Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

O Atleticano está vivendo momentos de euforia e equilíbrio

A sexta-feira, depois da vitória e classificação na casa do adversário, foi daqueles dias de Belo Horizonte ser dominada com a camisa do Galo. Pelas ruas da cidade e por onde se passava, eram dezenas – destacando se a listrada em preto e branco e também as outras todas em branco ou totalmente preta – tomando conta e tornando se o cenário da capital mineira. Foi dia de resgatar o sentimento da nossa Atleticanidade.

Pelos bares, restaurantes, lanchonetes, padarias, cafeterias, filas de caixas nas lojas, farmácias e todo comércio – bancos também – enfim em meio a esse formigueiro de gente, destacava se o manto sagrado do Atleticano e os comentários otimistas do Torcedor. Esse “day after” serviu para tirar muito Atleticano do pessimismo e da clandestinidade. Longe de uma falsa euforia, ao contrário, pelo que observei a maioria – mesmo nesse momento de entusiasmo – contida e preferindo esperar a sequência da temporada. Confiante, claro!

Uma das imagens que impressionou ao blogüeiro veio ainda do estádio do Pacaembu, logo após a partida. Um dos Atleticanos mais irreverentes que conheci nesta trajetória de arquibancadas e de algumas viagens foi o Belico. Mineiro, radicado em São Paulo, é presença marcante em jogos do nosso time na terra da garoa e – sempre que possível – aqui em Belo Horizonte. Belico sinalizou que Sette Câmara pode viver o sonho declarado quando da nossa eliminação da Copa Sul-Americana do ano passado.

Quem não se lembra, ao final do jogo que fomos eliminados dentro do Horto, o presidente recém-empossado – vaiado – assegurou que aqueles mesmos ainda iriam “ovacionar” o seu nome. Pois, acredite, essa reação Atleticana na temporada levou Belico a sinalizar que isso será possível. Eu acredito!

Imaginem, caros amiGalos, ainda temos três competições pela frente neste 2019. Se o Galo ganhar uma delas, já terá salvado um ano que parecia ir para o ralo. E se vencer duas? Conquistando as três então, não tenho duvida, o Sette será “ovacionado”. Essa minha voz rouca e sem força, promete ir à exaustão no coro para “ovacionar” o presidente, conforme manifestou desejo. Sem qualquer constrangimento de minha parte.

Estamos nas próximas fases das Copas do Brasil e da Sul-Americana. Amanhã é dia de peixe novamente, aquele mesmo que a imprensa do eixo apontou como favorito para seguir na competição e foi eliminado por um time ainda em formação e em crescimento vertiginoso. São apenas dois jogos até a paralisação do Brasileiro. Até o momento, em sete partidas, somamos 15 pontos, com cinco vitórias e mantemos a segunda colocação.

Creio que alguns reforços deverão ser anunciados nos próximos dias, com tempo suficiente para uma inter temporada e adaptação. Se existiam Atleticanos que não esperavam esse desempenho, imaginem a crônica bairrista e parcial do eixo. Sejam quais forem os resultados dessas duas partidas, Santos e São Paulo, fato é que o Galo é um entre os favoritos em todas essas competições. Para amanhã, ao que temos acompanhado, as duas equipes serão as mesmas de quinta-feira, o que sinaliza que qualquer resultado será normal.

Confesso que tenho muita vontade de “ovacionar” o nome do presidente, tudo só depende do desempenho do time que ele vai apresentar ao Atleticano nos próximos dias. O diretor de futebol percebe-se, está trabalhando silenciosamente. Já o Rodrigo Santana, vem sendo reconhecido por muitos que não botavam fé no seu trabalho. Ainda sonho como Beccacece, mas confesso meu otimismo com o treinador interino/fixo. E eles, Costa e Santana, são os homens do presidente. Se critiquei, tive motivos. Quero tê-los para elogiar.

Que venham os paulistas!

*fotos: 1) arquivo pessoal; 2) Bruno Cantini/Atlético

17 comentários em “O Atleticano está vivendo momentos de euforia e equilíbrio

  1. Concordo om Carlos Augusto, ovacionar Sette Câmara, tá de sacanagem hein. Péssima administração, um dos piores da história do clube. Tem gente que empolga com uma vitória, um passe certo, uma medida correta. Não é porque jogou bem na quinta-feira, qu está tudo resolvido. O time é o mesmo, o treinador é retranqueiro e medroso. Precisamos e reforços e de um treinador corajoso em todos os sentidos. Acorda massa, não se iluda com esse timinho.

    1. não se iluda com as vitorias? que comentário obtuso confrade.
      temos que cobrar quando as coisas estão ruins, não quando temos realmente o que elogiar.
      se você vive sua vida dessa forma, espero que mude em breve, tem um filtro depressivo cobrindo seus olhos da realidade.
      tudo tem pontos positivos e negativos, se colocar na balanca, mesmo com toda a austeridade da administração estamos passando por um momento estável no meio de tantas crises fiscais em times, nosso time tem futuro e mantem sua historia imaculada. além de é claro estarmos cada vez com jogadores mais preparados. a vitoria é uma demonstração disso, não um presagio maligno como você, de maneira torpe, interpreta.

  2. Sem ilusão com.a vitória de quinta-feira passada. O treinador ficou empolgado, mas infelizmente Rodrigo Santana é medroso e covarde, treinador retranqueiro. Saiu da URT, mas a URT não saiu dele, pensa pequeno. Não mexe nos medalhoes, Ricardo Oliveira mal, mas ele insiste pra fazer média. Não há milagre, o time é esse mesmo, fraco, limitado. Que venha os reforços e um treinador de verdade, de caráter, que não seja covarde. Sette Câmara eve oportunidade de vender RO, mas como não entende de futebol, não quis negociar. Que péssimo negocio hein diretoria. Acorda torcedor, o verdadeiro galo tá longe de volta a ser o que o torcedor merece. Queremos títulos, diretoria incompetente.

  3. O PAU MANDADO COLOCOU O TIME RECUADO E DEU NO QUE ESTA DANDO.EU NUNCA ELOGIEI ELE AQUI PORQUE NAO ACREDITO E NEM VOU ACREDITAR.ELE DEVERIA REPETIR O TIME QUE TERMINOU O JOGO PASSADO E OLHA A LAMBANCA QUE FEZ.ELE SIMPLESMENTE NAO CONSEGUE COLOCAR O PASTOR NO BANCO.COVARDE.IMBECIL.CORRUPTO.

  4. Bom dia amigos do Galo. Está se tornando uma sacanagem manter o Alerrandro na reserva. Primeiro porque o Ricardo Oliveira está no pior momento de sua carreira, segundo porque se computarmos o tempo real em campo, chegamos a conclusão que o Alerrandro tem este ano a maior média de gols do Brasil. Então fica evidente que Ricardo Oliveira hoje deve ser o reserva do Alerrandro. Coragem Rodrigo Santana, tem que jogar quem está melhor.

  5. Mas nem ferrando que eu vou ovacionar presidente de time, se colocar na balança esse cara tem pouco tempo pra equilibrar as cagadas que fez com alguma coisa boa que possa vir. Vitórias épicas não são motivo para tanta euforia, elas sempre fizeram parte de nossa história.

    1. se perde está ruim, se ganha está ruim também? quando falam que nem jesus agradou a todos, era disso que estavam falado.
      Acho que temos o dever como torcedores de criticar o ERRADO. E nesse momento só temos pontos positivos para citar com essa administração.

  6. Boa noite!
    O fato é que “futebol é momento” e “futebol é resultado”. Se o time não ganha, não apresenta futebol convincente, então treinador, jogadores e diretoria são cobrados. Os manda chuvas se sentem acuados, e, querendo dar uma resposta à torcida, demitem treinador e dispensam jogadores.
    O diretor, escolhido pelo presidente, depois de muito ser cobrado pela inércia, inclusive por mim, contratou, finalmente, um lateral esquerdo, prometendo mais reforços para os próximos dias. Somado a isso, o time em campo apresentou mais gana, mais vontade de vencer e mais técnica. Assim sendo, a torcida compra camisas, tira sarro com os rivais, fica eufórica, vai ao estádio e passa até a acreditar em títulos.
    Eu, particularmente, voltei, depois de muito tempo, a por fé em Chara, que tem desequilibrado, e no momento, não tenho dúvidas que Cazares é o tão desejado camisa 10.
    Ah…Patric é seleção, com certeza!!rs

  7. Bom para mim o presidente do galo para o bem da massa deveria entregar o cargo pois este não tem competência para tal,e não é porque estamos classificados que não podemos criticar pela péssima gestão dele,falta de reforço time mais competitivo e não é porque ele vai para torcida que vamos esquecer as m… que faz,

    1. o presidente pensa no futuro, esta fazendo uma adm focada, e não contratando e aparecendo sem parar. esse tipo de comentario pra mim é de uma pessoa sem foco.
      eu durmo tranquila porque sei que meu time não vai ser exposto no fantastico porque gastou até precisar roubar, igual aconteceu com as marias.

  8. bom dia Eduardo e massa. disse tudo Eduardo. desde ontem ando com o manto do galo aqui em Portugal. como é bom ter confiança no time e nos torcedores acreditamos que vai vim um título importante este ano.mas precisa de uma reformulação urgente com alguns ex jogadores do primeiro tem que sair eo pastor pipoqueiro. amanhã teremos o peixe pela frente e agora vai ser na Vila Belmiro e que o galo traga mais 3 pontos. vai galooo.

  9. O jogo de amanhã é muito importante para a sequência do BR porque podemos terminar as 9 primeiras rodadas com 21pts, imagina só …. Algumas observacoes :
    1- Atenção na bola parada . Muitos Gols pelo alto, falha de posicionamento . Nesta jogada é preciso marcação individual , marcar por zona não funciona .
    2- ainda toma muitos gols no início dos jogos .
    3- a vila pra eles é o horto pra nós . São muito fortes lá . Por isso Santana, arme o time com linhas mais baixas aproveitando espaço para contra-atacar . Chara e Cazares podem fazer a diferença.
    4-Alerrandro titular urgente !!!!

  10. Em todo o período nebuloso que vivemos até
    aqui , o mantra repetido à exaustão foi a falta
    de vontade e comprometimento .
    A cobrança , principalmente sobre o Santos, o
    Elias e o Soberano dizia respeito á sonolência
    em campo ( ao Pastor acrescente-se a perda
    de vitalidade ) .
    Pois bem !
    O que aconteceu nos bastidores eu não sei .
    Mas fato é que lateral e meia recuperaram
    sua condição de jogo e têm desenvolvido um
    bom futebol em campo .
    Quanto ao Oliveira , bem , acho difícil :
    a idade pesa demais para um atacante .

  11. Bom dia. Muito sensato o post. Mas que o Presidente e o Diretor de Futebol continuem acertando nos reforços e nas dispensas. Um dos acertos foi nao contratar o Tardeli pela fortuna que ele pediu ao Galo. Sabemos que podemos ter contusões e queda de rendimento de jogadores. Então precisamos de alguem para substituir os armadores( Luan e Chara). ELias também precisa de um substituto. E mais um atacante de velocidade seria otimo. Dispensas: Martin Rea, Leandrinho, Natan, Vinicius , Carlos Cesar, Lucas Candido. Se houver opções no mercado Ricardo Oliveira e Papagaio poderiam sair. Mas ai o Borja que está insatisfeito no Palmeiras poderia ser uma opção ou quem sabe a repatriação do Jo..

  12. Salve massa e Guru!
    Não há segredo meu Guru. A melhora do time e a confiança da torcida é resumida apenas nas palavras “mudança de postura”. Se a poucos jogos atrás, estávamos andando em campo, jogando sem nenhum padrão de jogo e principalmente sem garra e vontade, parece que agora finalmente a turma acordou. O time precisa de reforços sim maior reforço temido pelo nossos adversários será a voltada sinergia torcida x time. E quando isto acontece, muitos adversários tremem. Perguntem a Maria tremedeira como é?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*