Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Mirem-se no exemplo!

Foto: Bruno Cantini | Atlético

Por José Roberto

Observando o tanto de gols que nosso centroavante tem desperdiçado, volto minhas lembranças ao passado e vou lhes contar uma história.

Eu vi o melhor centroavante do Brasil, quiçá do mundo, jogar. Quem não teve o privilégio de vê-lo desfilar em campo, pode pensar que estou exagerando, e que eu, por ser Atleticano, possa estar puxando a sardinha para a nossa bandeira. Pois lhes digo que muitos daqueles que o enfrentaram, os chamados adversários, também comungam da mesma opinião.

Reinaldo não jogava, ele brincava em campo. O Rei, como é chamado carinhosamente pela Massa, desafiava as leis da física e do equilibrismo com seus dribles quase impossíveis e com suas jogadas inimagináveis. A bola e o Rei eram cúmplices gerados da intimidade mais absoluta que pode existir no universo.

O maior artilheiro da rica e centenária história do C.A.M pensava um segundo mais rápido que seus companheiros e dois segundos à frente dos seus adversários. Um dos gols mais bonitos, segundo ele próprio, foi contra o América de Natal.

Ao ver que Cerezzo passava correndo para receber na frente, com isso levando os zagueiros para marcá-lo, o Rei não devolveu-lhe a bola, de fora da área, ele jogou por cima do goleiro como se fosse com a mão. Como se fosse a coisa mais corriqueira do mundo, assim como fazia nas peladas, ainda criança, em Ponte Nova onde nasceu.

Foto: Divulgação | Trivela

Não poderia descrever as inúmeras jogadas e os muitos gols assinalados pelo Rei, por conta do espaço não ser suficiente – minha memória também está um quanto ineficiente… O baby-craque, como também era conhecido, destruía defesas com apenas um sopro de sua genialidade.

Um gênio que, após tanto tempo, ainda não foi superado por nenhum outro jogador do C.A.M em números de gols. Nós, Atleticanos, não íamos ao campo para ver futebol, também diga-se, íamos para ver a magia contagiante do Rei. Também não seguíamos para o Mineirão para torcer pela vitória incerta, nós íamos para vibrar com a vitória iminente.

Reinaldo fez do futebol uma arte assinada em letras de gênio ou de dor. A cada adversário driblado e humilhado, uma pancada no joelho, a cada gol espetacular, outra pancada no joelho. A Massa Alvinegra impotente e em silêncio respeitoso, assistia, como verdadeiros súditos, a mais uma cirurgia, mais uma e mais uma…

Os corações Alvinegros gelavam e o tempo parava, porém, toda vez em que voltava, tornava a extasiar a Massa como se nada tivesse acontecido. Parecia que não, mas acontecia, nenhum corpo humano é capaz de receber tantas agressões sem definhar. Sem meniscos, a cada dia com menos liberdade de movimentos o Rei, jovem ainda, foi obrigado a assinar os papéis da abdicação, porém seus súditos nunca renunciaram ao jogador que nos foi mais caro.

Reinaldo sempre será o Rei eterno do C.A.M, do Galo. Ouso em dizer que jamais teremos outro tão grandioso. A mística da CAMisa Atleticana sempre passará pela fantástica trajetória do nosso maior e querido artilheiro. Já as Arquibancadas Alvinegras jamais deixarão de ecoar forte aos quatro ventos: Rei, Rei, Rei, Reinaldo é nosso Rei. Sim! Tive o privilégio e a felicidade de poder ver “in loco” o maior de todos, o maior da rica e centenária história do Galo! Saudações.

Em tempo: A grande e triste verdade é que conquistas passam longe de ser prioridade e meta desta diretoria. Para ela, a diretoria, o que estamos presenciando é um excelente trabalho.  Enquanto nos fazem de trouxas, nunca sairemos da fila humilhante de que já dura 47 luas sem conquistar um Brasileiro. Pelo jeito já identificaram qual é o nosso grande problema, a culpa é da bola! Não por ser redonda, e sim por ela teimar em não entrar na casinha adversária…pfff!       

 

Postagens relacionadas

118 comentários em “Mirem-se no exemplo!

  1. Vamos ser realistas: Quero TÍTULOS pra contar!! Mais de cem anos de história: um Brasileiro, uma Liberta e um CB. Talvez para os poetas do blog está ótimo, mas eu estou falando por mim e gostaria de ser respeitado na minha opinião: Não aguento mais a gozeira aqui em casa e ter de aturar o vizinho torrando o saco!!

  2. Essa coluna virou mesmo o muro das lamentações!
    Os anos são outros,as taças são outras,o time é outro e os títulos conquistados são os mesmos…..
    Fico invocado com este tipo de matéria!!!!!
    Falta de assunto!!!!!
    Torcedor quer títulos,dai ficar lembrando de defunto não vai levar dinheiro para o clube,não vai trazer novos torcedores,o clube não cresce e como sempre,seremos essa chacota!!!!!
    Passou da hora do blogueiro olhar para frente e ver que os tempos são outros e que devemos sair dessa pequenez que somos!
    Doi! Sim e muito,mas não admito um clube centenário viver a sombra de um passado que coleciona o 1° título nacional e nada mais!!!!!!!!!

  3. Esta treinando como o time titular exatamente o que eu tinha como ideal neste momento.
    Só que ainda troco o José Welison pelo Galdezani em jogos em casa.
    Hoje torço pelo TJD que pode ser a única chance de tirar o Elias do time.
    Vai Galo! Vai TJD!

  4. ATENÇÃO : ELIAS SERÁ JULGADO SEXTA FEIRA. QUE PEGUE UNS 20 JOGOS DE PUNIÇÃO.
    T. LARGHI está fazendo a sua parte tirou ELIAS E NATHAN do time.
    Escalou :
    VITOR ; EMERSON ; L.SILVA ; MAIDANA E F.SANTOS.
    ADÍLSON ; J.WELLISON E CAZARES.
    LUAN ; R.OLIVEIRA E CHARÁ.
    É o que temos de melhor.
    Vamos em frente.
    É PRECISO COMEMORAR A SAÍDA DE ELIAS DO TIME COM UMA VITÓRIA SÁBADO.

  5. Feliz resenha de um tempo antigo. O Galo é um time que não esquece seus ídolos. Apoia seus ídolos na política e nunca os esquece. Isso é válido e louvável. Mas também não se pode viver de passado. Há muito o que conquistar ainda. O Galo precisa e isso já foi dito muitas vezes aqui por vários atleticanos. O Galo tem modelo de administração ultrapassado. Não se pode gerir um time de proporções continentais colocando torcedor na presidência. Torcedor é apaixonado e vai errar. Vai errar muito. Porque não se dirige uma empresa com paixão. Após a Lei Zico e a Lei Pelé todos os times brasileiros se tornaram empresa. O Kalil deu certo porque é empresário. Não foi o lado torcedor que acordou o Galo que dormia. Foi o Kalil empresário. Nepomuceno foi o presidente político. Liderança fraca, como é a liderança de qualquer político. Político não tem força. Tem lábia. Isso não é suficiente no esporte. Toda empresa que perde o comando afunda. Os próprios funcionários não gostam. Hoje certos presidentes parece que ficam cheios de dedos para falar com jogador, porque é o empresário que manda e blá, blá, blá. Na minha empresa trabalha QUEM EU QUERO. Não tem corpo mole, não tem discurso de gênero, feminista ou qualquer “ista”. QUEM MANDA NA MINHA CASA SOU EU. É isso que falta no Galo. O dono. Pode parecer que isso é ser autoritário. Não é. Os funcionários gostam de um ambiente de trabalho organizado. Gostam de saber seus limites e rendem maravilhas assim. Todos ficam estimulados e entusiasmados. O chefe sabe reconhecer os valores, elogiar e estimular. Olha o time das marias. Os caras estão estimulados em campo. Olha o NOSSO TIME! Até quando vou ter de ver ELIAS andando em campo, desanimado, com a cara de aborrecido, mão na cintura, reclamando? Feito o desabafo, os elogios. Acho que Larghi está no caminho e devem deixar o cara trabalhar. Com um técnico novo, que aqui chamam de estagiário, estamos melhor colocados e mais tranquilos que no ano passado, com aquele desfile de técnicos que teve. Ficamos livres de Fred “saco de cimento”. E o melhor: mandamos o cone pesado para as marias. Que ele faça lá o clube de aposentados. O time das marias só tem esse ano. Os jogadores estão ficando velhos e não vão render o mesmo no ano que vem. É NO ANO QUE VEM, que vamos colher nossa safra. Paciência e vigilância.

  6. Melhor notícia do ano, Elias vai ser julgado pelo STJD e pode pegar 2 jogos de gancho.
    Já que o banana do Thiago Larghi não tem peito para tirar essa ameba o STJD da uma ajudinha…
    Já começo acreditar em uma boa partida contra o Corinthians e quem sabe não vem a primeira vitória no Itaquerão colocando água no chopp deles.
    Vai Galão!!

  7. Boa Tarde José Roberto!acompanho o Rei desde o 1º campeonato de dentes de leite.todo jogo ele ganhava uma bicicleta como melhor em campo.foi na minha opinião um dos Dez melhores jogadores que vi jogar(Pelé,Mané Garrincha,Reinaldo,Ademir da Guia,Gerson,Cruif,Bob Charlton,Tostão(era das marias,mas jogava muito),Ronaldinho Gaucho e Zico).aquele gol contra o América de Natal,foi 6×1,eu estava na geral atrás do gol.foi o gol mais bonito que já vi.NUNCA MAIS HAVERÁ UM CENTROAVANTE COMO O REINALDO.NUNCA!ASSINO EMBAIXO!PS:acho que escrevi o nome do holandes errado.

    1. Rogério,Reinaldo jogou muito! E o come no Abelão , os dois chapéus no Junior Capacete, nuhhh ! foi o maior q eu vi… Saudações

  8. Boa tarde amigos do Galo. A síntese de todos sentimentos da torcida em relação a diretoria do NOSSO GALO é a palavra desilusão. Para alguns torcedores é frustração, para outros descaso, indiferença e incompetência, tudo isto temperado com muita arrogância. infelizmente todos este sentimentos expressão bem o que nós estamos sentindo em relação a atual gestão do NOSSO GALO.

  9. Futebol à parte -“Universidade do Galo”… A inveja mata! O único mérito nisso é que estão seguindo quem está na vanguarda, continuem assim e talvez atinjam um patamar melhor no futebol.

    1. Se esse incauto não fosse tanto idiota quanto sempre demonstrou ser em suas incursões no blog Atleticano, seguramente saberia que a vanguarda – neste caso – é do lado Ateleticano. O anúncio foi feito tem meses, muito anterior ao que o imbecil sugere. Entretanto, está aí o espaço ao mala AO Silva. Que nunca teve coragem e/ou dignidade de dizer seu nome e mostrar sua cara. Próprio de cagões como se apresenta. Em alguns momentos como AO Silva e noutras postagens como João da Massa.
      Na verdade, um borra bostas.

  10. É isso! A maioria de nós, atleticanos, já concordamos em diversos: esse técnico tem que ir embora, já, para ontem, o time atual não tem raça, não tem comprometimento, não respeita a torcida ( a maioria) e estão fingindo que jogam!!! A diretoria é omissa 100%, não está nem aí…Querem é vender jogadores para ganharem dinheiro., Mas, até quando isso será possível? Até quando algum time vai querer contratar jogadores preguiçosos, cansados e descomprometidos como esses do Galo? Por isso, s diretoria deve estar feliz com a convocação do Chará!!! Devem estar pensando…Agora, ficará valorizado e poderemos vendê-lo em uma próxima oportunidade, ganhando mais do que pagamos!!! Triste! Mas, é a mais pura realidade !!! Não estão nem aí se vai fazer falta para o time…Querem money!!! Mas, agora, com essa sequência de jogos contra times maiores, como vai ser?Como será que o professor pardal vai se segurar para não cair? Agora, tem uma coisa… Se acontecer o de sempre, derrotas e empates , as velhas desculpas e esse técnico não sair, acabou! Podemos perder todas as esperanças de ver um Galo vencedor e não vendedor enquanto essa diretoria estiver no Galo. Mas, se pensarmos bem, o Larghi deve estar tranquilo para esses jogos, pois se ele perdeu para times ruins e nada aconteceu, porque aconteceria agora com times mais qualificados??? Isso será mais do que normal para eles!!! É gente, a situação não está nada boa. Vamos colocar a boca no trombone, fazer movimento( Pacífico, é claro), fazer barulho e parar de apoiar!!! Senão, o futuro será bem tenebroso! Vamos rezar!

  11. Caros,
    É covardia invocar o Rei em momentos de TRAIÇÃO. Vem boas lembranças, mas vem tb o veneno (jogar nas marias queimou demais a RESPEITÁVEL geração Rei)…
    …E nós que temos uma tradição firmeza de grandes centroavantes goleadores e matadores natos…
    E agora? e o Pastor PIPOQUEIRO, Hein? Só vejo! (: o otário do Dracena chamou o Paçoca de Otário em rede nacional, depois disso, nem PIPOCA sobra prá nós, o cara simplesmente derreteu, só tá faltando rebolar em campo, sendo uma tremedeira só. Quem ñ tá vendo esse PAÇOCA tremendo prás defesas adversárias, ñ tá vendo o nosso vilão em campo…) Outro cone come quieto e conversa mole. Vai ficar no famoso ANO Q VEM,comendo a grana do clube, ocupando a vaga de uma promessa (Alerrandro chorão), enchendo o saco de todo mundo com sua igrejinha de paçoqueiros e aquele seu deu$ fajuto. CRÜZ credo! PASTOR DOS DIABOS!
    Nós perdemos pro vasco e pro vitória pq o PIPOQUEIRO ñ decidiu. Verdade seja dita, pq lá atrás ninguém entregou diretamente. Claro q o ninguém tá engolindo a ida de graça do Huck pro banco da Fabíola, a santa PAÇOQUEIRA. Então, a defesa tá se armando, Largo tem q voltar com o verde. Agora, no campo religioso, graças a Deus, vamos muito bem: Temos a Santa Paçoqueiro e o Pastor Pipoqueiro, temos o gabrel, anjinho dos adversário, etc. (Elias tb, prá num dizer q sô herege)
    SOMOS UMA INSTITUIÇÃO DE CARIDADE? UM CLUBE DE BONZINHOS! UMA TORCIDA BOAZINHA, COMPREENSIVA?
    Obs.: Tô usando muito ultimamente os termos paçoca, pipoca, entrega, igreja, rapadura por causa do$ novo$ lema$: VENDER VENDER VENDER, ENTREGAR ENTREGAR ENTREGAR!. Só saber qnd vai começar o negócio, pq se continuar caindo na tabela vai vender o q pra quem? Nem chinês quer saber dessa falcatrua…E qnd num tiver mais nada prá vender, doar, como vai ser?
    CONTUDO, SERÁ Q ELES QUEREM APLAUSOS E APOIO INCONDICIONAL?
    REAGE MASSA! Os velhacos da OLDD (A Organizada LuluZeira de DNA Duvidoso) tomaram conta!
    AQUI É GALO, SEMPRE!

  12. Programação da semana cheia dentro do nosso CAM (time sem COMANDO):

    Segunda e Terça Feira foi de folga e nada mais…

    Hoje têm regenerativo e nada mais…

    Quinta Feira têm um treino tático meia boca e nada mais…

    Sexta Feira um rachão antes da viagem e nada mais…

    Sábado têm um jogo contra os gambás e se perder, tudo bem, nada demais!!!!!!!!!!!

  13. Este ano já joguei a toalha. Time sem raça, jogadores descompromissados e técnico aprendiz (Chicletinho e sempre com a mesma expressão ao lado do campo). Você vê um time como o Vasco que tem um elenco bem pior mas joga com raça mesmo com o salários atrasados. O Atlético joga como sempre e perde como sempre. O maior exemplo é o ELIAS desfilando sua preguiça em campo. Não suja nem o uniforme. Não marca, não arma e não corre. É simplesmente 1 a menos.

  14. Olá amigos da bola!

    Vejo que começam a entender que essa turma que comanda o galo, o trio (presida, empresários e diretor) não tá nem aí para o time, na verdade eles querem mesmo, é se beneficiar!

    Espero que tenham compreendido também, que na gestão desses caras, só terão chances, atletas de empresários, são negócios!….. E quando ocorrer alguma venda, quem ganha? Presida, diretor e empresários…. Simples assim!

    Esqueçam oportunidade para jogadores que foram formados na base, nesse caso, o lucro vai para o CAM, não é interessante para essa turma!
    Porque os meninos que já estavam lá, não tem oportunidades? Marquinhos por exemplo é excelente, muito habilidoso, sumiu!…..
    DE AGORA EM DIANTE, TERÃO OPORTUNIDADE APENAS…….
    Percebam que cada vez mais, chegam atletas da base de outros lugares, trazidos por empresários, esses atletas é quem terão chances, porque se forem vendidos….. É uma fatia pra um, para outro e para outro!

    Usam o galo como vitrine! Essa turma não me engana, vai acabar com nosso CAM! INSISTO EM DIZER…. ESSE PRESIDA NÃO É ATLETICANO!

    Só existe uma forma de não deixarmos o pior acontecer!

    BOICOTE…………. O boicote neste caso não é prejudicial, pelo contrário, é preciso!…. Não ir aos jogos, não comprar produtos da marca galo, parar de pagar isso, aquilo e aquilo outro do galo………

    Dessa maneira, eles sentirão!….. A grana ficará escassa!……. E quando faltar o faz me rir!…. Ah! meus amigalos, tenham a certeza que eles farão das tripas coração para formarem um timaço…… Para trazer de volta a torcida e junto dela a receita!……. Assim teremos um time pronto para conquistar títulos importantes como nossos rivais que nos deixaram a ver navios há anos!….

    ABRAÇOS!

    1. Caro André,
      Isso ñ existe e é o contrário. A torcida deve comparecer SEMPRE e mais. O q tem q acontecer é parar de APOIAR INCONDICIONALMENTE. Na minha opinião a torcida deveria repudiar o péssimo futebol, vaiando aqueles q desonram a camisa, especialmente os cartolas…A torcida NUNCA vai abandonar o CAM. Qq clube cuja torcida abandona ou abandonou, desaparece na mediocridade ou desaparece MESMO da cena.

      1. Caro Viana!….

        Não quis dizer para abandonar nosso time! Mesmo porque, isso é impossível…. Afinal, o CAM é uma “cachaça”, e das boas, algo que nunca abandonaremos!…. Precisamos dar um choque!….. Apenas um choque, por uns tempos, para acordar, colocar aqueles que administram nosso Galo, na realidade…… Senão meu amigo! Nada muda! Pode ter certeza!

        Abraços!

  15. Bom dia a todos. Concordo com Alberto e outros companheiros. creio que sim, a torcida deve protestar, pacificamente, seja com faixas, não indo ao estádio ou mesmo pela reunião das organizadas em frente ao CT, demonstrando toda indignação com o pífio trabalho da diretoria, da comissão técnica e com os jogadores. Estamos muito passivos, acomodados, sempre é apoio, apoio, e mais apoio e em contrapartida nada. Técnicos incombatentes, estagiários e inexperientes, diretor despreparado e presidente totalmente alienado. O time só tem o brasileiro por total incompetência, e ainda sim, não consegue convencer e brigar pelo título. tempo pra treinar e treinar tem de sobra, mas Larghi totalmente perdido não consegue fazer com o time jogue bem, com velocidade, determinação, impondo aos adversários sua superioridade. Lamentável como o time joga, sem vontade, sem raça, lento, numa preguiça. Elenco desequilibrado e jogadores que não estão bem (Ricardo Oliveira, Fábio Santos, Cazares, Elias, Nathan e outros). Tenho saudades do Kalil, ousado, competente para montar sua equipe de trabalho e nunca omisso, podia errar por excesso, mas não por omissão. na verdade só vamos voltar a ter um time que nos honre quando surgir um dirigente da capacidade de Alexandre Kalil. Infelizmente com essa diretoria não dá. Temos que ser exigentes, clube grande não se contenta com G6, briga por títulos. não podemos nos iludir. Acorda massa, apoio sempre , mas com cobranças.

  16. Ontem vimos um time que tem Léo Moura, Cortez, Jailson, Ramiro e Jael jogando pra cima, com padrão de jogo, ORGANIZADO. O nosso time não tem jogadores com nível tão diferente. Por que tamanho abismo técnico? Simples, trabalho do treinador. É dele a função de extrair o melhor de cada jogador e adaptá-lo à função mais adequada a sua característica. Felipão chegou ontem e tem 9 jogos que não toma gol. Odair Helmam com mesmo tempo de trabalho do Larghi tem um time muito mais organizado. Cuca chegou ontem e o Santos, sem jogadores de nome, mostra futebol competitivo. Vejam o que Aguirre faz no SP. Sabe o que falta no Galo? Treinador. O TL pode ser bonzinho, gente boa, funcionário exemplo, mas não tem experiência. Não, não quero ver um técnico ultrapassado no Galo. Quero ver um técnico que sabe o que faz, tenha leitura de jogo, nas coletivas não distorça a realidade, que procure variações táticas e principalmente, escale os melhores no momento. VAI LÁ, CONTRATA O ABEL! Depois não digam que não avisamos.
    PS: FORA ELIAS!

    1. Andrade a comissão técnica é uns bananas mesmo, mas a diretoria se mostrou frouxa e omissa aceitando passivamente essa derrota vexatória para o Vitória.
      Se não mudar a postura de todos ali, podem trazer o Guardiola que não resolve nada.
      A Cidade do Galo virou um verdadeiro SPA 5 estrelas e os jogadores acompanham esse ritmo sem cobrança e recebendo tudo do bom e do melhor sem precisar fazer um pingo de esforço.
      Viraram um bando de jogadores descompromissados e preguiçosos se ganhar ou perder tanto faz.
      Quero só ver essa sequência pesada que vamos ter, ou o Banana do Thiago Larghi muda sua postura passe a cobrar mais do time, a gritar mais com o time na beira do campo, tem que colocar Adilson e Luan para jogar tirar esse bunda de chumbo do Elias e o Nathan que tá jogando fora de posição, ou o Thiago Larghi muda ou cai antes de Dezembro.
      Saudações!!

  17. Esse time medíocre do Galo, com esse técnico incompetente e inexperiente e essa diretoria omissa não vão ganhar nada!!! Eu já não acredito em mais nada de bom. É sempre a mesma história, perder e empatar é normal para esse time, o anormal é ganhar!! Por isso, quero ver o que vai acontecer com os próximos jogos, contra São Paulo, Corinthians, Flamengo e as Marias.. Não ganharam nem do Vasco, Vitória etc. O Galo vai ganhar de todos eles? E se continuar perdendo? Esse técnico horroroso vai continuar dizendo que está tudo bem? E vai continuar no cargo? Agora, é tudo ou nada. E aí diretoria? Como vai ser para continuarem acreditando nesse técnico? Se der o ” de sempre” com todos eles? É esperar para ver! E para falar a mais pura verdade, não sei se torço contra ou a favor…Pois quero tanto ver esse técnico bem longe daqui, que nem sei… Agora, vamos saber o destino do Galo em 2018 e desse técnico e diretor de futebol tão ” competentes”!!!!

  18. Eu acredito que o Galo está no caminho certo, apostando em jovens com potencial. O único erro da diretoria foi prometer títulos esse ano. O resultado não será imediato, mas virá em um curto prazo. Por isso devemos devolver a nossa MASSA ao galo, aquela que vai pra cantar e apoiar sempre. O time tem jogado bem (exceto o ultimo jogo) , porém tem dado azar em alguns jogos. Em relação aos inúmeros gols sofridos, vejo que Fábio Santos é um dos grandes defeitos da defesa atleticana, anda em campo, só tenta jogadas e passes desnecessários além de estar sendo fraco na marcação. Talvez seja a hora do Hulk!

  19. Prezados AmiGalos
    Parodiando palavras do mestre escritor eu digo ” meninos eu vi”.
    Eu vi e senti ,mais de uma vez,no Mineirão lotado, a torcida ficar em suspenso,com a respiração presa e,ao fim de mais um lance genial do Rei,soltar aquele aahhhhh de satisfação e desabafo.Era pura magia. Nunca mais,nem com Ronaldinho Gaúcho, vi este sentimento maravilhoso no estádio.
    Só quem presenciou pode testemunhar. Como queria sentir novamente estas emoções.O futebol está mudado.Quase não se vê jogadores que nos fazem sentir participantes de um grande espetáculo.Veneramos o Luan,pela entrega e também o Roger Guedes pelo inconformismo com a derrota e até com empate.Quando assistimos os Nathan,Cazares,Elias e outros que passaram serem ” profissionais”apenas, como costumam ser,sem aquela”alma” guerreira que nos identifica é que bate o saudosismo.Ontem vimos o Grêmio e o Estudiantes lutarem por suas cores,com garra e sem maldade( apesar de jogadas mais duras) em jogo digno do Nosso Galo de tempos atrás.Mas continuamos esperando que este frio técnico sinta alguma coisa diferente e se transforme em motivador e não apenas em estrategista.Abraços a todos.

    1. Exatamente Roberto, é o que eu venho falando o time é bom, mas tem uma postura covarde e medíocre dentro de campo, ontem o Grêmio nos mostrou a postura de um time vencedor.
      O time é reflexo da postura da comissão técnica que é um monte de bananas e reflexo da diretoria que é omissa e frouxa.
      Me espanta saber que nosso presidente é militar da reserva e advogado graduado com uma postura tão frouxa aceitando tão passivamente dois resultados tão ruins.
      A derrota para o Vitória É MUITO MAIOR DO QUE ELES PENSAM pouquíssimas equipes vão perder para o Vitória o time deles é muito ruim e nós perdemos jogando muito mal.
      Nosso primeiro tempo foi tenebroso se a diretoria não COBRAR esse grupo fica difícil.
      Se o BANANA do Thiago Larghi não colocar o Elias e o Fábio Santos no banco fica difícil.
      Se o BANANA do Thiago Larghi não der um esporro no Ricardo Oliveira e deixar ele treinando finalização umas 2 horas por dia fica difícil.
      TEM QUE APERTAR ESSES CARAS, TÁ MUITO CÔMODO E NINGUÉM FAZ NADA.

      1. A insistência com determinados jogadores é inexplicável. Ainda bem que vejo torcedores com a mesma opinião. Elias e Fábio Santos NÃO! Já o Ricardo Oliveira, pode ficar uns 15 dias só treinando finalização. Ontem vi o Grêmio e pensei como poderia ser o Galo jogando daquela forma, empurrando o adversário, mostrando claramente que deseja vencer a qualquer custo. Isto é questão de mentalidade. A hora de mudar o time é agora, mas duvido que o tl faça isso, infelizmente. E outra, tem que cobrar mais o Cazares. É o melhor armador do time, pode resolver em um jogada, mas vê-lo andando em campo, desinteressado, é inaceitável.

        1. Andrade, o Grêmio têm treinador e o nosso GALO têm um “”aprendiz”” de treinador…

          lá no tricolor gaúcho, existe o comando de cima pra baixo, o Renato manda no time dele e têm os jogadores nas mãos…

          aqui no alvinegro mineiro, não existe comando de cima pra baixo, o Larghi é frouxo e não têm os jogadores nas mãos além de um detalhe, Fábio Santos, Elias e R. Oliveira são os donos do time, fato!!!!!!!!!

  20. O único que joga no Galo o mesmo que o Reinaldo jogou é o nosso Pastor. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  21. A Massa tem de se fazer ouvir…
    Via Estadio, Via protesto na sede, Via imprensa( maioria chapa branca)…
    Galoucura calada aceitando de boa esta situação é no minimo Duvidoso…
    Esse negocio de apoio incondicional que a Massa ganha jogo, não pode vaiar, não pode criticar, não pode protestar, já deu…Até os “verdadeiros” deram uma sumida…
    Falta Técnico, Falta Diretor, Falta Presidente… Jogadores totalmente descompromissados…
    Em terra que falta Pão ninguém tem razão…
    É meu Galo, o que fizeram contigo!!!

  22. Meus caros. Prá mim, a vaca já foi para o brejo. É o que venho dizendo aqui neste espaço.
    Por isso, que me desculpem, mas vou dar um tempo. Quando, matematicamente, minhas previsões, DE DESDE O ANO PASSADO, infelizmente se confirmarem, voltamos a falar. Um abraço e até breve.

  23. O grande erro do Reinaldo não foi jogar no Cruzeiro, pois ele tentou ainda no final de sua carreira ganhar algum título importante, coisa que não aconteceu jogando pelo atlético.
    Que saudade é essa de um time que nunca ganhou nada com seus supostos craques?

    1. Reinaldo cansou de ganhar títulos em cima das marias. Reinaldo, foi sim, terror das marias!
      Eu vi Reinaldo tripudiar em cima de Moraes e Darci Menezes!
      Eu vi o Galo ser campeão da copa do Brasil em cima das marias!
      Chora maria!!

    2. José, não ganhou nada porque na decisão do Brasileirão de 77, a Confederação Brasileira tirou o REI do último jogo de sacanagem com aquela suspensão na semana do jogo… terminamos o campeonato com se não me engano, 10 pontos a mais que o São Paulo…

      não ganhou nada porque em 80 na final do Brasileirão, a prioridade da Confederação Brasileira e da GLOBO com o Flamengo era nítida e levaram na mão grande…

      não ganhou nada porque em 81 pela Libertadores no Serra Dourada, o José Roberto RATO, comprado e a mando da Confederação Brasileira e da GLOBO fez o serviço no maior roubo do futebol mundial em todos os tempos…

      tá bom pra você estes exemplos ou quer mais algum?????????????

  24. BOM dia a todos
    Eu já estou nos meus 70 anos , sendo 50 deles acompanhando o GALO.
    Vi muitos craques que realmente vestiam a camisa do GLORIOSO.
    Mas quem vive de passado é museu. Queremos um Galo vencedor agora. Queremos uma diretoria comprometida com o Clube agora.
    Queremos um time e um técnico é agora.
    Todo ano , as desculpas e as promessas são as mesmos.
    Futebol, campeonatos e alegrias, isto o Atleticano esta querendo é agora
    Tenham todos um bom dia

  25. Se existe injustiça essa aconteceu com o rei.foras os meniscos.ele merecia um titulo maior.ele brincava com os zagueiros.ele tinha uma frieza e facilidades com a bola.jamais vi em outro atacante.talvez o destino não deixou ele ganhar 2 brasileiros e uma liberta.

  26. A melhor forma de protestar contra essa forma descompromissada, para não dizer sem vergonha, será a torcida dar as costas para o time nos primeiros minutos.

  27. REINALDO ; O GÊNIO
    DARIO ; O PEITO DE AÇO.
    Depois de citar o nome desses gigantes ter que aturar o péssimo futebol de ELIAS BUNDA DE TANAJURA é dose prá elefante.
    TIAGO LARGHI está trabalhando e tentando administrar as péssimas contratações da diretoria e as seguidas contusões dos nossos melhores jogadores. Precisa tirar Leite de Pedra. Com ELIAS ; em campo as coisas complicam ainda mais. Se ele for escalado contra o Corinthians aí é derrota na certa.
    Cadê LEANDRINHO???? Porque nunca entra em forma???
    O meio de campo precisa ter 2 volantes pegadores ; ADÍLSON E J. WELLISON E CAZARES ficar um pouco mais livre para criar jogadas. Vamos em frente.

  28. Kevin. Alguém viu? Alguém sabe o que aconteceu com o rapaz?
    Martin Rea. Alguém viu? Sabe o que aconteceu com o rapaz?
    Leandrinho. Alguém viu? Voltou pra NBA?
    Marquinhos, que no início da temporada era considerado pela imprensa local como uma jóia, alguém viu? Sabe o que aconteceu com o rapaz?

    Cada dia mais me convenço que TL, a exemplo de seu mentor, OO, não tem interesse nenhum em lançar novos valores. Ah…se Reinaldo fosse contemporâneo dessa turma! Com certeza ele nunca seria o Rei!

  29. Bom dia massa, assim com vc José Roberto, eu fui em todos os jogos do galo no Mineirão ,minto, todos que o Zé Rei jogava, e confesso, nunca existiu e acho q não vai existir jogador igual a ele.

  30. Bom dia!
    Tenho saudades daqueles dias! Quando o Reinaldo, por uma razão ou outra não jogava, o futebol ficava muito pobre, perdia completamente a graça. João Saldanha dizia que a bola quando chegava no Reinaldo ela já caía morta dentro do gol.
    Mas agora os tempos são outros. Isso que é praticado aqui no Brasil, o “país do futebol”, passou longe de ser futebol. Que coisa horrorosa!
    Cazares pode ser vagalume, preguiçoso, cachaceiro ou o raio que o parta, mas no time do Galo, é o único, eu disse o único que sabe dominar a criança. O resto, que coisa triste de assistir! A bola bate e volta. Como é que um profissional da bola não sabe o que fazer com ela!?

    Como sempre, belo texto, José Roberto!

    1. Bem lembrado Evandro! Inclusive recentemente num programa do extinto canal EI em q o Reinaldo esteve presente, ele voltou a enaltece-lo. Foram muitos q valorizam até os dias atuais o futebol do Baby Craque… Moleque sabia tratar a bola, tanto q as redes véu de noiva_ até com isso acabaram_ mal balançavam qdo ele a atirava contra elas. Jogou muito … Saudações.

  31. Bom dia!!
    O texto ontem do nosso amiGalo Marcelo Alvarenga me fez refletir, mesmo depois de partidas horríveis do Elias onde claramente ele compromete todo time tem torcedor que está satisfeito com seu futebol.
    O mesmo vale para diretoria e comissão técnica mesmo após o empate com o fraco time do Vasco em casa e mesmo após uma derrota para um dos piores times do campeonato com a pior defesa onde não conseguimos fazer nenhum gol eles estão satisfeitos e a culpa foi da “sorte”.
    Enquanto diretoria, comissão técnica, e parte da torcida estiverem satisfeita com esse futebolzinho mequetreve que o time tá jogando não vamos a lugar nenhum.
    Enquanto parte da torcida achar que o Elias e cia tá jogando bem vamos continuar na fila do Brasileiro.
    Tá tranquilo, favorável e o time despencando na tabela, o nosso amiGalo Paulo Silva uma vez postou que o maior problema do Galo é o psicológico e eu concordo com ele.
    Temos um bom time é INADMISSÍVEL PERDER PARA O VITÓRIA AQUILO FOI UMA VERGONHA!! mas na cabeça dos jogadores ganhar ou perder tanto faz pois “tá tranquilo, tá favorável” pois não tem COBRANÇA!!!
    Essa comissão técnica é uns BANANAS E A DIRETORIA OMISSA!!!
    Pegar uma prainha, aguinha de coco, massagem, folguinha na terça, treino quarta a tarde ára não acordar cedo, isso é o CÚMULO DO ABSURDO.
    Esse time, essa comissão técnica, essa diretoria, SÃO UM BANDO DE FROUXOS, UM BANDO DE BANANAS.
    A torcida tem que cobrar nas redes sociais, na porta da sede, na porta do CT, na mídia que também são um bando de FROUXOS não tem coragem de confrontar ninguém.
    Enfim 2018 já era e o planejamento para 2019 já está comprometido pois um time liderado por ESSE MONTE DE BANANAS, ESSE MONTE DE FROUXOS NÃO VAI A LUGAR NENHUM!!
    Passar bem!!

  32. Bom dia Eduardo e massa. Grande texto José Roberto. Não tive o prazer de ver o rei a jogar. Era muito pequeno e morava no interior. Mas ouvia pelo rádio de pilha. .quando o presidente e diretor elogia o trabalho de um estagiário que não tem comando no time e querem renovar o contrato para o fim de 2019 aí eo fim.so imaginar que fui a favor de efetivar este aprendiz de treinador. Aliás depois que o Thiago foi efetivado só fez merda. Jose Roberto cuidado para não ser criticado pelos que não gostam de que criticam estes amadores,estagiário e peladeiros. Rs.repito que vida boa tem estes peladeiros que mamam no galo. Jogam no domingo se apresenta na quarta. Eita spa espetacular que tem no galo. Acaba 2018.chega 45 pontos. Vai galoooooooooo.

  33. Sua memória pode traí-lo José Roberto, mas a minha, para esse assunto, sempre estará “tinindo”. Lembro-me que a antiga TV Itacolomi transmitia os jogos da categoria “Dente de Leite” e, naquela época o saudoso Ronan Ramos de Oliveira, cunhou o apelido de Baby Craque para o Rei. A emissora, como forma de incentivo, dava uma bicicleta para o melhor jogador em campo, mas era covardia. O Rei levava todas!!! Fiquei a ruminar, saudoso daqueles tempos, e lembrei-me de um jogo no Mineirão (verdade, amigos, os times das categorias de base jogavam no Mineirão, nas preliminares do time principal) entre o Atlético e o Saudade (de BH, bairro homônimo), vencida por nosso time por 9 X 0, todos os gols do Rei. Lembrei-me, também, quando, ao final do ano de 1978 ele foi aos Estados Unidos para ser operado. O Galão importou um aparelho de última geração à época, chamado “gladiador”, para reforço muscular. Dava pena vê-lo exercitando os músculos, já exauridos pela falta dos meniscos, extraídos por uma medicina rudimentar. A volta dele foi contra o Santos, já em 1979, e ele não decepcionou: meteu um golaço!! Fui no último treino antes desse jogo. “A MASSA” invadiu a antiga Vila Olímpica e, quanto ele entrou no campo de treino, cantávamos: “Todo menino é um rei, eu também já fui rei….” (acho que essa música é do Roberto Ribeiro). Em 1980 ele “calou o Maracanã” enchendo-nos de esperança. Depois do segundo gol dele naquele jogo, dava pra ouvir um mosquito voando pelo estádio, tamanho era o silêncio… Impossível lembrar e conter as lágrimas. O Rei não devia ter envelhecido nunca… Puxa-vida, como o tempo passou tão depressa! Abraços, José Roberto!

    1. Só uma observação. Baby Craque foi do Roberto Drummond e não do Ronan Ramos. Rei, entre os seus companheiros da ocasião, é chamado de Bob. O Waltinho, que era auxiliar de rouparia, ao ler Drummond confundia Baby com Bob, e só assim chamava Reinaldo. São histórias que um velho Atleticano conhece.

    2. O Motoradio tbm era dele Teobaldo, não tinha prá ninguém. Essa do Maracanã não só os mulambos foram silenciados, toda a orla marítima ficou em silêncio. Estava presente junto com meus saudosos pai e avô… realmente! a vida passa rápido demais. Phoda! Retribuo o abraço com prazer,caro … saudações

  34. Eu vi, e foi mágico. Morais, caneleiro do “time” da Enseada das Garças, foi o que mais judiou de Reinaldo. Cansado de dribles desconcertantes, batia no gênio de todas as formas possíveis.
    Agora, é triste e desanimador a diretoria que temos. Em vez de cobrar, quer enfiar na goela da Massa que temos time e treinador. E

  35. BOM DIA, SOBRE O NOSSO REI, ESTE É FORA DE SERIE, O GRANDE ERRO DA VIDA DELE FOI JOGAR NO CRUZEIRO.
    Agora dobre a diretoria, tenho muito o que falar, alguem precisa lembrar para
    O PRESIDENTE SETTER CAMARA, que futebol é paixão, e a paixão do atleticano, vai alem desta dimensão que vivemos, chega a ser loucura. Se a diretoria quer fazer um trabalho a longo praso, respeito, entao é mesclar as contrações, mais nao pode deixar de satisfazer está nossa paixão pelo GALO. a diretoria pede paciencia, a diretoria, pede para a massa ir apoiar o time, e a massa lota o estadio, a diretoria quer aumentar o socio torcedor, a massa vai lá e entram de socio, com certeza muitos até se sacrificando com a sua alimentação,mais nao deixa de apoiar, tudo isto para chegar entre os primeiros em socios torcedores, ai os torcedores fazem uma critica no TWITTER, reclamando da diretoria, para contratar dois zagueiros , um camisa 10 e um centravante, em vez deles lembrarem que o maior patrimônio do GALO é ” A TORCIDA”, eles simplesmente , bloqueiam que fez a critica e ate apelam, DIRETORIA, EM ESPECIAL PRESIDENTE SETTER CAMARA, a massa está cansando, a massa está revoltada, e a culpa é dos senhores. Eu sou a fovor de movimento ” ESTADIO VAZIO”, so assim esta diretoria vai respeitar a torcida, outro movimento: “CANCELAR SÓCIO TORCEDOR”, ai vai falta receita.
    UMA PERGUNTA QUE AINDA NAO FOI RESPONDIDA PELA DIRETORIA: POR QUE O CUCA E O FILIPÃO NAO ACEITARAM TREINAR O GALO,? EU ACHO FOI POR FALTA DE CONTRATAÇÕES PONTUAI E O THIAGO LARGHI , QUE É UM BOM TREINADOR, MAIS ESTÁ COMEÇANDO ARRISCA TUDO COM O QUE É OFERECIDO.

    1. Foram avisados ainda qdo emprestaram o Otero,Carlos ! Dois clubes árabes_ não recordo quais_ já estão sofrendo sanções pesadas por conta de dívidas não pagas,entre elas,perda de pontos, impedimento em contratações e participação em torneios internacionais,bloqueio de contas e em caso extremo, o rebaixamento.

    2. Bom dia Carlos Lima!
      Por isso sempre escrevi nesse blog que aguardo a publicação do balanço financeiro do clube. Muitos propalam aos quatro ventos que as finanças foram saneadas…Aguardando o balanço.

    3. A torcida é assim, parabéns aos que fizeram um time vencedor e que se f… o resto.
      Os melhores são sempre os que não estão nem ai para a instituição.
      É mais ou menos igual estamos vivendo o senário político do nosso país.
      ” Hoje é hoje, amanhã é amanhã, viva o momento e a harmonia”
      Ninguém pensa que o hoje é fruto do que se fez ontem.
      E viva o Kalilll…..

  36. Prezados Eduardo, José Roberto, Domingos Sávio, Alberto e Atleticanos, na trilha dos grandes jogadores do Galo, Reinaldo será sempre lembrado como super gênio. Ao ver as jogadas e gols que ele fez em reprises, dá dó de ver a qualidade sofrível dos atuais jogadores, principalmente no futebol brasileiro. A cada ano parece que o nível técnico do futebol brasileiro se definha e a probabilidade de surgir craques é cada vez mais remota.
    Quanto ao atual time do Atlético, para se tecer qualquer comentário a respeito tem-se que esquecer os grandes jogadores que já vestiram a camisa gloriosa, pois a diferença ultrapassa os limites da zona abissal.
    Confesso que estou bastante temeroso com a sequência nos próximos cinco jogos. Se há alguns dias comentei ser possível obter dez pontos contra os cinco primeiros colocados, caso se mantivesse o padrão que apresentou diante do Botafogo, a realidade nos empurra para um time que vem numa gradual e constante queda na tabela e sem capacidade de superar os times da ponta. Se contra dois times que vão de mal a pior, o time do Atlético fez apenas um ponto, o que esperar nos jogos contra Corinthians, o rival, o São Paulo e o asqueroso carioca? Que o diga a atual diretoria e seu diretor de futebol que acham até aqui o trabalho estupendo e também o técnico que parece estar satisfeito com o nível de desempenho do time mostrado em campo. Se algo não mudar de forma radical, o risco de o Atlético ficar de oitavo para trás está crescendo a cada rodada. Saudações Atleticanas

    1. Realmente caro Afrânio! Consideram um trabalho estupendo,prova disto é q deram cinco anos de contrato p o Denilson_ q não serviu p ser reserva no vitória_ e estão enrolando a renovação com o Adilson faz tempo. Concordo qdo dizes da sequência pesada q temos pela frente,achávamos q agosto seria o mês da afirmação, não foi e os números estão aí p comprovar. Em setembro,dos q estão à nossa frente, não vencemos nenhum. Seria diferente agora? A ver! Saudações

    2. Caro Afrânio bom dia!
      ” a realidade nos empurra para um time que vem numa gradual e constante queda na tabela e sem capacidade de superar os times da ponta. Se contra dois times que vão de mal a pior, o time do Atlético fez apenas um ponto, o que esperar nos jogos contra Corinthians, o rival, o São Paulo e o asqueroso carioca? ”
      Como você consegue em somente quatro linhas dizer tudo?

      1. Alberto e o pior de tudo é como essa comissão técnica BANANA e essa direção FROUXA E OMISSA aceitaram esses resultados ruins.
        Aceitaram de forma PASSIVA E MEDÍOCRE premiando esses jogadores FROUXOS com um dia de resort na Bahia, uma folga na terça, e treino só quarta a tarde para os bonitões não acordarem cedo.
        Esse bando de frouxos tem que treinar em dois períodos na parte da manhã treinar finalizações para vê se aprendem a acertar o gol e na parte da tarde coletivo, mas para essa comissão técnica BANANA o time tá jogando bem só falta do gol.
        Sem cobrança e com essa passividade toda vamos nos afundando, o time é bom o problema está NA POSTURA E NA CABEÇA DOS JOGADORES.
        Mas nem com o melhor psicólogo do mundo resolve quando se tem uma comissão técnica BANANA e uma direção Frouxa e omissa tem que mudar de cima para baixo.

          1. Alberto, já que a mídia aqui é muito fraca e vive na zona de conforto a torcida tem fazer barulho nas redes sociais, e as organizadas na porta do CT e da sede cobrando principalmente POSTURA.
            É inadmissível uma derrota vexatória daquela e os jogadores curtindo resort, com folga, como se nada tivesse acontecido.
            Tem que cobrar forte e repito comparando com os outros times do campeonato nosso time é bom, o que falta é postura de time vencedor.
            O problema está na cabeça do jogador hoje ganhar ou perder tanto faz e isso é reflexo da comissão técnica banana e direção omissa e frouxa.
            Tem que mudar primeiramente a postura de cima para baixo e é isso que temos que cobrar.

      2. Caro Alberto, nem tanto! Ainda não atingi o patamar de redatores competentes e precisos e que expressam em seus texto o sentimento do Atleticano que não admite ver seu time abaixo de outros grandes do futebol brasileiro, como você , o José Roberto, o Eduardo, o Roberto Caldeira entre outros tantos. Abraços

    3. Afrânio bom dia!!
      O que falta ao Galo é postura, e postura tem que vir de cima para baixo, nossa comissão técnica tem um monte de BANANAS, nossa diretoria é OMISSA E FROUXA, isso reflete na postura dos jogadores se ganhar ou perder para eles tanto faz, NÃO TEM COBRANÇA NENHUMA A CIDADE DO GALO É UM SPA 5 ESTRELAS.
      A sequência é pesadíssima Corinthians La, São Paulo aqui, genérico aqui, marias lá, Flamengo aqui.
      SE NÃO MUDAR A POSTURA, VAMOS CONTINUAR DESPENCANDO NA TABELA.

      1. Caro Pablo, perfeito seu comentário. Foi por falta de postura que perdemos pontos importantíssimos e pelo visto esse elenco vai continuar perdendo da mesma forma, uma vez que os técnico e mandatários enxergam o time no caminho do “BOM TRABALHO”, em que pesem os resultados. Abraços

  37. Bom dia. Parece que as diretorias que entram, fazem de tudo para não ganhar nosso tão almejado Brasileirão, para que possa servir de cabo eleitoral nas suas próximas eleições… “Se eu for eleito, vamos ganhar o Brasileiro”… Assim como é nossa Lagoa da Pampulha e Anel Rodoviário, que servem de cabo eleitoral em toda eleição municipal. “Se eu for eleito, vamos despoluir a lagoa e duplicar o anel”…
    Eles não enxergam que estão acabando com o maior patrimônio do clube, que é a torcida. Ninguém tem mais paciência com jogadores medianos e que não tem o menor compromisso com a entidade que representam. O jeito é continuar acreditando, sem ilusão e infelizmente cada vez mais desconfiado.

  38. Bom dia amiGalos! Eu também assisti partidas fantásticas do nosso Galo nesse período. Uma partida incrível foi contra o Londrina no Mineirão. Estádio lotado. Que golaço quarto gol do Rei no cruzamento do Márcio Paulada. Do meu ponto de vista, o Reinaldo vacilou feio em se tornar uma Maria por algum tempo. Queimou o filme, do meu ponto de vista. A ganância é uma merda… Reage Galo! Chega de fazer raiva na torcida!

    1. Bem lembrado, Murad! Uma vez perguntaram ao Romário, quem foi o maior centroavante que vira jogar. Acho que esperavam loas ao Roberto Dinamite… Ele, sincero, disse que fora o Rei! E que se inspirava nele para se desenvolver.

  39. Bom dia Eduardo, Atleticanas e Atleticanos que pelo visto seriam excelentes curadores de museu.

    Bom dia, José Roberto. Suas letras remontam ao passado nem tanto glorioso do nosso Galo e do seu maior artilheiro. Tantos gols, tantos dribles, tanta magia em campo, etc., etc., e mais um etc., e de que adiantou? Um monte de mineiros na sala de troféus que como disse um inimigo nosso parece mais uma praia do ES.

    Seria bom atentar para o presente, somente o presente e nada mais que o presente para ver se o nosso Galo aprende a viver a sua própria realidade sem tentar marcará-la com feitos e artistas que já renderam ao Galo tudo o que ele necessitou. Mas, e agora? o que temos? Um bom time dirigido por um bom técnico que, no entanto, não sabem fazer em campo o mínimo necessário para fazer-nos acreditar na grandeza do Galo.

    Entretanto, valeu o texto pela aula de museologia. Pena que nossos filhos e netos não poderão relembrar com o mesmo prazer e orgulho o que assistimos hoje.

    Um abraço aos amiblogs e AmiGalos que como eu viveram as glórias do passado e não têm nada de glorioso hoje para comentar.

    1. O q assistimos hj Paulo, é uma mentalidade pequena q se instalou no CAM. Perdem p um time da zona da degola, como prêmio ganham folga até quarta feira,não conseguem fazer um gol numa defesa q havia levado 40 gols e acham isso a coisa mais normal do mundo. Como disse acima,a culpa é da bola e segue o fluxo. Saudações

    2. Bom dia!
      Discordo em relação a que só ” rendeu um monte de mineiros na sala de troféus. …”. Rendeu brilho nos olhos, corações disparados , sorrisos, êxtase e tantos sentimentos que são caros a quem viu o Rei jogar. Historicamente o Mineiro e todos os Estaduais tinham protagonismo à época. Ser hexacampeão não foi para qualquer um. ” Aula de museologia ” foi mal nessa também. A história nos dá alicerce e cedo aprendi com meu pai a respeitar os ídolos do passado que ajudaram a construir a história do Galo.
      As críticas que são feitas ao momento atual são na maioria justas, agora nada presta no Galo- seus títulos, a paixão da torcida, seus ídolos, seus torcedores ilustres (vide o Drummond, ontem) e até o que os blogueiros escrevem já não presta.
      O Galo é “gutural ” e o Rei é responsável por arregimentar uma legião de Atleticanos que é o maior patrimônio do clube, maior que qualquer título.
      Eu não consigo entender essa incoerência de Atleticano racional se somos ” guturais “- talvez seja assim: o sujeito veste um roby de seda, senta numa poltrona daquela bem confortável, um copo com água e uma caixa de Lexotam; aí o Vítor defende aquele pênalti do Fiasco , e o dito torcedor racional fica extremamente contrariado porque a dose emoção não foi racional e ele toma seu Lexotam para ajustar a dose de emoção para o nível racional.

      1. Eu não vi o Reinaldo jogar. Como disse antes, minha primeira dupla de sucesso (os modinhas não acreditam, mas nos anos 90 as equipes jogavam com dois atacantes com características parecidas, e camisa 10 que vinha do centro de trás…. Zagallo o chamava de número 1) foi Valdir bigode e Marques.

        Pelo que me narram, o Rei foi uma mistura de Ronaldo, Cristiano Ronaldo e Romário.

        Mas, sinceramente, me orgulho do Dario ter feito parte da nossa história.

        De ex interno de instituição menoril, a pivô da queda do Saldanha, pois sua convocação foi imposta pelo mandatário do regime militar.

        Grande exemplo, ao revés do chamado Rei, que teve larga experiência com a droga.

        1. Procure saber de fato quem foi o Reinaldo antes de falar bobagens. Cristiano Ronaldo, Ronaldo, Romário, Valdir Bigode, Marques, quem são estes em comparação ao Rei?

          1. Achei interessante o seu tom quando disse que, pelo que ouço, o filho de Ponte Nova reunia as características que geralmente apontam no Ronaldo, CR7 e no baixinho. O que já lhe atribuiria o título de um dos melhores jogadores que passaram pelo mundo.

            Sabe em que tipo de pessoa é comum a agressividade quando não concorda com uma opinião que não reflete a sua (geralmente exacerbada) em relação aos chamados ídolos?

            Sabe não, né…

      2. Caro Leonardo. Parece que o Lexotan não está fazendo o devido efeito em você. Tente entender corretamente o que você lê e se continuar não conseguindo peça ao seu psiquiatra que lhe receite doses complementares de lítio.

    3. Paulo Silva, me desculpe, mas seu comentário foi extremamente infeliz. Qual a moral que você tem pra criticar o Sette Câmara naquela cagada que cometeu ao desmerecer a Sul-Americana? Você acabou de ridicularizar um dos períodos mais bonitos da história Atleticana, meu chapa.
      Isso não tem nada a ver com falta de cobrança e empenho do time atual. O que você fez foi cuspir no passado. Acorde!

      Obs.: os comentários neste blog estão ficando cada dia mais chatos e arrogantes. Ontem detonaram, injustamente, o rapaz que escreveu a crônica. O que estão fazendo é um execração à Instituição, confundindo cobrança coerente com perseguição gratuita. Penso seriamente em me tornar um ex-leitor, como alguns já fizeram. Vão sobrar apenas os que desejam terra arrasada e os infiltrados semeadores de discórdia.

      1. Parabéns Bicalho, vc foi muito feliz em seu comentário. O blog realmente tá muito chato, destrutivo e vergonhosamente anti Atleticano.

    4. Se você conhece a realidade e a história do futebol brasileiro, você sabe as razões pelas quais o time que, dentre outros craques, tinha na opinião de torcedores e profissionais (até mesmo de outros times), o melhor jogador de futebol mundial(Reinaldo), não ter conquistado títulos de expressão. Só para não parecer que estamos sendo injustos com a história do nosso time.

  40. Bom dia a todos os atleticanos e atleticanas de todos os matizes!
    “Enquanto nos fazem de trouxas, nunca sairemos da fila humilhante de que já dura 47 luas sem conquistar um Brasileiro. ”
    Apenas uma pergunta: qual deveria ser o posicionamento da torcida diante da sua fala, a qual concordo plenamente? Apoio incondicional?
    Protesto? Qual é a forma mais eficiente de protestar?
    TORCER SEMPRE sem NUNCA perder a CAPACIDADE de julgar.

    1. Bom dia Alberto! Também gostaria de saber qual seria a melhor forma da Massa protestar. Não saberia dizer qual, confesso! Tenho a impressão que seja ela qual for não fará/faria muita diferença,já que na Sede em Lourdes os aficionados são o q menos importa,a soberba não deixa. Um bom dia … sucesso!

      1. Caro José Roberto galo da mata bom dia!
        “que na Sede em Lourdes os aficionados são o q menos importa,” se somos o que menos importa para essa atual diretoria, devemos, dentro da ordem legal vigente, mostrar o valor dessa torcida!

          1. Deixar de ir ao estádio, cancelar o Galo na veia ajudaria se o Galo fosse uma empresa privado e o prejuízo fosse totalmente dela. Mas não é isto que ocorrerá no Galo. Ou vocês acham que o dinheiro vem de onde? Vem dos contratos, da renda de campo e dos programas dos sócios e no caso do Galo, também do shopping. Menos receita, menos dinheiro para investimentos. É isto que queremos? Lógico que não. A melhor forma de protestar é encher o estádio e a torcida protestar antes dos jogos, no intervalo e no final. Se a diretoria proibir o uso de faixas, vamos ser criativos, fazendo mosaicos na torcida com o celulares pedindo mais competência do diretor de futebol (por exemplo, cadê o zagueiro Gallo), mais força de vontade do time (queremos empenho), pedir o Vitor para treinar saídas de bolas (cadê o treinador de goleiros) e por aí vai. Estamos no século 21, existem formas criativas de protestar sem prejudicar o Clube.

      2. Caros Eduardo, José Roberto, Alberto MTC e demais Amigalos, saudações alvinegras!
        Peço desculpas antecipadas, mas vou me alongar. Sei bem que, “opinião cada uma tem a sua”, mas vejo uma boa oportunidade para debater as duas apresentadas, que ao meu ver, comungam de mesmo sentido. Como o texto será gigante, tentarei facilitar a leitura, dividindo-o em dois, sobre assuntos que tentarei correlacionar.
        “Enquanto nos fazem de trouxas, nunca sairemos da fila humilhante de que já dura 47 luas sem conquistar um Brasileiro. ” Concordo com a crítica ao pensamento da Diretoria, mas não comungo da relação causa-efeito, como sendo única. Ora, são de fatos 47 anos sem conquistar o brasileiro, como é incontestável que incompetências de Diretorias, no plural, contribuíram em grande parte para isso. Como também contribuiu o lapso temporal do julgamento do Reinaldo, exemplo do texto de hoje, em 77, retirando-o do jogo final, perdida nos pênaltis, proporcionando a única campanha invicta não vitoriosa da competição. É… tem coisas que só acontecem com o Galo. E não estou, a despeito do texto de ontem, apelando as causas “divinas”, pois mesmo aquelas que acontecem com outros times, acontecem muito mais com o CAM e, podem crer, não acredito em coincidências. A escandalosa arbitragem de 81, a penalidade “não vista” por árbitro mineiro em 99, a “falta de bom senso” do árbitro em 2001 (em campo seco, tínhamos mais time que o azarão paulista), a sequência de 7 jogos favorecendo o tricolor carioca em 2012 (busquem e verão protesto das torcidas de náutico, figueirense e avaí). Sim, meus caros companheiros de paixão clubista, estou afirmando que tais fatos contribuíram para a sequência de anos sem títulos. Só que para os outros times, os erros valem como causa. Para nós, não. É mimimi, não é assim? Pois para mim, não, embora não faça desses fatos muletas e queixumes. E repito, é indiscutível que más, por vezes péssimas, administrações fizeram com que essa fila aumentasse. A ilusão do Villa Áqua Park, a famigerada Selegalo, o “bom e barato” de 2004, as constantes substituições de treinadores, contratações de “babas” com longo tempo de contratos, gerando um incrível e desastroso passível trabalhista. É… sabemos que essas “incompetências” enriqueceram muitos, ao tempo em que quebravam o Galo.
        Porém, o que estou tentando fazer é estabelecer uma conexão aos pensamentos lamuriosos existentes tanto nos que se amparam na “sina” por não ganhar há muitos anos devido as conspirações e “ventanias”, quanto aos que se colocam a grandeza do clube, E SIM, O GALO É GRANDE, em dúvida por não ganhar um título nacional à muito tempo. Agarrar-se tanto a um quanto à outro argumento não contribui para discursão daquilo que buscamos no blog: discutir, ou imaginarmos, ou apontarmos, sou sonhamos, ou, ou… com soluções para o Galo. E, óbvio, o fazemos com a paixão, pois futebol nada mais é que isso. Ninguém é obrigado a torcer por um ou outro clube, aliás, ninguém é obrigado a se apaixonar por futebol. No entanto, somos tomados por esse sentimento ao Clube. Uns se tornam mais “passionais”, tentando enxergar sempre o copo meio cheio. Outros, também apaixonados, se apegam à “razão”, e buscando sempre a perfeição, enxergam o copo meio vazio. Eu sou adepto da teoria de que, tanto faz se o copo está meio cheio ou meio vazio, o importante é que, estando pela metade, ainda posso enchê-lo. Entendo que precisamos entender as distinções de argumentos, e não gerar essa dicotomia: pseudo –verdadeiro. E, para tanto, procuro fazer críticas (sim Alberto, eu critico o Galo, seus Dirigentes/treinadores, jogadores, e por vezes, até mesmo a torcida, por algum comportamento) de tal forma que seja tão somente uma crítica, um julgamento, e não uma redução do clube, uma ridicularizarão, uma exaltação de pontos negativos. Concluo propondo uma discussão em torno da fila: 47 anos sem ganhar. Fato. Mas deixar de comemorar vitória e boa atuação contra o botafogo vai gerar positividade na torcida? Imputar após a vexatória derrota para o time baiano, em péssima atuação, a responsabilidade do pensamento de “barracão” (sinceramente…) como fator preponderante para não conquistarmos o título desse ano? É por isso que estamos a 47 sem ganhar?

        1. Souza Boa noite!
          Belo texto. Belas reflexões para todos fazerem. Infelizmente não nos conhecemos pessoalmente para discutirmos as nossas proposições. Confesso que fazer ponderações muito longas, com tantos nuances, em espaço “escrito” pode trazer muitas falhas ao texto. Concordo com muito do que vc explicitou, muito mesmo. Tenho também minhas discordâncias. Mais uma vez belas reflexões em um belo texto.

        2. É sabido que os times do eixo Rio-São Paulo são favorecidos nestes campeonatos patrocinados pela CBF. Seja pelo número de jogos realizados em suas capitais sede sem ter que viajar gerando menos desgastes (são quatro times do Rio e quatro de São Paulo) ou pelo poder econômico gerado pelas suas torcidas. Porém, se o Galo tivesse um time bem melhor (melhor só não adianta) teríamos ganhado estes campeonatos. O exemplo está do outro lado da lagoa. Por enquanto é o único time fora do eixo Rio-São Paulo a ganhar o Campeonato Brasileiro de pontos corridos. Na minha opinião, o nosso problema está principalmente na nossa diretoria e alguns conselheiros. Alguns pensam em suas carreiras em primeiro lugar quando deveriam pensar no time. Olha o Kalil, fez um bom trabalho. Não diria ótimo porque deixou muitas contas sem pagar e colocou um irresponsável no Galo que nos colocou neste buraco que estamos hoje. O dia que começarmos a ter conselheiros e diretoria realmente comprometidas com o clube, os campeonatos virão.

      3. É muito provável que Eduardo reconheça o perfil de seus “seguidores comentaristas”. E certamente, já identificou que meus textos, além de gigantes e chatos(rsrs…) são contestadores, em sua maioria. Geralmente, comento os comentários, buscando acrescentar algo. É assim que julgo valer a pena minha participação. Tento manter coerência sobre o meu ponto de vista. E, sobretudo, não ser injusto. Por isso, tento amenizar esse momento atual, sem deixar de manter ponderações, que as julgo, criticas. Ainda antes de assumir, Sette Câmaras disse que esse ano seria de austeridade nos investimento e reformulação, mas que seria a ambição de sua gestão, que está no final do primeiro ano, dos 3 de mandato, a conquista do brasileirão. Vemos pelos noticiários que houve redução do custo da folha. Hora lê-se que de 11 para 9, hora se lê de 14 para 9. Contudo, houve redução. Porém, muitas contratações também. Contratações questionáveis, tanto que alguns deixaram o clube pouco meses depois. E outras não estão sendo, e pouco serão, aproveitadas. Erro do planejamento e metodologia, de toda Diretoria, e de execução, do diretor de futebol incompetente. E essa pressão de agora foi em muito agravada após as falas do próprio presidente, que menosprezou campeonatos, menosprezou o treinador interino, depois comparou-o com o Carille, promoveu a treinador e, agora, justo agora, vê grandes chances de renovação de contrato. Presidente… que momento ruim para anunciar uma ideia tão ruim.
        Como ruins foram, como já foram ditas, muitas contratações e manutenções. Elias, Gabriel, Denilson, Patrick, Fábio Santos já usaram toda a paciência da torcida. Outros como Ricardo Oliveira estão indo pro mesmo caminho. (aqui, deixo minha cornetada ao Pastor: deve se orientar e entender não está na Portuguesa, não. Mais foco e seriedade).
        A torcida faz sua parte. Bem, ao menos em minha opinião: torce. Somos torcedores. Queremos que as coisas deem certo. Torcemos para darem certo. A nada no impede de criticar, principalmente aqui no blog, local de pluralidade de ideias (embora o termo, nada tenho de esquerda, pois nem canhoto sou). No entanto, vejo que muitos apresentam a “teoria do caos” como solução para aos problemas. Reclamam de tudo. Reclamam até daqueles que só vem o lado positivo, mas reclamam dos que reclamam. E, novamente, voltamos a inútil discussão pseudos-verdadeiros.
        Mas, com se trata apenas de opinião, a minha é ir ao campo deixar claro à diretoria que não compartilhamos com essa filosofia. Porém, como fazer isso sem que aumente, a já gigante, pressão sobre o time, visto que esse é limitado e em nada melhora com a pressão? Sugiro manifestar contra a Diretoria (presidente, diretor) após cada partida, sobretudo após as vitórias (sim, o Galo ganhará alguns jogos no independência), visto que nas derrotas as críticas são certas. É uma proposta de protesto: lotar o campo, apoiar o time (pois é o GALO em campo) e manifestar contra a Diretoria após os jogos.
        Criticar sim, mas com proposito e objetivando o engrandecimento do Galo, não o contrário.
        Saudações alvinegras!

        1. Souza! Compartilho de vossa bem exposta opinião e digo mais,o GALO não é grande irmão,ele é Gigante e como tal merece ter à sua frente uma gestão profissional q veja o copo sempre cheio. Nos anos 80/90/2000 roemos um osso daqueles,duros e secos, quase destruíram o Clube,tanto q por pressão até exarcebada_ vc deve lembrar de como e pq o sr. Ziza entregou a presidência do Clube_ da torcida,com enterro simbólico e tudo mais, conseguiu destituir o presidente. Nem assim a torcida abandonou,e nunca irá abandonar. Hoje falta ao CAM além de profissionalismo,q o presidente assuma de fato o Clube, enquanto ele não o fizer fica parecendo q o Clube não tem dono. Acho,minha opinião pessoal,q em caso de público “0” seria o aval p q tudo continue como está. Como disse ao Alberto, não poderia dizer qual seria a forma de protesto mais eficaz e como executa-la. De toda forma obrigado pela leitura … saudações!

        2. Concordo, lotar os estádios, contribuir com o Galo na Veia e protestar. Independente se o Galo perca ou ganhe. Protestar no início, no intervalo e no final. Durante o jogo apoiar o time. Só discordo de uma coisa: nosso time não é tão pior dos que estão acima de nós. Está mal escalado. Pelas peças que temos, a defesa deve ser mais protegida. Para esta função temos os jogadores Adílson e José Wellison. Só que com estes dois jogando, o meia não pode ser o Elias. Arrumando o meio de campo e com os jogadores que temos para frente as peças encaixaram. Dificilmente o Larghi acertará o time com o Elias em campo. Não há lugar para ele no atual esquema de jogo. Ele não é mais habilidoso do que os meias existentes, não marca mais do que os volantes e sua experiência não está servindo para nada em campo.

  41. Bom dia a todos!! Reinaldo e Ronaldinho Gaucho dois genios que vestiram a camisa do galo. Mas Reinaldo e Cerezo nao precisavam ter jogado no Cruzeiro. Triste equívoco desses dois . Em relacao a Diretoria atual eu concordo integralmente com o comentario. A gente perde para vitoria e ouve o Presidente falar em renovação e excelente trabalho fo técnico e ainda prêmio aos jogafores com dois dias de folga. E o pior parte da torcida almejando G6. FORA MENTALIDADE DE BARRACÃO

    1. Que Reinaldo nos inspire nessa nossa caminhada 2018 e quem sabe essa boa energia mude nosso destino e nos traga o tão esperado título.
      Reinaldo nosso eterno Baby Craque . Meu ídolo maior ao lado de Dario, nosso eterno Peito de Aço.

    2. BOM dia a todos
      Eu já estou nos meus 70 anos , sendo 50 deles acompanhando o GALO.
      Vi muitos craques que realmente vestiam a camisa do GLORIOSO.
      Mas quem vive de passado é museu. Queremos um Galo vencedor agora. Queremos uma diretoria comprometida com o Clube agora.
      Queremos um time e um técnico é agora.
      Todo ano , as desculpas e as promessas são as mesmos.
      Futebol, campeonatos e alegrias, isto o Atleticano esta querendo é agora
      Tenham todos um bom dia

      1. VALDIR
        Concordo com o seu comentário.
        Sou sexagenário e acompanho o Galo há décadas. Realmente com Reinaldo e Cia. o futebol era pura arte. E o que ganhamos? Nada!
        Acho que os colunistas estão mudando o foco da gravidade que estamos vivenciando agora.
        Elenco desqualificado e desequilibrado, comandado por uma cria de Oswaldo Oliveira e sem nenhuma cobrança por parte da diretoria.
        Parece um mar de rosas e todos se sentindo bem nessa maldita zona de conforto que ronda a Cidade do Galo, um SPA 5 estrelas.
        E com isso, lá já se vão 47 anos de bico seco.
        Saudações,

        1. Se você conhece a realidade e a história do futebol brasileiro, você sabe a razão do time que, dentre outros craques, tinha na opinião de torcedores e profissionais (até mesmo de outros times), o melhor jogador de futebol mundial(Reinaldo), não ter conquistado títulos de expressão.

          1. EDSON,
            Inegável. Reinaldo foi um dos maiores craques do futebol mundial. Será nosso eterno ídolo. Só que isso virou passado.
            Gostaria era de saber qual é o trabalho que ele vem executando na Base atualmente. Isso valeria a pena ser discutido.
            Saudações,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*