Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Noite de consagração e reconhecimento ao Everson

Tanto criticado, viveu ontem – assim como nós Atleticanos ao longo de décadas – o inferno e o céu na partida que assegurou nossa classificação na Libertadores. Num jogo ligeiramente melhor que o da semana passada em Buenos Aires, sofreu um gol – desta vez muito bem anulado – numa falha estilo “bateu roupa” do goleiro, que o condenaria à execração do Atleticano. Recebi inúmeras mensagens neste sentido. Só li de madrugada, já deitado, uma vez que não leio nada durante os jogos. Ou vejo o jogo ou leio! Prefiro a primeira.

Pois que, o destino reservava ao Everson e a nós Torcedores uma noite inesquecível. Assim como em 2013, no gol do mesmo lado daquela decisão (que em 1977 também perdemos o título nacional para o São Paulo), nosso goleiro atual se encaminhou por uma trilha que pode leva-lo à mesma santificação de Victor. Por ironia do destino, na primeira penalidade batida por Hulk – caprichosamente – a bola beijou a mesma trave que nos garantiu o título naquela memorável campanha.

Começamos perdendo nas penalidades, uma vez que os argentinos converteram sua primeira cobrança. Depois só deu Galo e Éverson. Nacho marcou e o goleiro defendeu. Alonso abriu nossa vantagem que foi assegurada em nova defesa do herói da noite. Aí Hyoran, que a meu juízo entrou apenas para bater a penalidade – mas estava frio – escorregou, errou e devolveu a tensão para a Massa, mas o Boca, assim como o Galo, também errou. Pois que veio à consagração. Everson foi escolhido para a quinta penalidade, converteu e os argentinos nem cobraram a última da série.

Ao Everson o que é de Everson! Voltando do Mineirão, custei a sair do estádio esperando minha adrenalina permitir que eu entrasse no trânsito, não consegui segurar a emoção ouvindo nosso herói em lágrimas falar sobre sua família e essa volta por cima. Obrigado Everson, a essa classificação nós temos de te agradecer e reverenciar. Tomara que possamos comemorar títulos nessa temporada e com grandes atuações desse candidato à beatificação pela Massa Atleticana. E sem sofrimento e penalidades.

Quanto ao jogo, como registrei, foi um pouco melhor que a primeira partida entre Galo e Boca. Tivemos uma oportunidade imperdível, caro Zaracho, logo aos três minutos cara a cara com o arqueiro do Boca. Conseguiu o mais difícil, acertar o corpo que já se estendia ao chão. Depois o Boca passou a gostar do jogo e se amarrou na esperança de conseguir – como acabou fazendo – um tento que colocasse a pressão em cima do Galo. O empate era o resultado buscado pelos argentinos. Não contavam com a noite iluminada do nosso goleiro, claro!

Superada essa fase, vamos esperar o vencedor do confronto entre River e Argentino Junior, para voltar ao país vizinho na primeira partida das quartas de finais. Pouco tenho a dizer sobre um joguinho um tanto xoxo, que teve seu enredo escrito pela sorte e na competência das penalidades. Ao que penso, Cuca começou a partida com o que tinha de melhor para ser escalado. Dois registros. Entre os titulares, apenas Nathan Silva da base e no banco cinco jogadores formados no Galo. Entre os 16 que atuaram seis gringos sul-americanos. São dados que julgo interessantes.

Já o árbitro, em que pese ter tido peito em anular – corretamente – o gol irregular do Boca Juniors, achei muito fraco. Permite o jogo correr e não marca falta. Hulk foi caçado em campo, mas parece que sua condição física impede aos árbitros de entenderem os lances como faltosos. Teve um momento, ainda no primeiro tempo, que ele não marcou e deixou o jogo seguir (lei da vantagem), aí veio outra falta e ele parou a jogada. Só que mandou bater a infração onde aconteceu o primeiro lance faltoso. Ruim o uruguaio. Enfim, vencemos!

Por fim, uma consideração pessoal, acho muito sem sentido esse coisa de foguetório na porta de hotel. Vou mais além, a motivação para tal atitude veio das declarações do presidente naquela entrevista feita pela própria assessoria de imprensa do Galo. Foi ali a mola intencional para impulsionar e pilhar o Torcedor a perder uma noite de sono e prejudicar toda a população da região que no dia seguinte teve de pegar ônibus e ir trabalhar. E os hóspedes do mesmo hotel que nada tem a ver com isso. É como penso mesmo respeitando quem tem opinião diferente.

Em tempo: Hoje, exatamente às 13h13m, vou postar aqui neste nosso espaço Atleticano, um interessante depoimento sobre nossa saga de Torcedor. Um primo, pessoa muito querida na família, alto executivo do sistema financeiro nacional, conta sobre o Galo em sua vida. Aguardem!

*fotos: Pedro Souza/Atlético

57 thoughts to “Noite de consagração e reconhecimento ao Everson”

  1. Já que o Galo não manteve o Tardelli no time, acho que poderia contratar um reforço tipo Roger Guedes para a ponta esquerda. Quem está com a vaga é Zaracho, que joga melhor como volante que as vezes aparece no ataque. O time esta sem ponta esquerda. Quem as vezes sobe ao ataque na esquerda é Dodo. Uma boa contratação neste setor iria fortalecer o time. Já que Marony é mais eficiente na marcação que no ataque, é meio meninão. E Keno mesmo sem contusão não aguenta todos os jogos.

  2. Resultado muito bom. Mas o futebol acho possível melhorar mais um pouco. Já que o Galo gastou um caminhão de dinheiro quando era Sampaoli, poderia gastar mais um pouco e trazer um substituto para o Keno. Marony tem força na marcação, mas não é decisivo no ataque. Questionável o campo molhado e escorregadio. Assim como o uniforme do Everson na cor laranja, facilita para o adversário. O goleiro do Boca usou um verde que quase sumia no gramado. Talvez possa ter contribuído para Zaracho perder a melhor oportunidade de gol do Galo. Savarino apesar dos gols perdidos, ainda é um dos melhores do time, tem velocidade.
    Não sei o que o Cuca vê no Tche Tche, empolgado como um peixe, não se destaca na marcação e nem apoiando o ataque, se esconde do jogo, falta vibração, Jair é bem melhor. E Franco merece mais chances.

  3. Ao teórico “forte elenco do Galo, um dos melhores do país”, faltou energia e futebol ao time no gramado – para compensar os neutralizados Nacho e Hulk – e pontaria a Zaracho e Savarino para aproveitar chances claras de gol contra o Boca Juniors. Reinaldo e Éder precisam treinar o grupo em finalizações.

    De quase vilão, Everson – ao soltar uma encaixada, que resultou no rebote em gol argentino, anulado por impedimento pelo VAR  – tornou-se o super-heroi da classificação do Galo às quartas de final da Libertadores.

    Na disputa de pênaltis, após o segundo ôxo no duelo mata-mata entre as equipes, Everson defendeu duas cobranças e converteu em gol a quinta batida alvinegra (um míssil indefensável no ângulo esquerdo do goleiro Boquiaberto), definindo o êxito penal (CAM 3 x 1 CABJ) no Mineirão.

    Os irascíveis “arre-ntinos” geraram tumulto e empurrões na espera da decisão do VAR, quebradeira, agressões na zona mista e tentativa de invasão do vestiário atleticano ao final do jogo. Foram repelidos pela polícia com gás de pimenta e retirados para a delegacia.

    Chupa e chora, saltimBoca, Boquirroto, catimBoca, black Boca, Boquiaberto, meia-Boca, Bocadinho!

    Canta altissonante, Galo, de BH a BsAs, até latejar à exaustão os neurônios Bocarrogantes!

    Os danos materiais, físicos e morais causados pelos Bocafajestes serão isentos de cobrança, pena e reparação? Só afago da Conmebol e cortesia mineira?

    Por seu desempenho em selvageria, os atletas Bocanastrões mereciam prêmio de pernoite na delegacia ao som interno de foguetório nas celas.

  4. Prezados Amigalos

    O que mais me impressiona em alguns comentários, é a depreciação do feito do Galo, se não bastasse a mídia porca, o próprio atleticano segue a linha! Seja qual for, é o Boca JRs meus caros, tem que respeitar e o Galo tá de parabéns!!!

    Imaginem se fosse o Flamerda a eliminar o Boca nos penais, acham mesmo que iriam agir da mesma forma? Claro q não !!

    Bora apoiar, bora por enquanto guardar a corneta, estamos nas quartas das Américas, enquanto um outro pequenino tá caindo pra C !!!

    Abraço a todos! Galo Sempre!!

  5. Tem um ditado que diz assim: Você prefere ser feliz ou ter razão?
    Pois bem, alguns comentaristas aqui não conseguem sequer curtir a classificação heróica de ontem, frente ao maior time da América do Sul. Continuam querendo ter razão em tudo que falam. E aí perdem a oportunidade de simplesmente desfrutar.

  6. Discordo bastante meu caro, o time não criou pq o treinador entrou com 3 volantes, com medo do adversário optou por uma postura defensiva, por isso o time criou poucas chances, apesar de claras, com Zaracho e Savarino. Os jogadores criativos precisam ter com quem jogar

  7. Pegamos o São Paulo antes, porém, esse contra o Tijuana foi o jogo que mostrou para o grupo e nós torcedores, o quão é traiçoeira a LA.
    SAN.

  8. Campanha lembrando 2.013. Fomos os melhores na fase de grupos, pegamos Tijuana, ufa!! Agora, melhores na fase de grupos, pegamos o Boca, ufa!!! O roteiro está traçado…. Foi o tipo de jogo que encorpa o grupo, tal qual foi contra o Tijuana em 2.013. SAN

  9. Boa tarde. O torcedor que assistiu aos jogos do Racing x São Paulo e de outros time que estão disputando a Libertadores, com certeza está preocupado com o futebol ruim apresentado pelo NOSSO GALO na Libertadores. O Galo precisa melhorar muito se quiser ter chances de título, o futebol apresentado está muito aquém do que este elenco pode apresentar. Cadê a segurança do Galo?

  10. Excelente a classificação e péssimo o futebol jogado contra o pior Boca dos últimos anos. Time com linhas espaçadas e lento como todos os times do Cuca. Técnico fraco taticamente. Pode até ganhar competição mata-mata aos trancos e barrancos, mas se continuar assim pode dar adeus ao brasileiro.

  11. O Boca foi roubado – na Bombonera e no Mineirão.
    Como a história do Galo é de ser vítima de roubos históricos (Wright e outros), é uma experiência nova para um atleticano.
    Que venha o River !

  12. “Eu também sempre fui adepto de jogar futsal, sempre joguei futsal. Naquela época futsal já tinha aquela questão do goleiro linha e eu sempre gostei de me aventurar um pouco no ataque”, disse o goleiro Everson..
    Goleiro de Futsal, normalmente, é bom na saída mano a mano e utilização dos pés.
    Para Goleiro de Campo, vejo o Everson com algumas deficiências básicas. Espero que corrija o quanto antes a saída do gol para bolas áreas.
    Se não ganhamos na Técnica, que seja na Raça, Fé e Luta.. Galoooooo

  13. Não se dá pérola aos porcos. Argentino no esporte é desleal e não sabe perder.
    Parabéns ao presidente do Galo que teve a coragem de falar tudo que aconteceu na Argentina. Não tem essa de oferecer flores, cara pálida. É por isso que as coisas não mudam e eles se sentem os donos da Libertadores. até que podem chegar aqui e quebrar nosso estádio.
    Parabéns aos torcedores que soltaram foguetes no hotel a noite toda. Isso sim, representa. Passividade aqui não, aqui é Galo.
    A imprensa brasileira não representa. Por que não estão pedindo a exclusão do Boca por quebrar o Mineirão? La na ARG , o Olé , O CLARIN, as Tv’s não param de falar em roubo. Estão falando até em teoria de conspiração para os brasileiros ganharem a Libertadores, citando erros a favor de Flu e Palmeiras. Sabe o que a Conmebol vai fazer com o Boca? Nada…
    O River vem aí.. A imprensa de lá já começou a pressão na arbitragem. O Galo não pode se calar. Mas o que a grande mídia faz?

  14. Não sei de quem foi a orientação e de quem é a responsabilidade, mas o gramado molhado ontem só ferrou o galo.

  15. bom dia Eduardo e massa. a galo foi sofrido mas fomos para 4 de final da libertadores. Everson do vilão a herói. mas falhou no gol dos brigadores e depois salvou com defesas e fez o gol da classificação. parabéns Everson. foi um péssimo jogo do galo respeitou demais boca Juniors e para piorar nacho Fernandes perdeu um gol na cara do goleiro. aliás concordo com amigalos isto negocio de poupar jogadores e bobeira tem que por para jogar todos .agora quero ver a Conmebol puxa saco dos brigadores ok vai fazer no mínimo uma multa e suspensão mas não acredito que aconteça. .para o galo passar a semifinal tem que jogar mais. a galo não nos decepcione mais. vai galooooo.

  16. VIVA O GALO
    VIVA O GALO
    VIVA O GALO
    VIVA O GALO
    OBRIGADO POR EXISTIR MEU GALÃO DA MASSA QUERIDO.
    AQUI É GALO.
    FORJADO NA DOR NA INJUSTIÇA E NO AMOR.

  17. Bom dia Eduardo e todos! Feliz igual pinto no lixo! O que vale é a classificação, sofrida ou não, com ou sem VAR, com ou sem escorregão! Três considerações:
    1) Soltar foguete de madrugada só serve para pilhar Argentino. E Argentino pilhado é ruim para o jogo. Eles se agigantam! Dar o tratamento reciproco é outra bobagem. Como disse o escriba, parafraseando Dona Beja, cada um dá o que tem! Tratamento VIP era a resposta certa!
    2) O Galo tem muita dificuldade em enfrentar times fechados! Sem espaço, Nacho, Hulk e Savarino tem atuações apagadas. O Cuca tem que dar um jeito de consertar isto. Se o Zaracho faz aquele gol no inicio, pode ter certeza que a história seria outra.
    3) Toda a imprensa do Rio e SP falando que o VAR salvou o Galo! Salvou porque? Impedimento é impedimento! Não importa se por 10 metros ou 1 centimetro. Como diz o Nalbert do Volei, se a bola pegar em 1 mm da quadra está 100% dentro. Se o Argentino estava 1 centimetro impedido, estava 100% impedido! A regra é clara!
    E vamos pra dentro Galo, pois está cheirando a 2.013!!!!

  18. Bom dia! Não foi uma partida brilhante, mas o Time Atleticano, não aliviou em momento algum, disputando a bola com muita vontade e determinação. Foi uma noite da “libertadores raiz”, lembrou muito os confrontos das décadas anteriores, muita catimba e pressão dos dois lados. Posso até estar enganado, mas acredito que o Atlético entendeu como se joga esta competição, notadamente, como se portar em confronto contra os sempre “chatos” times Argentinos. É sangue nos olhos o tempo todo, pressão na arbitragem, jamais “afinar” para as jogadas mas ríspidas e baixar a cabeça diante das provocações. Quanto a lamentável postura do Boca ao final da partida, não houve surpresa, tendo em vista as reações na partida anterior. São crianças mimadas, cheias de arrogância, acostumados a terem seus caprichos atendidos. Quando vencem adoram provocar, mas não admitem a derrota, são maus perdedores!. Caberia um punição exemplar, afinal depredaram patrimônio público e ameaçaram/agrediram trabalhadores. No mais, é comemorar a emocionante classificação, com toques dramáticos (lembrando, ironicamente, os tangos argentinos!). Everson merece o devido reconhecimento pela personalidade demonstrada. Agora, ao Atlético cabe a necessária a correção dos erros e aguardar o próximo time portenho para mais uma peleja.

  19. O nosso CAM está nas Quartas de Finais mas pra levantar esse caneco da Libertas em 2021, vai precisar apresentar um futebol bem mais agressivo dentro de campo…

    A torcida Atleticana está muito feliz nesse momento e ontem mais uma vez, ela passou no teste cardíaco, porém, podia ser menos doloroso se o time do Cuca fizesse a parte que todos esperavam e apostavam que era uma vitória durante os 90 minutos!!!!!

  20. Bom Dia! Ontem não registrei o meu comentário, pois sábia que séria um jogo “encrencado” e, não queria demostrar minha preocupação. Hulk concodo com a opinião do Blog. Por ser musculoso, sofre muitas faltas que não são marcadas. Everson: tive frio na barriga, quando pegou a bola para bater o pênalti. A adrenalina (Dele) devería estar em 100% depois dos pênaltis deferidos. Foi de vilão a mocinho. Agora é esperar outro “Hermano”.

  21. E os europeus mostraram toda sua civilidade após a partida.
    Se realmente vieram em navios, vieram nos porões.

  22. cade os chorão sempre roubam do galo e essa ajuda descarada sei não esse menin tá gastando os
    tubos esse ano pois saber que ano que vem com os pés frio de volta ele sabe que nem com reza braba consegue ser campeão.

    1. Esse sargentinho andava sumido. Seja bem vindo ao barco da alegria. Deixa que o remo é nosso, o seu se perdeu na terra que homenageia Jesus.

      1. Poxa, blogueiro!!
        Não misture as coisas. Sou Atleticano, sou Sargento do Corpo de Bombeiros. Não concordei com essa sua resposta. Se é pra denegrir essa ou aquela profissão, que faça com todas ou com nenhuma. Nós militares já somos tão discriminados que chega a ser constrangedor quando somos expostos desta maneira. Só peço respeito de uma pessoa que tem opinião e um canal que atingem um grande número de pessoas.

  23. O nosso heroi improvavel EVERSON , desde que aqui chegou é massacrado por criticas injustas e pesadas, atingindo sua vida pessoal e seus familiares. Eu nunca aceitei estas criticas , mesmo quando após jogos com otimas apresentações do mesmo. Perseguição pura e simples. Errar todo mundo erra ,grandes goleiros tiveram seu dias de bater roupa , seus dias de mãos de alface. É impossivel não errar , somos humanos. Ao goleiro cabe a dificil missão de não errar, não falhar nunca , este é o desejo e sonho impossível de ser realizado. Ontem, numa noite destas, que somente o futebol proporciona , o céu e o inferno ,muito, muito proximos , e, se realmente deuses do futebol existirem, interferiram pra levar pra gloria eterna este atleta, profissional ao extremo, dedicado , companheiro e …injustamente perseguido. A sua resposta de ontem , além de uma portentosa classificação, em dois jogos que não funcionamos , foi de arrepiar. Não somente pelas espetaculares defesas, mas pela inteligencia de usar a boa malandragem, a catimba, tão a gosto dos hermanos. Fez eles tomarem seu proprio veneno , ficaram pilhados. O JOGO : hULK MAL. nACHO PESSIMO,, PROCURANDO ENCRENCA COM ARGENTINOS , com o trteinador não intervindo , zaracho errando um gol que deveria ser multado , hioran , no pouco tempo de estar ali dando sua contribuição. Jogo ruim, estado emocional fraco. Feliz pela classificação , segue o jogo

  24. Bom dia xará e amigalos! Que noite tensa e emotiva Meu Deus! Galo não fez uma boa partida! O time não conseguia criar. Quem não cria, não faz. Boca ameaçava e Everson salvava. Zaracho poderia ter amenizado o sofrimento logo no início. Perdeu um gol que até minha vovozinha faria! Gol assim não se perde em Libertadores ZARACHO!!!! Para a alegria da Massa nosso tão criticado Everson brilhou intensamente num estádio vazio mas cheio de esperança alvinegra! Salve o GALO! Salve São Everson do Mineirão!!!! Que venha o Argentino Juniors que irá eliminar o River hoje!!!

  25. Eduardo e amiGALOs, excelente dia!

    EU JÁ SABIA!
    Que seria dramático, tenso, sofrido e… feliz!
    Não foi contra o Minas Boca, de Sete Lagoas, como disse outrora, mas contra o então time mais temido da América do Sul, por sua história vitoriosa (6 Libertadores, 3 Mundiais), pegada forte em decisões, catimba, provocação, pancadaria e quebradeira, como foi. Algo que remete a uma certa selvageria, pode-se dizer.
    Tomar gol ontem, em qualquer tempo, seria desastroso para o Galo, pois ao Boca bastaria um tento para nos desestabilizar (precisaríamos de dois para reverter) e controlar o jogo.
    Passar pelo Boca, para mim, são sinais de que “o pior já passou”, de que o maior obstáculo foi superado, e de que o Galo criou certa “casca” para enfrentar os próximos adversários jogando melhor, com intensidade e confiança, impondo a sua qualidade técnica, buscando o gol e vencer, sempre, em qualquer terreno.
    O mais temido, agora, passou a ser o Galo, obviamente! Obviamente, também, não quero que seja o River Plate o próximo adversário (pelo NACHO), mas quem tem EVERSON, enfrenta e vence qualquer um. E se não critico o Hulck pelo pênalti perdido, não o farei com o Hyoran, apesar da cena pastelão.
    O jogo é jogado como ele se apresenta. Não perder, às vezes, é ganhar. É hora SÓ de boas energias para todo o time. Palmas, muitas palmas para o CLUBE ATLÉTICO MINEIRO! Vamos festejar!

  26. Hoje nada a dizer sobre o Vidente.

    Escalou o que temos como jogadores titulares e dentro de campo coube aos nossos caras darem o seu melhor .

    Uns pouco inspirados , outros muito bem marcados , fizeram o que deram conta de fazer .

    Estava escrito nas estrelas : a noite seria do ÉVERSON !!!

  27. Bom dia,

    Falando em adrenalina, até hoje acordei na madrugada e não consegui dormir mais.
    Será meu Deus que vamos seguir o mesmo roteiro de 2013, vixi Maria oito ano mais velho, haja coração.
    Vamos falar então só de coisas boas, que pênalti foi aquele batido pelo Everson, poderia colocar uns três goleiro ali que não pegariam.
    Fiquei feliz pela volta por cima do goleiro, senti que ele perdeu a confiança nos lances seguintes.
    E o Cuca cometendo o mesmo erro do treinador da Inglaterra hein, haja coração, será que o próximo seria o Calebre, vixi.
    Dia feliz, e que presepada dos argentinos, como de costume, como bons argentinos.
    Ficou claro que se valida-se aquele gol não teriamos forças para reverter o resultado.
    E se o VAR existisse a mais anos muitos titulos teriam trocado de mãos.
    Boa quarta-feira a todos.

  28. PARABÉNS!
    Outro dia critiquei sua postura numa crônica após o jogo contra o Flamengo.
    Hoje não, foste sensato. E ao criticar o foguetório e a postura do presidente Sérgio Coelho, eu também acompanho.
    Temos que mudar o patamar do futebol brasileiro, e acredito que para isso é necessário dinheiro.
    E o dinheiro só virá com melhoria do espetáculo. Quando assistimos uma partida de futebol da Europa sentimos a diferença. Jogadores querem jogar e não ficam dificultando o trabalho dos árbitros, ou arrastando uma partida – é menos cai cai, menos reclamação e mais futebol.
    Só assim, poderemos vender direitos de TV para esses países, aumentando a receita e trazendo novos patrocínios.
    Ontem, o papel do Boca após o jogo foi ridículo.
    Que a “Liga” entenda isso – melhor espetáculo, mais renda.

  29. Bom diiiiiiia a todos!
    Passar de fase foi ótimo e rentável, mas convenhamos, o galo não jogou absolutamente nada. Se o Boca fosse um pouco mais qualificado, nem precisaria da polêmica do VAR.
    Acorda, Atlético!! Vamos jogar bola, caso contrário não passa da próxima fase.

  30. O Boca já é freguês do Galo. Estavam mal acostumados com times mineiros. Aqui é Galo! Que jogo sofrido. Vlw só pela classificação. Que venham as quartas, mas espero mais foco no BR. Parece ser objetivo dos dois técnicos dos outros favoritos.

  31. O pão continua caindo com a manteiga para cima. Jogo feio, muitas faltas, e não achamos a melhor maneira de atuar contra esses times fechados. A marcação deles será copiada por muitos times inferiores. E se não acharmos como sair disso, vamos perder pontos.

    Parabéns ao Everson pela coragem e superação pessoal.

    O pão continua caindo com a manteiga para cima. Até quando? Vamos parar de dar chance ao azar.

  32. Nossa melhor arma nos dois jogos contra o Boca foi a FÉ do Cuca. Um chute a gol em dois jogos, futebol fraquíssimo, poder ofensivo foi zero.
    Everson foi muito bem nos pênaltis depois de uma falhar feio no gol anulado do Boca, diga-se de passagem, anulação controvertida, muita dúvida se o cara que estava impedido interferiu no lance.
    Precisamos de um bom atacante, o problema é que não tem grana, pois, uma fortuna está sendo usada para pagar salários de Nathan, Hyoran, Sasha, Vargas, etc.
    Até quando Tchê Tchê vai ser titular do time?

  33. Pois é Atlético, reveja esse seu conceito de levar sofrimento à massa. Um clube que após 8 dias, vender mais de 110 mil mantos sagrados, pela segunda vez, merece um pouco mais de carinho.
    Estamos certos que a diretoria do CAM, desconhece a atleticanidade de seu povo, que carrega, com sacrifícios, essa grandiosa e invejada instituição….

    Eh Galo, “por que que tem de ser tão difícil assim?”

    “Somente sendo um pra saber”

  34. Bom dia a todos!
    Como é bom poder escrever essas palavras hoje após toda aquela tensão de ontem à noite. Significa que eu ainda estou vivo, assim como o Galo.
    Alguém precisa avisar ao Cuca que, ele tendo um elenco superior aos rivais tem que fazer a equipe se impor e não o contrário.
    Se quiser avançar para as semi finais da libertadores enfrentando o Argentinos Junior ou o River Plate teremos que jogar muito mais do foi apresentado até aqui na temporada.
    Não basta só se defender, tem que atacar o adversário também, e nesse ponto se jogar recuado principalmente contra o River perderemos com toda certeza. Os Millonarios e Argentinos Juniors são muito melhores que o Boca. Então, Cuca, prepare a equipe para mais esta batalha.
    Temos que agradecer também ao goleiro Éverson pelas penalidades defendidas, mas, se aquele gol do Boca fosse validado, hoje ele já estaria com justa causa nas mãos. Bom que foi o contrário.

    Se alguém souber me informar, o site lojaarenamrv.com.br é também do Galo? Comprei minha camisa de jogo 3 após o apito final e estou na dúvida se de fato o site está relacionado ao Galo. Se não estiver, o Galo tem que tomar providências, pois, há muito mais produtos disponível ao torcedor do que o shopping da massa.

  35. Bom dia Eduardo e Atleticanos. Embora feliz com a continuidade na libertadores, não escondo minha enorme preocupação com o péssimo e ridículo futebol que o time jogou ontem, o que aliás vem acontecendo em inúmeras partidas no brasileirão. O time parecia não ter nenhuma organização tática , um meio campo perdido sem nenhuma dose de criatividade. o ataque , reflexo da péssima produção do meio campo parecia inexistir. Foi uma decepção o futebol apresentado pelo Galo- vergonhoso.
    Mas o que interessa é descobrir o porquê de o time estar jogando feio e mal. Ou será que estamos enxergando qualidade bem acima do que este elenco pode produzir? Na verdade time jogando com desempenho dentro de campo tão pífio, não ganha nada. Se a sorte tem estado ao lado do Atlético, uma ora a conta vai chegar. Portanto, cabe à comissão técnica e à diretoria sentarem e avaliarem o que esta levando o time a uma produção tão baixa dentro de campo. O time precisa melhorar seu futebol o quanto antes para que não venha ser eliminado nos próximos confrontos. Saudações Atleticanas

  36. Bom dia Massa e Guru,

    Hoje não vou cornetar ninguém e vou guardar minhas considerações sobre a partida para amanhã, porque o sofrimento ontem foi grande demais e precisamos comemorar a classificação.
    Mas, não concordo com a posição de nosso Guru sobre o presidente. Se ele ficasse calado diante do que aconteceu lá na argentina seria chamado de omisso e bocó. Os fogos de artifício na porta do hotel foi ação isolada da torcida, que já fez isto em outras ocasiões sem nenhuma participação ou motivação por parte do clube.
    A pilhagem dos argentinos era esperada, até porque assim como os fogos de artifício, é prática usual dos times de lá criar confusão, pois eles vêm nós brasileiros como frouxos e enquanto não respondermos na mesma moeda estaremos sujeitos a isto, ou vcs se esqueceram da final da comenbol quando leão teve fratura no rosto?

    1. Bom mesmo seria se o presidente mandasse entrar uns 200 integrantes da Galoucura para acalmar os argentinos. kkkk

  37. Bom dia s todos. Não dá p ser sofrido sempre. Por Deus. Precisamos ganhar p calara a boca. Mas pelo menos temos a classificação. Preocupa me o próximo adversário que certamente é melhor que o boca. Acho q ainda precisamos de reforços. Podia trazer o Guedes .

  38. Bom día Avila. Bom día a todos. Time nao mostrou o futebol esperado. Abstraido a disputa de penaltis, o Mariano e o Alan, na minha opiniao, foram os destaques. Isso já diz Tudo. Nascho, Zaracho, Hulk e Savarino nao brilharam. Hulk pelo menos mostrou a costumeira entrega. Se quiser ganhar título o Galo tem de jogar muito, mas muito mais. A sorte nao dura pra sempre. A eliminacao do Boca pelo Var talvez sirva para acabar com a narrativa de conspiracao contra o Galo. Feliz com a classificacao, porém, nao ha como esperar titulo com o futebol frustrante futebol apresentado pelo Galo.

  39. E o juiz? Não podemos deixar de criticar a arbitragem. Todo jogo, independente do resultado? Afinal, somos só prejudicados, desde 1971…e nunca beneficiadis, ainda que sem intenção…PS . Deixe o Hulk, jogar e fazer o gol, coitadinho., ele é muito franzino….

  40. Prezados amigalos ótimo dia a todos,

    Obrigado novamente ao VAR. Graças a este recurso, criticado, passamos de fase. O jogo de futebol que deveria ser o protagonista em campo SUMIU da equipe desde que esse pseudo técnico assumiu.
    Sinceramente eu não estou nem um pouco acreditando em títulos com esse imbecil no comando técnico , vai morrer abraçado com os inúteis Tchê2 e Allan. O TIME NÃO JOGA BOLA, apenas rifa para frente ou joga para trás, só isso mesmo nada mais.
    Prezado Eduardo em referência ao goleiro, minha opinião e que se não fosse o VAR, teria sido mais um jogo que ele teria entregado a rapadura, minha opinião.

  41. Então se o Galo for campeão não poderá haver queima de fogos por causa dos trabalhadores e moradores?
    Isso (queima de fogos) acontece toda noite?

  42. Apenas alguns pitacos:

    1 – Classificadaço é o que importa

    2 – Éverson, MONSTRO, nunca critiquei. E mais: desafio quem possa provar tal heresia.

    3 – A tecnologia veio para corrigir erros milimetricos, portanto, não entendo tanta celeuma.

    4 – Continuemos vigilantes. Apesar de toda tradição e grandeza da instituição, eliminamos um time meia-boca. E só!

    5 – Sem um goleiro confiável nossas chances são, no mínimo, discutíveis.

    6 – Meu time pars os próximos jogos é ‘Fora Éverson” mais 11. Não é porque o cara defendeu dois pênaltis (marcar o gol era obrigação, assim como defender aquela bola no gol anulado) que vou ficar babando ovo daquele frangeuiro.

    7 – Dito tudo isso, é só comemorar! Galooooooo!!!

  43. Bom dia!
    Muito feliz com a classificação em cima do tradicionalismo Boca.
    Everson subiu ao patamar de Super. Próximo passo é a beatificação.
    Além de Everson, gostei de Nathan Silva, Mariano e do incansável e lutador Hulk, bem como de Allan. O resto não jogou absolutamente nada. Nacho e Savarino totalmente sem ritmo e eu culpo essa idiotice de poupar jogador.
    Se formos campeões, vai ser na base da tensão, reza, sorte pq o time é péssimamente treinado.

  44. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    De quase bandido a herói, a noite foi de Everson!
    O time do galo não fez uma boa partida. Começou dando a impressão de jogo fácil até os 20 minutos, a exemplo do jogo na argentina, mas permitiu um equilíbrio do time do Boca e por pouco a vaca ia para o brejo. O meio-de-campo do atlético carece de uma jogador de infiltração. Muita transpiração e pouca inspiração. O jair, que ontem não pode jogar, é indiscutivelmente melhor que o Tchê-Tchê e o Alan. A sua presença libera mais o Nacho e o Hulk e dialoga melhor com os demais atletas. Houve entrega mas faltou futebol ao time do galo. Peças importantes, ontem foram nulas. O Hulk querendo resolver sozinho o jogo. deixando na maioria das vezes a área adversária para se fazer presente no meio-de-campo ou mesmo na área de defesa do galo. Para mim, tudo isto é decorrente de esquema de jogo. O galo está sem padrão definido. Vamos muitas vezes afoitos ao ataque, sem sentir o efeito de jogadas trabalhadas. Mas de qualquer sorte, temos muito a comemorar! Ontem, como no jogo anterior, nada a reclamar o VAR. Ouso dizer que o VAR foi o décimo segundo jogador do galo. Na sequência das libertadores, teremos pela frente outro time argentino. Espero que a comissão técnica corrija o posicionamento dos jogadores do atlético em campo, para que não soframos tanto. O meio-de-campo do galo parece uma avenida, com espaços para todos os lados. Não vou criticar individualmente jogadores até porque, do outro lado, tinha um adversário tinhoso, catimbeiro e sabe como poucos, jogar de acordo com as circunstâncias do jogo.!
    O que interessa é que estamos vivos na competição e a classificação rendeu ao galo quase R$ 8 milhões.
    De emoção em emoção, espero ser campeão!
    Hoje e sempre galo!!!

  45. Bom dia, Eduardo e Canto do Galooooooo!!!

    Hoje é Dia de Galo!!!

    Notas:

    10 – (Sérgio Coelho; Victor; Galoucura; Mosaico; PMMG; e o VAR);
    9 – (Everson);
    8 – (Allan);
    7 – (Alonso; e Nathan Dragão);
    6 – (Mariano, Dodô; Franco e Dylan);
    5 – (Nacho);
    4 – (Zaracho, Savarino; Hulk; Sascha; e Calebe);
    3 – (Tchê Tchê);
    2 – (Hyoran);
    0 – (Guga).

    O jogo foi de Libertadores!!!

    O jogo foi de “lutar – lutar – lutar” e “passar – passar – passar”!!!

    A nota do Nacho, no agregado de sua participação contra o Boca, não pelo futebol, mas pelo jogo sem bola, de frieza e milonga (catimba), foi 10.

    Não fosse o Nacho o gol na Argentina do Boca tinha sido validado. Ao não deixar sair a bola no meio de campo, depois do gol, o VAR ficou obrigado a intervir. E deu no deu!!!

    Segue o jogo!!!

    Seremos Campeões!!!

    Eu Acredito!!!

    1. Lendo os comentários fico a me perguntar :

      o Atlético jogou contra o Metaluzina?
      Ou contra o Usipa ?

      A turma acha que é fácil passar o jogo inteiro tomando porrada em sequência como fizeram com o Hulk?

      Será que ninguém destaca a intervenção magistral do Natan tirando o pão da boca do argentino na marca da cal ?

      Será que ninguém viu o Mariano fazer o jogo fluir como há muito não víamos por ali ?

      Foi um jogo disputado palmo a palmo , porrada a porrada .

      Nossos caras entregaram o que puderam entregar .

      Lutaram com ardor , entregando o seu suor que perfumou o nosso MANTO SAGRADO !

      Assim eu vi ontem essa partida memorável !!!

      p.s.
      O Dylan , por pouco , não prestou uma homenagem ao UBALDO, com um gol com a marca de nosso ídolo.

  46. BOM DIA EDUARDO E MASSA ATLETICANA.
    C.L.A.S.S.F.I.C.A.D.O
    E ISSO É O QUE IMPORTA.
    ONTEM FOI O DIA DO GOLEIRO EVERSON , IR DO INFERNO AO CÉU NO MESMO JOGO.
    APÓS AQUELA CLAMOROSA FALHA , XINGUEI O EVERSON DE TODOS OS NOMES POSSÍVEIS , MAS O GOLEIRO DEU O TROCO MAIS TARDE , E ALÉM DE DEFENDER DUAS PENALIDADES , MARCOU A ÚLTIMA COBRANÇA SE REDIMINDO DA FALHA.
    O JOGO FOI FRACO , JOGAMOS MAL , O TIME ESTAVA DESORGANIZADO E NÃO PRODUZIU QUASE NADA , O TÉCNICO CUCA PRECISA CORRIGIR ESSES ERROS.
    O JOGADOR TCHÊ TCHÊ PERDIDO EM CAMPO NÃO MARCAVA NINGUÉM.
    MAS , ENFIM , O QUE IMPORTA É A VITÓRIA E A CLASSIFICAÇÃO E ISSO CONSEGUIMOS.
    AGORA , É ENGRENAR O TIME E VOLTAR A ATENÇÃO PARA O BRASILEIRO , QUE É O NOSSO PRINCIPAL OBJETIVO.
    ATENÇÃO :
    QUEREMOS ESSE BRASILEIRÃO.
    CADA JOGO É UMA FINAL.

  47. Bom dia, Eduardo, atleticanas e atleticanos.

    Para quê goleiro? Para quê zagueiros? Para quê volantes e laterais? NÓS TEMOS O VAR. Se alguém disser que se não for sofrido não é Galo, saiba que eu já estou xingando a mãe. Jogar e não vencer um time ruim de doer como esse Boca meia boca é simplesmente falta de vergonha. O time não tem nem batedor de penaltes. Cruz credo. E eu, como tolo que sou ainda tentei assistir o jogo.

    Mas, que assim seja. Vitória é vitória e sempre é linda. Valeu pela classificação e os sete milhões da premiação. Mais uma vez tive que sair da sala para defender meu coração. Estava tudo bem com ele, pois, desde o jogo contra o Santos eu não assisti nenhum outro jogo do Galo. Com trinta minutos de jogo ontem, no entanto, ele já estava a 96bpm. Saí da sala para tomar o meu Xarelto e continuar vivo para ver o Galo campeão mais uma vez.

    Medicado, eu já estava cochilando quando acordei com minhas filhas gritando Galo lá na sala e o foguetório da vizinhança comemorando a “vitória”. Liguei o rádio e quando soube o que aconteceu me lembrei do AmiGalo PAULO ROBERTO que deve estar muito feliz porque o Galo agora tem um goleiro milagreiro. No mais, é Galo na cabeça e VAR no coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.