Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Movimentações no retorno do recesso agitam a vida do Atleticano


Depois dessa miniférias, o elenco Atleticano voltou aos treinamentos e a semana tem sido intensa. Hoje, quinta-feira, depois de apenas três dias da volta com o convívio das coisas do Galo, o Torcedor tem tido motivo para boas prosas em torno do time e do futuro que está logo ali na frente. Novas caras, reunião do Conselho, sub-17 eliminado, treinamentos, entre tantas resenhas que venho ouvindo pelos bares e cafeterias de Belo Horizonte.

Vamos, uma a uma, comentar e dar voz ao Torcedor sobre o que pensa. Sobre as caras novas, duas delas que ainda são incógnitas, mas que trazem esperança ao Atleticano. O lateral uruguaio e o volante paraguaio, precisam mostrar serviço, condição que num passado recente conterrâneos de ambos deixaram a desejar.

Para relembrar! Uruguai: Fernando Rosa, Kanapis, Gutierrez, Carini e atualmente Terans; Paraguai: Giménez, Benitez, Martinez e Cáceres. Com isso, tanto Lucas Hernández quanto Ramón Martinez, chegam com a difícil missão de se encaixar no time e apagar da memória seus compatriotas. Otero, insisto, não é reforço e agrada ao Atleticano. Ainda faltam pelo menos três contratações para disputar vaga e aptos à titularidade.

Já na base, a grande esperança da Massa está com Júnior Chávare, que chegou recentemente na Cidade do Galo. Assim como Rui Costa, também impressionou nas entrevistas, vamos ver sua agressividade no trabalho com a garotada. O sub-17, vergonhosamente, foi derrotado pelo Grêmio por duas vezes. Aqui é lá no Rio Grande do Sul. Na partida do Sul, o Galo vencia até quase ao final, mas uma substituição mal feita pelo treinador decretou a virada. Já o sub-20 tomou uma “chinelada” do Botafogo. Haja!

Outra bordoada, fora de campo, foi a entrevista do Tabata dando conta de como o jogador da base não vinha merecendo atenção da diretoria. Com isso, perdemo-lo, Fred, Wesley e até Marco Túlio. Tabata e Fred saíram por entre os dedos. Wesley foi desdenhado. E Marco Túlio virou moeda de troca para abater parte da dívida pela compra do Elias. Mãos à obra, Chávare!

Paralelo a isso, uma grande notícia. O presidente do Conselho Deliberativo, advogado Rodolfo Groppen, conseguiu aprovar uma comissão para estudo e proposta de reforma do estatuto do clube. Uma grande iniciativa, desde que esse trabalho seja estendido à participação ampla de quem faz a vida do Galo, no caso o Torcedor. Regras de governança e transparência foram os pontos destacados por Groppen. Que assim seja!

Por fim, quero deixar meu registro pessoal sobre essa coisa de jogo treino e treinamento secreto. Uma idiotice sem tamanho. Levir tinha essa mania e sempre que inventava essa bobagem, o que era apresentado nas partidas era um futebol indigno da tradição Atleticana. E mais, um jogo com o América e outro com o Coimbra, na preparação para o clássico mineiro da Copa do Brasil.

Ora, será que o treinador, jogadores, comissão técnica e diretoria do Galo – se querem apresentar uma grande e inesperada surpresa para essa partida – farão um “acordo de sigilo” com todos os adversários presentes? Qualquer um dessa quase centena de pessoas, entre atletas e dirigentes presentes, não tem qualquer compromisso com os interesses do Galo. Querem privar o Torcedor e a imprensa para esconder o que? Que bobagem!

*fotos: Bruno Cantini/Atlético

20 comentários em “Movimentações no retorno do recesso agitam a vida do Atleticano

  1. Cada um tem uma opinião e eu as respeito, a minha é que o Elias não acrescentou nada ao time do Galo. É um jogador comum, que em momento algum justificou sua contração, foi dinheiro jogado fora e ponto final. Errar é humano renovar com o Elias é burrice.

  2. Elias, o espertalhão da renovação.

    Elias não marca, não combate, não ganha dividida, não corre, não se empenha, não pratica futebol individual nem coletivo. Não sua a camisa. Limita-se a passes laterais e para trás. E a deixar o adversário passar por ele, prejudicando o time.

    Em suma, é o “não-jogador”, o praticante da nulidade e da invisibilidade em campo.

    Se ele mostrou algo diferente disso nos últimos jogos, é calculado, como faz o malandro. P. ex.: o “pique e a assistência da renovação”.

    Segundo o dicionário, “vampiro” é o morto que suga o sangue dos vivos, dos campanheiros de equipe. É a pessoa ambiciosa que procura enriquecer à custa alheia, dos cofres do Clube, sem trabalhar, sem dar de si em troca.

    Parasita; aproveitador; chupim.

    Remanescente do trio de velh(ac)os com Ro(u)binho e Fred MariCone, é a maçã podre do “trio daninho” atual, ao lado de Fábio Entregador Santos e RZero.

    Não tem sangue de Galo nas veias. Ruim com ele, melhor sem ele.

    Rui Costa,
    Não se deixe lobotomizar pela cobiça do pai-empresário, não renove com seu filho-malandro. Proteja a instituição Clube Atlético Mineiro dos “oportunistas de spa”.

  3. Bom dia!
    Exceto o Blanco que se encontra momentaneamente fora de combate, quem é melhor que o Elias?
    Adilson, Jair, Pai Véio?
    É com ele que temos que contar. E ele melhorou bastante nos últimos jogos.
    Ruim com ele, pior sem ele.
    Patrick é outro que melhorou muito.
    Para de cornetar, isso não ajuda em nada!!!

  4. Salve massa e Guru!
    É parece que os bons ventos finalmente estão soprando para o lado da cidade do Galo, e isso graças a atuação do novo diretor RC. Chegou sem alarde, foi cobrado pela demora na contratação de reforços, mas vem mostrando que a política da “cautela e caldo de galinha não faz mal a ninguém” é a melhor para o clube. Finalmente a barca estacionou na porta do CT, e já embarcaram alguns ilustres passageiros, apesar de outros ainda teimarem em resistir.
    Outra mudança radical que está acontecendo é na categoria de base com a chegada tb de um novo diretor, mas ai pergunto: e os ex atletas que estavam lá ganhando dinheiro sem fazer nada, embarcaram na arca também?
    Fato é que, mesmo sem os reforços tão almejados pela torcida, com a efetivação do RS parece que podemos pelo menos esperar algo mais da equipe do que o afastamento da zona d degola.u
    Em contrapartida o outro time tão decantado pela imprensa, tá mais famoso nas páginas policiais do que o pessoal do PCC. A conta chegou Mariada.

  5. Bom dia!!

    Quando a gente pensa que as coisas estão caminhando pra frente, eis o retrocesso.
    Renovar com Elias? Piada de mal gosto.
    Guga estava evoluindo e antes de ir servir a maldita seleção, estava jogando muito. Aí, na sua volta, sem que nem pra quê, é sacado do time pra volta do entregador de rapadura. Mas a culpa é de parte da torcida que fica enaltecendo Patric por causa da raça e de uma partida boa aqui, outra aculá. O resultado dessa irresponsabilidade e dessa sandice a gente sempre vê nos momentos decisivos.

    1. Bom dia!
      Exceto o Blanco que se encontra momentaneamente fora de combate, quem é melhor que o Elias?
      Adilson, Jair, Pai Véio?
      É com ele que temos que contar. E ele melhorou bastante nos últimos jogos.
      Ruim com ele, pior sem ele.
      Patrick é outro que melhorou muito.
      Para de cornetar, isso não ajuda em nada!!!

    2. É muita cornetagem,pra que isso? Ajuda em que?
      Falaram muito antes do inicio do CN que disputaríamos pra não cair, que precisávamos nos preocupar com os 45 pontos e outras bobagens…….
      Veja a posição do GALÃO no CN!!! E com os mesmos jogadores………
      Deixem a cornetagem paras marias e outras………………….
      Aqui é GALO!!!!

  6. Boa Noite,

    Já havia adiantado o vexame no primeiro jogo do sub17, no segundo ameaçou um bom resultado, mas, faltou como o tempo todo, qualidade.
    A base precisa realmente ter maior atenção, será que coincide com a chegada do Marques para este caus total, espero que não.
    Na verdade homens errados no lugar errado pode causar desastres enormes, que levam muito tempo para resolver, haja visto nosso profissional, tá difícil para entrar nos eixos.
    Pelo que vejo a vaga de 1º volante e lateral para os contratados pode ser questão de tempo e oportunidade, e seria muito interessante se o Maicon Bolt entrasse na barca da saída, no Galo o perna de pau é mais prejudicial do que nos outros times, porque são todos muito bem remunerados.
    Espero este time ainda mais com a cara do treinador, do Galo forte vingador e que cada vez mais dignifique esta camisa.
    E por fim, espero que acabe rápido está copa América. Aff.

  7. A nossa BASE é Péssima.
    Não revela ninguém. Uma super estrutura , a melhor do Brasil , mas , de lá nada sai de bom.
    É DINHEIRO JOGADO NO LIXO , ESSA BASE DO GALO.

  8. Boa tarde xará e amigalos desconfiados. Se eliminar o Cruzeiro no mata-mata da Copa do Brasil começo a acreditar em dias melhores e a confiar um pouco mais neste grupo de jogadores. Estamos sempre dispostos a apoiar e ainda é cedo para qualquer prognóstico para o segundo semestre. Quanto ao GALO ser freguês do Grêmio achei que era só no profissional…..

  9. boa tarde Massa Atleticana!
    Primeiramente gostaria de registrar que concordo plenamente com o comentário do Sr. Hélio, “A nossa base é uma vergonha…”. Mais nada a acrescentar.
    Segundamente uma noticia que tem sido insistentemente veiculada, a possível renovação com Elias.
    Eu não acredito, me recuso a acreditar; decididamente, não sei nada de futebol, é um absurdo…não consigo entender.
    No mais é, como bem disseste, é torcer para que as novas contratações não nos decepcionem como outras recentes e que nosso distribuidor de camisas consiga acertar o posicionamento dos chutadores de tijolos extraindo dos mesmos o melhor rendimento possível.
    Saudações alvinegras.

  10. Finalmente o Galo está entrando na era do profissionalismo.Boto fé nesse presidente e no diretor de futebol.Estão arrumando a casa.
    Enquanto isso o outro lado continua pegando fogo e cada dia alguém joga mais gasolina.Eita ferro.

  11. Bom dia Eduardo e Atleticanos! a iniciativa de reforma do estatuto do Clube parece vir em boa hora. espera-se que haja avanços no conteúdo e que haja a condição de impeachment de gestores cuja administração seja temerária e sem qualidade. Quanto ao elenco, ainda não dá para disser nada sobre os dois novos jogadores que chegaram. Tomara que eles se adaptem bem e apresentem qualidade para logo assumirem a titularidade, pois seus concorrentes atuais não merecem continuar com titulares no time do Galo. Saudações Atleticanas

  12. Nossa base é uma vergonha. Não revela ninguém. A sensação é que não existe uma “peneirada ” justa e sim panelas e indicações. A sensação é que uma boa parte dos meninos devem ser filhos de ex jogadores, conselheiros e indicados de empresários e os bons valores voltam pra casa, pois nao são aprovados nos testes. Espero que isso mude logo.

  13. 2 mudanças são essenciais no estatuto:

    – Presidente tem q ser remunerado e com dedicação exclusiva. Isso é pra não acontecer o q vem ocorrendo hj. O presidente ter q se dividir entre o Galo, a família e o escritório dele.

    – Voto direto dos sócios torcedores para presidente e conselheiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*