Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Os desfalques anunciados

Mar do Caribe 250x250Os amigos que acompanham este espaço genuinamente Atleticano são testemunhas das várias manifestações – tanto do blogueiro quanto nos comentários dos leitores – sobre eventuais desfalques e necessidade de reposição. Temos duas contusões inesperadas (Júnior Urso e Erazo) e a aguardada e agora já anunciada convocação de Rómulo Otero para os jogos das eliminatórias da Copa do Mundo. Além do venezuelano e do argentino Lucas Pratto, outros deverão ser chamados pelos seus países.

Cazares e Erazo, dois nomes certos no Equador, deverão ser preservados, mas em função de suas contusões. Desfalcam o time de qualquer maneira. E na “selecinha” da CBF ainda aposto nos nomes de Douglas Santos e Rafael Carioca. São seis no total, fora eventuais suspensões, já que temos sete dependurados. Na próxima rodada, Carioca e Fred cumprem automática. Uma ou outra eventual necessidade, tudo bem, mas convenhamos, o número é muito grande. Afinal, temos uma verdadeira seleção sul-americana na Cidade do Galo. Fosse a CBF uma entidade séria, todos os jogos do Galo seriam adiados. Todavia, não somos do eixo.

Pois bem, para o próximo jogo a vaga do Carioca seria preenchida pelo Urso, mas com a contusão, deve entrar Lucas Cândido, que tem a minha preferência, inclusive sobre a primeira opção do treinador. Já para o lugar de Fred, o próprio Marcelo Oliveira já antecipou que muda o esquema e coloca Otero, que só se apresentará mais à frente na Venezuela. Para a vaga de Erazo, nomes não faltam, mas qual deles estaria à altura?

Ótero - coletiva - 18-08-16
Fotos: Bruno Cantini/Atlético

Por várias oportunidades foi debatido aqui no “Canto do Galo” a real e grande necessidade de um substituto à altura para o equatoriano e até mesmo para Leonardo Silva. Nada do que veio e do que já tínhamos passa – especificamente – ao Torcedor a confiança necessária. Ronaldo, que numa partida com poucos minutos encheu os olhos, quando atuou o tempo todo assustou. Edcarlos sobrevive com o inesquecível gol salvador sobre o Corinthians na Copa Brasil de 2014.

Ainda restam dois, ambos, oriundos da base e que carregam grande expectativa e esperança entre os Torcedores. Gabriel e Jesiel sempre fizeram boas partidas nas divisões de baixo, porém ainda são bastante inexperientes para o desafio do momento. O primeiro deles, nas poucas oportunidades que teve, mostrou muita personalidade. Numa delas atuou até mesmo improvisado como lateral direito. Já Jesiel teve menos oportunidades entre os profissionais.

Enfim, temíamos muito por isso que acabou acontecendo. Tomara que na próxima semana tenhamos motivo para comemorar um grande e convincente resultado. Que o escolhido, seja qual dos quatro for, mostre aos Atleticanos que não existe motivo para tanta preocupação.

Que assim seja!

6 thoughts to “Os desfalques anunciados”

  1. Boa Eduardo, como sempre…E dispensamos o Eduardo de 21 anos pra ficar com o Urso??? Tem muita coisa errada aí…

  2. Bom dia, Eduardo
    Ao que tudo indica o negócio envolvendo o Carlos não deu certo… Preocupante. E mais preocupante ainda a matéria que acabo de ler: Marcelo com dúvida entre Otero e ele, Carlos… Pelo amor de Deus! Eu não estou lá na Cidade preparando a equipe, mas não há como ter dúvidas aqui… Já conhecemos o Carlos, sabemos o potencial dele: um enconho, não vai nem nos leva a lugar algum… O Otero foi contratado pra quê?… Pra gente ficar em dúvida entre ele e o Carlos… Então não precisava ter vindo…
    Saudações!

  3. – Para toda problemática existe a solucionática , caro! O Jemerson qdo lançado tbm tinha pouca e/ou nenhuma experiência ,não é mesmo ? Vamos ver como o Marcelo irá armar o time ,opções ele tem, falta-lhe o famoso rta – recurso técnico alternativo – comumente chamado de ‘gambiarra’, onde o caboclo se vira com o que tem,e encontra soluções que se adequem ao que o momento pede ,aí é que mora o perigo . De certo é que estes três pontos são de suma importância e, têm de serem buscados nem que seja na bacia das almas . Que o Marcelo se vire e encontre o que há de melhor em nosso elenco, GALO é GIGANTE e não pode ser refém de desfalques de última hora . Nos vemos no Horto … SAN

  4. Saudações Alvinegras. Realmente o Galo quando está para contar com todo o elenco sempre aparecem mais contusões. Apesar de achar que estão acontecendo em excesso confio no trabalho dos profissionais que lá estão. Quanto ao zagueiro Ronaldo, sou da seguinte opinião. 2 Jogos, sendo que um atuou somente pouco tempo, não são suficientes para avaliarmos o potencial de um jogador. Ele voltou para o Brasil agora e está buscando o espaço dele e se readaptando. Tenho esperança que a última partida em que deixou a desejar, foi mais por nervosismo do que por qualquer outra situação. Ainda acredito nele e quero vê-lo ter uma sequência no time do Galo para ai sim eu emitir minha opinião definitiva. No mais é torcer para o Galo fazer uma bela partida no domingo e nos proporcionar um domingo feliz com a família. Bica Bicudo.

  5. O elenco é qualificado, competente e bastante caro. Tem que dar conta do recado. O genérico paranaense não pode ser visto como preocupação, tem que atropelar e ganhar confiança pra enfrentar o Grêmio na rodada seguinte, esse sim um adversário que preocupa. No entanto, o time não pode se omitir de jogar como aconteceu em Santos, ser goleado por um time desfalcado e recheado de garotos é inadmissível para um Clube da grandeza do Galo e que luta pelo título. Porém, nossos títulos são conquistados com aquela dose de sofrimento que o atleticano já está acostumado.
    Pra cima deles Galo!

  6. Não importa o número de desfalques. Contra o atlético pr em nossa casa temos de vencer e com autoridade, assim se quisermos ganhar o campeonato. Assim como o Santos todo desfalcado de seus principais jogadores fez com a gente semana passada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.