Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

O apressado come cru

https://www.flickr.com/
https://www.flickr.com/
Roberto Caldeira

O Sampaoli já avisou: oh oh oh, eu quero é jogador! Senão, nada feito.

Mas alguns Atleticanos, que parecem ter descoberto o futebol ontem, já estavam entusiasmados: Ohhhh Campeão voltou!

Bastou uma semana e muitos desses torcedores da euforia passaram para a melancolia e, pior que isso, a corneta tocou alto. Oh céus, oh vida! Tá tudo errado! Fora Sampaoli! Volta Dudamel!

O apressado come cru. Haja paciência, Meu Deus!

Nem tanto ao Céu, tampouco ao inferno. Nem oito, nem oitenta. Calma, gente!

O time do Galo não está pronto e ainda carece sim de reforços. O Professor já avisou e o Presidente confirmou. Mesmo que o Clube tenha investido mais R$100 Milhões, com a ajuda de parceiros, até se formar um time campeão ainda precisamos de muito trabalho e também de mais investimentos.

Oh oh oh, eu quero é jogador! Cadê o armador? Não temos nenhum. Será que o matador chegou? Vai pra cima deles Sasha! Calma, gente. Pois arrumar de novo um time que estava muito mal e só piorava há 4 temporadas seguidas leva tempo.

Não adianta criar falsas e apressadas expectativas.

O futebol do Galo melhorou demais! Odeio ver o Galo perder. Mas quando perde, jogando bem, dominando os adversários (posse de bola, passe, chutes, etc) isso nos trás esperança de que estamos no caminho. A bola ainda não está entrando como deveria, e falta ajustar a defesa. Mas esse trabalho parece que vai dar bons frutos. E se os jogadores que o Professor pediu forem contratados, esse time vai chegar.

Calma, gente! O apressado come cru.

Vamos ser realistas e, por que não, mais otimistas.

O Presidente avisou e Sampaoli está mais do que certo: “Treinador de exigência dentro e fora do campo também.” O que vocês querem? Volta Dudamel?

Não consigo entender como o Atleticanos, tão calejado com tantas vezes que ficamos no “SE”, ainda não terem aprendido a lição. Oh oh oh, eu quero é jogador!

Um clube, pra ser Campeão, precisa de elenco. Não existe almoço grátis. Ou aceitamos as limitações do time e do elenco e o que pode nos entregar, ou temos que ser exigentes e apoiar o Professor: Oh oh oh, eu quero é jogador.

Se não for esse ano, que seja ano que vem. Esse time está sendo montado e preparado para o médio prazo. Se der frutos esse ano, melhor ainda. Estará acima das expectativas. Quem não deseja isso?

Porém, precisamos ter os pés no chão. Apoiar, sem deixar de ser exigente.

O Galo é Gigante! A Massa do Galo merece ver um Galo Gigante! Dentro e fora de campo.

O apressado come cru!

Vamos, Galo! Vai pra cima deles! Oh oh oh, eu quero é jogador! #FechadoComSampaoli

32 thoughts to “O apressado come cru”

  1. Só uma coisa… no Brasil não existe monta time a médio prazo. Se esse time emplacar esse ano, metade dele não fica pro ano que vem. São jogadores jovens com potencial grande de mercado num país sem poderio financeiro pra segurar jogador. Ou monta um time pra ganhar já ou vamos ficar sempre no “SE”.

  2. Alguns pitacos:
    1) Jogar competitivamente a cada três dias, minimizando contusões, precisa rodiziar jogadores. Portanto, não existe essa coisa de time com “11 titulares”, mas sim, um elenco com uns ’30 titulares’;
    2) Cada adversário tem uma forma de jogar diferente do outro. Um elenco variado precisa ter jogadores que se adaptam à estratégia definida pelo treinador para cada jogo. Colocar para disputar ‘rachão’ e definir ’11 titulares’ e ’11 reservas’ do time, tem um monte de comentarista aqui do blog que faria isso muito bem, mas isso não é ser treinador e esse futebol não é mais profissional faz bastante tempo;
    3) O futebol mudou muito nos últimos 50 anos. O que valia antes, infelizmente, não já vale mais. Ou um clube se adapta ao futebol moderno ou se conforma em levar de 7 x 1 de vez em quando;
    4) Lugar de dar chance a jogador da base é no treino. Ninguém que se destaca e se mostra um ponto muito superior à curva deixa de ir para o jogo. Se não há esse destaque evidente, o treinador opta pela experiência. E está certo.
    5) Jogador da base precisa de time equilibrado para dar suporte aos seus primeiros passos no profissional. Jogador da base não entra para corrigir um time que está desequilibrado. Portanto, treinador que se preza, primeiro monta um time estruturado e depois começa a lançar os jogadores da base. É o processo natural. Para furar essa fila, o moleque tem de ser genial. Duvido que na base tenha um Messi, um Neymar ou um Cristiano Ronaldo passando despercebido.
    6) O ritmo intenso de marcação alta que o Galo está fazendo precisa levar a um bom resultado rapidamente. No caso, a vantagem no marcador. Para tirar o adversário da zona de conforto de só se defender e para não desanimar os jogadores que gastam muita energia e não veem a recompensa de seus esforços. No médio e longo prazo se a estratégia não funciona ela tende a ser abandonada.
    7) Portanto, o time precisa de jogadores que criem jogadas de gol e jogadores que consigam converter em gols essas jogadas. Do contrário, muita transpiração com pouca inspiração, o fracasso é garantido. E o desânimo também.
    8) Time que se propõe marcar alto e jogar sempre no ataque vai levar gols. É inevitável. O ideal é não tomar nenhum, mas não há nada de errado com um time super ofensivo em tomar 1 ou 2 gols por jogo. Errado é ter 80% de posse de bola, encurralar o adversário em seu campo e não marcar 3, 4 ou 5 gols. Ou, pior ainda, sequer criar as jogadas necessárias para que esses gols aconteçam.
    9) Ao contrário de outros esportes mais previsíveis, no futebol tudo pode acontecer. A estrutura que está sendo montada para o time, se continuada, tem tudo para dar ótimos resultados nos próximos anos. Mas ninguém disse que não podemos nos adiantar e colher os frutos já nesse ano.
    10) É da natureza do espírito de competição o desejo de vencer. Quem entra numa competição não pode pensar pequeno. Não pode pensar que está se preparando para o próximo ano. O momento é agora. Por que jogar a toalha ainda na 5ª rodada e se conformar com ‘vaga na libertadores’? Quem até agora se qualificou para ser campeão e está num nível muito superior ao nosso? Ninguém? Então porque não podemos acreditar e ‘partir para cima’? No final é só um que ganha, então não basta apenas querer, acreditar e lutar. Por outro lado, nunca vi ganhar quem não queria, não acreditava e não lutava. Quem achava confortável deixar a disputa para o próximo ano.
    11) Esse não é o espírito de um guerreiro. De um competidor. Vamos para cima para ser campeão já, agora! Custe o que custar. O pior que pode acontecer para quem tentou, mas não venceu é ter que esperar mais um ano para ter nova chance. Mas se isso já é certo, se esse prêmio de consolação é garantido, para quê ficar esperando por ele ao invés de buscar o alto do pódio? Sem a ilusão de que somos os melhores, conhecendo nossas limitações, mas também nossa determinação, vamos para cima dos nossos adversários para ‘lutar, lutar, lutar, com toda a nossa raça para vencer’. Está na nossa Constituição.

      1. Um dos melhores comentários desse blog! É isso mesmo JORGE19! Confesso que dei uma desanimada com essas 2 derrotas em sequência, mas nosso time está em formação e não vejo nenhum outro candidato se destacando dos outros times.

        Eu acredito que 2020 é o ano do galo. Vamos com fé

        SAN!

  3. Boa tarde!

    Alguns muitos estão pedindo a renovação de Cazares no Galo.

    Discordo da renovação com o atleta. Ele teve um caminhão de oportunidades no CAM e sempre as desperdiçou por pouco profissionalismo. Fato!!!

    Não acho que ele seja o meia ofensivo ou o camisa 10 de que o time tanto precisa. Embora Cazares seja habilidoso (tem muita intimidade com a bola) não tem a técnica que a posição exige, qual seja, fazer dupla com o centroavante com infiltrações na área do adversário, sendo quase que um ponteiro pelo centro para exercer, como precisa, a função de ponta de lança.

    Cazares não gosta dessa função nem sabe exercê-la porque busca jogar mais de meia de armação chegando por trás, contudo sem a obrigação de marcar, coisa que não se admite mais no futebol moderno.

    Quando o MO (Marcelo Oliveira) chegou para treinar o Galo, Cazares de cara disse que não gostava de marcar e procurou logo jogar a Torcida contra o técnico porque estava em bom momento.

    Sampaoli, por essas e por outras, tornou acertadamente Cazares uma carta fora do baralho.

    Cazares já deu!!!

  4. SAMPAOLI, indiscutivelmente é o melhor técnico em atividade no Brasil e um dos maiores da América, têm mídia diária na Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai…, automaticamente é o nome do GALO sendo divulgado nas Américas, portanto, é uma honra ter esse comandante cobiçado por tantos, a frente do GALO. O ESQUEMA de SAMPAOLI adota o que há de mais moderno no mundo do futebol: organização desde a defesa, posse de bola, triangulações, futebol ofensivo, coragem para jogar dentro e fora de casa e valorização do elenco. Para isso acontecer com EFICÁCIA é preciso tempo de treinamento e mais jogadores para qualificar o elenco.
    REFORÇOS, REFORÇOS, REFORÇOS… ,certíssimo está o SAMPAOLI, tem que cobrar da diretoria mesmo, sabemos que o elenco foi todo reformulado, chegaram jovens jogadores e promissores, mas ainda faltam, na minha opinião: 1 ZAGUEIRO, 2 MEIAS, 1 EXTREMA DIREITA, e, se GUGA for vendido, 1 LATERAL DIREITO. Gostei da ESTRÉIA de SASHA, vai contribuir muito, como meia ou centroavante, além de ser um líder dentro de campo. Já MARIANO, fez uma partida regular, quando estiver bem fisicamente, a lateral direita estará tranquila. Quanto aos DIRIGENTES, esses, quanto menos falarem, seria o ideal, preocupem-se em administrar o clube e trazer os REFORÇOS pedidos por SAMPAOLI. AS LIDERANÇAS DO ELENCO: Esse é um ponto negativo no GALO. Talvez por ter muitos jovens no grupo, mas, espero, que, dentro de campo, jogadores como RAFAEL, MARIANO, RÉVER, ALONSO, KENO, SASHA, assumam esse papel. Esse é um dos motivos de SAMPAOLI receber tantos cartões, ele acaba fazendo o papel que deveria ser dos líderes dentro de campo. Ninguém quer ganhar no grito, mas, guerras, como a que tivemos contra o inter, eram previstas, e, se esses líderes não aparecem, tanto para JOGAR FUTEBOL, quanto para JOGAR O JOGO BRIGADO (pressão no adversário, pressão na arbitragem, entrevistas…), aí as coisas ficam mais difíceis.

  5. Quem quer a definição de onze titulares
    não é o torcedor , é o próprio Sampaolli ,
    em entrevista coletiva .

    Ah! , precisamos de elenco .
    Sim , precisamos .
    Ah! , precisamos de tempo .
    Sim , precisamos .

    Na minha opinião , precisamos também
    de menos conversa e mais ação .
    É muito lugar-comum que a gente ouve
    por aí .

    O Atlético tem em seu elenco em torno
    de 90% de jogadores “de fora” .

    Futebol ainda se joga com uma bola e
    onze jogadores de cada lado , não é
    mesmo ?
    Então , nada de novo no front .

    Endeusaram um cara que , tirando sua
    cobrança , não traz nenhuma novidade.

    Até agora , tudo que conseguiu foi na
    base da correria , da bagunça , de grito
    pra todo lado .
    Talvez vá em frente,e pode até mesmo
    vir a ser campeão .
    Mas , plantel de jogadores ?

    As melhores formações de elenco as
    quais tivemos , quer aceitem ou não,
    aconteceram com Barbatana e com
    Yustrich.

    Yustrich entregou pro Telê uma equipe
    fantástica , com uns quinze atletas que
    foram criados no clube .
    Barbatana colocou um time inteiro em
    campo que maravilhou o mundo .

    Não , o time da Libertadores não foi a
    consagração de um elenco , aquilo foi
    uma epopeia comanda pelo R49 .

    Isto posto , fico aqui a torcer para que
    os peladeiros escalados pelo Sampa ,
    que custaram uma fortuna , possam
    nos trazer algum resultado .

    O resto pra mim é pura NARRATIVA .
    Quero repetir : PARA MIM !

  6. Apressado?! Cinquenta anos?! É, vamos deixar para o ano que vem. Afinal, nossos mecenas são tupiniquins: acabou o fôlego. Aliás, o que os mecenas do Galo deram ao Galo? Ao que ao saiba, apenas dívidas. Títulos, só o da segunda divisão mesmo, que eu me lembre. Mas há quem goste de mecenas, então… Vendam o Shopping, paguem as dívidas e livrem-se dos mecenas. Devolvam o Galo aos torcedores COMUNS, não organizados.

  7. Oi Eduardo, Caldeira e Amigos, bom dia!

    Vou seguir o seu conselho. Esperar por tempos melhores e principalmente por títulos importantes.

    Realmente, nota-se no momento, tanto por parte da diretoria como da comissão tecnica, a realização de um trabalho feito de forma muito mais profissional.

    Agora, é dar tempo ao tempo na expectativa da chegada de novos reforços e pela montagem do time ideal.

    Rumo ao título do rural.

    Saudações Alvinegras,

    1. Concordo, Jandir, a Diretoria tem feito um trabalho profissional e nesse sentido tem que se ter um pouquinho mais de paciência por parte da nossa emocional e chata Torcida.

  8. O time dá sinais que pode alcançar algo, mas o técnico tem razão, falta peças essenciais. Cadê o 9? Cadê o 10? Keno visivelmente fora de forma, Mariano fora de forma. Hioran perdido em campo. Marrony não é centroavante. QUE FALTA FAZ O NATHAN HEIN… QUEM DIRIA…
    Um time que joga com linhas altas precisa ter uma recomposição rápida, a defesa ainda apresenta muitas falhas. O gol do Inter mostra que falta entrosamento. Tá tudo errado? Óbvio que não, o time já mostra padrão de jogo, mas NÃO TEM PODER DE FINALIZAÇÃO. Contra times mais fortes, que povoam o meio e tem forte marcação, a posse de bola lateral indica quanta falta faz um armador.
    Já gastou um caminhão de dinheiro, mas contratações se mostram urgentes. Os times vão se acertando, é preciso fazer gordura no início. Perder pontos para o Botafogo foi inaceitável, para o Inter compreensível. O BR já foi? AINDA NÃO, MAS A DIRETORIA TEM QUE AGIR E RÁPIDO.

  9. Continuo achando que basta contratar um meia armador competente. Nas outras posições, temos jogadores de razoáveis a bons, embora nenhum deles fora de série. Dá para o gasto, dá para ser campeão do Brasileirão.
    No caso do armador, há que se contratar um decididamente competente. Razoável por razoável, temos vários. E temos que colocar a meninada da base para jogar. Contratar mais jogadores razoáveis só vai comprometer o aproveitamento da prata da casa.
    A única opção que vejo nessa questão é renovar com o Cazares – esse, sim, um craque – mudando o tratamento que até aqui lhe foi dado: endurecer nas questões de disciplina e fazer um contrato com base no êxito, remunerando-o (i) pela quantidade de de jogos em entrou jogando, (ii) pela quantidade de jogos em que substituiu um companheiro, (iii) por gols marcados e (iv) por assistências. Se malandrar e ficar fora do time, vai ganhar ZERO. É isso aí.

  10. SAMPAOLI é um ótimo
    técnico , trabalhador e exigente , características fundamentais em um bom profissional.
    Mas , não pode estar em um pedestal , imune a críticas.
    – Poupar jogadores.
    – Mudanças constantes de jogadores e esquema de jogo.
    – E utilizar esquema com três zagueiros.
    No meu entendimento esses são os erros do nosso técnico.
    Mas , merece todo o nosso apoio e incentivo , porque afinal de contas é o GALO em primeiro lugar.
    HÁ DÉCADAS OUÇO DIZER QUE ESTAMOS COM UM TIME EM FORMAÇÃO , CUJO OBJETIVO É GANHAR NO PRÓXIMO ANO. ESSA HISTÓRIA DE ANO QUE VEM JÁ CANSOU E NÃO COLA MAIS.
    QUEREMOS O BRASILEIRÃO 2020 , NÃO ME CONTENTO COM UMA SIMPLES CLASSIFICAÇÃO PARA LIBERTADORES.
    ESTAMOS DISPUTANDO UM ÚNICO TÍTULO , PORTANTO , TEMOS UMA GRANDE VANTAGEM EM RELAÇÃO AOS CONCORRENTES E NÃO PODEMOS DESPERDIÇAR ESSA VANTAGEM.
    VAMOS FATURAR ESSE MINEIRO E A PARTIR DA PRÓXIMA SEMANA PARTIR DEFENITIVAMENTE RUMO AO BI DO BRASILEIRÃO.

    “”CHEGA DE ANO QUE VEM””.

  11. Pois é prezados, justamente por causa desta “PASSIVIDADE”, é que estamos na fila de espera a 49 anos, por outro título brasileiro…
    Já chega,,, temos sim que dar murro na mesa….
    Sair de disputas de campeonatos nacionais e internacionais, para times, considerados de menor expressão, e isso vem de longa data. Será que preciso citar algum? Acho que não, que acompanha e tem sentimento de atleticanidade, como diz D’Ávila, sabe.
    Alguém espera 7×1 para Alemanha e Brasil, ou 8×2 para Bayern e Barcelona….
    Então amiGalos, o problema não é só falta de jogador, é sim ‘SANGUE NA VEIA E OLHOS, CUMULADOS COM A VONTADE DE GANHAR”…
    Deixemos o “homem trabalhar sim”, mas sem ‘FIRULAS”. laboratório se faz com os times de base e, jamais, repito, jamais com o profissional.

    E tenho dito….Saudações.

    “Somente sendo um pra saber”

    1. Meu caro.
      Respeitando sua opinião pergunto: se é para dar murro na mesa, entende-se que nós torcedores sabemos de tudo e principalmente qual é o caminho sem riscos a seguir. Vc tem este caminho?

  12. Bom dia! De fato não existe colheita de frutos sem trabalho e para que este aconteça com a eficiência desejada é preciso tempo. O time do Galo do início de 2020 é completamente diferente do atual, taticamente e também quanto aos Jogadores que compõe o grupo. Remontar completamente uma equipe é algo gradativo e exige muito empenho e trabalho exaustivo dos profissionais envolvidos na mudança, mas, também necessita de paciência e tolerância. Os erros vão acontecer, o que é normal, na fase de reestruturação do time, mas, é inegável a considerar a melhora em campo e fora dele. Também é compreensível uma certa ansiedade da Torcida, porém, precisamos evitar o imediatismo, que muitas vezes, nos cega diante das evidentes transformações positivas e os claros indícios de melhores dias (e esses, sem dúvida virão!)

  13. Bom dia MASSA!

    Venho resenhando com amigos de que os investimentos que foram feitos serviram para montar a base de um time, de razoável para bom. Agora a chegada de mais jogadores, aí seria para ter um time de bom para muito bom.

    O investimento feito foi para recuperar as lambanças que aconteceram a partir de 2015 e que agravaram nos dois primeiros anos de gestão do Sr. 7C. Qtos jogadores descompromissados e com salários astronômicos, já em final de carreira, passaram por aqui nesses últimos 5 anos? Jogadores que só queriam saber de comer, beber e receber em dia, qtos? Que pelos salários só serviram para baixar o nível técnico das demais contratações. Bolt, cone, Elias; tá bom, só aí já infarto.

    Os 140 mi investidos até agora, foi justamente o que essa diretoria, capitaneada por quem não entende nada de futebol, palavras do próprio presidente, gastou e deixou de arrecadar. Feito isso agora sim, vamos aos investimentos em novos jogadores. Naqueles que vão subir o nível técnico do time. Precisamos de um zagueiro, dois laterais, dois meias, um armador e um centro-avante. Para o Sampaoli são 5 jogadores, para mim são 7.

    Goleiro por enquanto estamos bem, ainda é cedo para avaliar Rafael, que até o momento está bem, apesar de não tão bem na saída do gol dentro da área.
    Zaga, Réver tem o problema da idade, está lento demais, foi lento contra Curintia e contra o Inter mais ainda, é um bom reserva, que LS se estivesse jogando tb seria.
    Laterais, Guga, não deu conta de correr contra o Botafogo, teve um lance que até o juiz correu mais do que ele, qto ao Maílson o Sampaoli não gostou, ele deveria até procurar um outro time para jogar e ganhar mais rodagem. Chegou Mariano, que qdo saiu não deixou saudades. Arana, excelente, com um reserva razoável, nem sei quem seria a outra opção.
    Volantes estamos bem.
    Meias e atacantes, todos são bons reservas, Talvez a exceção seria Marrony, que está na posição errada e carece de melhor avaliação na posição certa. Os demais, um ou outro pode até ser titulares, desde que tenha alguém melhor comandando.
    Centro-avante não temos.

    Nosso time é bom para disputar uma vaga na libertadores ou na pré-libertadores. Tirando mulambo (pelo nível de seus jogadores, principalmente Gerson e Bruno), Porco (sempre tem um time bom) e Grêmio (técnico e conjunto); os demais times estão no mesmo nível.

    A diretoria e mecenas tem uma semana para completar o time, pois com o que temos da para sermos CAMpeões da Champions League Mineira.

    BORAAAAAA 99AAAAALLLLÔOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!

    PS.: Temos time para ser CAMpeão, mas sabemos muito bem que isso não é regra, futebol se ganha dentro do campo. Se o time entrar com a mesma vontade de domingo, será bom colocarmos as barbas de molho.

    1. Perfeito, Roberto. Voto com o relator. Acho que teremos um grande time, para 2021. Este ano, vamos buscar vaga na libertadores mesmo.

  14. Após anos e anos é possível ver um início trabalho sólido e de confiança á frente do Clube_ ñ só no futebol,tbm,mas principalmente na parte da gestão dele_ e ainda com um time em formação carente de peças q decidam, é preciso dar respaldado a quem está no comando, caso contrário vamos voltar a mesmice de sempre. Ainnn!!! Mas gastou 100MM de bagarotes em contratações pipipi popopó … Coleguinha! O mingau gastou essa “fortuna” com dois reservas…)))re.ser.vassss(((… Enfim, q dêem ao treinador as condições necessárias p q o trabalho continue e ñ precise levantar # com 5 rodadas em 38… Saudações Atleticanas #GALOSempre

      1. Hahahahah…
        Avise qdo vc publicar seu livro p q eu passe bem longe dele.Piada de mal gosto e deliriuns tremens evito dar moral.
        Velho quer ofender um Atleticano,alcunha-o de märïä,ofensa maior não há. Outra! Sugiro um curso de interpretação de texto ou de leitura dinâmica,ajuda muito,acredite!
        ObriGALO pelo recibo, cada uma irmão! Kkkkk… pqp! SAN

        1. Quem acompanha o blog sabe que você é um Atleticano raiz, da prateleira de cima.
          Esse tá de paraquedista no Canto do Galo.
          Abraço

          1. Desse jeito Paulo!
            Retribuo o abraço com prazer.
            Saudações Atleticanas

  15. Não obstante a estar muito aborrecido ainda pelas duas derrotas, a verdade que eu não via o time do Galo jogar consistentemente como tem jogado a muito tempo. Sampaoli é o melhor treinador do Brasil. Isso é fato!
    Mas…precisa insistir tanto em Hyoran e Keno? Ainda assim continuarei apoiando, com certeza!

  16. Bom dia Caldeira, Guru e massa
    Disse tudo meu caro escriba. Há torcedores que simplesmente vivem fora da realidade e são míopes, não conseguindo ou não querendo enxergar as coisas. Estamos ainda na montagem de um time e absorvendo a nova filosofia de jogo do técnico, filosofias aliás nunca antes vista no clube, nem na época de nossas conquistas. E para piorar, ainda aparecem aqueles que criticam os nossos investidores, que absurdamente acham que o clube estaria melhor sem eles. Isto sem falar naqueles que não querem endividamento do clube, mas cobram a todo instante contratações.
    Por mais passional que seja, o torcedor tem que entender que não existe mágica e que a montagem de uma equipe vencedora ocorre em etapas e principalmente com o apoio dele próprio. Perdemos dois jogos sim, mas em que circunstâncias? Jogando reativamente? Não, nos dois jogos, dominamos a partida e nossos adversários mesmo na casa deles, simplesmente jogaram atrás.
    Mas talvez estes torcedores que estão se apressando em criticar e já fomentam crise, estejam como vc falou, com saudades dos times do Dudamel, Rodrigo Santana e Osvaldo de Oliveira. Quem sabe? Mas para estes sem noção um recado:
    # a era dos trituradores de técnico acabou cambada!!!!

  17. Bom dia Caldeira, xará e amigalos!
    Já li uma matéria no Portal Uai que Sampaoli pode poupar jogadores no jogo contra o Tombense. Olha..olha..olha….porco magro é que suja a água….não subestimem o modesto Tombense. Se o GALO tem elenco para golear então deixe esse elenco jogar. Depois de duas derrotas seguidas vem essa conversa de “poupar” jogadores. Não dêem chance de ser ridicularizado nacionalmente. Que o treinador aproveite a chance de elevar a moral dos jogadores. Arriscar não dá…..Já não bastou o AFOGADOS Meu Deus!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Porque no GALO as coisas simples se tornam tão complicadas???????

    1. Desculpe, não quero ser polêmico mas o autor falou sobre gigantismo: com 1 Brasileiro, 1 CB e 1 Liberta?
      Em tempos deste presidente qualquer coisa que se fale é verdade …

      1. Apresaado também é o Sampaoli, querer o Pato é desespero. Nada contra o rapaz, que é bom jogador, mas sem perfil do Galo e, no momento, uma aposta cara.
        Se marcar amanhã e classificar o CRB, até prefiro o Léo Gamalho! rs

  18. Parabéns pelo texto, Caldeira! Penso exatamente como vc. Existem vários times melhores que o nosso, montados há mais tempo, com trabalhos consolidados. Muitos Atleticanos atrapalham mais que ajudam. Ontem falei por aqui que pedir que Sampaoli defina 11 titulares é o mesmo que dizer que nunca ouviu falar em nosso treinador. Ele não fará isso! Todos deveríamos saber disso qdo ele foi contratado. E ainda bem que é assim. Fujo dos lugares comuns, terra de obtusidade. Precisamos entender o contexto e ter mais inteligência. Pra ganhar o título, faltam pelo menos 5 reforços. Treinador, já temos o melhor! SAN

  19. bom dia Eduardo e massa,Caldeira. estamos calejados desde 1971 para ganhar o brasileirão. o campeonato brasileiro de 1971 que nem nascido tinha eu.ainda é muito cedo para pedir a demissão do sampaoli mas está cometendo erros em dar a titularidade no péssimo Hyoran e keno bolt. aliás o Hyoran nem reserva serve se savinho for pior que ele então fecha a base. não adianta ter posse de bola e perder o jogo ok manda é bola no gol. aliás a nossa defesa é uma peneira só não tomou gol do Ceará. ainda tem muitos jogos pela frente mas se continuar a perder para equipes medianas ai vai ser difícil ganhar o brasileirão. vai galooo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.