Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Não espero pelo ano que vem!

Saindo dos bastidores e até mesmo de resenhas improdutivas, amanhã se inicia a maratona maluca que teremos pela frente. Entre 11 a 13 jogos, num curto espaço de 43 dias. Campeonato Estadual, Taça Libertadores das Américas e início do Brasileirão. Apesar de apenas sete dias passados do vexame sob o comando de Cuca, vamos ter uma mostra do que podemos sonhar na temporada.

O treinador pediu 10 dias, porém, diante da nossa realidade é inaceitável que não tenhamos resultados efetivos já no jogo deste final de semana. Na quarta-feira, lá na Venezuela frente ao Deportivo La Guaira, é trazer três convincentes pontos ou jogar água fria na empolgação que os garotos da base provocaram no início do Mineiro.

Também é inacreditável o que o Galo faz com os que sobem para o profissional. E não é só com o treinador Cuca, isso já vem de gestões e comandos anteriores. Nosso atual técnico e o último, passando pelo Santos, promoveram garotos para o time profissional. O Peixe assegurou vaga na fase de grupos da Libertadores, com um belo futebol e gols decisivos desses atletas da base.

Daqui assistimos talentos promissores como Talison, Neto, Savinho, Felipe e outros tantos que mostraram qualidade naqueles quatro primeiros jogos, sem oportunidade. Já outros, que custaram caro e têm salários extraordinários, recebendo chances e mais chances, sem convencer ao melhor termômetro de avaliação: o Torcedor Atleticano!

Enquanto isso, depois de gastar uma dinheirama, como dizemos na roça, “sapecando porco com nota de 200, ou mesmo de dólar ou euro”, acompanhamos os treinadores insistindo com bananeira que já deu cacho. Se quando Sampaoli chegou, inegavelmente teve o mérito de nos livrar de mais de dez, ao sair deixou outro tanto nos seus lugares. É muito ex-jogador, que nunca teve brilho, na folha salarial do Galo.

Daí o Cuca chega e já pede o Tchê Tchê, vulgo Quero Quero, que de cara entra numa partida importante que o time deu vexame. Isso queima o profissional e coloca em dúvida a continuidade do trabalho do treinador. Ainda quero manter minha confiança e esperança que o time Atleticano reaja dentro de campo.

Paralelo a esse momento de desconfiança, combinado com o lombo calejado do Torcedor, me vem o diretor de futebol repetir o que seus antecessores vomitaram nos últimos tempos. Não, meu caro Caetano, o Atleticano não admite mais projeto para o futuro, “para o ano que vem”. Nós queremos é agora, de imediato, tanto o Mineiro quanto o Brasileiro e Copa do Brasil, também a Libertadores e Mundial. Deu pra entender? Se achas que veio aqui para tentar enrolar a Massa com essa conversa de “projeto futuro” e “ano que vem”, estamos fadados a um péssimo relacionamento.

Não sou ninguém nas decisões internas, sejam de finanças ou futebol, me enquadro na insignificância de décadas (mais de meio século) de presença nas arquibancadas. Em função disso, participei de todos os planos – do presente e do passado – de sócio torcedor (atual GNV), tendo ainda adquirido à vista duas cadeiras cativas no Estádio do Galo (G-12 e G13) uma delas no nome da minha filha. Diante disso, relacionando minha insignificância e minha dedicação, me reservo à condição de poder reclamar. Resenhar, ou se preferir, cornetar.

O senhor não veio aqui para passar gelo na nossa ansiedade por títulos. Esse “olho no mercado” já encheu o velho e cansado saco (leia-se paciência) do resignado Torcedor Atleticano. Precisa ser apresentado à Massa. O atual presidente, em início de mandato, é o representante legítimo dos “benfeitores” que assumiram esse momento novo do Galo. Estádio, jogadores caros indicados por treinadores, salários astronômicos. Treinador, dirigente, jogadores, todos passam, nós Atleticanos seguimos daqui. Que os mecenas não passem, ao contrário, assumam ativo e passivo e nos assegurem melhores tempos. É o meu pedido e de muitos Torcedores.

*fotos: 1 e 2) Pedro Souza/Atlético; 3) UAI/EM

36 thoughts to “Não espero pelo ano que vem!”

  1. Tem comédia que contracena, simplesmente ridículo! O pangaré perde tempo fazendo 15 comentários pra dizer q não leu o texto!!! Kkkkkkkkk fica no f5 o dia todo, regulando e comentando comentário. Se o Galo ganha, acabou a graça, perde a motivação. PS: pra ter frequentado o antonio carlos, tem q ter idade, pra ter frequentado o gigante de arroyto, tomado chuva em sao caetano, trocado porrada dos “lanus”, em curitiba, campinas, empurrado elas, entre outras, precisa um pouco mais. Me importa o pra frente. Respeito o passado, mas ele ja passou! SAN

  2. Fora Cuca, Renato Gaúcho eh a cara do Galo! Quem eh o treinador campeão do nosso título mais importante, perto do excepcional Renato Gaúcho, que sempre desrespeitou e esculhambou o Galo!?! ?Quem sabe Renato traz Chicão, Paulinho Maclaremn, kleber Gladiador e Roger surfistinha como auxiliares?!?! Todos tbm tem a cara do Galo!!! Quem sabe Minelli de treinador? Ou paulinho de almeida (q foi a solução, em 88, qdo Telê largou o Galo e foi pro flamengo). Fora cuca, fora Roger, fora Telê, fora Levir, seu burro com (muita) sorte! Fora caetano, costa e mattos. Fora geral! Fora Mariano (e fica Guga?). A “globolixo” promoveu lavagem “celeblal”. Pqp, q saudade do campo, do campo de verdade. O grande Spencer, era reserva, mas parece q o reserva do Spencer (tal qual o reserva do Réver, o Silva), foi mais importante na história do nosso Galo. Nesse truque eu nao caio. PS: foda se o perfumo, o dirceu lopes e qualquer outra referência q nao tenha jogado no Galo. FODA SE! Aqui eh só GALO!

  3. Ô EVANDRO ,

    torcer para o PROJETO, para um NOVO jeito de fazer futebol, para o “profissionalismo” , para os ENSAIOS, são tantas emoções que nos oferecem …..

  4. Estamos é de saco cheio de tanta baboseira ano após ano… entra e sai Diretor e o discurso é sempre o mesmo blá blá blá…

    Estamos de saco cheio de esperar o ano que vêm e que vêm e que vêm e que nunca chega…

    Estamos de saco cheio de ver estes marmanjos vestirem nossa camisa pra nada e as poucas promessas quando aparecem, serem queimadas…

    E falando por mim, quero algo real e positivo pra hoje, pra esse mês, pra esse ano de 2021 pois ano que vêm nem sei se estarei vivo!!!!!

  5. NÃO EXISTE TIME VENCEDOR SEM UM GRANDE GOLEIRO
    OU SE CONTRATA UM GOLEIRO OU ESSE ANO ESTÁ PERDIDO.
    PELO VISTO REALMENTE ESSE RODRIGO CAETANO É O NOVO ALEXANDRE GALO , QUE DEUS NOS PROTEJA DESSE ELEMENTO MAL INTENCIONADO.
    CHEGA DE JOGADORES VELHOS E VELHACOS.
    TARDELLI TAMBÉM É PASSADO E O GALO NÃO É MUSEU.

  6. O texto do ÁVILA hoje foi realmente sensacional .

    Eu me transportei para a arquibancada, tendo ao lado um torcedor padrão , copo de cerveja na mão e dando o maior apoio pro time.

    Daí o 9 perde um gol cara a cara e o torcedor : “deu azar” .

    Outra bola no 9 , outro gol perdido, e o torcedor : “o beque chegou junto”.

    Mais uma bola no 9 , mais um gol perdido , e o torcedor : “vai pra pqp, seu fdp” , e joga o copo na direção do banco.

    O ÁVILA segurou o que pode .
    Hoje não teve jeito .
    Ninguém aguenta mais o “ano que vem vocês vão ver”.

  7. GENIVAL e HENRIQUE , permitam-me :

    essa história que retrata o que diz o André Cury
    não faz dele nenhuma sumidade na análise de
    composição de elenco .

    Dar a ele crédito por uma obviedade dessas é
    alimentar uma narrativa para engrandecer seu
    ( dele ) currículo .

    Falou nada de mais .
    Nem de menos .

  8. Puxa! Eu comentei 3 vezes hoje e não falei “fora Cuca!” Puta merda! Que vacilo!
    Então,
    Fora Cuca!
    Fora Cuca!
    Fora Cuca!
    Fora Cuca!
    Ah…PAULO ROBERTO, seguindo-te, digo,
    Fora Rodrigo Caetano!!!.
    Fora Rodrigo Caetano!
    Fora Rodrigo Caetano!!

  9. O que mais irrita o torcedor atleticano é ser tratado como se fosse uma legião de debiloides. Por não termos, a tempos, uma diretoria que nos representem e com o agravante da ausencia da torcida , deitam e rolam ,e fica por isto mesmo. Um elenco multimilionario , uma estrutura de primeiro mundo, salario em dia , jogadores comprados a peso de ouro e que/ estão devendo muito, vem este individuo, no começo do ano , antes das disputas importantíssimas no futebol, vomitar sandices, asneiras. junto com este bom tecnico , mas melhor ainda na arte de desmobilizar, de convidar o fracasso. Acredito, sinceramente, que sairemos deste quadro somente com uma mobilização identica do caso tiago neves e, acredito, também , que está perto de isto acontecer , estamos de saco cheio de picaretas no comando do nosso futebol. Depois duma desastrosa fala deste rapaz, a pergunta que não quer calar : torcer pra que? somos carta fora do baralho segundo o grande diretor

  10. Boa tarde a todos!
    Eu estou muito otimista com essse “elenco” pra Libertadores.
    Na altitude os caras chutam de longe toda hora e com esse goleiraço que o Galo tem é certeza de sacola cheia.
    Estou prevendo 7 ou 8 pontos na fase de grupos: 2 vitórias,1 empate e 3 derrotas sendo uma delas em casa.
    Esse é o otimismo de um atleticano de 48 anos.
    Abs.

  11. O André Cury, apesar de toda ganância, disse algumas coisas certas. Jogadores velhos, com altos salários, em detrimento de jovens promessas, não levarâo o time a lugar nenhum e atrapalham no lançamento dos jovens, no time principal. Gastar dinheiro comprando Vargas, Hyoran, Nathan, Sasha ou pagando altos salários a Mariano, Réver, Bueno, Tardelli, Hulck, é desperdício. Qual clube quer algum deles, mesmo que seja do pelo salário ?

      1. Cara Teobaldo, se essa é a condição, então podemos sim fechar as portas, pq os atacantes que temos são horríveis.

  12. bom dia Eduardo e massa. ok esperar de uma equipe que o fantoche do diretor de futebol abre a boca em dizer que é sanidade em o galo pensar em títulos este ano,no galo não a comando são um bandos de incompetentes que não entende nada de futebol e como fica nos saber isto de um fantoche de diretor de futebol. aliás estes peladeiros ouvir isto do diretor ok eles vão achar para eles está tudo bem com seus milhões na conta todos anos enquanto isto a torcida aguenta a chacota e vergonha. aliás mandaram o Alexandre Mattos embora e contratou este fantoche diretor que se fosse bom não vinha para o galo. este time do galo não me traz confiança aquela derrota contra as Marias foi um aviso que pode acontecer em 2021.não temos zagueiros. lateral direito. volante pitbull então estamos lixados. a galo não aprende com erros do passado. ótimo final de semana a todos amigalos. vai galooo.

  13. Bom dia! O André Cury traçou um retrato bem realista do futebol profissional de uns bons anos para cá. E deixou bem claro: qual clube irá num futuro comprar o Hulk, o Nathan, O quero quero, o Bueno, o Mariano, o Nacho, o Sasha……mas muitos se interessarão pelo Savinho, Calebe, Neto, Felipe, Giovani, Allan Franco e até Zaracho e outros jovens. Como afirmou na entrevista: hoje a receita anual de um clube tem como estimativa entre 20% e 40% da receita advinda da venda de jogadores. A receita todos sabemos: é mesclar bons jogadores experientes com os jovens, que assim ganhariam maturidade pessoal e profissional. Flamengo vendeu: Vinicius Jr, Paquetá, Reinier…..e apurou muito, mas muito dim-dim. E a última venda do Galo: Jemerson……que por sinal já voltou e se encaixaria nesse defesa. Senhores diretores revejam e revejam e revejam essa entrevista do Andrè Cury. Prestou uma assessoria com uma visão atualizada baseada em sua experiência com o futebol. ( Trabalhar 14 anos no Barcelona não é para qualquer um ).

  14. Este diretor, se tivesse comando no clube, teria, que publicamente, mostrando a cara , em alto e bom som , se justificar; Chegou aqui em Minas , rolando o lero, como seus antecessores, com a conversa fiada que não queria atrapalhar, atrapalhar o menos possivel , a “evolução” do vistoso , espetacular futebol apresentado. E se manteve invisivel , isto ele faz bem, na truncada tratativa com o treinador, escolhido por eliminação, ocupado que estava em encher a bola de renato gaucho , um sujeito fanfarrao e que devia ser considerado persona non grata pelo clube . O tchetche, perninha , la de sao paulo , pretendido pelo padrinho cuca , já avisava , em meio a declaraçoes apaixonadas pelo galo, que não queria a cinco , ou seja, mais um dono do time que se julga no direito de escolher a posição no time, E o diretor caetano, calado, invisivel, somente abrindo a boca para fazer uma preleção sobre a libertadores , para não sermos surpreendidos, isto depois do vexame historico de domingo , perder pra este time do cruzeiro , assusta e pela eliminação do gremio , com a demissão do faroleiro renato. Estamos bem encaminhados;

  15. BOM DIA EDUARDO E MASSA ATLETICANA.
    E PARA INICIAR BEM O DIA :
    FORA RODRIGO CAETANO.
    FORA RODRIGO CAETANO.
    FORA RODRIGO CAETANO.
    QUEM É ESSE ELEMENTO PARA CHEGAR AQUI E DAR UM TAPA NA CARA DE 10 MILHÕES DE ATLETICANOS , DIZENDO QUE TÍTULOS
    “”SÓ A PARTIR DO ANO QUE VEM””.
    ESSE SUJEITO DEVIA TER SIDO DEMITIDO LOGO APÓS A ENTREVISTA.
    QUANTO AO TIME , NA MINHA OPINIÃO NÃO PRECISAMOS MAIS DE NENHUMA CONTRATAÇÃO , À EXCESSÃO DE UM GOLEIRO.
    COM UM ÓTIMO GOLEIRO ESTAREMOS PRONTOS.
    AGORA , NA VERDADE O QUE ESTÁ FALTANDO É VERGONHA NA CARA DOS JOGADORES.
    ELES PRECISAM SABER QUE NÃO ESTÃO AQUI A PASSEIO , QUE PARA JOGAR NO GALO EXIGIMOS DEDICAÇÃO , GARRA , PEGADA E DETERMINAÇÃO EM CAMPO.
    QUE SUEM A CAMISA.
    COM CERTEZA NÃO ESTÁ HAVENDO EMPENHO POR PARTE DOS JOGADORES.
    O ELENCO ESTÁ INCHADO COM MUITOS JOGADORES
    “VELHOS E VELHACOS”.
    O BUNDUDO HULK POR EXEMPLO NÃO FOI UMA BOA CONTRATAÇÃO , JOGADOR VELHO , PESADO E FIM DE CARREIRA.
    QUEREMOS GOLEIRO.
    SEM GOLEIRO NÃO SE GANHA TÍTULOS.
    QUANDO SE FALA EM GOLEIRO TEM QUE SER NÍVEL RENATO , VÍTOR , TAFFAREL , MAZURKIEVSKI .
    QUEREMOS TÍTULOS.
    E FORA RODRIGO CAETANO.

  16. Texto mais ‘TORCEDOR” que esse está para existir

    O nosso caríssimo ÁVILA chutou o balde da prosa
    politicamente correta e jogou pra fora tudo aquilo
    que a ARQUIBANCADA clama desesperadamente .

    QUEREMOS TIME DE FUTEBOL PRA HOJE e que se
    vire o Roedor de Unha pra arrumar onze caras de
    MORAL , VONTADE e RAÇA pra entrar em campo
    e fazer o que precisa ser feito , por eles mesmos ,
    porque se depender do Chorão estamos na “taba
    da berada” .

  17. Uma pergunta honesta: Quem vai estar na Casamata Alvinegra nos dois primeiros jogos da L, já q o adestrador de quero.quero foi expulso na final da temporada passada?
    Garotada da base CAMpeã do Br da categoria= a
    A diretoria cagalhona= Categoria de base é o nosso centro de captação para garotos serem mal_ou nem serem_ aproveitados no futuro
    _Vejamos até qdo esses bilionários vão brincar de rasgar dinheiro com porco magro,haja grana p tapar este buraco chamado incompetência q se instalou no 2º andar de Lourdes. Cavado pela mesma turma,aquela q por não entender de futebol levou o Clube ao fim do poço e ainda manchou nossa história centenária.
    Que fim levou o Wesley Hudson,o Rubens, o Guilherme Santos etc?!
    Saudações Atleticanas

  18. TEOBALDO ,

    a depender desses novos “ensaístas” , narradores
    e comentaristas atuais a gente vai ficar sem saber
    o que é UM GOL .

    Vão inventar um novo nome , uma nova narrativa
    para o “momento maior do futebol” .

    1. Barata, querido, tempos atrás eu tirava o som da TV para ouvir a transmissão do rádio. Hoje as transmissões do rádio estão piores que as da TV. É uma babação de ovo que dá asco. É os comentaristas? Risíveis! A crítica honesta e verdadeira passa longe desses caras. Abraços!

  19. Numa peneira, o candidato a jogador tem poucos minutos pra tentar convencer que “tem o dom”. Que esses jogadores pesados à folha salarial do Galo e ao pobre gramado, mostrem rapidamente à que vieram amanhã. Se em 15 minutos não mostrarem nada, que o treinador, em vez de ficar roendo unha, já saque logo esses inúteis e entre com quem pode mostrar alguma coisa. Mas…por favor, não coloque os mesmos que já mostraram que não resolvem nada (Nathan, Sasha, Hyoran…).
    Quanto ao Hulk, já mostrou que está fora de forma e precisa “se adaptar” ao futebol brasileiro. Sugiro que seja emprestado a um time de série b ou faça um trabalho, um treinamento especial à parte.
    Duas máximas do futebol que esses burros já deviam ter aprendido:
    1) Todo grande time começa com um grande goleiro.
    2) Time que está ganhando não se mexe.

    Ô Cuei! Onde está o zagueiro?
    Precisamos de zagueiro!
    Zagueiro!.
    Zagueiro, seus merdecenas!!!

  20. Torço, como sempre, mas sem acreditar. Enquanto o Clube tiver DONOS, incompetentes para uma excelente administração do futebol (não basta nem ser boa), não vamos chegar a lugar algum. Se ganhar o mineiro, coloquemos as mãos para os céus. E vejam a folha($) do Galo, em comparação com os demais finalistas…

  21. RICARDO PEREIRA ,

    comprei uma enxada nova , ótima .

    Você tem muita paciência para levar à frente
    toda aquela conversa .

    Mazurka chegou e jogou .
    Cincuneghi chegou e jogou .
    Perfumo também .
    Pedro Rocha e Doval arrebentaram .
    Ah! , o Olivera , o Kannemann , o Lugano ……

    É muita conversa “ensaiada” , ‘tá é doido !!!!!

    1. Boa noite JOSÉ EDURDO BARATA!
      Fiquei tempos sem cornetar, ops, comentar… apenas lendo… e tentando controlar minha “cobrança exacerbada”.
      Mas ontem realmente foi fora da curva.
      A narrativa continua a mesma.
      Voltei pra “capina” mesmo.. menos cansativo que ler certos textos aqui.. (risos)…
      Saudações.

  22. Salve massa e Guru!

    Onde assino? Esta história pra boi dormir de projeto para o futuro não engana mais o atleticano. Queremos título aqui e agora. Não só a diretoria, mas qualquer um que estiver no clube, tem que estar nesta wibe, caso contrário, pega o boné e vai embora! O grande erro do nosso clube é que estamos sempre recomeçando e nunca dando sequência.

  23. Bom dia!!
    Que belas linhas!
    Caro Eduardo, você me representa!!
    Espero que esses enganadores à frente do Galo leiam a coluna de hoje.
    Gol de placa, caro Ávila!!!
    2020 chegou!
    2020 é agora!
    Now!
    Now!
    Now!
    Caetano, se sua cabecinha oca está fora de sintonia com a Massa, está no ano que vem, então saia agora e volte ano que vem, mas não seja mais um a querer passar certificado de otário no torcedor atleticano.

  24. Bom dia blogueiro e massa. Leio suas resenhas todos os dias e os comentários, mas não sou muito de comentar. Só que vejo uma passividade grande demais da nossa torcida. Não estou falando para brigar ou quebrar coisas, pois isso é irracional e inadimissível. O Palmeiras ganhou libertadores e copa do Brasil há pouco e hoje, após derrota para o São Paulo, já teve muro do CT pichado. E o Galo, nada. Vamos protestar com sabedoria. Pichações, cancelamentos de sócios, parar a compra de produtos, às vezes até mesmo não assistir jogos, por mais que isso seja difícil. Porque pelo visto, com tanto dinheiro no bolso os Rs não estão muito preocupados com torcida não.

  25. Eu não espero pelo ano que nunca virá!

    O modelo adotado que privilegia ex-jogadores em atividade em detrimento da subida criteriosa de atletas da base, ao que parece, continuará. É tal metodologia de trabalho, como fartamente comprovado, além de estar fadada ao fracasso desportivo, ainda destrói as finanças do clube.

    Mesmo com vitórias, não nos enganemos: a renovação do plantel potencializa a venda de jogadores para tornar o clube auto-sustentável.

    Façamos uma análise, mesmo que rasa: se vencermos uma competição importante, qual jogador do plantel atual teria mercado para uma negociação vantajosa para o clube?

    No futebol atual não o há modelo que se sustente sem vendas de atletas. Glorias espertivas, apenas, é um mundo que não existe.

    Abraços!

  26. Bom dia a todos. Caso “o projeto” seja pro ano que virá, e nunca chegará, melhor fechar as portas esse ano. Economiza a paciência do torcedor. Se não for pra tentar vencer, melhor nem disputar. Covardes, incompetentes, amadores, gigolores de torcidas!

  27. Bom dia, Eduardo, atleticanas e atleticanos que como o Guru blogueiro estão com o saco cheiro desse negócio e das negociatas que sempre redundam em “Galo do futuro”. E certamente esse futuro também jamais chegará com diretores da laia desse gaúcho contrabandeado para nossas terras. Ora, vá conversar fiado assim lá na casa da sua mãe, cara.

    Infelizmente eu já cheguei à conclusão de que em que pese as intenções desses dirigentes e mecenas de transformar o CAM em uma potência econômico-financeira, o que realmente acontecerá, o nosso futebol, razão de ser da torcida, continuará relegado a segundo plano.

    Basta analisar o atual elenco do Galo para verificar que ele é um verdadeiro peso morto que nunca dará satisfação real à torcida. Um elenco desequilibrado que não preenche as necessidades dos setores críticos do time e que foi formado a partir de interesses escusos de diretores e empresários. Jogadores em fim de carreira junto a outros ainda jovens, mas contaminados pela apatia e desinteresse por conquistas maiores em virtude de maus contratos que lhes garantem as rendas sem necessidade de esforço, jamais produzirão o que se espera de um bom time. Enquanto isso, jovens que têm tudo a oferecer ao time em qualidade técnica, aliada ao amor e respeito pelo manto que vestem, adquiridos em anos de luta em prol do clube, ficam relegados a planos inferiores sem chances de mostrar essa qualidade.

    Diretorias distantes do departamento de futebol que entregam o time nas mãos de mercenários interessados apenas em fazer negociatas obscuras com empresários pouco confiáveis jamais terão sucesso no terreno esportivo. A história do Galo mostra que em todas as ocasiões em que tivemos bons times os diretores estavam diretamente envolvidos na administração do futebol. O sucesso recente de 2012/2014 mostra isso. Dispensável é elencar os nomes de presidentes, vices e diretores que ao longo de nossa história foram responsáveis por esses grandes times, pois, todos os torcedores os conhecem e lembram deles com saudade. E o Galo atualmente está abandonado por seus diretores que chegaram ao cúmulo de dizer que não entendem nada de futebol e que o fulano vai resolver tudo.

    Estamos na mesma situação atualmente. Esse fulano da vez vai resolver tudo e nós vamos ficar esperando a nossa vez. Não me cansarei de repetir porque é a única coisa que me compete fazer: NÃO VAI DAR CERTO.

    Um bom sábado e feliz fim de semana para todos nós.

    O GALO AINDA ESTÁ VIVO E ATIVO, GRAÇAS AO AMOR DA SUA TORCIDA.

  28. Bom dia a todos!
    Um time campeão começa por quem o compõe, no caso do Galo não há ninguém com esse espírito, seja na diretoria, comissão técnica e também jogadores. No início do ano após o novo presidente assumir, o único integrante que tinha pensamento e vontade de vencer foi demitido sem explicação, deixando um monte de indagações no ar.
    Daí contrata-se um diretor de futebol que só acata ordens e não consegue ver as carências do elenco. Mais uma vez nos faz passar vexame e nos fada ao fracasso.
    Talvez o fracasso seja nosso maior mérito. Desconheço algum clube que consiga fracassar tanto quanto o Galo e que quando parece estar aprumando, vem uma nova diretoria com novos diretores e nos devolve a sina de fracassar, nos tira o sonho de dias melhores, nos tira a paz.
    Pedindo licença para usar uma expressão do nobre Viana, estamos cansados de ouvir falar do Galo Novo ou Renovo.
    Bom final de semana a todos e que o Cuca não estrage meu domingo.

  29. Bom dia Eduardo. Bom dia a todos. Basta ir ao site do G1 para constatar que o que é ruim pode piorar. É inacreditável ver o Diretor de Futebol dar entrevista para revelar cobrança do Presidente e dos 04 R para venda de jogadores na próxima janela de junho. Com essa atitude o Gerente de Futebol manda um recado para o mercado da necessidade do Galo vender. Com isto, quem quiser comprar jogador do Galo, vai usar a necessidade de vender para pagar um preço menor. Qual a necessidade ou utilidade desse tipo de entrevista? Na minha opinião, o Diretor de Futebol uma ótima oportunidade de ficar calado.

  30. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    Bela resenha caro blogueiro! Nada de futuro. O futuro é agora! Queremos comprometimento, desempenho e títulos, já. Chega de promessas vãs.
    Hoje e sempre, galo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.