Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

O Atleticano está ensandecido por ver o time

Sem ainda saber quando vamos ter jogos, o Galo vem agitando o mercado nacional. Confirmados até o momento Leo Sena e Marrony, pela própria diretoria, ainda Alan Franco e Bueno pelos seus times de origem. Ficaram fora dos planos aqueles que a Torcida já havia sinalizado desde a virada da temporada passada.

A expectativa, ao que sinto, embora ainda enclausurado – mas atento ao noticiário e em contato permanente com Atleticanos por redes sociais – é muito positiva. O Torcedor – uma prova incontestável está na venda do “manto do Massa” – está eufórico e ansioso pela volta do time aos gramados.

Ainda sobre as camisas, que coisa impressionante, passamos ontem de 60 mil unidades de um modelo que nem será o oficial. Tenho convicção de que, quando forem lançados os uniformes 1 e 2, se repetir essa fórmula, as vendas irão acompanhar o mesmo embalo desta edição.

Há quem diga que quando as camisas começarem a ser entregues, Belo Horizonte vai andar uniformizada, tamanha está sendo a venda dessa camisa eleita pelos Torcedores. Será um mar preto e branco pelas vias públicas da capital. Que venha logo o uniforme oficial da temporada 2020.

Quando a bola rolar, fundamental – para a continuidade dessa alta nesse romance que já dura 112 anos – será que o time corresponda em campo. No embalo da Massa, é perceptível entre os quais tenho conversado, a crença naquela máxima do Sampaoli. Que os jogadores têm de incendiar o Torcedor e não a arquibancada motivar o time nos jogos.

Além desses quatro nomes, embora dois ainda não tenham sido oficializados pela diretoria, ainda aguardamos outro zagueiro, um atacante e o meia de ligação. Junior Alonso, Keno e Roger Guedes estão na pauta. Creio na vinda dos dois primeiros e gostaria – claro – do terceiro de volta ao Galo.

Vamos esperar as próximas horas para esses anúncios de contratações e hoje, quarta-feira, o resultado da reunião entre o governo de Minas, FMF e clubes para a retomada do campeonato mineiro. Se for autorizado para breve, creio que daria tempo suficiente para as seis datas restantes.

Dois jogos do turno, dois das semi e outros dois das finais. Se diferente, que sejam quatro ou cinco datas, mas quero ver o Galo retomar a hegemonia de Minas Gerais. É importante encerrar a competição estadual, que será importantíssima à nossa preparação para o Brasileiro. Mostrar a cara do time do Mattos e Sampaoli. E salvar a gestão Sette!

Antes de encerrar, ainda que um pouco atrasado, gostaria de lamentar a perda do Marinho. Ponta direita dos anos 70. Chegou aos profissionais pelas mãos do saudoso Barbatana e daqui foi para o Bangu e depois Botafogo. Para relembrar, na decisão de 1977, que perdemos o título, ele fez gol na segunda partida que acabamos derrotados e provocou a terceira para a decisão do título.

Teríamos saído do Mineirão já com o título na segunda partida – vencemos a primeira – não fosse um gol mal anulado do então bandeirinha e já falecido Maurilio José Santiago. Ele invalidou o tento sob pressão do banco adversário que fungava no seu ombro naquela partida. Minha duvida é se esse gol foi marcado pelo próprio Marinho ou pelo Marcinho que entrou no seu lugar. Que Deus o tenha!

Finalmente um registro – sem jabá – para os amiGalos da CarioGalo. Já postei aqui o desenho Galo Fidusi feito para os Atleticanos do Rio de Janeiro que uso em todas as minhas camisas. Pois aquela turma, liderada pelo Todynho e Tijuca, fizeram uma máscara especial para esse momento de isolamento.

Quem quiser adquirir o modelo que está na foto acima, basta entrar em contato pelo endereço: http://cariogalo.xtechcommerce.com/mascaras/MASCARA-CarioGalo-Galo-Fidusi-Branca

Lá tem os valores, mas adianto aqui. De uma a três, por 20 reais cada, se quatro saem a 75 reais e sendo cinco num total de 90 reais. A minha já chegou e está em uso.

Fotos: 1) Bruno Cantini/Atlético; 2) Pedro Souza/Atlético; 3) redes sociais; 4) arquivo pessoal

8 thoughts to “O Atleticano está ensandecido por ver o time”

  1. Prezado Eduardo, o tal gol anulado foi marcado por Marinho, já no final do primeiro tempo daquela partida, o que seria o nosso segundo gol, sendo que 2 X 0 praticamente definiria o segundo jogo e, por consequência, o título. Pela lógica daqueles tempos, era pouco provável uma substituição ainda no primeiro tempo, exceto por contusão, ainda mais no ataque. Depois deste gol (mal) anulado o Cerezzo proferiu a célebre fase “Enquanto eu jogar no Atlético junto com Reinaldo e Paulo Isidoro, o Cruzeiro não ganhará o Campeonato Mineiro”. No mesmo instante ele foi rebatido pelo Raul com a clássica “Por falar isso o Toninho Cerezzo só poderia ser filho de palhaço mesmo”. Para quem se lembra o Cerezzo era filho do ex-palhaço Moleza. Abraços!

  2. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos.
    Não se discute a competência do Sampaoli e as indicações por ele sugeridas para resolver os problemas do time do Galo. Não se discute de onde vem o dinheiro e quem vai ganhar com isso. O que sempre saliento é o que sempre discutimos neste espaço: Quando vamos dar oportunidades aos jovens promissores do atlético? Quando, se estamos na mesma política dos anos anteriores, comprando? Comprar jogadores para somente compor o plantel, para mim não leva a lugar algum. Desses jogadores que estão sendo badalados e adquiridos, qual deles tem condições de chegar e se impor como titular? Não sei, sinceramente! Mas o tempo dirá! Preferiria gastar um ´pouco mais e trazer profissionais que chegassem e a galera gritasse: esse sim, veio para resolver problemas. Qual desses jogadores anunciados tem bola para chegar e resolver? Hão de dizer: O flamengo gastou muito e está aí para todo mundo ver! Sim, mas gastou em profissionais que chegaram para serem titulares. Ainda aguardo a aquisição de impacto que chegue e faça o atleticano receber no aeroporto, Por enquanto, preferiria investir ainda mais na base, que sempre foi a nossa tônica neste blog.

  3. Bom dia Massa
    O bom deste espaço é a liberdade de todos para colocar suas opiniões e se manifestar e no caso do galo, as vezes vejo àqueles descontentes com os reforços que estão sendo contratados, entendendo que deveríamos investir em contratações impactantes.
    Mas estes mesmos que cobram este tipo de contratações vivem preocupados com as finanças do clube. Uai, como contratar jogador impactante sem gastar, alguém sabe a fórmula? O Flamerda investiu em jogadores impactantes, mas alguém sabe quanto eles gastaram? Não existe fórmula mágica.
    O galo está investindo no fator Sampaoli, técnico pedido pela “torcida mais chata do Brasil” segundo Kalil, para trazer jogadores que nas mãos dele poderão trazer retorno técnico e financeiro para o clube. É garantido? Não, até porque são muitas variáveis, mas pelo entendo que estamos no caminho certo, pois ao contrário de antes o técnico de hoje é uma realidade e tem cacife, diferente dos anteriores que eram apostas ou arcaicos em relação às mudanças do futebol.
    Então meus caros a hora é de apoiar e acreditar em que está chegando, porque aqueles em que acreditamos até pouco tempo, não trouxeram nenhum resultado pro time e por isto estão indo embora do clube.
    E talvez já estejamos sentindo o gostinho da maior mudança no clube depois de muitos anos. O time empurrando a torcida como profetizou Sampaoli em sua chegada. Oxalá isto seja duradouro!!!!!

    Nota 1: E a massa continua surpreendendo. Não a mim é claro!!!
    Nota 2: Temos que tomar cuidado pois muita gente quer holofote encima do Galo e a imprensa como quer vender embarca na barca. Alô Avai! Tá cobrando dinheiro de pinga? Tá mal hein!!!

  4. Bom dia, blogueiro e demais atleticanos. Então confessou que quer Roger Guedes, mesmo sem saber como pagar?! Pois é. Eu também. Mas quando eu disse isso, levei bordoada do tipo “se nao tem o dinheiro, senta e chora”. Tem gente boa e ruim em todos os lugares, não é diferente entre os atleticanos. Nisso, discordo respeitosamente de quem pensa que a torcida do Galo é melhor que outras. Acho que é pior. Por isso vibrei e anotei aqui meu contentamento quando Sampaoli entendeu o problema logo de cara: a torcida que se faz mais importante que o time, quando tem que ser o inverso. Só de ele ter visto isso, vício que eu já apontava muito antes de Sampaoli sequer ser cogitado para o Galo, já valeu a sua contratação. Quero voltar ao estádio pelo Galo, nao pela torcida do Galo, que nao é em nada melhor que qualquer outra, e é, em algumas organizadas, piores que outras (deturpam o hino, usam seus próprios símbolos e torcem por si mesmos, e alguns ainda exigem posicionamento ideológico do clube). A estrela é, e tem que ser, o CAM. A torcida deve ser coadjuvante. Já as organizadas… estas nem deveriam existir.

  5. Bom dia,

    Se pararmos para fazer uma análise na situação da pandemia, situação de liberação de estabelecimentos e serviços essenciais ou não, veremos que só profissionais da saúde é que estão sendo testados com maior rigor do que as equipes de futebol, mas, também não se compara o risco que estão correndo.
    Garantindo 100% dos jogadores e envolvidos com o evento, testados e sem covid-19, qual é o problema de se treinar ou jogar, exemplo mesmo é o nosso Galo que depois da exclusão do Cazares já se passou duas semanas, dois testes e sem nenhum problema, inclusive para mim esse jogador não deveria mais por os pés no CT é um risco para todos, sua irresponsabilidade é muito grande.
    O Galo está realmente agitando o mercado e os adversários, estão com uma dor de cotovelo tremendo, entrar nas páginas para ler as matérias, os comentários de jornalistas do eixo e outros desavisados da até raiva, palpiteiros que não tem o trabalho de tentar conhecer como está sendo comprado os jogadores, julgo injustificável para um profissional do ramo.
    O mesmo já vinha acontecendo com o balanço, e agora com as contratações, o eixo não admiti que alguém possa brilhar mais do que eles.
    Que venha mais contratações, encorpe bastante nosso elenco, para podermos sonhar com o título, afinal essa mesma mídia já esta colocando o Galo entre os favoritos, contra gosto, espero que nossos jogadores justifiquem.
    Confirmando os nomes divulgados, precisamos ainda de um camisa 10 e um 9.
    Ao confirmar a contratação do Sampaoli já era de se esperar que ele só viria para o Atlético mediante a promessa destas contratações, com todo respeito, mas com aquela turma que estava vestindo a camisa do Galo, nem milagre para fazer jogar.

    Boa Quarta a todos!

  6. Bom dia Eduardo, Lucy, atleticanos e atleticanas,
    o atleticano realmente precisa ser estudado… A nossa paixão pelo nosso time não é normal…
    Em um post anterior, eu vim aqui questionei o eleição do modelo da camisa que ganhou, xinguei a camisa, a chamei de “porcaria”, etc…. No sábado tomando “umas” na casa de um amigo atleticano, discutimos sobre o assunto, ele votou no modelo que ganhou… Resultado: depois de muita discussão resolvemos comprar a dita cuja!!!!! Comprei minha camisa, que agora é a mais linda do mundo e de quebra renovei meu Galo Na Veia…. Vai entender essa gente, ahahahahahah!!!
    Acessei o link da Cariogalo para comprar a máscara, mas quero comprar também a camisa deles, só que fiquei com uma dúvida se poderei retirar a camisa também na savassi para não ter que pagar o frete, que é de R$ 28,80… Mandei um e-mail pra eles e estou aguardando a resposta….
    Uma ótima quarta a todos e se cuidem….

  7. Bom dia Eduardo, bom dia a todos. Respeitosamente Eduardo gostaria de discordar da sua opinião. Hegemonia de campeonato Mineiro nao vai salvar o mandato do Sete Câmara. Ganhar campeonato Mineiro pra mim nao vai acrescentar muita coisa para o Galo. Pode ate ser prejudicial pois parte da torcida pode se contentar com essa ” conquista”. Eu estou com o Sampaoli, temos de mirar o Brasileirão e partir para disputar esse título, jogando, dentro e fora de casa, para ganhar os três pontos. E para isto, temos de ter ambição grande( ganhar o Brasileirão). Chega de se contentar com um barracão! Que os jogos do mineiro sejam utilizados como preparação para o Brasileirão. A minha preocupação é com o conformismo de parte da torcida: se ganhar o mineiro o povo já acha que tá bom. Ai irao se contentar com uma vaga em Libertadores. Minha esperança é o Sampaoli que foi vice do Brasileiro o ano passado e quer ganhar o título esse ano. Que os jogadores, diretoria e nós torcedores encampem o mesmo objetivo do técnico. Eu nao quero completar 50 anos sem conquistar o Brasileirão. Já pensaram o pesadelo do rival se o galo conquista o Brasileirão este ano e eles nao consigam sair da série B e passem o centenário atolado na segundona. Chega de Mineiro,chega de barracao. Queremos o Bicampeonato brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.