Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Preocupação com os cartões e opções

GIF - Games - 300x250Se num jogo recente, precisamente contra o São Paulo, Leandro Donizete desfalcou o Galo pelo terceiro cartão amarelo, outros nove jogadores estão prestes a seguir a mesma sina. Robinho, Fred, Rafael Carioca, Leonardo Silva, Carlos, Carlos César, Clayton, Gabriel e Júnior Urso fazem parte do extenso rol de pendurados com duas advertências cada, sendo quatro titulares e cinco reservas. São reservas em tese, pois defendo que possuímos mais de 20 titulares. Nem menciono quem tem apenas um cartão no momento. Na partida com a Chapecoense todo o time passou em branco, sem tomar nenhum cartão do árbitro Péricles Bassols. Milagre!

É uma situação preocupante. Imaginemos se dois ou mais titulares ficarem de fora de um jogo importante e decisivo? Eu, que confessadamente possuo pé atrás com a CBF, temo que, em determinada circunstância e dependendo do adversário, a recomendação superior seja repassada ao subordinado.

No caso do ataque, as eventuais ausências – desde que uma de cada vez – podem não provocar abalo no sistema que vem funcionando muito bem. Afinal, mesmo que o time não possa contar com Fred e Robinho, temos Luan e Cazares (recuperados, claro) e ainda Clayton (embora esteja em débito), Pratto e Otero. Ou seja, a recomposição do setor não seria bicho de sete cabeças.

Até na possível necessidade de substituir Rafael Carioca, pelo que apresentaram Lucas Cândido e Junior Urso, o Torcedor não ficará apreensivo. Ambos atuaram taticamente perfeitos nas oportunidades que foram convocados para os jogos com Palmeiras e São Paulo, respectivamente. Ainda temos o Eduardo – de quem o xará aqui esperava muito mais –, que ainda pode convencer.

grupo jogadores treino 29-07-16
Fotos: Bruno Cantini/Atlético

Mas, com todo respeito, a possibilidade da necessidade de buscar um substituto para Leonardo Silva é algo que arrepia as barbas deste blogueiro. Acredito que Gabriel brevemente será o dono de uma das duas posições da zaga, mas o jogador ainda carece de amadurecimento. Já Ronaldo, que entrou bem na partida com o Corinthians, desestabilizou a nossa confiança quando teve de atuar o tempo todo frente ao Coritiba.

Aliado ao risco de suspensões, por terceiro cartão amarelo, temos de pensar também em eventuais contusões. Embora, penso, as que tinham de acontecer já tenham antecipado a sua visita, é algo que não pode ser desprezado. Será que a zica foi mesmo embora?

Diante disso, fica aqui o alerta para alguma possibilidade que o mercado possa oferecer. Para a Copa do Brasil, o prazo de novas inscrições se encerra em 22 de agosto, enquanto que para o Brasileiro vai 16 de setembro. Para a primeira competição, o jogador não pode ter jogado por outro clube em partidas anteriores, já para o campeonato admite-se desde que tenha atuado no máximo seis vezes e passado por apenas uma mudança de clube.

Ao mercado, presidente!

Bem-vindo e bom retorno, Eduardo Maluf. Ao trabalho!

11 thoughts to “Preocupação com os cartões e opções”

  1. Jogadores hj tomam muitis cartões bobo, acho que a diretoria devia alertá-los até vom punição qdo há exagero na reclamação.
    Esta foto da sala de treinamento do Galo é legal, mostra muitos jogadores e acho que num bate papo incrível. No passado não havia esta parafernália de equipamentos. Os condicionamentos físicos eram feitos no campo, corridas e etc e não se machucavam como hj. A não ser nas entradas dos brocutus que arrebentavam (como fizeram com o Rei Reinaldo) . Tem alguma coisa errada.
    Realmente tem que arrumar um reserva para o Leo. Acho que deveria dar mais chances para o Gabriel (muito bom, craque). O Dátolo devrria ficar como bom reserva.

  2. Concordo com o Rubens Bispo, acho precipitado dizer que o Ronaldo não serve para compor o elenco, afinal a primeira impressão foi muito boa, já a segunda nem tanto, talvez o maior motivo de apavoramento seja o sobrenome do rapaz . Espero que ele seja a Conceição do Calby e não a do Emerson.

  3. Quanto aos cartões, espero ver o time jogando normalmente. Se tiver que fazer falta, que faça sem receio. Elenco é para isto. Quanto às contratações, creio não ser o momento. A folha de pagamento é muito alta e a conta sempre chega. Na minha opinião, Carlos e Clayton poderiam ser negociados, Hiury repassado, Carlos Eduardo e Edcarlos liberados. Resolver logo a situação do Dátolo. O Ronaldo fez um jogo ruim contra o Coritiba, sem dúvida, mas precisa ter mais oportunidades, não podemos queimar logo o jogador. E ainda tem o Douglas Santos com bom mercado. Vejamos… Acho que a Diretoria já está trabalhando para enxugar a folha.

  4. Como bom mineiro do interior, acho que o Galo deveria propor uma “gambira” de zagueiros da nossa base com um dos zagueiros titulares do Brasil de Pelotas. Ví uns 2 jogos dos caras e tem uma boa dupla de zaga por lá.

  5. Aproveito a ocasião para parabenizar Fábio Santos e bater palmas pela contratação dele… Joga muito. Fácil. Talento nato. Estamos excelentemente bem servidos na esquerda.
    Nosso problema maior esta, todos sabem, no grupo que compõe o miolo de zaga. Um zagueiro cascudo a mais. Há algum tempo sugeri a busca do Wallace que estava em litígio com o Flamerda. São águas passadas… Buscar outro. Não concordo com a maioria que tomou medo do Ronaldo apenas por causa de dois vacilos sequenciais contra o Coritiba, num dia aliás que todo o time jogo mal… Gosto dele. Sério. Firme. Acho que aquilo foi acidente que acontece com qualquer um e com todos… Torcendo pra sair o negocio envolvendo o Carlos. Precisamos fazer caixa. Vender Carlos, repassar Hiuri… E vamo, Galo!
    Saudações

  6. O elenco do Galo está inchado, são cerca de 35 jogadores. Novas contratações apenas aumentariam a folha de pagamento, que por sinal é a mais alta do Brasil. Temos opções de sobra em todas as posições, cabe ao treinador saber utilizá-las.
    Acho que alguns jogadores, pouco utilizados, deveriam ser negociados, pra aliviar a folha e dar oportunidade em outros clubes.
    Bancar este elenco numeroso até o final do ano vai custar muito dinheiro, podendo inclusive comprometer as próximas temporadas.
    Ter várias opções é importante na briga pelo título, sem dúvida. Todos nós sabemos disso e todos nós queremos vencer este Brasileiro. Porém, não podemos esquecer que a conta no fim do mês precisa fechar. Fazer time de futebol com irresponsabilidade já nos prejudicou demais no passado.
    Como exemplo de desperdício de dinheiro, cito a contratação do Ronaldo, zagueirão estilo cintura-dura, é lento, sem técnica e consegue ser pior que o Tiago. Não entendo o motivo da sua contratação, sendo que temos dois jovens zagueiros com bom potencial – Gabriel e Jesiel.
    Enfim, todo cuidado é pouco com os empresários que ficam rondando a cidade do Galo e tentando enfiar no clube jogadores medianos e sem comprometimento com a nossa história.

    1. A direção já repassou alguns e outros ainda devem seguir o mesmo caminho. Talvez ainda aconteça uma ou duas vendas para fechar o ano, estou seguro que o presidente sabe o que faz. Só entendo que precisamos de um outro zagueiro do mesmo nível de Leo Silva e Erazo para alguma eventualidade.

  7. Boa Dudu ! Otto Lara Resende já dizia :” O mineiro seria um cara que não dá um passo em falso,é cauteloso. Em Minas Gerais não se diz cautela ,se diz pré-cautela …” No Urbano Caldeira domingo p.v. além das cédulas de 100 bagarotes manufaturadas com a esfinge do Robinho – lembra-me a torcida código de barras x DINHO .Lá arremessaram-lhe moedas e ele as devolveu com juros .Torço para que se repita com o Robson .- ainda teremos um ‘carioca ‘ no apito , coincidência ? Qto ao mercado , a meu ver , tem-se de esperar estar no lugar certo na hora certa. Em se tratando de zagueiro ele anda meio fraco , paciência de pescador é necessário. ..SAN

  8. Vejo que a situação dos pendurados são perfeitamente administrável, dois deles podem tomar o terceiro contra o Santos e ficarem fora contra o Atletico do Paraná, e quanto ao Leonardo Silva entendo ser a hora de buscar um zagueiro pensando pra frente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.