro aqui neste espaço, a prosa em torno da minha presença gira sobre o nosso time do coração. No trabalho, em família, com amigos e até com os novos amiGalos, decorrentes dessa condição atual e momentânea.

Soma-se a isso, a necessidade de ler – comentário por comentário – antes de autorizar sua postagem.  Leio todos calmamente e ainda assim passa um ou outro que merecia ter sido patrulhado. Confesso minha dificuldade em exercer censura, exceto em casos extremos.

Pois bem, desde segunda – pós empate com o Bahia, naquelas condições que ainda não saem da nossa cabeça -, confesso que, como o Atleticano, estou atônito. Não consigo, assim como a maioria das pessoas com as quais conversei, admitir a naturalidade que os profissionais têm tratado nosso desempenho.

Entre as considerações, justificativas e “esfarrapadas desculpas”, sobressaem a questão do sistema defensivo e suas peças. O treinador, que num dia disse que queria reforço e depois manifestou estar satisfeito, está na contra mão do sentimento da Torcida. Elogiar o time contra o Bahia, quando chutamos cinco vezes ao gol contra 22 do adversário, me parece fora da realidade.

No primeiro momento, embora contrariado com o que ouvi, preferi entender que era intenção do treinador blindar seus comandados. Mesmo não concordando, se era essa mesmo a justificativa, relevei em respeito ao eventual comandante.

Foto: Bruno Cantini | Atlético

Seguem-se os dias, ele – depois de muita insistência e teimosia – sinaliza com mudanças no setor. Parcial, embora uma das principais seja do lado direito da defesa, onde parece insistir com sua escolha. Ora, repito, Emerson errou contra o Flamengo e perdeu a posição, já Patric errou contra o São Paulo, Bahia e outros mais, mas permanece incólume na preferência do treinador. Seria o jovem lateral recentemente contratado, que faz parte do grupo da Seleção Brasileira sub-20, tão fraco assim que não possa ser aproveitado. Pra que veio, então?

Do lado esquerdo, outra posição que parece não ser admitida de alteração pelo treinador, que improvisou na Bahia e deixou de fora outro jovem recém-promovido. Carlos Gabriel – com todo respeito-  é muito mais interessante que Huck – a exemplo do outro também de 19 anos, merece ser testado e tem tudo para resolver esse problema. Quando entrou, reconheço que afoito contra o Paraná, com poucos minutos se acalmou e mostrou qualidade. E o Kevin, por onde anda? Outro que chegou recebendo elogios e sumiu. Nem mencionei a prata da casa, Alerrandro, Marquinhos, Bruno Roberto (que só entra na fogueira), tampouco reclamei da doação do Marco Túlio. É preciso ter coragem para lançar jovens.

Em sintonia com o treinador, profissionais e ídolos do nosso elenco, deram declarações demonstrando naturalidade com a situação. Ora, não é normal, ainda mais considerando que ao longo dos últimos anos estamos entre os piores sistemas defensivos do Campeonato Brasileiro. Temos o melhor ataque, mas amargamos a segunda pior defesa.

O treinador e seus jogadores, em oposição ao que as ruas manifestam, pretendem passar a impressão de que tudo está na normalidade. Não é verdade. É preciso ter peito e barrar quem vem comprometendo o desempenho da equipe nos jogos. Os gols tomados se repetem, jogo a jogo, mas quem escala e define não enxerga o problema. Apesar , inclusive, das manifestações dos Torcedores e dos comentários da imprensa esportiva mineira e nacional.

Alô, comandante: tem soldado com o passo trocado, mas querendo convencer que todos estão errados. Igual à mamãe do menino no desfile de 7 (sete, com um T apenas) de setembro.

Em tempo: Ao contrário do que fez para beneficiar o Palmeiras, concedendo efeito suspensivo a jogadores como Dudu e Luan, este lixo de STJD negou o mesmo direito aos Atleticanos Galdezani e Elias. No segundo caso, até foi comemorado. Outros, como Sheik e aquele treinador que não faz bafômetro, foram olhados com vista grossa. Ontem, ao final do empate sem gols entre Botafogo e Santos, os jogadores do primeiro azedaram fortemente em cima da arbitragem. Nenhum cartão. Era time do Rio de Janeiro. CBF é lixo mesmo!

46 thoughts to “Quem tá com o passo errado nessa parada não é a Torcida”

  1. A minha pergunta é uma reprise.
    O galo treina?
    Outra noticia quente reuniao entre a diretoria agora as 23.00 o nome de Jair ventura, volta a ganhar força, entre os membros do conselho e diretoria.
    Aguardemos informaçoes

  2. Prezados boa noite.

    A questão é simples, primeiro a culpa e de quem montou o time, ou seja o tal diretor de futebol ,fraquissimo, pelas contrações e negociações que fez, e colocou o jovem ai no fogo, segundo cuca tem historia no galo e talvez por isso nao seria o ideal.
    Mesmo sendo o meu preferido para remontagem do elenco.
    Terceiro e torcer pra fazer 48 ptos e ver o que acontece com esse aglomerado de peladeiros, nosso guarda metas a tempos e intocavel, e agora sem um reserva a altura piorou drasticamente, nossa zaga sem comentarios, laterais nao entendo o pq da negociacao do marcos rocha,
    Estamos num time sem direção, e entregues na mao desse diretor de futebol, se tiver que sair que ele va pra bem longe, va pro outro lado da lagoa kkkkk.
    Amanha e o dia, vamos ver se o estagiario balança, pois as opçoes de mercado sao poucos.
    Temos Levir, abel,luxa meu deus, e outros por ai.
    saudações aqui e galo

  3. Boa tarde aos Atleticanos de Verdade, gente reclamando do Estadio pra encobrir derrota contra o Inter, deve ta torcendo pra isso, pra terca chegar aqui e destilar seu veneno. Gente reclamando dos craques que a base nao revela, mas Jemerson, Bernard e ate Giovanni Augusto renderam mais de 100.000.000,00 ao GALO e foram campeoes ja nossos craques do passado deixa pra la. Atleticanos? será? quanto a Patric deve ser muito bom de papo. Saudacoes Alvinegras aos Atleticanos de Verdade.

    1. Boa noite. Não estou torcendo para o Galo perder. Estou antevendo que a possibilidade de perder é enorme considerando o futebol apresentado nas duas últimas partidas(Paraná e Bahia).Gostaria de saber os parâmetros que você usa para esperar um futebol diferente amanhã. Em relação a base estou cansado de Renan Oliveira Tcho Dodô Capixaba Leleu Eron F elipe Souto e segue relação.

  4. Boa tarde Eduardo, A Todos também!! O que Me entristece é ver ou ouvir um jogo do Meu Time até morrer, entrando em campo seja como for, partindo prá cima e até ganhando e segurando os pontos como estava na segunda passada e daí a pouco nos momentos finais, hora de segurar mesmo, cai a qualidade e o adversário cresce e aparece em cima de nóis uai!!! Empate com sabor de derrota e tirando o adversário do Z4. Mais parece tática estudada pelo oponente sempre agir assim sobre Nós!!!!!!!!! Avante Atlético!!!!!

  5. Trocar de treinador agora, principalmente por um medalhão ultrapassado e obsoleto como abel braga (que já esteve por aqui e fracassou grotescamente, lembram?), seria a pior das burrices. Prefiro acreditar que nossa diretoria não cometerá tal estupidez. O Galo, está na posição que está, com o time que tem (com claras limitações técnicas), principalmente pelo excelente trabalho feito por Thiago Larghi. Não enxergar isso é praticamente analfabetismo funcional. SAN

    1. Então sou analfabeto funcional. Esse treinador foi eliminado da copa do Brasil pela poderosa Chapecoense. Da sulamerica pelo são Lourenço. Perdeu o Mineiro e insiste em manter no time joradores como Patrick Gabriel Elias. O time não tá jogando nada. Quando tira Luan e putos medalhões é humilhado publicamente e o pior depois do pessimo jogo com o Bahia concede entrevista dizendo que o time jogou bem. Se perder para o Internacional é fim de linha…..

      1. Tiago Larghi começou muito bem. Depois caiu no mesmo erro do seu mentor, Osvaldo de Oliveira. Ou seja, jovens não tem vez com ele. Aí está o grande pecado do Larghi. Se não mudar essa mentalidade, se continuar insistindo em fraudes como Elias, Patric e Fábio Santos, nem será benéfico que ele continue. Mas também concordo com o Barros em relação a esses dinossauros. Vão ganhar muito dinheiro e não vão resolver nada.

  6. Fora Victor !!!!!
    Fora Elias !!!!!
    Fora Patric !!!!!
    Fora TL
    Que venha Abel para arrumar a casa e lançar garotos da base !
    2018 já era ! Para ter um 2019 vitorioso tem que começar a montar o time agora

  7. Prezado Paulo.a base não pode revelar nenhum jogador se os treinadores não colocarem eles para jogar.o flamengo está cheio de jogadores da base no time principal.a diferença é que lá tem treinador.e nós não temos.escrevi há poucos dias que ainda dá tempo de ganhar o Br18 se trocarmos de técnico.por isto prefiro que percamos amanha,trazemos o Abel e o time para 2019 estará sendo montado já.com este treinador não iremos a lugar nenhum.o Denilson que veio do Vitória é muito melhor do que o pastor.e me digam o que aconteceu com o Tomas Andrade.quando começou a jogar bem foi sacado.e me desculpem se estou torcendo contra,mas só assim teremos esperança de mudanças.e as minhas com este técnico já se foram há muito.

    1. Só não vou torcer contra o Galo, mas concordo com quase tudo o que você disse, prezado Rogério. E realmente não entendi essa de barrar o argentino justamente quando ele estava mostrando serviço.

  8. O pior do ser humano é quando ele perde sua essência, larga suas convicções e em prol de uma falsa segurança muda seus conceitos. Isso caracterizo como fraqueza. Hoje é o que acontece com nosso treinador, insiste com Patrick, um cara de grupo, esforçado e que sempre está bem com todos, boa gente; insiste com Elias, maior salário do grupo, certamente formador de opinião dentro do elenco, o mesmo acontecendo com Fábio Santos, tudo em favor do clima, manter o ambiente, só esquece que dentro do ambiente alguns membros não se expõem, ficam calados, mais observam que tecnicamente seus concorrentes estão mau e não são mexidos, perde-se o grupo da mesma forma e o resultado vai a campo. Na bola a psicologia também existe mais é preciso saber usá-la, que o dia Renato Gaúcho, tem um saco de m… mais faz jogar. Nosso treinador afrouxou, perdeu a mão e a moral, terá trabalho para reverter e coragem é o melhor remédio. Força Galo!!!

  9. Prezado Edu, na minha humilde opinião, o treinador do nosso GALO enxerga muito bem mas faz vista grossa para os erros grosseiros de sua defesa, seja pelas laterias ou pelo meio da zaga… o fato é que ele não vai dar conta de arrumar este setor por completo e vamos continuar perdendo pontos por falhas defensivas… como é novo no comando técnico e não têm moral quase nenhuma junto a Diretoria, NÃO virá a público e se manifestar dizendo que a qualidade dos jogadores que têm hoje para o setor são fracos… e pra piorar ainda é obrigado a ficar defendendo estes jogadores de segunda linha!!!!!!!!!!

    CAM 1 x 0 Inter será goleada!!!!!!!!

  10. Bom dia Eduardo e amigos do Galo. De nada adianta um bom trabalho na base, se não temos um treinador com conhecimento e coragem para bancar os jovens jogadores. Nosso treinador interino já deixou claro que só escala jogador da base se não tiver outra alternativa, Thiago Larghi improvisa na escalação mas não dá oportunidade aos garotos, que aliás, só entram na fogueira e por isto estão se queimando junto a torcida.
    Vejam por exemplo o caso do centro avante Pedro do FluminenC, que foi dispensado do Flamerda, mas encontrou no seu caminho o Técnico Abel, que teve a paciencia de orientar e lançar este jogador no time profissional. Hoje o Pedro é considerado o melhor centroavante do Brasileirão e o Fluminense já recusou uma proposta de 12 milhões de dólares por este jogador.
    Uma pergunta : porque nossa diretoria renovou antecipadamente e contra a vontade da massa o contrato do Patric e está postergando a renovação com o Adilson, que tem a aprovação da torcida? Parece que a intenção é sempre contrariar. A torcida pede zaqueiro a diretoria contrata um monte de meio campo, sinceramente, não entendo.

    1. Verdade, Ricardo Madeira! Está difícil entender esse “contra” tando da diretoria quando do treinador. A verdade é que já faz um tempão que treinadores que passam pelo Galo, lançam jogadores da base só em último caso, só na falta de opção. O Jemer é um exemplo disso. Também não concordo em determinados jogos fazer um “mixtão” e que os jovens que se virem, como se fosse um peneirão. É pra lançar um hoje, outro amanhã mas sempre com os principais jogadores em campo. Mas não vemos isso, lamentavelmente!

  11. Bom dia meus amigos!

    Na minha opinião, o problema principal do galo está no banco: Thiago Larghi ! Um treinador confuso , medroso e sem a mínima experiência como técnico. Das várias trapalhadas dele como, substituir 3 jogadores ao mesmo tempo contra o Corinthians, trocar zagueiro por atacante contra a Chape, escalar Juninho na L. esquerda, não aproveitar o Brener enquanto podia, etc… a pior delas é a manutenção do Patrick! Esse jogador faz uma jogada de Pelé e 50 de “Macalé ” em todos os jogos!! Chega!!
    Outro fato que me irrita profundamente é o despreparo do Larghi pra trabalhar os jogadores da base… Brener foi um exemplo, Bruninho ( que só entra em fria ) é outro. Além de aproveitar o Alerrandro pouquíssimo, mesmo quando o R. Oliveira está se arrastando em campo!
    Precisamos de um treinador de verdade pra aproveitar esse bom elenco para o ano que vem!

    Abraço à todos

  12. Oi Eduardo e Amigos, bom dia!
    Concordo plenamente com o seu comentário. Falta o Sr Sette dar um murro na mesa e espantar os “mosquitinhos da bunda” de muitos parasitas que habitam na Cidade do Galo.
    Continuando assim, todos: diretoria, treinador e jogadores morrerão abraçados e mais um ano de bico seco.
    E o Torcedor? Continuará sendo o mesmo babaca que há 47 anos fica na ilusão de conquistar o Brasileirao.
    Coisas do Galo…
    Saudações Alvinegras,

  13. Bom dia a todos os atleticanos e atleticanas de todos os matizes!
    Será que o Larghi realmente tem independência para desempenhar suas funções? Porque mudou de opinião sobre a zaga?
    Porque o Patrick foi escalado por todos os treinadores que passaram pelo CAM?
    Na minha opinião o Larghi é o “ultimo depois de ninguém” no GALO. Aparentemente não tem autonomia para nada.
    Devemos nos recordar que o 7C disse não entender de futebol e trouxe o Alexandre Tadeu para comandar o setor. Duvido que ele não interfira no trabalho do técnico.
    NADA é transparente no GALO! Nem os motivos pelos quais o Patrick é escalado.

  14. Treinador sem medo de lançar os garotos e bancar que jogue os melhores e não os mais velhos. É isso que precisamos. Eu sugiro ABEL, tá livre no mercado…Podemos até deixar o Antalargi na comissão para ver se aprende a treinar jogadores e montar time…Quero ver se jogam Elias, Gabriel, patrick e pastor com ABEL. Amanha é torcer contra tudo e contra o Antalargi para buscarmos os 3 pontos, mais ta dificil…

  15. Base… Base… Essa BASE não serve para nada pois a mais de 30 anos não revela um craque. Os últimos foram da geração Reinaldo , Toninho Cerezo . É dinheiro jogado fora. EMERSON, Kevin , NATAN, LEANDRINHO será que são muito ruins.??? Pois não jogam nunca. Vamos parar de elogiar a tal BASE pois não vejo motivos para isso. Há alguma coisa de estranho na base.

    1. A base nem oportunidade tem. E quando aparece algo bom é doado. Essa política feita por esse fraco diretor de futebol que está errada. Usando o Galo de vitrine. Só aqui que os jovens nao jogam.

  16. Bom domingo a todos.A melhor defesa é o ataque,hoje não é mais.Temos que confiar na justiça,pois ela é o divisor das águas. Hoje essas frases não representam mais, a prática é outra.Nós, Atleticanos convictos,estamos sentindo em nosso idas ao estádio,vendo e ouvindo nossos narradores e torcedores. Vamos Vencer e mostrar nosso ideal. Aqui é GALO…

  17. Não consigo entender: “Temos o melhor ataque?” Vixe. Com o Pastor. Não sabe dominar uma bola, não sabe dar um drible, não sabe passar a bola, só chuta peteleco, faz um gol a cada seis meses. Como? Melhor ataque? Vixe, e ainda temos o Elias.

  18. Bom dia Eduardo, blogueiros, blogueira, e atleticanos e atleticanas de verdade, um estagiário, aprendiz de treinador covarde não ser pra ser técnico do Galo. Um sujeito que é refém de Patric não serve pra treinar time nenhum…. O STJD faz parte do esquema junto com Globo/arbitragem/CBF para favorecer times do eixo, isso é sabido e notório só não enxerga quem não quer ou quem é tão mal intencionado quanto, como certos setores da imprensa. Um ótimo domingo a todos.

  19. Bom dia!
    Fora Patric!
    Fora Fábio Santos!
    Fora Elias!

    É Galo contra ORCRIM (CBFLIXO/globolixo)

  20. Bom dia
    Amigalos
    É difícil de entender algumas posições do nosso treinador.
    A lógica é jogar quem estar melhor
    Preparado física , técnica , mentalmente , mas Gabriel , Patrick e Elias . Será que as peças de reposição não tem condições e não vão ganhar ritmo de jogo nunca .
    Para finalizar essa CBF , comissão de arbitragem e STJD todos sabemos que é favas contadas para eixo RJ e SP . Para minimizar esses efeitos temos que ter ótimo time . Um time que quando formos assaltados vai lá e faz mais dois gols . Aí os apitadores de latinhas vão ficando com a vida difícil . Vamos lá Galo

  21. Fdp… Todos nós sabemos o significado dessas três letrinhas. Vendo as últimas atitudes da Confederação Brasileira de Futebol (e acrescentando todo seu histórico torpe e desastroso), cheguei a conclusão que as três letrinhas citadas encaixam-se perfeitamente nas iniciais dessa entidade. Por isso, atualmente todas as vezes que citar o nome dessa entidade vou acrescentar essas três letrinhas. CBfdp…O que acham colegas atleticanos?? Rsss

  22. Jogo de amanhã será um divisor de águas para o Galo. Terão que tomar medidas. Imbecilidade ter esperado o recurso para armar o time. Vai entrar agora todo mudado e sem ter treinado o suficiente. Boa desculpa para a coletiva de imprensa.

    1. E o que mata é contar com recurso para colocar alguém quem nem era para estar no plantel (elias). E além dele fica forçando com Patrick e Fábio Santos. Coloca Emerson e Huck e deixem pegar ritmo de jogo. Nao tem como ser pior que os que estão jogando.

  23. Bom dia. Depois quando a coisa azedar e o Z4 bater a porta vao pedir apoio da torcida. Tb concordo. Pq não dar chances a quem e da posição, a improvisar um zagueiro que fez uma lambança no jogo contra o palmeiras .

  24. Bom dia massa e Guru. Até o Geraldo Magela (ceguinho) está vendo que nossa defesa, e digo toda, inclusive o goleiro blindado por tantos, são fracos e estão enterrando o time. TL está preocupado com a dupla de zaga, mas esquece que o nascedouro da maioria dos gols que tomamos são as laterais, e infelizmente temos duas amebas nestas posições. Patrick e Fábio Santos, Fora já!
    Sinceramente por ser novo, eu depositei minhas esperanças em TL, clamando por mudanças e aproveitamento de novos jogadores. Mas ledo engano, e me parece que somente um técnico experiente e sem medo de perder o cargo é capaz disto.

  25. Bom dia Eduardo e atleticanos e atleticanas. Olha pela minha percepção deve ter alguma desavença entre empresários donos de partes dos direitos do Emerson e o atlético que tem ocasionado a sua colocação em ” geladeira ” no clube, pois é impossível ser pior do que o Patrick. Mas amanhã termina o ciclo de Thiago Larghi como treinador do Galo. Antevendo a derrota a diretoria através de matéria publicada hoje no site do UOL finalmente tirou o assunto estádio da gaveta. Eu até sou favorável à demissão do Largi e a contratação do Abel para montar o time de 2019. Daí poderíamos usar o restante do Brasileiro para avaliar e limpar o elenco. Penso que Vitor Lei Silva Patrick Gabriel Fábio Santos Elias Cazares e Pastor não deveriam fazer parte do time em 2019. E os contratados e jogadores da base deveriam ser avaliados. Junto com Thiago Largi Alexandre Tadeu deve ser demitido também.

    1. Abel não. Vamos ter que ir com o estagiário mesmo. Treinador bom para montar e acertar time foi contratado pelo Santos. Sendo que só não veio para o Galo por incompetência do fraquissimo diretor de futebol. Para trazer Abel vamos sofrendo com o estagiário mesmo.

    2. De onde vc tira tamanha convicção? TL Não está com os números tão ruins. Algumas coisas são justificáveis, como o desentrosamento, mas outras não, como insistir em.patrick e Elias.

      1. Bom dia amigos Atleticanos
        Pelo menos a CBF e a comissão de Arbitragens ajudou o Galo. A punição de Elias foi muito boa, porem não deram a SUSPENSÃO MERECIDA.
        Deveria ter tomados 70 jogos no mínimo.
        Hoje tem mas um jogo. Alegria ou sofrimento ?
        Vamos que vamos.
        Uma segunda abençoada a todos

    3. Verchdade Domingos: O Emerson merece nova chance.
      O STJD e a CBF/Globo mais uma vez prejudicaram o Galo negando o efeito suspensivo.
      Pelo menos o 7C tuitou o que estava entalado na garganta do Atleticano: que a CBF é um lixo.

      A

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.