Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Limpeza e busca da classificação

O jogo de hoje contra a Chapecoense é decisivo para pretensões do Galo na Primeira Liga, pois vale classificação em busca do título. Entre todas as competições que vamos disputar na temporada, é a que menos atrai o Torcedor.

O time que entrará em campo é todo reserva. Poupar jogadores titulares tem duas intenções positivas: resguardar-se para a estreia na Copa Libertadores, a uma semana, e dar oportunidade e ritmo de jogo a atletas que precisam mostrar serviço — os meninos da base que estão subindo para o profissional.

Na relação de jogadores inscritos para a viagem, nada menos que 14 de 19 (seis ainda atuam no sub-20) são oriundos das divisões de base — metade dos que devem entrar jogando tem a mesma origem. Se eles trouxerem a classificação, credenciam-se para a reforma interna necessária na temporada em andamento. Oportunidade e tanta para mostrar aos críticos, inclusive a mim, o erro ao reclamar da falta de revelações nas equipes sub do Galo.

Em se tratando de elenco, a diretoria vem liberando, de maneira lenta e gradual, jogadores que não correspondem e não agradam à comissão técnica. São, também, peças que provocam insatisfação no Torcedor, como pode ser verificado nas centenas de comentários postados neste blog. Além de outros com avaliação discutível, Patric e Ronaldo Conceição abriram caminho.

Agora é a vez de Hyuri. O jogador chegou ao Galo no início de 2016, credenciado por boas atuações quando era atleta do Botafogo. Começou até bem, mas depois, apesar de várias oportunidades com os treinadores (Aguirre, Marcelo e o próprio Roger), não repetiu o futebol mostrado no Rio de Janeiro. Liberado, está de volta à China, onde foi contratado pelo Atlético. Repito o que disse anteriormente: só jogou ao lado do Sedoorf, situação privilegiada em que até eu iria me consagrar.

Fotos: Bruno Cantini/Atlético

Ainda restam três nomes na boca do Torcedor: Clayton, Carlos César e Carlos Eduardo. O primeiro deveria ser emprestado a um time intermediário da Série A, de modo que ele pudesse recuperar a condição que motivou sua vinda. O lateral, por sua vez, pode ser liberado, desde que outro (terá que ser contratado) faça sombra a Marcos Rocha.

Sobre o último deles: a liberação daria lucro, pois o clube deixaria de pagar um bom salário a quem não disse a que veio. Quando foi lançado, demonstrou a mesma preguiça de quando aqui chegou. Minha última esperança era o Grêmio levar o atleta e colocar fim naquela pendenga judicial. Acredito que Carlos Eduardo teria bom rendimento no tricolor gaúcho, clube que o revelou.

Ontem à noite, para aliviar um pouco nossa tensão, a diretoria confirmou a contratação do volante Adilson. O ex-gremista rescindiu com o Terek Grozny, da Rússia, e deverá chegar a Belo Horizonte a tempo de ser inscrito na Copa Libertadores. Outro volante (também atua como zagueiro), Roger Bernardo, deverá chegar em junho. Torço para que a diretoria faça a reformulação, levando em consideração o anseio do Atleticano pela chegada de outro zagueiro e um armador. Hoje, Cazares não se sente confortável com a camisa 10. Se ele tivesse vontade de rever essa instabilidade, como disse semana passada, deveria trazer sua família para morar ao seu lado. Seria um modo de segurar o garoto em casa e evitar, assim, aparições não condizentes a um atleta profissional.

Que o Galo volte com a classificação assegurada. E mais: que essa garotada responda com trabalho bem feito a oportunidade dada a eles, e provoque, também, boa dor de cabeça a Roger. Voltem pedindo passagem no elenco principal. Ah! Espero que Felipe Santana cumpra o prometido e seja, novamente, o zagueiro que jogou no Borussia Dortmund, time de estreita ligação com o Atleticano. Temos mesmo histórico de recuperar jogadores desacreditados.

62 thoughts to “Limpeza e busca da classificação”

  1. Eduardo, me permita uma pergunta: você frequenta a Vila Olímpica nos finais de semana? Gostaria de lhe conhecer pessoalmente. Pode ter certeza que não é difícil e saberei reconhecê-lo!

    1. Olha que não me reconheceria. KKKK
      Não frequento lá. Mas estou em todos os jogos. Na Catedral do Horto ali na Arena do Espeto e no salão de festas em frente ao bar do Peixe. Sempre vou duas horas antes das partidas.

  2. Eu tenho 130 camisas do Galo de coleção (e amigo de outros colecionadores muito maiores), acompanho este time há 41 anos, fui de torcida organizada, sou sócio da Vila Olímpica, sou sócio torcedor (mesmo antes do Galo na Veia), vou aos jogos aqui e fora (quase fui assassinado por uma pedra do tamanho de um bloco de concreto que me jogaram lá do alto das arquibancadas do Maracanã, e que explodiu a meio metro de mim, num jogo contra o Flamengo) , já dormi na rua para comprar ingressos, deixei meus convidados na missa da minha formatura para ir ver o Galo jogar (3X2 contra o Corinthians, em 1994), fizeram matéria na televisão sobre a minha paixão pelo Galo, só compro produtos oficiais, fui, por exemplo, receber o time vice-campeão brasileiro de 1980 no Aeroporto da Pampulha, e no dia em que minha MÃE agonizava no seu quarto de doente, vindo pouco depois a morrer, eu deixei a vigília que fazíamos para ir na sede do Clube Atlético Mineiro para comprar uma camisa oficial para mim. E sou chamado por um sujeito que nunca vi na vida de “maria” e de não-atleticano somente porque eu acho o sr. Eduardo Maluf um péssimo diretor de futebol. É duro, viu, mas torcer para o Galo vale muito mais do que ler e ser acusado de um absurdo desses. Assunto encerrado.

    1. Beleza, encerrado. Estive nestes lugares quase todos que você mencionou. Acrescentaria a decisão nas penalidades com o São Paulo, Maracanã com o Flamengo, Paraguai, Marrocos, México e muitas outras aventuras pelo Brasil e interior de Minas. Nem por isso me acho mais Atleticano que qualquer outro. Costumo dizer e insisto, somos iguais – Atleticano é uniforme -, somos Torcedores e não simpatizantes. Salve o Galo, Sempre!

    2. Marcelo, você é muito grande para se incomodar com essa pequenez alheia. Gosto muito de ditados porque eles refletem a sabedoria do povo. Há um árabe que diz: “Enquanto os cães ladram a caravana passa”. Siga em frente, amigo e que o Galo continue a te dar as alegrias que você merece. Um abraço. Nota: antes que algum pequeno pense que eu etou chamando alguém de cão, lembre-se é só um ditado e está dirigido exclusivamente ao Marcelo.

  3. Eduardo, pode contar comigo para isso. O problema é que tem gente que não concorda com o pensamneto dos outros e parte para a ofensa pessoal gratuita. Se o que eu escrevo é incômodo, se outras pessoas não concordam com o teor das minhas postagens, é simples, ou não lêem o que digito aqui, ou discordem, mas sem ofensa pessoal. Você pode analisar TODAS as minhas postagens anteriores e verá que eu, embora discordando de algumas opiniões alheias (pouquíssimas vezes) jamais chamei nenhum outro participante deste blog de “maria”, de “simpatizante”, de “roll on” e outras coisas neste sentido. Obrigado.

  4. O que você pensa não me interessa. O espaço é livre pra opinar, temos um blogueiro para moderar os comentários. Siga sua vida e pense antes de defecar pelo teclado.

  5. Hermano, imagine uma vaca que não esteja no cio ou no pós parto. Suas atividades diárias se limitam a duas coisas, além de comer e beber. Imaginou? Pois é exatamente isso que eu penso sobre o que você comenta sobre o que eu escrevo aqui no blog do Eduardo, entendeu?

    1. Vamos evitar, por favor, conflitos internos. Como bem disse o companheiro à seguir, somos todos Atleticanos!

      1. Boa intervenção, Eduardo. Está ruim de ler tantas críticas entre os companheiros. Parece que está faltando assunto e ficam se criticando e até xingando. Tem aquele ditado que diz: “Em casa que falta o pão, todo mundo manda e ninguém tem razão”. O Galo é o pão dos atleticanos. Como ele não está lá essas coisas cada um acha que tem mais razão que os outros. Eu e outros companheiros mais centrados já pedimos várias vezes para que haja respeito à opinião alheia, pois, mesmo sendo contrária, ela manifesta o interesse de defender o Galo. Ninguém precisa brigar nem discutir é só opinar e pronto. Obrigado pela sua intervenção, Eduardo, voz de autoridade tem valor dobrado. Um abraço.

      2. Ele não é atleticano Eduardo. Está aqui sempre pra tumultuar o blog. Repare nos seus posts anteriores que ele sempre trata desta forma quem discorda das críticas ridículas dele.

  6. Vocês tem certeza que esse Felipe Santana jogou mesmo no Borússia Dortmund?
    PS: Constatação que não quer calar: Pratto estava quase se tornando um jogador velho para se vender, com apenas 28 anos. Já Anderson, Elias Felipe Santana, todos com mais de 30 anos, são jogadores jovens para ser contratados pelo Galo! Que coerência da diretoria, não?

    1. Que Anderson tem mais de 30 anos no Galo?? Moleque veio da base! Vai torcer pro seu time do desodorante Roll on!

        1. Obrigado, Eduardo. Que bom ver que o nosso bloqueiro entende quando cometemos erros de grafia de nomes, e sabe interpretar perfeitamente um texto. Isso não é pra quem quer, mas para pode!

  7. Éhhhh…! amiGalo Eduardo , não foi desta vez que o Felipe Santana cumpriu a promessa feita,aliás para cumprí-la, terá de jogar muito mais que atuou ‘nasoropa’ pois até agora ficou só na promessa. Mistura de Welton Felipe e Ronaldo Conceição até o momento. E o mininu Cazares ! Nem no time alternativo consegue ser protagonista. Começo a concordar com o nobre amiGalo, precisa ter a mãe por perto para aplicar-lhe uns puxões de orelha , que preguiça do guri. Nosso GALO continua com a velha mania de se complicar qdo tem um homem a mais em CAMpo ,hoje foi um pouquinho antes ! A limpa ainda não foi concluída com sucesso, muita quantidade e pouca qualidade . Isto porque são reservas imediatos heinnn??? Sigamos…!!!GALO

  8. Eu continuo atleticano MUITO OTIMISTA, sou daqueles com o copo sempre meio cheio, se não cheio, de nada adianta pessimismo, de nada adianta lamentações, se é exatamente este mistério que faz-nos a melhor torcida do Brasil e uma das melhores sulamericana. Carlos Eduardo realmente foi um grande erro, Clayton ainda pode ser aproveitado, Carlos Cesar não é craque, mas é esforçado, de vez em quando faz um golzinho importante. Depois que chegar os contratados, o técnico poderá definir e equilibrar o time. Quero mesmo é a libertadores e brasileiro, pra saber quem é quem neste elenco. GALO UP!!!

  9. César, belíssimo discurso. Concordo plenamente. Como você já deve ter visto eu sou um dos pessimistas. Mas, quero morrer defendendo meu direito de falar o que bem entendo. Parabéns e um forte abraço

  10. Infelizmente Cazares já era. Não tem foco. É metido a crake, veja o o Otero, quando ficou sabendo que tinha fechado com o Galo pelo seu empresário o cara até chorou de emoção. Ele mesmo disse isso. O cara briga para ser titular. Já Cazares parece nem ligar.

    1. Pablo, juro para você quem nem lembrava mais que esse cidadão integra o plantel do Galo, para você ver a falta que ele nos faz!

    1. Eita.. com esse vai e vem do Maicossuel ao DM, é melhor manter o Clayton, pra não ficar sem opção nenhuma pro ataque. O problema é que o esquema 4-1-4-1 (que às vezes funciona como 4-2-3-1) não ajuda o futebol do Clayton. Acho que ele só vai conseguir render melhor jogando bem próximo da área, em um tradicional 4-4-2, jogando lado a lado com Fred, o que seria bem difícil já que não tem um cara pra organizar as jogadas no meio. A não ser que Cazares saia dessa nhaca. Tomara que o Luan esteja 100%, porque essa vaga do Maicossuel seria ótima pra ele.

    2. Perfeito, Roberval! Esse comentário seu somente poderia ser postado por quem entende um mínimo de futebol! Parabéns!

  11. ” A obra que esta sendo feita na cidade do Galo é imensa grandiosa de mais para ficar na mão de diretores FRACOS !!!!! Como tem na base do Atlético !

  12. Vejo muita corneta e poucas “dicas” inteligentes pra diretoria. Alguns apoiam Carlos César e outros criticam. Alguns veem a evolução do Carioca e outros o massacram. Agora, alguns passam do limite, criticando as contratações que nem chegaram e as vendas que ainda não foram feitas. Essa “torcida” é insuportável! Eu vou continuar otimista e junto com o Galo, até porque a corrente pra trás esse ano está interna.

  13. No Galo que torcemos e amamos , sempre funcionou e funciona assim :
    jogadores que a massa gosta , são negociados com a rapidez de um raio , jogadores execrados pela torcida, os perebas enganadores , cuja única função na vida é nos matar de raiva , estes , os negócios viram uma ensebação só , uma novela mexicana , de final previsível e patético : depois de ganhar uma nota respeitável do clube , vão para china , santa catarina , paraná , matar outros desavisados de raiva. Não se ouve, não se vê uma crítica a este diretor de futebol que dá prejuízos gigantescos ao clube , impunemente. O mesmo que apostou no cambalhota, que desfila seu portentoso futebol nas estepes geladas da Rússia.
    Diretoria sonolenta e inerte: falta um bom zagueiro , um meia . Tentem vender cleiton , carloe eduardo, carlos césar . O atleticano tenta imaginar o custo destes 3 bondes aos cofres do Galo. Se não der , faça uma doação com a exigência de que não aceitamos de volta.
    Roger, pela enésima vez, peite estra diretoria e peça jogadores de nível , quem paga fortunas por estas babas, tem dinheiro sobrando ou não tem planejamento algum . O time tá meio borocochô , tá precisando de um jogador diferenciado.

    1. Meio difícil o Roger peitar a diretoria. Ele sabe que não tem grana para grandes contratações. Mas eu acho que ele tá se virando bem até o momento. Se ele sobreviver ao cargo até o fim da temporada, eu boto fé que a tendência é ele só qualificar o grupo. Mas eu concordo que seria bom vir um zagueiro top e um meia de criação. O problema é a escassez do mercado e a falta de grana… O jeito é torcer por um entrosamento afiado do time, e que o Roger acerte o esquema de forma que não dependa de um camisa 10. É o que ele tem tentado com a entrada do Danilo pelo lado esquerdo. Pelo lado direito, vai depender do desempenho do Elias e do Otero. O Robinho pelo jeito vai fazer a flutuação no meio, caindo hora pela direita, hora pela esquerda e chegando na área pra finalizar e tabelar com Fred. O Cazares provavelmente vai ser reserva do Robinho pra fazer a mesma função. Maicossuel brigaria pela posição com o Otero, e dependendo do jogo também pode entrar no lugar do Danilo. Ele também tem o R. Moura quando quiser volume dentro da área. Ou seja, não temos um grupo totalmente equilibrado nas posições, mas acho que o Roger vai se virar bem durante a temporada.

      Com a chegada do Adilson, se o Carioca não sair, o meio campo tá bem forte. Se o Roger Bernardo atuar como zagueiro também, acaba virando mais uma opção, além de F. Santana e Jesiel.

      Esse ano é no improviso, mas nós, como sempre acreditamos! Vamo Galoo!!!!!

      1. Daniel, saudações cordiais! Adilson no grêêmio atuou de primeiro volante ,penso eu caso seja verdade sua contratação, que o 10 que tanto faz falta neste esquema ,seja o Elias. Carioca deverá ser nosso segundo volante ao lado do Adilson . Como bem disse o amigo Paulo Silva, cabe ao treinador saber utilizar os jogadores na posição em que rendem seu melhor ,criando e treinando situações para que isso aconteça. Temos jogadores bons ,porém de características iguais, talvez essa mexida no elenco seja pensando exatamente neste pormenor. No mais um abraço e muito boas vossas colocações . GALO

  14. Bom dia a todos. Também gostaria de ver o Clayton e o Carlos Eduardo jogando em outro lugar. Mas o Carlos César é um bom reserva. Não dá pra ter dois times titulares, um no campo e outro no banco. Haja grana…
    Abraços

  15. Boa tarde a todos,
    Meus amigos atleticanos dizem que sou muito corneteiro com o time do galo e é verdade, mas esse Roberval é um mala sem alça kkkkkkkk, tudo tá ruim, o cara já vendeu o Marcos Rocha e o Rafael Carioca kkkkkkkkk, outra coisa o Adilson é muito bom jogador e vai ajudar muito o time do galo, ele tem 30 anos, já o caneludo do Donizete que esta sofrendo igual suvaco de aleijado no time do Santos porque só sabe dar pontapé tem 34 anos e graças a Deus foi embora. Só estou brincando Roberval

  16. O grande problema do Galo é que continua não havendo esquema tático, decorrência do fato de que não se sabe, até hoje, qual a posição dos jogadores. Danilo joga de que? Secretário de lateral esquerdo? No América era reserva. E o Otero? Meia ou ponta? Maicosuel nunca é escalado como camisa 10, posição em que atuou muito bem no Botafogo e para a qual tem velocidade. Tentam nesta posição o Robinho, quando é óbvio que ele não tem força nem velocidade para jogar nesta posição. Sua grande qualidade é a finalização, portanto, que fique perto do gol. Finalização também é a grande qualidade de Otero. Deveria jogar perto do gol. Que tal, então, do meio para frente, fazerem o óbvio e escalarem o time assim: Carioca, Elias, Cazares, Maicosuel, Fred e Robinho (ou Otero)?

    1. Renato, abençoo as suas palavras. Já ofereci até prêmio para quem me dissesse qual o esquema de jogo do Galo ou a função tática dos jogadores. Ninguém se habilitou. Aproveitando o espírito carnavalesco digo que acho que o Galo joga no esquema Unidos da Confusão.

  17. Eduardo e leitores, bom dia! Acho que a chance que alguns garotos da base terão hoje será realmente importante, mas não é suficiente pra mostrar se são de verdade revelações. Eu continuo achando que o trabalho na base tem sido mal feito. Enquanto não mudarem a filosofia de trabalho (desde o recrutamento), não veremos boas revelações. Que eu esteja enganado! Mas a impressão que fica é que o pessoal lá funciona pra agradar empresário. Vide alguns jogadores que subiram e nunca vingaram no profissional. É inadmissível que um clube com a estrutura que o Galo tem, não revele um craque pelo menos a cada dois anos.

    Sobre o jogo de hoje, nem considero o valor da competição, apenas do jogo isoladamente. Servirá para avaliar a dupla F. Santana e Jesiel. Também servirá para ver se o Ralph é realmente melhor que o Yago. Inclusive essa foi a primeira impressão que tive.

    Sobre C. Eduardo eu acho que foi uma contratação totalmente sem sentido. Tem cheiro de agrado a empresário. Se pintar alguém que o queira emprestado, pagando metade do salário, já compensa pelo alívio financeiro.

    O Clayton quer mostrar serviço desde que chegou, mas não dá pra entender o quanto ele se embola com a bola, erra passe, faz escolha errada em lances decisivos… enfim, parece que a camisa pesou pra ele. Talvez seja bom, como você disse Eduardo, emprestá-lo a um time de série A e ver se conseguimos uma futura venda. Ele ainda tem valor de mercado.

    O Adilson, se chegar inteiro (sem lesões), é uma boa contratação. Seria o reserva imediato do Carioca e brigaria pela posição. O Roger Bernardo, pelo que vi em alguns vídeos é brigador, tem estatura e pode ser um reforço também para a zaga caso não venha um outro zagueiro. Essa reformulação é importantíssima para o desempenho do nosso treinador. Não adianta cobrar muito dele, se o time não tiver boas opções de banco e titulares que realmente sejam eficientes.

    Galo 2×1 hoje! Abraço a todos!

  18. AS melhores contratações do ano foram :
    1 – Elias
    2 – Saída do Carlos
    3 – Saída do Patric

    Sobre os 3 citados, discordo apenas do Carlos Cesar. O atleta é um profissional serio e se esforça muito, nao acho precisamos ter nada melhor que ele para ser reserva do Rocha.
    Carlos Eduardo é o maior engodo do atual elenco

  19. Rafael carioca,carlos eduardo, clayton, carlos cesar podem sumir e ficar de olho nos laterais Fabio santos e Marcos rocha se não jogarem serios contra times menores manda sumir

  20. Bom dia, Eduardo. Duas boas notícias: o empréstimo do Hyuri e a contratação do Adilson! Com calma e sabedoria, vamos remontando o elenco e deixando o GALO muito mais forte que o ano passado! Acho que deveríamos apoiar o Carlos César que, no meu entendimento, é um bom reserva. Aliás, marca muito melhor que o Marcos Rocha que anda, talvez pelo recente interesse de Portugal, inventando muita moda e deixando de jogar com simplicidade, o que vem prejudicando seu rendimento e do próprio GALO. É evidente que precisamos de mais um meia! A instabilidade do Cazares (falta juíza, foco) e a preguiça do Carlos Eduardo (inexplicável!!!!), enfraquecem o elenco e dificultam a vida do Roger. Onde foi parar aquele futebol do Carlos Eduardo? Será que ele não percebeu que está tendo, talvez, sua última chance em um grande clube? Vamos ver hoje! Acredito, também, no potencial do Clayton e no próprio Felipe Santana.Tomara que a garotada da base mostre seu valor! No mais, SAUDAÇÕES ATLETICANAS!!!!

  21. Só discordo do Carlos César. Não é jogador brilhante, como não se deve esperar de um reserva, mas quando entrou não comprometeu e jogou com raça e disposição (que às vezes falta ao Marcos Rocha, ótimo lateral mas muito mascaradinho e prejudica o time muitas vezes).

    O Clayton é jovem e pode evoluir. Essa disputa de times grandes pelo seu passe não fez bem à sua cabeça. Precisa começar do zero em um time intermediário.

    Já o Carlos Eduardo, pela sua preguiça em ser atleta profissional, acho caso perdido. E ninguém vai querer também. É esperar acabar o contrato e adeus.

    1. Concordo. C. César teve um bom momento ano passado, caiu de produção junto com o time, que teve um desgaste físico fora do normal. Com um time entrosado, acho que ele dá conta do recado pra substituir o M. Rocha. A não ser que a diretoria tenha grana pra investir em um bom lateral. Porque se for pra trazer qualquer um, e ser mais um “C. Eduardo” não compensa.

  22. Oi Eduardo, bom dia! Todos nós atleticanos colocamos fé na base. Porem, toda vez que são desafiados, decepcionam. Continuamos sem um armador genuíno. Daqueles que a massa vai ao aeroporto recepciona-lo. Infelizmente ainda continuo sem esperanças neste 2017.

    1. No dia que essa base (atual) do Galo revelar um camisa 10, MG vai ter praia! Lá, somente os brucutus, caneludos e maratonistas são bem vindos. Jogadores talentosos não são bem vindos. São dispensados ou desvalorizados indo parar em outra base Brasil afora. Temos um CT completo, uma estrutura excelente, e uma torcida gigantesca. Só falta ter bons gestores na base, pessoas que realmente entendam de futebol. Pessoal lá só entende de empresário e sabe-se lá o que mais… menos futebol.

  23. É a primeira vez que posto aqui. Vejo futebol com os olhos e não com o coração. Tenho visto Marcos Rocha lento e desatento, bastando observar vários gols que tomamos ultimamente. Outros que foram para a seleção e ficaram lá, Rafael Carioca e Fábio Santos, estão deixando a desejar. Pessoalmente acho Carlos César melhor que Marcos Rocha. Talvez eu não entenda de futebol como acho, pois alguns jogadores que não jogam nada saem de campo com o prêmio de melhores em campo. Torço para o Roger dar certo, mas penso que o Galão da Massa vai ficar no papel. Tomara que esteja errado…

  24. Parabéns à diretoria pela contratação do Adilson, principalmente pelo custo zero. Que ele se firme e traga alegrias à Massa. A chegada dele e do Roger Bernardo prenunciam a venda de um meio campo, que deve ser o Rafael Carioca. Jogador da Seleção, mas é um salário caro, e apesar do bom início neste ano, esperávamos mais. Vamos ver se a diretoria vai priorizar novas conquistas, ou se vamos continuar a liquidação para pagar as dívidas. Como ficou o bloqueio das contas do Galo? Já conseguimos resolver?

    E a situação do Luan? Foi inscrito para a fase de grupos da Libertadores? Preocupa muito se não. Parece que os boatos podem ter um fundo de verdade.

    O treinador Roger está certo em escalar reservas. Dos titulares acho que todos priorizam a Libertadores, e acho que vão tirar o pé nas divididas no jogo da Primeira Liga. O Galo tem que fazer a melhor campanha da fase de grupos. Tudo indica que tivemos sorte, com adversários de menor tradição. Vamos estabelecer a vantagem para as demais fases.

    1. Carissimo…este ano não tem vantagem nenhuma pra outras fases da LA, Agora é sorteio..
      Sobre a lentidão no desfazimento dos jogadores, ta na cara que os outros times leem os blogs…e ninguem quer comprar bonde..tipo.jogador “queimado” pela torcida. Então a tatica é não cornetar…

  25. O R. Carioca sai na metade do ano? É por isso que vem a tiriça da segundona alemã? Acorda Galo!!!!

    1. Sabe de nada hein mas cornetar sim, ele vem dá Rússia, santa Ignorância Batman. Haja paciência.

  26. Só de ver o nome do Carlos Eduardo convocado para algum jogo me dá até arrepios, vê que vai ser titular é desânimo total. O empresário dele deve ser o Jorge Mendes só pode, vai ser forte assim lá na China.
    Que bom que mesmo lentamente a diretoria vem aos poucos reformulando o elenco a tendência é ficar mais forte. Paulo faça como eu foque no time titular para ficar mais otimista, temos carências sim no elenco, mas nosso time titular é muito bom acredito nele:
    Victor
    Marcos Rocha, Leo Silva, Gabriel, Fábio Santos
    Carioca
    Luan, Elias, Robinho, Danilo
    Fred
    Acho que no mínimo um título de expressão agente ganha esse ano.
    Vai Galooooo!!

    1. Boa tarde, Pablo. Eu já disse várias vezes aqui que o Atlético tem um bom elenco para um time titular e no máximo uns quatro reservas à altura. O resto é entulho. O problema não são os jogadores. São os treinadores que insistem em querer que os jogadores se enquadrem em seus esquemas sem atentarem se eles são aptos para tal. Vou dar só um exemplo atual. Todos sabem que não temos bons zagueiros à exceção do LS que está limitado pela idade. O que o Roger tem que fazer? Articular uma defesa que jogue de acordo com essas limitaçãoes. Não adianta querer fazer linha de quatro defensores se o MR nunca está na sua posição, o Gabriel fica mais preocupado com as falhas dos companheiros do que com a sua missão em campo, O LS não aguenta correr atrás de atacantes de vinte anos, o Felipe Santana é uma incógnita e o Erazo, bem , o Erazo é o Erazo. Porque então não fazer uma experiência com três zagueiros jogando próximos uns dos outros e o mais perto possível da área a fim de enfrentar os atacantes de frente em vez de correr atrás deles? Como você pode ver temos jogadores sim. Precisamos é fazê-los jogar dentro de suas possibilidades e capacidades e não de acordo com o que essas cabeças treinantes inventam. O Rafael Carioca é um ótimo volante. Precisa definição se será um primeiro ou segundo volante. De que adianta colocá-lo na frete da zagua para aproveitar a sua capacidade de sair jogando se ele não tem com quem jogar? As saídas de bola da defesa do Atlético são tristes. É um tal de toquinhos para os lados e para trás até encher o saco ou proporcionar contra ataques a partir da nossa intermediária. (Vide o primeiro gol do Democrata) Me desculpe a entensão do texto mas, não dá para ser sucinto com um assunto desses. Um abraço.

  27. Adilson tem 30 anos. Gostaria de saber a duração do contrato, já que Donizete estava velho. Precisamos de zagueiro!!!! Se o Rocha for para Portugal, quem substitui? Não entendo esse planejamento. Ou será que não há?

    1. ..Roberval, Donizette fará 35 em Maio agora e queria 380 mil por mês…com certeza esse Adilson(nem sei e é bom) além de mais jovem veio sem custos e o salário deve ser mais baixo….

  28. Bom dia, Eduardo e atleticanos felizes com a partida do Hyuri. Pena que a china é muito perto daqui. Patric, Hyuri, Ronaldo Conceição, Edcarlos, Douglas Santos, Júnior Urso, Leandro Donizete, Eduardo e outros. Aos poucos o melhor elenco do Brasil que não ganhou nada e soube dar alguns vexames está sendo reformado. Será que neste mundo tão grande alguém encontra um lugarzinho para o Carlos Eduardo e o Clayton? Não precisa ser ali na China, pode ser mais longe. Bom, reformas feitas vamos ver como fica o novo Galo. A troca de peças era indiscutivelmente necessária mas, a reposição correta também. Adilson, Elias, o Roger do meio do ano, Felipe Santana, etc. precisam de um certo tempo para sabermos a que vieram. Vamos torcer para que sejam as contratações que ajudarão o Roger a se consagrar. Enquanto isso, os meninos da base terão hoje a grande oportunidade de mostrar, como disse o blogueiro, que a nossa base tem salvação. Só não podem é cometer a burrice de trazer o Micale de volta. Como burros na diretoria do Galo não faltam fica o receio. Como cheguei à conclusão de que tá todo mundo certo e eu errado, vou fazer análise para reverter a minha psique e virar um torcedor confiante que vê melhoria em tudo. Tudo mesmo. E viva o Galo porque sem ele não tem vida.

      1. Eu sempre defendi o mesmo com relação as categorias de base !! Impossível uma equipa como o Atlético, com a infra estrutura que possui não revelar jogadores no mínimo medianos !! Lógico que jamais..jamais..teremos Cerezo, Reinaldo, Marcelo, Campos, para ficar somente nestes.. Mais chega ser patético jogadores que são lançados que não dominam os fundamentos básicos !!! Deveriam reformular toda esta estrutura..mandar embora o gestor..claro, e trazer pessoas que conheçam de futebol… Vejam exemplo do Santos, do Fluminense e pasmem.. até do América MG..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.