Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Pior do que tá, não fica

Essa frase do Tiririca rondou as nossas cabeças ontem (12 de junho), desde o final da partida e ainda acompanha o Atleticano na manhã desta segunda-feira. Afinal, em sete rodadas, apenas sete pontos, com apenas uma vitória, quatro empates e duas derrotas (ambas tomando três gols). Sob o comando do sonhado e desejado Marcelo Oliveira, apenas quatro pontos, em seis partidas. Nenhuma vitória. Apenas 22% de aproveitamento. Ridículo!

Em que pese o desastre da arbitragem, fraca e tendenciosa (direi ao final, rapidamente, o que penso), o Galo não merecia melhor sorte na partida. Perder pontos, até com empate, me chateia muito, mas ser derrotado em clássico regional e para um time medíocre, aí é pra irritar. Sair do estádio voltando pra casa com a obrigação de esfriar a cabeça e escrever sobre o fato requer dormir mais cedo e levantar menos doído. Ainda assim, o sentimento não passa fácil.

E, aos que se preocuparam em me enviar mensagens de gozação, pelo Whatsapp, SMS, e-mail, aqui pelo blog, informo – para seu desconforto – que o que levam 24 minutos para escrever o meu tempo pra deletar continua sendo de 13 segundos. Em alguns casos, especialmente aquelas que chegam pelo celular, nem isso. Apago sem ao menos entrar no sistema.

comemoração gol 12-06-16

A segunda derrota na competição, além enxotar o time para a Z4, pode gerar uma crise sem precedentes. Se a reação não acontecer, diante do líder Internacional e lá em Porto Alegre, anote que o público de domingo frente à Ponte Preta será irrisório. O Atleticano está ficando de “saco cheio” com as atuações do time na competição. Foram vários jogos em que saímos na frente e cedemos o empate. Agora, ainda foi pior: tomamos a virada.

Tem jogador atuando que ainda não entendeu o que é jogar pelo Galo. Se não assumirem postura condizente com as cores e a tradição Atleticana, com todo respeito, “a porta da rua é a serventia da casa”. Aqui, como o nosso hino diz, é raça e amor. Portanto, se não querem jogar com “raça, raça, raça”, adeus! Ainda dá tempo de conseguir uma boa transferência. O Fred, que acabou de chegar e até já passou por outros clubes da cidade, já demonstrou – melhor que muitos que estão por aí – o que é isso que o Atleticano gosta.

Estreou, fez gol, comemorou e vibrou. Foi isso que o blog, quando no primeiro comentário sobre sua vinda, disse que o Atleticano exige. Ele entendeu o recado, mas alguns ainda não sabem o que é jogar com o brio que o Torcedor conhece e quer daqueles que pretendem ser idolatrados pela massa.

Enfim, que os jogadores entendam rapidamente esse espírito cobrado e exigido, adotando uma nova postura já no meio de semana, no Rio Grande do Sul. Se não voltarem de lá com os três pontos, podem ter certeza, teremos o Independência vazio no próximo final de semana.

Não acredito na arbitragem

Juiz Galo x CEC
Fotos: Atlético/Bruno Cantini

 

Sobre o juiz: antes dos cinco minutos, já mostrou a que veio. Não acho mais que são apenas ruins, são mesmo mal-intencionados. O histórico de “erros” que sempre reclamamos, talvez motive essa conspiração arbitragem/CBF em prejuízo do Galo. Bem no início da partida, o lateral Bryan, segurou jogador do Galo, na cara do juiz, que deixou o lance seguir pela vantagem Atleticana. Depois, o juizinho descaradamente chamou a atenção ao jogador e não aplicou o cartão merecido. Aos quatro minutos, Robinho foi colocar uma segunda bola para fora de campo e – acidentalmente – acertou a que estava em jogo. Tomou amarelo. Aí já deu pra perceber a “má intenção” do Marcelo Aparecido de Souza, um paulista.

A falta que originou o gol Atleticano foi assinalada pelo bandeira, uma vez que o árbitro em cima do lance “dissimuladamente” fingiu não ter percebido. A mesma coisa aconteceu quando da expulsão do jogador Lucas. O “distraído” árbitro não percebeu que o atleta estava recebendo o segundo cartão amarelo. Distraído? Sei! Somem-se a isso, lances idênticos, implacavelmente marcados contra o Galo (como a falta que originou o terceiro gol) e “tendenciosamente” não-marcados a favor do nosso time.

E os acréscimos? Foram cinco substituições durante o segundo tempo somadas ao antijogo (leia-se cera) na reposição da bola em jogo, especialmente pelo goleiro adversário, que até tomou cartão amarelo. O juizinho deu três minutos de acréscimo. Ato contínuo ao levantamento desse aviso passou quase dois minutos discutindo – a meu ver outra dissimulação – com o treinador adversário. Daí, deu outro minuto.

Ao meu sentir, a arbitragem brasileira está dividida entre medíocres e mal-intencionados apitadores. Não sei qual prevalece. Não dá mais para acreditar que são apenas “coincidências”.

Aqui é Galo, p….!

Apesar do momento horroroso, tenebroso, que o Galo passa, nada abala nossa Atleticanidade. Isso, sei muito bem, deixa a gente do outro lado incomodada. É fácil de explicar, aqui somos Atleticanos, já do lado de lá são simpatizantes e só costumam ir e torcer no momento propício. Aqui é Galo.

Quero registrar também que a Polícia Militar não agiu adequadamente quando a torcida menor no Independência jogava líquido – não sei contendo o que – nos Torcedores do Galo Na Veia.

Ridículos, tanto quem atira quanto quem não coíbe. Quanto aos balões, com as mesmas cores daquele drone da Libertadores, sabe-se que deu muita discussão. O patrocinador daquela idiotice, um que se acha prócer, insistiu com seu desejo de plotar referência ao rebaixamento em 2006 enquanto seus asseclas preferiam resultado de partida do passado. Prevaleceu, evidente, a tese de quem paga a medíocre provocação.

 

53 thoughts to “Pior do que tá, não fica”

  1. Não concordo em relação a arbitragem mal intencionada, teve alguns erros mas nada demais. Para mim ja demitia Marcelo e trazia Mano

  2. Demitir essa falácia de treinador que é o Marcelo Oliveira, oferecer um caminhão de dinheiro e tirar o Jorginho do Vasco, este sim, é estudioso, estrategista e tira água de pedra. MO só consegue bagunçar os times que dirige, que sobrevivem na base do chutão e do chuveirinho. Cruzeiro também abusava dessas jogadas , que casou com o estilo rompedor do Ricardo Goulart e da correria do Everton Ribeiro. Já era, admitam o erro enquanto ainda dá tempo.

  3. O time do Galo não tem quem arme jogadas! Pouco assisto aos jogos do Galo porque moro em Brasília, mas do pouco que vi o time jogar com e sem Cazares, é impressionante a diferença! Não sei porque o Cazares era reserva do Galo,se ele me parece que rende a metade do time! Pelo menos nos dois jogos que vi ele jogando, é uma diferença incrível com e sem ele em campo! De nada adianta juntar um monte de medalhões tipo Robinho e Fred, se não der liga! Fred ontem mostrou muita disposição mas, no decorrer do campeonato, não tiver que faça a bola chegar redonda, de nada vai adiantar ele em campo! Ele não é jogador de armar jogada, de voltar, nada disso, ele é só finalizador, mais nada! E, a continuar jogando como vem jogando, só bicudão prá frente, jogador batedor igual a zaga do Galo, não há técnico que vá ajudar esse time! Junta ali Marcos Rocha, Leonardo Silva, Donizete, esses aí acham que cara feia ganha jogo! Time bom joga é igual o ex lateral do Galo da década de 70 jogava, o Luizinho, jogava limpo, sem falta, na bola. Aquilo era que era zagueiro bom de bola! Zagueiro batedor só prejudica o time! E o Robinho, a malandragem exagerada dele atrapalha o futebol dele e do time.

  4. Gente, não adianta chorar agora, tem é que cobrar da diretoria e desses jogadores que não mostram o seu valor.
    Ontem o Cruzeiro foi bem melhor e por isso venceu. Reclamar de arbitragem só faz maquiar mais uma atuação ruim do time.
    Robinho não teve intenção? Me ajuda aí!!

  5. A velha bipolaridade atleticana grassando por aqui. Se perde um clássico, ninguém presta a começar do treinador que ainda nem sequer pode contar com todos os titulares. Para muitos torcedores, já perdemos o Brasileiro, a Copa do Brasil (quem bnem começamos a disputar) e a luta por uma vaga na Libertadores de 2018. PASSIONALISLO PURO SEM ANALISAR FRIA E REALISTICAMENTE OS FATOS. Se ganhar do Inter e mais uma ou duas seguidas, seremos novamente favoritos a tudo que disputarmos nestes ano. Marcelo Oliveira é um excelente treinador e vai consertar esse time. E criticar o Daniel Nepomuceno, que está fazendo tudo o que é possível para formar um plantel fortíssimo é uma tremenda sacanagem. Paciência, minha gente, ainda estamos sem zagueiro, lateral, armadores e atacante titular. por contusão ou convocação para seleções. Chegaremos lá, e em breve!

  6. Minha sugestão aos amigos atleticanos: esqueçam o título Brasileiro! Assim não iremos nos iludir.
    Calma que eu explico os motivos…
    Um torneio longo e de regularidade como é o BR não permite tantos vacilos e má sorte (no caso das contusões e convocações pra seleção) como estamos tendo. Os times que chegam na frente são os mais regulares, coesos e focados no torneio, e o Galo não tem nenhuma destas virtudes no momento.
    Eu confio no trabalho do Marcelo e espero uma melhora do time no decorrer dos próximos meses. Isso me leva a torcer por uma conquista na Copa do Brasil, que é um torneio mata-mata, bem ao gosto do atleticano. Vale lembrar que nossas últimas grandes conquistas foram nesse modelo, com jogos eliminatórios.
    Tenho convicção que este time renderá mais, mas para o Brasileiro acho improvável uma reação, a não ser que ocorra algo sobrenatural. Portanto, meu foco é Copa do Brasil e quem sabe G4 no BR.
    Saudações.

  7. Só pra lembrar que o competente Daniel Nepomuceno contratou o atacante Fred só pra jogar o Brasileiro, tendo em vista que já foi escalado pelo Fluminense na Copa do Brasil. Isso demonstra total inexperiência no futebol.

  8. Caro rabino! Revendo agora os melhores (PIORES) momentos do jogo de ontem, além do Leonardo Silva entregar bisonhamente o primeiro gol, quando foi driblado pelo fraco Arrascaeta, no segundo gol, também chegou atrasado e o tal de Riascos mandou para a rede, fora outras lambanças que um zagueiro do Galo não pode fazer. Ai que saudades das duplas Osmar Guarnelli e Luizinho e Cláudio Caçapa e Galvan….

  9. Gente temos que ser sinceros: Marcos Rocha está merecendo banco não é de hj. Sinceramente, com todas as críticas o Patrick tem sido mais eficiente que o Marcos Rocha. Seria bom o Patrick na direita e deixar o Marcos no banco pra baixar a bola. Nervosinho demais – lembra do jogo contra o São Paulo? – pra justificar o péssimo rendimento em campo. Sem falar que na marcação é uma lástima. O primeiro gol ele ficou plantado ao chão e deixou a Maria Alisson vir de trás. Patrick na direita. Marcos Rocha no banco.

  10. De nada adianta termos o melhor ataque do mundo, se não contratarmos para a defesa. O Galo se preocupou muito em contratar milhares de atacantes, e limitou-se contratar o Erazo (que está sempre na Seleção de seu país) para a defesa. Resultado: estamos sem zaga. Jogando com Avenida Marcos Rocha, Leonardo Silva já em idade avançada e decadente, Tiago ou Edcarlos (não sei qual é o pior) e Patrick improvisado na lateral esquerda. Mesmo se tivéssemos Messi, Neymar e Suarez no ataque, com essa defesa perderíamos de 7 a 6.

  11. Na minha opinião, falta ao Galo um líder, dentro e fora do campo. A nossa diretoria é fraca. Se fosse o Kalil, tenho certeza que ele entraria chutando a porta do vestiário ontem, cobrando atitude dos jogadores e comissão técnica. Precisamos de alguém que tenha esse espírito de cobrar/exigir e que sobretudo conheça de vestiário. O kalil, conhece como poucos o vestiário.Jogador não passa ele pra trás. Com a postura de ontem, com firulas e falta de raça, alguém acredita que vms trazer ao menos 1 ponto do RS quinta feira? Acho que se não mudar, voltaremos com uma goleada histórica e aí estacionamos no Z4 e Deus nos acuda!!! Torcida de BH, vcs estão proximos da sede… Cobrem do presidente, uma atitude, se não o desfecho esse ano, será terrível…

  12. Gosto de comentários imparciais. Mas como o Edmar, difícil levar o texto à sério quando vejo você falando que o lance do Robinho for acidental.
    Também amo o Galo incodicionalmente, mas o time também é fraco. Robinho, Patric … Marcelo de Oliveira .. Daniel – VAZA.
    Volta Kalil.

  13. Realmente é alarmante tomar 3 gols de um dos piores (senão o pior) time do campeonato, candidato favoritíssimo ao rebaixamento. Vou falar o óbvio: nossa defesa e uma peneira. Mas, ao contrário de outros comentaristas, acredito muito no Marcelo Oliveira e tenho certeza que ele vai consertar esse time e que ainda estamos no páreo para ganharmos esse título (se não der virá o da Copa do Brasil, ou, pelo menos, a classificação para a Libertadores 2018).

  14. Seria momento de muita calma nesta hora! Não seria não! O Marcelo teve tempo suficiente para armar o GALO. Ontem, não chutamos uma bola sequer ao gol, com exceção dos 2 dois. Não há uma única jogada ensaiada. A defesa é a pior do campeonato brasileiro. Pior mesmo foi ouvir um comentarista de TV dizer na tv aberta que o MO é um treinador preguiçoso, que não gosta de treinar o time, como o fazia também o Luxemburgo. Se nada for feito, com certeza pior do que está vai ficar. Z4 não é para o GALO que tem Vitor, Leonardo Silva, Rafael Carioca, Fred e Robinho. E viva o GALO.

  15. Temos que cair na realidade. O trabalho não está sendo bem feito no GALO, essa é a verdade. Marcelo Oliveira é um treinador ruim, teve um lampejo no cruzeiro…
    A diretoria esqueceu das principais deficiências do time, a defesa do GALO é horrível, não temos um zaqueiro bom, temos um volante mais ou menos que é o carioca os outros são todos sofríveis. Donizete é uma sacanagem, pior que agora ele que jogo de segundo volante, Junior Urso não tem qualquer habilidade.
    Fomos enganados com a falacia de melhor elenco do Brasil, mas o elenco é desequilibrado e nosso técnico é medíocre.
    Basta ver que o Paulo Bento trabalhou em cima das nossas falhas defensivas e acabou com jogo, o pior que time do cruzeiro é muito ruim, e fomos totalmente anulado por um time ruim.

  16. Caro Rabino Ávila. Não tiro sequer uma vírgula do que você escreveu. Tem meu apoio incondicional. Mas vamos lavar nossa roupa suja: Em que pese alguns gols salvadores, pelos quais agradecemos, que o Leonardo Silva fez, as atuações dele como zagueiro sempre beiraram o ridículo, principalmente quando fazia dupla com o Rever, outro péssimo zagueiro (foi para o In ter e não jogou e já está na reserva do Flamengo). O Leonardo Silva é lento e sempre chega atrasado, comete faltas e pênaltis infantis. Ontem ele deixou o fraco Arrascaeta ser o dono do jogo, chegou atrasado, levou o drible e entregou o empate para eles. Outro que a crônica baba por ele mas nada acrescenta, pelo contrário prejudica o time, é Rafael Carioca, lento, faz jogo de espera polícia (como dizia o Kafunga), não marca e não cria. E por fim o Patric: não é possível o Patric ser o dono do time, pois os treinadores o colocam do gol à ponta esquerda, e ele não joga nada em nenhuma posição. Engana quando acerta uma arrancada ou faz um golzinho chorado. No mais avança estupidamente, passes errados em profusão, uma lástima. Quando o Marcelo tirar do time esses três jogadores, o Galo vai melhorar. Quer dizer: se ele Marcelo tiver moral e força para isso. Um sinal de que o Galo nada jogou é ver manchetes dos jornais colocando o tal Arrascaeta como craque do jogo. Isso é o fim….

  17. Acreditar no Galo é inerente a todo atleticano, mas fechar os olhos e não ver que está faltando comando é ridículo. Na atual fase temos de deixar a soberba de timaço e jogar como time pequeno (primeiro defender e depois atacar na hora certa). Desfalques sempre vão existir, mas para isso temos um elenco ou será que não temos? Creio que não temos. Como disse Tostão em uma das suas colunas este papo de jogador de recomposição é coisa de jogador medíocre. Patrick sempre foi horrível como lateral agora é jogador que faz a recomposição. Por favor, me salvem. Carlos Eduardo já entrou em campo cansado. Yuri e Carlos que tristeza. Robinho não quer jogar. Será que ser artilheiro do campeonato mineiro é o bastante? Clayton custou milhões não sei para que. Como alguém não consegue acertar um passe de meio metro. Lançamento de Leonardo Silva e Patrick é brincadeira. Quando é que Marcos Rocha vai voltar a jogar? Vários jogadores estão merecendo ir para banco de reservas (entre eles, os nossos idolatrados, Victor, Leonardo Silva e Marcos Rocha). Que saudade dos treinamentos do Telê Santana. Maluf por favor pare de contratar jogador inútil e caro. Avante Galo.

  18. SAUDAÇÕES ALVINEGRAS..PALAVRAS QUE MOTIVEM E NOS DÊ ÂNIMO NESSE MOMENTO É MT DIFICIL. SE EU AS TIVESSE DIRIA TANTO PARA MIM QUANTO PARA OS AMIGOS ATLETICANOS. MAS O QUE ME RESTA É A REVOLTA E TRISTEZA DE VER QUE O TIME DO GALO AFINOU P O TIME AZUL TANTO NA BOLA QUANTO NA PORRADA. JÁ TEM ALGUNS JOGOS QUE O TIME AZUL BATE E O GALO NÃO REVIDA. SÓ APANHA. ATÉ DONIZETE HOJE EM DIA ESTÁ APANHANDO CALADO. O QUE ACONTECEU COM O GALO. O DESÂNIMO É TANTO QUE ATÉ ESTÁ PÁGINA QUE SEMPRE TEM TANTOS COMENTÁRIOS HOJE ESTÁ DE LUTO..EEEE GALO..FAZ ISSO COM A MASSA NÃO . NOSSO ESTOQUE DE SOFRIMENTO E HUMILHAÇÕES JÁ SE ESGOTARAM EM UM PASSADO RECENTE. MERECEMOS MAIS RESPEITO PELO NOSSO AMOR INCODICIONAL..REAGE GALO E É PRA JÁ…

  19. Eu nunca quis o marcelo. Além do que, nunca foi um treinador que se preze. Deixou o Palmeiras com a COpa do Brasil, depois de contrata 300 jogadores e foi despedido por que o Palmeiras estava só caindo. O CUca chegou e arrumou a bagunça dele. Não sabe escalar e muito menos substituir… o marcelo não enxergou a mudança tática que o Bento fez durante o jogo ? O nosso treinador de araque disse, após o jogo, que conhecia bem o Bruno Rodrigo e que sabia que ele era bom nas bolas alta… e por que não o marcou no lance do gole dele ? DOis do Galo ficaram assistindo o Bruno Rodrigo se abaixar para cabecear sem nenhum combate, para o fundo do gol do ex santo Victor., que, diga-se de passagem, não falhou em nenhum dos tres gols. Sei que isso não vai ser publicado, mas escrevo para desencargode consciência

  20. “É fácil de explicar, aqui somos Atleticanos, já do lado de lá são simpatizantes e só costumam ir e torcer no momento propício. Aqui é Galo”. Palavras suas, E. A.. Contradição nos seus dizeres, uma vez que disse, também: “Se não voltarem de lá com os três pontos, podem ter certeza, teremos o Independência vazio no próximo final de semana”.

  21. Agora todo mundo do banco pode invadir o campo. Ninguém foi expulso! Então, está liberado invadir o campo com todos os jogadores em todos os jogos. Além disso, o Henrique atacou o gandula e não foi expulso. O árbitro só expulso no final do jogo para o tempo passar. Árbitro fraco. fizerem esse árbitro de trouxa. Técnico portuga disse que não devolvia a bola e fizeram cai-cai pelo menos três vezes só no primeiro tempo.

    ps: O Andres Cunha prejudicou o Brasil. Bem feito, já sabíamos que esse uruguaio não é confiável.

  22. Enquanto continuarmos a apostar em Leonardo Silva, lento, sem reflexo. Em Carlos, que fica dentro de campo igual uma barata tonta. Em Patrick, que apenas é esforçado, peca muito na qualidade técnica. Não faremos mais do que brigar para não cair esse ano.

  23. Sonhado Marcelo Oliveira??? Tá brincando né? Alertei desde o início, Marcelo é fraco, enganador e MUITO PIOR que o Aguirre! Já destruiu nossa defesa como fez com o palmeiras, agora todo jogo tomamos 3, 4 gols. Com ele pode sim piorar. Infelizmente Nepomuceno deu ouvidos à parte da torcida que não entende de futebol e contratou essa porcaria de treinador. Se acompanhasse futebol saberia que ele é fraco, se fosse gestor competente, apostaria no trabalho do Aguirre e manteria o uruguaio. Começamos a fracassar na temporada quando trocamos de treinador. Marcelo só é bom numa coisa, perder clássicos. Outra coisa, tá na hora de parar com essa choradeira de arbitragem, ontem não aconteceu absolutamente nada que justificasse essa lamentação toda.

  24. Acabamos o ano de 2015 em segundo na tabela e com a defesa tomando 47 gols, ou seja, um sistema defensivo de time rebaixado. Neste ano a mesma coisa, o mesmo filme. Não é possível que um treinador não consiga implantar um esquema tático em que o time não leve tantos gols com tem sido!!!!!!!!!!!!!! A deficiência não é porque temos vários jogadores machucados e na seleção equatoriana e na selecinha. Se não estiver errado precisamos obter 40% dos pontos restantes para não sermos rebaixados. Lamentável para um time de tantas estrelas e candidatíssimo ao título da libertadores no início do ano. O sistema defensivo está me fazendo lembrar o pesadelo de 2005…..

  25. Tá ficando cansativo… Sinceramente ganhar ou perder faz parte do jogo, mas no caso do Galo tá ficando difícil torcer assim… podem até falar que sou simpatizante (não é o caso) mas pra mim já Deu!!! Libertadores 2014 … Triste… (eu estava lá) Libertadores 2015… Terrível (Lembram do Inter… gols de graça oferecidos) … 2016 mesma coisa com o São Paulo!! 6 x 1 tem que guentar… ontem podia ficar mais 100 minutos que não saia gol!!! Não dá pra entender… pode contratar o Messi que a sina vai continuar… sério, com aquele ataque ontem e o gol no inicio do jogo até achei q ia ser goleada… pensei vamos descontar!!! CADÊ??? (acima foi só um resumo e exemplo do sofrimento… ainda tem a serie B… não vou continuar pra não sofrer mais) PAREI!!!

  26. Me esqueci de pontuar: está na hora da torcida fazer a “mea culpa” nesta história. Quem exigiu que os últimos treinadores fossem demitidos fomos nós! Quem pediu pro novo Papai Oliveira vir, fomos nós.! Essa bronca é nossa e da diretoria que deu mais razão ao coração que a razão! Chega de culpar arbitros e jogadores! Quem escala o time é o treinador e já passou da hora de apostar em medalhões e aqui incluo Léo Silva ( falhou em 2 gols ontem, sobretudo no terceiro) e Leandro Donizete, que atualmente é nosso novo Pierre. Ambos são muito queridos, prestaram um serviço enorme ao Galo, mas já deu, o momento já passou. Erram muitos passes, são lentos, …, seriam reservas de valor. Quanto as contratações, creio que 2 foram equivocadas, as 2 do futebol chinês: Hyuri e Robinho. Este último, pouco acrescenta, também vive no ostracismo do que foi um dia. Banco! Daria mais ritmo de jogo ao Clayton! Outro ponto: O Patric já derrubou 2 treinadores, será que vai derrubar o terceiro?!!!

  27. robinho acidental?????? voce já é macaco velho no futebol, eduardo. robinho que foi dar de malandro! achou que ia ficar na conversa!!
    nao jogaram nada e a culpa é do juiz!
    e aquela sua foto antiga com o riascos ein?!?!? kkkkkkk o mundo da voltas.
    um abraço

  28. Lembrei da “Selegalo”,juntaram um monte de jogadores badalados mas não deu liga,futebol se ganha em campo e não apenas com nome.Acho um erro o Galo jogar com 3 volantes,Urso não é armador,o Cruzeiro tinha um:Arrascaeta,que fez TODA diferença.O Galo deveria ter entrado com o Carlos Eduardo ou Clayton na posição,tem o Thalis da base tbm,enfim.Sobre a questão de contratações,a diretoria deveria contratar APENAS jogadores já consagrados que já passaram por grandes equipes,salvo uma ou outra exceção,não dá pra ficar arriscando.Sobre o Carlos,concordo,queimam o jogador colocando-o pelos lados do campo,ele não é muito habilidoso,rápido ou ágil,sua qualidade é o posicionamento e conclusão,ele se destacou na base assim.

  29. De novo, de novo e de novo….o Galo sentiu a carência de um armador de jogadas!!! Jogo após jogo, todo o esquema tático do time fica travado pela falta de organização na ligação entre o meio de campo e o ataque. Robinho e algum dos volantes até tentam fazer essa função, mas fica cada vez mais evidente que não adianta insistir. Enquanto os camisas 10 (Dátolo ou Cazares) do Galo não voltarem ao time, vamos continuar deixando os resultados passarem por entre os dedos, e esse é justamente o sentimento do torcedor nos últimos jogos. Pela sequência de jogos que temos pela frente e se peças importantes não voltarem ao elenco, não vou me surpreender se chegarmos a 20ª colocação!

  30. Edu, pente fino nas marias invasoras.
    MOliveira ainda não introduziu nenhuma mudança tática perceptível; o time está longe de praticar o futebol moderno de marcação e velocidade; Carioca é lento e dita o ritmo de um futebol praticado na década de 70; todos afrouxam quando o placar é favorável; jogar no Horto não acrescenta nada. É lamentável: ver um atleta que fatura 800 mil/mensais ser substituído por baixa produção em campo; ser rebaixado pelo maior rival nas barbas de 19 mil torcedores; ir para a zona de rebaixamento, quando o sonho é ser campeão! Falta brio? Falta vergonha na cara? Falta qualidade técnica?

  31. Dia Dudu ,boa semana à todos .Então ! Penso diferente caro , apesar de concordar com boa parte de vossa letra . Com o erro ‘crasso ‘ cometido pelo esforçado e pouco visionário Daniel Nepomuceno em dar fim no que vinha dando certo nos últimos quatro anos , que era manter a sequência dos treinadores que aqui estavam e vinham com um trabalho bom . Com o erro do planejamento já em dezembro/15 , nosso GALO voltou no tempo,mas precisamente há 4 anos atrás . Agora é remar tudo de novo e com um diferencial , com o cutelo afiado na nuca .Marcelo Oliveira para mim é fraco e as críticas que sofria qdo estava à frente da SEP tinham fundamento. Sua visão p/ mudar taticamente uma partida é limitada e ontem isto ficou bem claro .Uma semana livre para pelo ao menos tentar fazer algo de novo e o que se viu foi um time previsível,com os mesmos erros de sempre, sem comando, sem equilíbrio emocional e o que é pior , sem força tática para uma reação rápida dentro da competição . Tem jogadores se achando (?) tem !a juízada SEMPRE nos persegue(?) sim ! mas o maior responsável desta lambança toda é o nosso PRESIDENTE , ele e só ele , foi quem fez a merda toda ; Agora aguenta !!! SAN

  32. em um gramado com 7500 metros quadrados um jogador acerta uma bola na outra acidentalmente, realmente esse cara é craque!!!pena que no jogo sério ele não ta jogando nada!!!
    caro blogueiro, vms admitir nosso time que ta jogando muito mal, ontem ganhou um gol logo a 5 min de jogo, mas dps AMARELOU, PIPOCOU e foi envolvido pelo jovem uruguaio rival!
    estamos no Z4 e se não vencermos o Colorado lá permaneceremos pelo menos mais uma rodada neste!!!

  33. Contraditório o seu texto…..diz que a torcida do cruzeiro só vai a campo quando o time está bem e acaba por afirmar que se o garnizé não voltar com os 3 pontos do Rio Grande do Sul o independência estará vazio??? Texto incoerente!!! De resto o texto tá ótimo!Gostei.kkkkkk

  34. Eu vou no independência mesmo com nova derrota no Beira Rio!
    Jogaremos contra o líder do campeonato e nosso time ainda está em formação dadas as contusões e convocados. Galo ainda precisa de um armador, tem muita ligação direta da defesa com ataque, sempre sem sucesso.
    Robinho até estava armando bem, mas não é a dele! Quero ver Robinho caindo pela esquerda, servindo Fred e sendo servido por um de nossos armadores. Precisamos do Dátolo ou do Cazares urgente.
    Nosso time ainda vai precisar de alguns jogos para encaixar, mas #euacredito

  35. Excesso de confiança. Dificuldade imensa de abrir defesa adversária, facilidade imensa dos adversários chegarem ao gol, vários gols sofridos pelo time tem passado pelas laterais.

  36. Até concordo com o que escreveste, mas dizer que o lance do Robinho foi acidental é uma piada hahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha. Reage Galo

    1. Isso aí Edmar sem fanatismo, você é um torcedor sensato, o que falta para muitos inclusive ao colunista.

      1. O nosso blogueiro quis dizer que a jogada do gol do Fred não saiu de uma trama articulada, treinada. A jogada foi sem querer, fruto de um enorme esforço de todos jogadores. Não foi, portanto, natural. Reparem que o Robinho deu um passe forte sobre a zaga e obrigou o Patrick dar um “corte” de carrinho, esforçando-se para evitar de a bola ir para a linha de fundo, quase dando uma de zagueiro, para com força ir para o meio da área, onde o Fred precisou de dois toque para amortecer o “passe”. Isto não é uma tabela ou jogada trabalhada. Daí a felicidade do Eduardo para conceituar a jogada.

  37. Bom dia (mais ou menos né)! A bem da verdade é que o Galo já está passando da hora de jogar bola com atenção e disciplina tática, ainda que o técnico Marcelo Oliveira tenha chegado há pouco e não teve muitos dias livres para treinar. É inadmissível um time tomar tantos gols como tem acontecido. Ora, jogamos com TRÊS VOLANTES e nossos laterais continuam sem a cobertura dos mesmos, veja o que ocorreu no primeiro e segundo gols do adversário. Para mim a cota de paciência com o Marcelo vai se esgotar nos próximos quatro jogos em BH, pois teremos jogos contra times medianos e então temos que começar a reação. VAMOS GALO, EU ACREDITO SEMPRE!

  38. Montar um time leva tempo, desmontar é bem rápido. Fui um dos pouquíssimos aqui neste site que defendeu a permanência do outra treinador responsável pela nossa única vitória neste campeonato.Estou impressionado como o novo treinador desmontou o time do Atlético. Temos agora uma amontoado de jogadores que não se entendem em campo. Abusamos da ligação direta: Patric na lateral esquerda fez 20 lançamentos pro ataque. Todos errados. Léo Silva, 45 e Victor, então, 90. Se antes tinhamos uma time que pressionava o adversário e era avassalador nos primeiros 20 minutos de jogo, agora nem isso. Em 3 jogos tomamos 10 gols. Isso é time bem treinado??? Lembrem-se do Palmeiras no ano passado, sem time mas com 97 jogadores no elenco. Disputou o rebaixamento a ano todo e só não caiu porque o Cuca chegou. Enquanto esse novo Joel Santana for treinador do Galo, este será nosso destino! Parabéns aos envolvidos!!!

  39. “Sonhado e desejado Marcelo Oliveira” apenas p/ a parte da torcida que sonhou e desejou que arrumasse o Galo apenas por ser atleticano; não fez nadica de nada no Palmeiras e mesmo assim foi sonhado e desejado… Ilusão pura… Torcer por ele, claro que torço, mas não me iludo… Vou continuar torcendo, porque agora o caldo já entornou e ele mesmo é quem deverá dar algum tipo de postura digna a este time, mas podem se preparar, sofrimento a vista até o fim do ano… Fazer o que…

    1. Quando abraçamos Tite, fomos para 2ª divisão. Quando Kalil apostou em Luxemburgo, quase a história se repetiu. A mística do Horto depois da saída do Cuca, constrída nos anos 2012 e 2013 a partir de 2014 com Autuori começou a ruir. Vamos ter remar tudo outra vez. Não faz sentido jogar no Mineirão, como muitos querem. A filosofia dos bons tempos de 2012 e 2013 é que tem de ser a mesma. É para isso que a Diretoria tem que olhar e preservar. Muita grife não leva a nada, a exemplo da SeleGalo.

    2. Pedi tanto nas redes sociais ao Daniel Nepomuceno para não trazer o Marcelo, mas não aprendeu com o Autuori e trouxe seguidamente Aguirre e Marcelo. Levir Culpi não deveria ter saído, foi a maior bobagem que fizeram

  40. Marcelo está implantando o mesmo esquema que levaram-no a ser dispensado no mesmo Palmeiras q hj disputa o título: chutões (lançamentos) e chuveirinhos (cruzamentos).
    Não tabela, não vai na linha de fundo. Vai lento para o ataque assim como a defesa não consegue atacantes rápidos que ficam nas costas dos nossos laterais. Isto se repete a cada jogo e o decantado plantel não consegue resolve, Penso que pode piorar pois em vez de rejunescer o Glorioso trazemos jogadores velhos. Nosso meio de campo não marca e não avança com rapidez. Tá difícil

    1. Caro Rubio, suas colocações são todas procedentes. Contudo, devemos ponderar que enquanto Aguirre teve 6 meses, MOliveira já tem 30 dias? Mas, contudo, todavia, porém, algumas obviedades: atacante veloz e driblador bate fácil a defesa do Galo, e se chutar é gol, dada a péssima fase de Victor. Gabriel é um juvenil (21) sem experiência, Léo Silva (37), sem ritmo e sem recuperação; Tiago e Edcarlos horríveis; no momento, não temos quem arme as jogadas; Carioca é lento e seu semblante é de quem se cansou de jogar bola; Carlos não consegue praticar futebol; quando o adversário aperta, instintivamente recuam a bola, pois falta confiança, técnica e treinamento; Clayton de chuteira branca é uma gracinha; Patric, apesar dos pesares, deu uma assistência. O Galo deveria ir ao STJD com o vídeo do Bryan derrubando MRocha. Não creio que pontuaremos no Sul.

    2. falou tudo RUBIO . A bola nao passa no meio de campo. o time nao tem armador. è só chutão !! Tentando no abafa.. Está uma vergonha

      1. Sou de acordo; nossa zaga é muito fraca ; um é muito jovem e o outro além de já ter uma idade mais avançada está sem ritmo. O galo precisa urgente de zagueiros à altura do elenco. Leo Silva terá sempre o meu respeito e gratidão mas já não dá mais pra ele. Patrick tb já deu à muito tempo; não entendo a escalacao dele como titular absoluto pra mim ele não passa de um jogador voluntarioso mas é muito fraco e o quê falar do Vitor, vem falhando em seguidas acho que está merecendo um banco, com todo respeito a ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.