Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Pratto e Luan embalam nossos sonhos

Antes de falar do Galo, que é o único propósito deste blog, peço licença para – mais uma vez – me manifestar sobre a “sacanagem” da arbitragem nacional. A atuação do juiz Marielson Alves Silva, da Bahia, ontem, na partida entre Figueirense e Corinthians, confirmou o que todo mundo sabe. Essa sacana da CBF, ao longo dos tempos, atua em prejuízo do futebol brasileiro. O goleiro Cássio deveria ter sido expulso num lance em que derrubou Dodô (último jogador), mas foi apenas amarelado. Seus cretinos, por isso mesmo que a Alemanha meteu sete a um nessa pocilga.

De olho no apito, daqui a pouco, às 11h, o Atleticano vai acompanhar a partida com o Palmeiras na casa do adversário. Como árbitro principal, teremos o carioca Wagner do Nascimento Magalhães. Num primeiro momento não me ocorre nenhuma partida que já tenha nos prejudicado, embora não descarte essa possibilidade em seu histórico. Ali poucos ainda tem imunidade.

cartão vermelho2

Já o seu auxiliar número 1, o também carioca Dilbert Pedrosa Moises, fez lambança naquela final do Mineiro em que ganhamos o título depois de empatar a primeira partida da decisão em 2013. No último lance do jogo, que originou o empate, foi duplo erro do cara contra o Galo. Em outra ocasião, no Independência, quando Cuca era nosso treinador, polemizou o tempo todo em prejuízo do Galo. Portanto, caso ele cometa algum desatino hoje, não será pela primeira e nem segunda vez. De olho nesses caras!

Independentemente dessa sacanagem, o Galo tem que partir pra cima do Palmeiras e vencer. Nem que seja 11 contra 14, como ao longo dos anos foram nossas conquistas. O treinador promete algumas mudanças e o Torcedor espera um time mais ofensivo em busca de gols. Uma das mudanças ocorrerá em função de o clube ter cedido jogador para a madrasta disputar a Olimpíada. Com isso, haverá a estreia do Fábio Santos.

Donizete e Pratto - 23-07-16
Fotos: Bruno Cantini/Atlético e foto ilustração extraída do google

Para dar tranquilidade aos zagueiros, tão cobrados por nós Torcedores, o retorno de Leandro Donizete – o General – foi festejado por onde passei neste sábado. Outro retorno será o de Erazo, uma vez que o Ronaldo deixou a desejar na sua estreia. A quarta possível alteração, bastante desejada pela maioria, embora alguns ainda duvidem de sua eficiência, seria escalar de cara Pratto ao lado de Robinho e Fred. Eu confio neste ataque, mas quem decide é o treinador.

De quebra, ainda teremos a possibilidade de rever o futebol vibrante e eficiente do Luan. Afastado tem algo em torno de quatro meses, temíamos pelo seu não retorno. Teve gente que apostou no encerramento precoce da carreira dele e outros diziam que o afastamento seria muito mais longo. Luan em campo é certeza de sinergia entre gramado e arquibancada. Embora em menor número, por ser em São Paulo o jogo, o Atleticano marcará presença.

6 thoughts to “Pratto e Luan embalam nossos sonhos”

  1. O lance da não expulsão do goleiro Cassio só confirma o que todo mundo já sabe o Corinthians é o time do apito amigo, apesar da tropa de choque da imprensa paulista tentar proteger.

  2. A ARBITRAGEM TA COMEÇANDO A MOSTRAR SERVIÇO PELO CURINTIAN; NO JOGO DE ONTEM ENTRE CUTINTIAN X FIQUEIRENSE NUMA JOGADA EM QUE O ATACANTE DO FIGUEIRA ESTAVA FRENTE A FRENTE COM O GOLEIRO CASSIO; O GOLEIRO FEZ FALTA NO ATACANTE E NÃO FOI EXPULSO CONFORME REZA A REGRA….É O APITO AMIGO COMEÇANDO A ATUAR A FAVOR DO CURINTIAN.

  3. Caro Eduardo, hoje o juiz tentou, tentou tentou , mas nos fomos maiores e ele nao conseguiu!!! Marcou todas as faltas contra o Galo e foi benevolente com o Palmeira, autorizou marcar um escanteio ao 51 minutos do segundo tempo!! Nao importa !! Fomos superiores e estamos rumo ao 1 lugar!! Nao me iludo que seremos garfados sempre que for necessário para poder atender os interesses da CBF e beneficiar Corinthians e Flamengo , os mas protegidos por esta instituição vergonhosa!!! Aqui é Galo e lutamos contra o Vento!!!!

  4. To confiante em uma vitória hoje.. Que minha animação se torne realidade daqui a pouco.Bica Bicudo

  5. Eduardo e Massa do Galo, bom dia! Acesso com certa frequência este espaço, mas nunca comentei/cornetei. Vamos lá, vejo que o nosso time hoje não têm um meio de campo que atenda a demanda do conjunto (defesa/meio de campo/ataque) por que digo isso. Não temos 02 peças q marquem bem as subidas dos laterais, e que façam bem a cobertura e auxiliem nossa dupla de zaga. E não temos um meio de campo pra distribuir as jogas (após Cazares se machucar). Outro ponto é pedir muito e crucificar Robinho, Fred e Pratto pra voltarem e fazerem esta função/marcação nos lados do campo, os caras vão morrer, e provavelmente correm sérios riscos em machucar, ou seja, mais DM. Dito isso vejo que Carioca é um bom jogador, e só, não marca e não distribui as jogadas, no estilo de jogadores que temos no ataque o seu perfil não encaixa, torno a comentar minha opinião. Vejo que o nosso time com o jogadores que temos, precisamos de 02 caras fortes na marcação, pra deixar nossos atacantes e as outras peças ofensivas resolverem o jogo, simples assim. Não comprometendo o perfil de cada um. Exemplo um dos caras mais prejudicados hj na minha opinião é o Robinho, pois muitas vezes tem jogado fora da sua posição e mesmo assim tem se sobressaído, e gostaria de ressaltar fui contra a sua contratação, mas vestiu o Manto, vcs já sabem. Quem viu os últimos jogos isto esta claro como 13 é Galo. Não entendo pq Marcelo não escalou o Carlos Eduardo contra o Coxa no meio campo, foi contratado pra isso, e prefere a riscar o jogo, colocando Robinho pra distribuir o jogo, e dale chutão. Pra finalizar em 2013 tínhamos o mesmo perfil de jogadores, e quem marcava???? E quem resolvia os jogos. Abraço a todos, e gostaria de salientar e e so um comentário de mais Atleticano q acha q conhece de futebol, ou seja, blablabla…

  6. Sem dúvidas que o Galo será garfado. “In dubio pro adversário” . A solução é entrar pra golear, de modo que a arbitragem não seja culpada por um eventual resultado negativo. Jogo da juventude x veteranos, velocidade x lentidão. Um empate virá a calhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.