Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Primeira torcida mirim do Brasil

Confirmando, como sempre, que o Galo é um time de vanguarda o projeto “Fanatikids”, escolheu o Clube Atlético Mineiro para sua experiência pioneira no Brasil. Primeiro campeão brasileiro, primeiro campeão da Conmebol (sucedida pela Copa Sul Americana), primeiro campeão dos campeões (torneio reunindo campeões estaduais), primeiro time brasileiro a excursionar pela Europa, primeiro … primeiro … primeiro em tudo afinal, e com uma Torcida de Primeira, considerada a mais apaixonada em todo o mundo.

Os “fanatikids” são torcedores mirins, com idade entre 4 e 12 anos, apaixonados com seus times do coração. A missão dessa garotada, que representará as cores preto e branco que a Massa carrega e considera a camisa como um “manto sagrado”, é a de educar os novos torcedores Atleticanos. O projeto tem o objetivo de reunir crianças e produzir entretenimento sustentável e educacional.

Para tanto, os organizadores do projeto, que será apresentado neste sábado, reuniram os principais cânticos da Torcida Atleticana e ídolos do passado e da atualidade. Os Fanatikids Atleticanos carregam a bandeira do respeito ao adversário, da solidariedade, do fair play e da igualdade racial.

Para se chegar ao resultado final, uma ação nas redes sociais teve início em dezembro de 2015, onde os candidatos a um lugar no projeto enviaram vídeos de até um minuto demonstrando sua garra, seu amor e sua paixão pelo Clube Atlético Mineiro. Foram centenas de crianças que colocaram os julgadores com a difícil missão de escolher as 30 melhores, optando ao final por selecionar 32 Atleticanos mirins para o projeto piloto.

O lançamento oficial será às dez horas deste sábado, no Shopping Boulevard. É mais uma prova de que Belo Horizonte é Atleticana. Se o Mineirão é considerado nosso salão de festas e o Independência a Catedral do Horto, o Boulevard – construído numa área de outro time da capital – será invadido pelas crianças Atleticanas. O Galo é o primeiro time brasileiro a ter uma torcida mirim.

Foi também do Galo, sendo que este blogueiro foi o autor, o primeiro livro contando a história do time para o público infantil. Outra constatação do pioneirismo do nosso time em Belo Horizonte, Minas Gerais, no Brasil e no mundo. No jogo de domingo, pela última rodada do campeonato mineiro em sua fase classificatória, os torcedores mirins entrarão no gramado carregando faixas de apoio à paz nos estádios.

As regras do Fanatikids estabelecem que é proibido brigar por causa do seu time; ter boas notas na escola para irem aos jogos; não jogar lixo no chão e xixi só no banheiro; direitos iguais e sem discriminação; comemorar com “alegria nas vitórias” e respeito ao perdedor, respeitar os pais e idosos, as regras do jogo; saber perder quando uma derrota acontecer; alimentar bem e escovar os dentes após as refeições, afinal sem saúde não tem como torcer; brincar e ser feliz dentro e fora do campo.

É mais uma iniciativa pioneira do Galo. Com isso, tenho absoluta convicção que – aliado às novas vitórias e conquistas – nossa fiel e apaixonada Torcida vai crescer ainda muito mais por todo o mundo. Sempre fomos a maior de Belo Horizonte e de Minas Gerais. No Brasil, segundo dados, nos últimos cinco anos foi a Torcida que mais cresceu, ganhando adeptos fora dos limites do nosso estado.

Estarei presente no evento de hoje no Boulevard, o tradicional centro de compras também da maior Torcida da capital.fanatikids 02fanatikids 01

10 comentários em “Primeira torcida mirim do Brasil

  1. O colega Daniel que desculpe, mas sou mineiro de coração, adoro pão de queijo, adoro Goiabada com queijo, adoro as praças de BH, adoro Mercado central, adoro bife de figado com jiló e sou apaixonado com GALO. Pena que eu não moro mais ai na capital do Galo (BH), mas acompanho tudo que acontece neste estado apaixonante.

  2. ‘Galo … primeiro … primeiro … primeiro? What??
    Gente … o autor deste texto vive em que mundo? Vanguarda?? Gente que piada … Vai ver que este acha também que BH é o melhor lugar do mundo para se viver … As coisas são assim aqui nesta republiqueta do pão-de-queijo: contam façanhas do que não fizeram, enaltecem o que não tem, e se acham o que não são.
    Outra, futebol não traz nada positivo para crianças, mas sim rivalidade, provocação, competição e tudo o que desumaniza.
    Mas cada um acredita no que quiser … até num textinho pãozinho de queijo como este.

    1. E nós aqui de Minas gostamos de pão de queijo, você está certo. Também de goiabada com queijo. E de rivalidade sadia. Quem é de Minas entende, quem não conhece – uai – desconhece. Quando seu time for convidado, sua hora vai chegar, aí sim poderá avaliar melhor. É só esperar na fila.

  3. Minha família todos atleticanos pais e filhos , netos e bisnetos. São 10 filhos 16 netos e 7 bisnetos e claro meus pais. É ou não é uma paixão pelo galo o maior de Minas.

  4. Bacana por demais Eduardo ! Iniciativas como essas que visam tbm o social só engrandecem, num mundo em que a intolerância reina quase que absoluta tem-se de aplaudir e divulgar mesmo .Vale um registro tbm do trabalho bacana que faz o @Embaixador_Galo que além de levar o GALO à todos os continentes,ainda promovem ações sociais muito interessantes. Como disse o Wellysson :_ ” enquanto houver uma criança Atleticana, o GALO será imortal .Parabéns aos envolvidos .#GaloSempre e nos vemos no Horto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*