Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

O caminho pedregoso da Libertadores

 

A sexta colocação no Brasileiro do ano passado, sugeriu essa dificuldade ao Galo para avançar até à desejada fase de grupos e a busca do segundo título da Copa Libertadores das Américas. Historicamente tudo no Galo, sempre foi mais sofrido, porém bastante comemorado. Existem clubes com mais títulos e até alguns poucos com maior torcida – neste caso no Rio de Janeiro e em São Paulo – mas nenhum que tenha uma Massa tão apaixonada e com a fé do Atleticano.

Concomitante a isso, o Torcedor do Galo é exigente e chato. Questionamos e reclamamos se o placar foi de três, se poderia ter sido quatro. Se foi de quatro, porque não cinco. O empate no Uruguai, nesta última terça a exemplo da derrota para a Tombense pelo Mineiro, foi motivo de lamentos e reclamações de nós Atleticanos durante a quarta e quinta-feira. Agora, já com a cabeça no campeonato regional e a derrota do badalado São Paulo para o Talleres, muitos já viraram a página das queixas e projetam dois bons resultados sábado e terça-feira.

Amanhã, pelo Mineiro, com o time alternativo – não com aquele combinado de amigos da onça que foi a Tombos – temos a Caldense pelo campeonato estadual. Vencer é fundamental para continuar na briga pelas primeiras colocações e em busca da vantagem na fase decisiva de mata mata no regional. Ao que parece, desta vez, nem mesmo Victor deverá atuar. Será uma boa oportunidade para Cleiton buscar ritmo e acalmar o Torcedor que ainda não tem total confiança pela sua falta de rodagem.

A zaga terá Guga, tanto pedido para o time principal, e o capitão Leo Silva ao lado de Maidana. No meio de campo, outra vez, Jair terá oportunidade de se colocar como opção ao time principal, provocando uma dor de cabeça gostosa na cabeça do treinador. E ainda Alerrandro e Maicon Bolt, autores dos dois gols na partida frente ao Guarani na rodada anterior.

Passado esse desafio, com todos os prováveis titulares preservados, a atenção retorna para o maior desejo desta temporada. Libertadores! Reafirmo que tenho confiança na classificação para pegar – provavelmente o Barcelona do Equador – e consolidar a vaga na fase de grupos da competição. Se passar e o adversário, surpreendentemente, for o uruguaio Defensor teremos de voltar ao modestíssimo estádio Luis Franzini. O mesmo do empate com o Danubio.

Nossa primeira missão, diferente do São Paulo, é vencer em Belo Horizonte por qualquer placar e até mesmo podendo empatar sem gols e por um tento. Os paulistas têm de fazer três gols de diferença, ou seja, se tomar um precisa marcar quatro. Imagina se fosse o Galo precisando reverter esse placar, afinal não é todo dia que pegamos um Corinthians e Flamengo pela frente, com direito a quatro a um. A imprensa do eixo já daria o nosso time como eliminado.

Vamos com fé pra cima da Caldense e depois do Danubio. Aqui é Galo, po##@!

Em tempo: Inócua, inoportuna e improdutiva essa discussão e falta de informações precisas com relação a patrocínio de empresa, cujo dono é Atleticano, na camisa do Galo. O fato de ele ter concorrido à presidência contra o atual presidente, jamais poderia ser motivo de eventual veto.

Pessoa próxima ao empresário me assegurou que a proposta enviada ao Galo, nos valores pagos a time mineiro, teria sido anterior ao patrocínio fechado com empresa concorrente. Outra. Patrocinar equipes adversárias não é motivo de retaliação por parte de nós Torcedores. Se fechou com outras três equipes e outro banqueiro Atleticano, igualmente, tem contrato com um time paulista, ao que entendo é “business”. Vale dizer, negócio comercial.

*fotos: Bruno Cantini, Atlético

Postagens relacionadas

19 comentários em “O caminho pedregoso da Libertadores

  1. Um time que tem Patric ,Luan,Adilson e Levir de técnico quer ganhar o que ?
    O Galo é de uma regularidade irritante.
    Acompanho esse time desde 1962, e nada muda……
    A não ser que Jesus Cristo volte na terra como aconteceu em 2013 e 2014, vamos continuar dando vexames atrás de vexames.
    Haja paciência !

  2. Amigalos, veja a solução simplíssima:

    FORA COM OS ABÓBORAS MOLES. ESSES AÍ EMBAIXO NÃO PODEM JOGAR NO GALO.:

    ELIAS, RICARDO OLIVEIRA, FÁBIO SANTOS E PATRIC.

    MANDA EMBORA E TUDO ESTARÁ RESOLVIDO.

  3. Saudações alvinegras. Satisfação ver que este espaço ainda continua ativo. Estou comendo mosca faz tempo.
    Já que nosso melhor espaço ainda esta aqui não podera deixar de dar um pitacomentário.
    Sinto que o galo está no caminho certo. GuGa jaja será titular. Levir é teimoso mas não é burro.
    Sempre vejo o copo meio cheio por isso. Minhas esperanças estão renovadas e torcendo para este ser o ano do Galão da Massa.
    Bica bicudo
    Aqui é Galo por@@

  4. Saudações alvinegras. Satisfação ver que este espaço ainda continua ativo. Estou comendo mosca faz tempo.
    Já que nosso melhor espaço ainda esta aqui não podera deixar de dar um pitacomentário.
    Sinto que o galo está no caminho certo. GuGa jaja será titular. Levir é teimoso mas não é burro.
    Sempre vejo o copo meio cheio por isso. Minhas esperanças estão renovadas e torcendo para este ser o ano do Galão da Massa.
    Bica bicudo
    Aqui é Galo por@@

  5. Vai ser mais um ano para jogar para não ser rebaixado. Enquanto isso, adeus Shopping, que poderia ser uma ótima fonte de renda para manter um bom plantel e adeus títulos. Além de ter um elenco fraco, estou lendo que o Galo sonda Angel Romero. Na pagina dos corinthians é só comemoração a possibilidade dele sair de lá. O mesmo foi quando o Galo contratou o Juninho, do Palmeiras. Na página do palestra, também era só comemoração. Vê como é fácil saber se o jogador é bom? Basta visitar a página do time do jogar e ver como reage a torcida. E ainda querem pagar 1 milhão por mês para o Tardelli. Não aprenderam nada com a contratação do Bobinho e do MariCone? Com a zaga que tem, o Galo poderia contratar até o trio MSN que mesmo assim não vai ganhar nada. Pois é, mas um ano jogando para não ser rebaixado.

  6. Bom dia Eduardo e massa. A minha paciência com o Levir já está chegando ao fim. A teimosia dele vai afundar o galo. Se ele continuar com patrick. Fábio Santos. Elias na equipe não vamos chegar longe na libertadores e no mineiro a burrice tem limites. Aliás o Luan também já não está jogando nada porque a diretoria não negocia com os gambás na troca com o Romero. Eu estou preocupado com a burrice do Levir e com a equipe. Não vejo nada diferente de 2018 até agora. Vai galooo.

  7. O Levir disse que o Fábio Santos ´´cabeceia bem, cruza bem, finaliza bem e marca bem´´. Deve pensar a mesma coisa do Patrick. Cada coisa que ouço.

  8. Boa tarde, já é cheio de pedras, imagina então com Patrick, F.Santos e Elias. Junta-se a isso que Cazares e Luan são vagalumes. Se o nosso burro que realmente tem sorte não mudar esse time e rever seus conceitos, esqueçam próxima fase. Ou voces acham que esse time mal escalado e sem vontade vai eliminar o bom time do Barcelona de Guaiaquil?

  9. Boa tarde meu amigo temporão, saudações!
    Vossa letra só vem confirmar q Mineiro não serve de parâmetro p nada, e, um mês de trabalho mostra q nosso GALO tem muito q ser trabalhado. Tudo tem seu momento e dentro de uma periodização é natural q esteja faltando competitividade ao time. Em tão pouco tempo de trabalho, errado seria o contrário. Abs e #GALOSempre

  10. Irrita ver Patrick e Elias no time . Fracos. Parece que tem direito vitalício ao erro. Será que só o Levir consegue ver algo que todos não conseguem ? Avisamos e avisamos . Fábio Santos não tem condições . Luan precisa se explicar . Algumas situações continuam nebulosas no clube . E pra finalizar, Lucas Cândido jogará sábado e vejam porque nunca é opção . Fraquíssimo …

  11. Bom dia xará e demais amiGalos. Tenho dito insistentemente desde o ano passado que os grandes times jogam com dois volantes, e um deles com boa saída p/o ataque, pra mim seria o ideal. Ocorre que Elias não é volante é mais meia, não marca só cerca, então a defesa fica mais vulnerável. No lance do primeiro gol do Danúbio Fábio Santos falha na marcação mas percebe-se que a cobertura não foi feita p/Elias, ele tinha que ter tirado a bola, chegou atrasado no lance. Temos hoje boas opções de volantes, Adilson/J.Yellinson, Adilson/Jair ou J.Wellinson/Jair mas é necessário que joguemos com dois volantes. Se quiser jogar com dois meias pode ser Elias e Cazares aí o time ficaria mais compactado. Hoje pra mim Elias seria banco. Precisamos ainda de um LE, um meia e um centroavante. É minha opinião. Saudações atleticanas.

  12. Bom dia Eduardo.
    Vejo que os times grande no Brasil não estão tendo vida fácil. Ontem um time que se faz grande muito pelas ajudas externa só não foi eliminado por causa desse regulamento ridículo da copa do Brasil. Os times não tem entrosamento e não cria chances de gol, diferentemente do Galo. Precisamos sim de mais atenção para não tomar gols bobos e que o Sr Fabio Santos jogue bola ou sai fora. Ontem vi comentários dos salários dos jogadores, se a fonte for verdadeira esse cara tem junto com o Elias uns dos maiores salários do Galo, então pelo valor que ganha ele ta devendo e muito, esse cara tem que comer grama para justificar tal salario.
    Queria muito ver a dupla Jair e Ze Welison na próxima terça, com Guga na direita e Carlos Cesar na esquerda. Colocaria Cazares, Bolt, Chara, Ricardo Oliveira, Luan ficaria no banco para colocar os pensamentos em ordem e ver que o melhor e ficar aqui desde que concentrado nas partidas.
    Nota de pesar: Apesar que aqui é só Galo, mais queria deixar meus sentimentos as Famílias dos jogadores que perderam a vida no incêndio, muito triste ver tantos sonhos e famílias destruídas nessa tragedia. Que Deus conforte todos os envolvidos…

    Galoooo.

  13. Bom dia xará e amigalos! Elias, Fábio Santos, Luan, Patric não jogaram nada nessa partida contra o fraquíssimo Danúbio. Parece que estão acomodados e jogando campeonato de várzea. Não vi esquema de jogo nenhum por parte do Sr. Levir Culpi. Nem o meio campo e nem os laterais exerciam marcação contra o adversário. Tomamos 43 gols no brasileirão 2018 e a maioria em bolas alçadas em nossa área por falta de marcação. Porque até hoje não temos um esquema defensivo? Levir não dá bronca no elenco por isso???? Achei o time passivo, apático e sem nenhuma vibração. Preocupante….

  14. PATRIC e ELIAS são unanimidade entre os Atleticanos. Só LEVIR vê algum futebol nesses dois PERNAS DE PAU. O GALO já perdeu inúmeras partidas por falhas e inoperância desses dois pseudo jogadores , mas LEVIR continua insistindo. Nenhum outro jogador tem o direito de errar tanto , mas esses protegidos de LEVIR podem atrapalhar à vontade. Aí fica difícil. Portanto eventual fracasso do time será culpa exclusivamente de LEVIR. Avisos não faltaram.

  15. Bom dia!
    Amanhã o time vai entrar com Guga na lateral e Jair no meio. Sabe o que isso significa? Significa que na terça o time vai entrar com Patric na lateral e Elias no meio. Mas como é burro esse Levir! Sua teimosia é irritante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*