Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Libertadores ficou pelo caminho

Hoje é dia de lamentar. Claro, afinal o embalo em que estávamos nos fez sonhar com títulos na temporada, que agora se resumem a apenas dois deles e não mais três ou quatro. É difícil voltar pra casa, depois de uma partida que ocupava nossos sonhos já por tempos, com o gosto amargo da eliminação.

Entretanto, depois desse tempo todo de Atleticanidade, não me permito mais qualquer sofrência e tampouco ameaçar romper com o clube como já fiz no passado, mas ouvi gente saindo do Mineirão esbravejando nesse propósito. Mesmo saindo invicto com sete vitórias e cinco empates e tendo tomado apenas quatro gols nas 12 partidas, fomos eliminados pelos termos do regulamento. Ponto!

Dor maior já senti no passado, por exemplo, em 1977, quando estando igualmente invictos perdemos o título Brasileiro nas penalidades para o São Paulo, numa partida que teve pênalti não assinalado e desfalcados por uma manobra do STJD. Juiz e auditores da CBF. Essa doeu e a dor da injustiça nunca apaga, como já ocorreu em outras situações – igualmente – maculadas pela ação nefasta e desonesta dessa entidade.

Sobre o jogo, pouco ou quase nada a dizer, depois de um empate com sabor de derrota. Tivemos todas as chances para superar o Palmeiras. Até relevo a penalidade perdida na primeira partida. Mas ontem o Vargas, no primeiro tempo, minou dois contra-ataques nossos com sua morosidade. Ele fez o gol no início da segunda etapa e logo depois perdeu a oportunidade de matar a partida. Além dele, nosso zagueirão Nathan Silva, no lance do gol adversário, cometeu duas falhas na mesma jogada. Nenhum deles pode ser crucificado. Diria até que o goleiro adversário foi talvez o melhor em campo. Perdemos todos. Elenco, treinador, diretoria e Torcida Atleticana.

O Palmeiras veio para fazer o que fez. Em que pese o frouxo juiz colombiano ter sido conivente com o antijogo e econômico no rigor em jogadas excessivamente violentas do porco, não foi ele quem decretou nossa eliminação. Nem mesmo vou polemizar, embora a regra seja clara, que tinha gente estranha dentro do gramado na hora do tento palmeirense. Ah! Se fosse o contrário, aquela imprensa calhorda do eixo ia se ocupar hoje com essa irregularidade. Ia aparecer idiota pra pedir a anulação da partida. Se ia!

Diante disso, com o mesmo espírito da postagem de ontem cujo título foi “olhando pra frente”, já acordei pensando sobre o que nos resta na temporada. Sem Libertadores, consequentemente o Mundial, sobraram o Brasileiro e a Copa do Brasil. Pois bem, agora chegou a hora da verdade, caros Cuca e jogadores. O Atleticano vinha sendo bastante benevolente pelo roteiro que estava se desenhado.

Então, sem essa preocupação da segunda conquista da Libertadores, o foco agora – ao que penso e até mesmo sinto entre os Torcedores – é priorizar o Brasileirão. Esse deve ser o nosso objetivo e prioridade até a 38ª rodada. Não sei quando esse campeonato termina, afinal a CBF – como sempre fez – vai protelar e adiar jogos à conveniência dos interesses de seus protegidos. Não é por acaso, que nesse covil do futebol brasileiro, nenhum de seus quatro últimos presidentes concluiu o mandato. Esse fato fala mais que qualquer insinuação ou até mesmo acusação.

Pois bem, caro Cuca e jogadores, faltam 17 jogos para o fechamento do BR2021. Destes 10 em Belo Horizonte, possivelmente com a presença e apoio do Torcedor. Entre as sete partidas fora de casa, temos adversários que – teoricamente – são presas a serem batidas. O Atleticano não vai aceitar ou admitir qualquer queda de rendimento nessa reta final de campanha. Não seria exagerado a ponto de afirmar que Brasileiro é obrigação, mas se a conquista não se confirmar saibam que dificilmente isso será digerido pela Torcida. Então, assim como proponho ao Torcedor, que sirva a todos os profissionais Atleticanos. Olhem para frente e entendam que o futuro é logo ali. Brasileiro e, se der, também a Copa do Brasil. A prioridade é o nacional.

Se os portões forem abertos para o Torcedor, urge que a diretoria defina sobre a venda de ingressos. Não dá para ser como foram nas duas partidas recentes pela Libertadores. Tanto com relação à priorização das vendas, que deve abolir o acompanhante, pois ele bloqueia o sócio torcedor, quanto pela presença da Massa de baixa renda. Ontem, quando tomamos o gol de empate, senti falta dos “geraldinos”, que – no gogó – já levaram o Galo a grandes viradas. Somos, os que estávamos presentes, privilegiados e o valor do ingresso colocou mais de 18 mil que não reagem com o grito de guerra. “O Galo é o time da virada”, e ainda o “Gaaalooo”, que vem lá do fundo da alma. Éramos milhares calados e assistindo a vaga ir para o brejo.

Em tempo: Se aparecer algum não Atleticano afoito pela frente, não se avexe com isso, deixa que aproveitem esse momento que entendem ser de plena felicidade. Afinal, coitados, hoje à noite já tem jogo dessa gente na série B. E como diz aquele baiano que viralizou nas redes sociais, aquilo lá sim é um inferno. Seja compreensível e deixe que essa pessoa se sinta em extase.

*imagens: 1)Pedro Souza/Atlético; 2) imagem da TV; 3) extraído do google

78 thoughts to “Libertadores ficou pelo caminho”

  1. Apesar da eliminação, temos que reconhecer que o Galo está no caminho certo e deve ficar firme, principalmente para o BR, este sim, o campeonato a ser conquistado. Libertadores seria um ótimo bônus, que poderá vir em 2022 ou depois. Foco total no BR, não é hora de crucificar A ou B. O time caiu por detalhes que fazem parte do futebol. Trouxe o Palmeiras bem vivo de SP, este foi o problema. Vamos ter calma e sigamos em frente.

  2. Fazer uma análise da partida após o apito final é muito fácil.

    “Cuca deveria ter recuado o time todo e bola pro mato” – Aí se toma o empate no fim, iriam falar que é porque recuou o time, ficou com medo, deu campo pro adversário, tinha que continuar buscando o jogo e feito mais gols pra não depender do resultado, etc.

    “Nathan deveria ter saído no intervalo por conta do cartão” – Imagina se isso acontece, acharíamos um absurdo tirar o pilar da zaga, o cara que ajeitou a defesa, colocar alguém sem ritmo de jogo ou o Réver, que está lento.

    “Vargas deveria ter ficado no banco” – Aí o Savarino entra, fora de ritmo, piora a lesão e perde ele pro restante da temporada, que ainda não acabou.

    “Colocou o Réver de centro-avante” – Àquela altura, faltando 5 minutos e após 175 jogados sem conseguir furar a retranca da Chapecoense Paulista, sem outra opção no banco, foi uma tentativa, embora frustrada e até por mim criticada no calor do jogo, de alguma coisa nova.

    Digo isso apenas como uma forma de puxar uma visão de que não adianta ficarmos nos martirizando, buscando justificativas, etc. O jogo passou e não volta mais. Que o time se fortaleça pra conquistar os objetivos, sem sair do rumo.

    1. Fiz esse analise quanto à postura ofensiva imbecil do galo 2 minutos depois do gol, não foi após o apito.

  3. A postura ainda ofensiva, desesperada, como se precisasse de outro gol do Galo após fazer o primeiro, era tudo q o Palmeiras queria. Chutões, passes forçados, sempre dando a chance de um contra-ataque.

    Era só ter feito o q fez contra o River, segurar atrás, q era 2, 3 a zero

    Uma das coisas mais estúpidas q já vi na minha vida.

  4. ACREDITO QUE TENHAMOS PECADO NOS ERROS DE PASSE E FALHAS INDIVIDUAIS. QUANDO FIZEMOS O PRIMEIRO GOL TERÍAMOS QUE REFORÇARMOS A DEFESA E PARTIR PARA JOGAR NO CONTRA ATAQUE. TATICAMENTE O TIME ESTÁ MUITO BEM MONTADO. FOI UM PRAZER EM CONHECE-LO PESSOALMENTE NA NOITE DE ONTEM, EDUARDO. AQUI É O JAJÁ ATLETICANO MORADOR DE TIMÓTEO, MG. UM GRANDE ABRAÇO!!!!

      1. O Eduardo é gente boa demais! Não esqueço até hoje, quando ele foi levar o ingresso pra mim e minha filha lá no MP onde trabalho! Pena que aquele time de 2019 não ajudava a gente e acabamos presenciando uma derrota! Mas quem sabe, um dia volto ao Mineirão com a conquista de mais um título e reencontro o Eduardo e outros daqui! Sobre esse erro de não saber segurar resultado favorável, Sampaoli não conseguiu corrigir e por isso ficamos pelo caminho no Brasileirão passado. Que Cuca aprenda dessa vez para sermos mais felizes tanto no Brasileiro quanto nas finais da Copa do Brasil!

  5. Bom dia a todos! Depois de não conseguir dormir, vou dar meu pitaco. Perdemos por nossa culpa, exclusivamente. O Hulk desperdiçou um pênalti em SP. O Vargas além de perder dois gols na cara do goleiro, desperdiçou dois contra ataques ótimos onde éramos maioria, errando o passe final. O Nathan foi totalmente inocente naquela bola. Alí só duas opções: Ou cabeceava a bola, para qualquer lado que não dava nada, ou ia direto no jogador e fazia a falta, que era o mais certo. O Juiz não dá cartão por falta deste tipo e não ia dar nada. Pecou por excesso de confiança! Faltou malandragem de picar o jogo, fazer cera. De resto é chorar na cama. “Se” tivéssemos ganhado, o Cuca ia estar sendo exaltado como o maior estrategista do Brasil. Jogamos contra um time muito bem armado na defesa. E seguir em frente e buscar o Brasileirão que está na mão e a Copa do Brasil, que também está na mão para chegarmos a final!

  6. ALEXANDRE KALIL , TIROU A MASSA DOS ESTÁDIOS.
    FOI NESSA ADMINISTRAÇÃO QUE COMEÇOU.
    ELITIZARAM O FUTEBOL , ENCARECERAM OS INGRESSOS , E A TORCIDA RAIZ SUMIU DOS ESTÁDIOS.
    O BRASILEIRÃO SEMPRE FOI A NOSSA PRIORIDADE MÁXIMA E ASSIM DEVERIA TER SIDO ENCARADO DESDE O PRIMEIRO MOMENTO.
    MAS , TAMBÉM NÃO PODEMOS ABRIR MÃO DA COPA DO BRASIL , TAMBÉM MUITO IMPORTANTE .
    BOLA PRO MATO QUE O JOGO É DE CAMPEONATO , VIU , NATAN SILVA.
    PERDEMOS ONTEM POR GRAVES ERROS INDIVIDUAIS .
    HULK , VARGAS E NATAN , FALHARAM E ESSE É O MOTIVO DA NOSSA DESCLASSIFICAÇÃO.

  7. Boa tarde,

    no lance do gol do Palmeiras, que se pese a falha infantil de nosso bom zagueiro, gostaria de registrar uma falha que a meu ver foi de todo o sistema defensivo. Na hora do lançamento, todo nosso sistema defensivo estava pelo menos 30 metros à frente dos atacantes do Palmeiras que chegaram dentro da pequena área para finalização. Faltou acompanhar a jogada para fazer a cobertura…

    Nathan amarelado não poderia ficar como último homem em hipótese alguma, faltou o olho do treinador.

    Abraços!

  8. Bom dia a todos, apesar da ressaca moral dessa péssima e mal-dormida noite! Primeiramente, acho o regulamento ridículo, esdrúxulo, essa palhaçada de gol qualificado! Parabéns ao menos nisso para CBF, que tirou esse regulamento que favorece times piores na Copa do Brasil! Sim, mesmo tendo empatado ontem, o Palmeiras continua sendo pior do que o Galo e jogou covardemente nos dois jogos, ontem sendo premiado com a entrega do Nathan Silva e achando o gol da vaga! O regulamento injusto permite isso: uma equipe jogar na retranca, inclusive em casa, no primeiro jogo e no segundo, achar um gol de sorte num contra-ataque e se classificar, assim foi! Pra mim, o Palmeiras foi pra final mais pelo regulamento e por demérito do Galo, do que seus próprios méritos! E ainda contou com a péssima e suspeita arbitragem de um colombiano que inclusive permitiu o Jair ser agredido em sua frente pelo bandido Felipe Melo e não ser sequer amarelado. Só levou o amarelo no fim do jogo quando já batido e provocado à vontade. Também deixou de marcar faltas claras para o Galo, especialmente no fim do jogo. No último lance, não quis marcar falta no Arana, que se marcada, traria perigo ao gol de Weverton e vai que sai o segundo do Galo, né?
    Dito isso, o Galo também perdeu por dois lances capitais: o pênalti desperdiçado por Hulk no primeiro jogo, que caso convertido, nos daria a vaga pelo placar agregado de 2 a 1 e claro, o erro patético de Nathan Silva, que deveria ter matado o lance com falta e mesmo que fosse expulso, não sairia ali o gol de empate do Palmeiras! Erro que tiveram o dedo de Cuca e principalmente dos mecenas. Vou explicar essa frase pra concluir. A meu ver, a estrela do time, artilheiro, jogador mais badalado não pode ser o cobrador oficial de pênaltis. No Galo, isso nunca deu certo. Basta lembrar os pênaltis perdidos por Robinho e Fred, que nos custaram títulos! Na Seleção, o Zico arrebentava, mas na hora de cobrar pênaltis, já perdeu e nos eliminou de Copa do Mundo! Quando tínhamos o Fábio Santos, longe de ser estrela, como cobrador oficial dos pênaltis, ele não perdia praticamente nenhum, 99, 9% de acertos nos penais! Então, Cuca, escolha outro batedor, um cara mais frio: eu punha o Nacho ou o Vargas ou outro jogador que queira, Hulk não! Por fim, sabendo que o Nathan estava amarelado, Cuca errou ao não sacá-lo no intervalo pq num jogo tenso como aquele, ou ele seria expulso ou ficaria com medo de matar um lance com falta, exatamente o que aconteceu com Nathan Silva! Segunda e última coisa: não adianta ter muita grana se não souber investir! Os mecenas não quiseram fechar com o Roger Guedes, deixaram o Corinthians ganhar a parada. Resultado: Guedes arrebentando e fazendo crescer o time paulista e nós aqui sofrendo com Vargas! Um cara até esforçado e tal, mas que nunca, em nenhum clube, foi decisivo e ontem não foi diferente. Fez o nosso gol, mas na hora de matar o jogo, cara a cara com o goleiro, fez o mais difícil: mandou pra fora! Também não quiseram repatriar o Jemerson, porque era caro, blablablá, etc. Bom, sem zagueiro experiente, pois não dá pra contar com Réver, perdemos numa patacoada do bom mas inexperiente Nathan Silva! Jemerson não perderia aquela bola. Então, foi a famosa economia porca! Agora, é concentrar no Brasileiro, questão de honra e se ganharmos, trazer pelo menos um zagueiro experiente para a próxima Libertadores, cuja vaga estamos quase garantindo….

  9. Deyverson invadiu o campo antes do gol. Cadê o VAR?

    Vargas não sabe chutar a gol. Era só rolar por debaixo do goleiro.

    Por que atacar se estava 1×0?
    Demos o contra-ataque.

    1. Exato. Agora vale o gol com a adversário contando com 12 jogadores em campo?
      O CAM deveria pleitear a anulação da partida.

      É várzea isso?

      1. Caro Maurício, se ainda tivéssemos presidente como o Kalil, certamente a cobra iria fumar! Não gosto dele como prefeito e não vou entrar nesse mérito, até pq aqui não é lugar de política, mas reconheço que foi o melhor Presidente que o Galo teve! Não à toa as maiores conquistas foram com ele no comando. Agora, com um Presidente e um diretor de futebol fantoches ou Rainha da Inglaterra, pode esquecer. O bobão do Vice já disse que o Atlético não vai reclamar, é o famoso corno manso – depois chamam o Cuca de Manso – Mansa é a diretoria e presidência, que vê o Galo ser roubado descaradamente nos campeonatos (vem sendo no Brasileiro, apesar da liderança) e foi ontem na Libertadores e vão ficar quietos! Bando de covardes, depois querem que o time tenha brios, o negócio começa de cima!

  10. “Galo favorito” (na final do mata-mata). Oba-oba de torcedores e da imprensa mineira. Inúmeros tinham já reservado acomodação em Montevidéu para a final da Libertadores. Lá, haveria a vingança do roubo de 81 no Serra Dourada; depois, o pódio no Mundial. Antes, viria o Palmeiras. Time não soube furar a retranca rival no primeiro jogo nem garantir a vitória no segundo. Pênalti perdido, em SP; e frustrante atuação de egoHulk, timidez de Nacho, desarranjo de Nathan Silva, em BH. Amarelão no Mineirão. Vargas, atacante desafinado, fez o gol (assistência de Jair) e dissipou o seguinte da classificação. Cuca levou novo baile tático de Abel na Libertadores. Não fossem três defesas de Everson, a eliminaçao viria com derrota. Ataque não ganhou o jogo. Defesa perdeu a competição. Galo ingênuo caiu na trama do astuto Porco. Tríplice, quádrupla coroa em 2021? Arroubo sem braços e sem pernas. Queda com *galo* na cabeça. Vamos todos chorar nova tremedeira do Galo e a desclassificação invicta. 4Rs precisam contratar urgente uma comissão psicotécnica para curar o trauma histórico do Atlético de fraquejar em decisões (erra 
    demais e sempre falta um gol) e a síndrome de “Ga-va-lo paraguaio”, sempre festejados pela gangue do Eixo Malígno. Cabe agora ao “fortíssimo elenco atleticano” não desandar nas sendas do BR e não entregar possível chegada à final da CB. Salto alto da soberba; bico e esporas frouxos. Não fazer acordo com inúteis Vargas, Keno, Hyoran e Nathan para contratar decisivo Róger Guedes foi alienação dos dirigentes do CAM (Clube da Arena MRV).

  11. E aquela torcida no mineirão? Mulheres retocando maquilagem, torcedores de partidas de tenis com seus ferozes celulares, garotinhas e garotinhos chorando , tudo muito épico, com fundo sonoro do ” mantra ” eu acredito. Cadê a massa? Conseguiram o que queriam, arrancaram os nerds dos videogames, por causa do preço dos ingressos que papai pode bancar . A impressão é que o fim está proximo. No final, aplaudiram a entrega. Típico

  12. Saudações atleticanas!!
    Recados:
    Ao Nathan Silva: bola pro mato, que o jogo é de campeonato!
    Ao Vargas: bola no canto, pra honrar o manto!
    Ao Hulk: não se resolve nada sozinho. pára de fominhagem!
    Ao Cuca: vê se te orienta e não inventa (rever de atacante foi piada)!
    Ao time todo: bola pra frente que atrás vem gente!
    Ê Gaaalllooo, faz essa massa sofrer!

  13. Verdades do jogo de ontem:
    – Hulk e Nacho, nossos melhores jogadores, não decidiram com esperávamos, tanto lá quanto cá.
    – Vargas, apesar do gol e atuação razoável, perdeu chances incríveis que poderiam mudar tudo.
    – Nathan falhou ao receber o cartão de forma infantil e falhou bisonhamente ao tentar ganhar no corpo do atacante, ao invés de ir na bola e isolar pra lateral. Mas tem crédito.
    – Faltaram opções ofensivas (Keno e Diego Costa fora; Savarino meia boca voltando de lesão).

    Enfim, acho esse regulamento de gol fora esdrúxulo. O mais correto seria decisão por pênaltis.
    Mas segue o barco. o Ano não acabou.

    Agora o foco passa a ser o Brasileiro. Se o o time não perder a motivação e o foco, seremos campeões. E a final tão esperada contra o flamerda pode ser na Copa do Brasil.
    Vamos, Galo. Sem abaixar a cabeça. Temos time pra ser campeão.

  14. Bom dia a todos.
    Mais uma vez fomos inocentes, o Palmeiras estava totalmente batido, pedindo para tomar mais gols, nas cordas, mas erramos demais e entregamos uma classificação que estava em nossas mãos.
    O Vargas errou tudo, inclusive um gol cara a cara com o goleiro, faltou pontaria, era só tocar no canto oposto do goleiro.
    Hulk e Nacho foram um fiasco, o primeiro muito individualista, querendo resolver tudo sozinho, inclusive errando um pênalti de forma bisonha na primeira partida, o segundo apagado errando tudo, só trocando passes para os lados, não justificando em nenhum momento a fama que tem.
    O Nathan Silva estava totalmente nervoso, era para ser substituido assim que tomou o cartão amarelo, comprometeu num lance fácil. O técnico Cuca errou em mantê-lo na partida e deu no que deu.
    Quando o Atlético fez o gol, foi todo pra cima de forma desordenada, deixando espaços para o contra ataque, que era tudo que o Palmeiras queria, bastava administrar o resultado e deixar o tempo passar.
    A entrada do Rever no ataque também foi uma piada, atitude totalmente desesperada do Sr. Cuca, mais um erro do nosso comandante.
    A saida do Jair também foi outro erro, era o melhor do time e depois da sua saída o time morreu em campo.
    Outra coisa, o time caiu muito de produção nas ultimas partidas, não tem jogado bem, fica o alerta para o restante da temporada.

    Abraços!

  15. O sonho virou pesadelo novamente. De nada adiantou o amuleto babilônico do Cúca. É por essas e outras que acho que 2021 já era. Não temos treinador e o time é superestimado. Já estou esperando o próximo vexame. E o pior ainda está por vir. Infelizmente se continuar torrando dinheiro em perebas como o Rulk, Severino e outros lixos corremos sérios riscos de cruzeirar. O último que sair apague a luz.
    FORA CÚCA!!! FORA RULK!!!
    Saudações atleticanas.
    PS=> Desculpe o desabafo nobre blogueiro. Tô cansado de me iludir e depois é só decepção.

  16. Como a de todos os Atleticanos, minha noite foi péssima! Nosso time não conseguiu jogar contra o palmeiras, que tbm é um ótimo time, infelizmente. Porém, como venho dizendo, nossa prioridade deve ser o Brasileiro, título que não conquistamos há 50 anos. Sobre a desclassificação, lamento o pênalti perdido no primeiro jogo, as falhas do ótimo zagueiro Nathan Silva e o gol perdido pelo Vargas (além de duas péssimas escolhas que fez no primeiro tempo, matando dois contra ataques promissores). Mas o que lamento mesmo, é a mudança do perfil do torcedor que frequenta o campo. Um monte de playboyzinho contracenador. Pra ter torcedor com aquele perfil da maioria que estava no campo ontem, é melhor o estádio vazio com o DJ ao fundo. Simplesmente ridículo ver torcedores chorando nos instantes finais do jogo. Coisa de zé ruela! Outra coisa, esse papo de “eu acredito” já deu. Deveria ser proibido. Além de ser horroroso, virou motivo de deboche. Melhor gritar GALO, como nos bons tempos. Sigamos, em busca do Brasileiro, nossa prioridade absoluta! SAN

    1. Realmente a torcida raiz morreu. A nutelagem e o mimimi tomaram conta. Poucos torcedores raiz no campo. A grande maioria ontem foi incapaz de apoiar o time assim que tomou o gol do porco. Era pra inflamar o time. Lamentável essa torcida atual que frequenta o campo e só fica vendo o celular e postando egofotos o tempo todo ao invés de assistir o jogo. Se for essa a torcida presente na Arena MRV sei não, viu. Outro ponto: torcida Galoucura dando ingresso pra torcida do Palmeiras. Tiraram próprio torcedor do Galo na veia do jogo. eu que sou raiz, não consegui comprar ingresso. agora até me conformo em ter economizado pelo menos 300 reais.

  17. Sempre tem alguém para apresentar teses estranhas ao futebol, jogo que deve ser jogado e vivido dentro do campo sem interferências. Uma dessas teses é a de que torcida ganha jogo. Eu, que já estive inúmeras vezes no Mineirão lotado, com setenta mil ou até mais de cem mil torcedores, gritei até ficar doente da garganta, xinguei e chorei muito, sei que torcida só satisfaz a si mesma e no máximo anima algum jogador a se exibir. Mas o jogo se ganha dentro do campo. Tanto isso é verdade que o Galo estava ganhando e jogando muito bem sem torcedores. De fora, só o comando e orientação técnica são válidos.

    Ao Galo faltou, nessa decisão de semi final, uma estratégia de jogo definida, comando e orientação técnica a começar pelas escalações. O Galo já teve nesse ano, duplas interessantes como a Savahulk, Nachohulk, e até Sashahulk. Por acaso, e só o acaso poderia fazer, alguém lembra da dupla Vargashulk? A quanto tempo esses dois jogadores vêm sendo escalados como atacantes do Galo e até hoje não formaram uma dupla. Jogam de costas um para o outro, só trocam passes eventuais e sem consequência e são, na extensão das palavras, estranhos um ao outro dentro do campo. Mas o comando e a orientação técnica insiste em colocar os dois lado a lado, gerando inclusive, conflito entre os armadores, que ficam em dúvida na hora de servir a um ou ao outro. Mas os jogos continuam com eles.

    A falta de estratégia se mostra quando a escalação do time, mesmo sabendo que o adversário entrará em campo só para se defender com três zagueiros, dois volantes só de marcação, e dois laterais que avançam poucas vezes, ou seja, são sete defensores sem contar o goleiro, numa clara demonstração de inferioridade, e o estrategista atleticano entra em campo com apenas dois atacantes, alheios um ao outro, para lutar contra sete. E coloca três volantes, dois zagueiros e dois laterais para marcar um ataque quase inexistente. Futebol se ganha com boa estratégia e alguns talentos bem comandados e bem orientados. Por isso eu disse que o Galo estaria fora depois do primeiro jogo. Mas o Galo, acredito, tirou alguma lição dessa eliminação. Se não tirou, veremos na decisão da semi final da Copa do Brasil.

    1. Não achei falha a escalação não. Precisava se preocupar com o contra ataque deles. Quando fez 1×0 era pra fazer o mesmo que o adversário. Recuava todo mundo e buscava o contra ataque. Acabava com o esquema deles. Cuca vacilou nesse sentido.

  18. Bom dia a todos, se e que seja possível.

    Uma eliminação muito frustrante, a maioria aqui deve estar muito triste com o resultado, mas o Galo está traçando o caminho certo. Acredito que daqui pra frente ainda teremos muitas derrotas, mas estaremos sempre brigando lá em cima, semi-final, final, etc. Mas confio também que uma rotina de títulos está muito próxima. É impossível ganhar tudo!

    Fomos eliminados na semi da Libertadores pro atual campeão, que jogou os dois jogos como a Chapecoense, covarde e praticando o anti-jogo desde o primeiro minuto lá em SP, ao contrário do nosso Galo, que buscou o resultado desde o início. Infelizmente, não tivemos sorte em lances que poderiam ter definido o confronto, como o penalti perdido e a incomum falha do Nathan. Perdemos pela regra, assim como fomos campeões mineiros pela regra. São coisas do futebol.

    Mas, apesar de chateado, minha confiança no time não foi abalada. E torço para que os jogadores também não se abalem, afinal no sábado já tem decisão. Mais um jogo difícil, já que o Inter vem crescendo de produção.

    Ps. Sobre o Vargas, ele precisa ficar de castigo treinando finalização. Ele é ótimo jogador, se apresenta muito bem e tem ótima visão dos espaços, por isso tem inúmeras chances, mas precisa aprender a aproveitá-las melhor. Aliás, muito melhor.

    Abraços a todos e vamos tentar afastar essa lamentação. Foi péssimo, mas precisamos continuar firmes que os objetivos vão ser alcançados.

  19. Bom dia,

    Como no ano passado o Abel venceu o Cuca na estratégia.
    A única coisa que mudou foi que no ano passado o time do Cuca era inferior ao Palmeiras e agora Cuca tinha um time superior, porém das duas vezes perdeu da mesma forma, encolhido e jogando por uma bola o Abel venceu.
    Daí meu questionamento, porque então não ter postado o time mais defensivamente depois da vantagem obtida, sabendo que eles não sabem jogar com a posse de bola nem tão pouco precionar o adversário.
    Fica então a lição para o Cuca.
    O jogo foi bom, com exceção do Vargas que foi uma verdadeira lástima, abusou de perder gol, errar passes e atrapalhar nosso ataque.
    Mas pelo visto ele era a única opção válida.
    Quanto ao Nathan, na CONMEBOL TV foram categórico em dizer que o cartão que tomou foi excesso do juiz, então creio que teve sim influência naquele lance do gol, poderia naquele momento fazer a falta.
    Mas o futebol é assim, nem tudo está errado nem perdido, só não podem é se abater, bola rola no final de semana e o Inter vem de uma sequência de Vitórias.
    Bola para frente.

  20. ‘Tava cara que o Vargas iria ser a bola da vez .

    Ah! , e aquele gol perdido … ( o Kafunga morria de rir com isso , pois dizia ele que você só perde o que tem ) .

    Mas , e SE o Vargas fizesse ?
    Ok , e SE o Palmeiras não errasse TRÊS chances claríssimas de gol ?

    Então…..

    Mais uma vez o mantra se repete :
    “temos que aprender com os erros”.
    Crendeuspai ! , ô turma ruim de serviço , que não aprende nunca.

    E sobre o MANSO ?
    Sem comentários !

    1. Barata,

      O manso entrou com o Réver de centroavante. Só pode ser superstição.
      O Abel estudou o time do Galo e anulou o Arana, Nacho e Hulk nesse jogo. No anterior o próprio manso anulou o Nacho deslocando para a esquerda. Parece que nunca viu os times do Abel jogar.
      A continuar assim, perderá o brasileiro como fez em 2012

  21. Bom dia a todos!
    Eu sempre disse que o Galo é o que é por causa da sua torcida que ia ao Mineirão que era do povo, não esse grupo de consumidores que se acanham nas adversidades.
    Temo pela arena, que pode ser linda, mas sem ter a alma de quem torce contra o vento.
    Obviamente não coloco só isso na conta da eliminação, porém achei muito pertinente você ter registrado esse detalhe no seu texto, estimado escriba.
    Forte abraço

  22. Cantamos vitoria antes do tempo, toda a imprensa e grande parte da torcida não respeitou o Palmeiras. Olha no que deu…continuam achando que em uma fase dessa de Libertadores tem favorito??? Juvenil demais.

  23. Bom dia! Nos meus 58 anos de vida, Torcendo pelo Galo desde os 8 anos, e nesses 50 anos ja tive muitas decepcoes com o time, essa de ontem e mais uma na lista, mas ate que nao era inesperado,decepcao mesmo e se o Atletico nao for campeao Brasileiro, a esta altura do campeonato tem tudo para levantar a taça apos 50 anos! Galo nao va dar para tras mais uma vez!

  24. BOM DIA EDUARDO E MASSA ATLETICANA.
    FALHAS INDIVIDUAIS DETERMINARAM A NOSSA ELIMINAÇÃO DA LIBERTADORES.
    NO PRIMEIRO JOGO HULK PERDEU UM PÊNALTI ,
    ONTEM VARGAS PERDEU UM GOL CARA A CARA COM O GOLEIRO E NATAN SILVA FALHOU FEIO NO GOL DO PALMEIRAS.
    ONTEM HULK NÃO JOGOU BEM .
    SEMPRE DISSE AQUI E VOU REPETIR , A NOSSA PRIORIDADE MÁXIMA É O BRASILEIRÃO , SE TIVER QUE POUPAR JOGADOR QUE SEJA NA COPA DO BRASIL.
    O GALO SÓ DEPENDE DELE PARA SER CAMPEÃO DO BRASILEIRO , ENTÃO A REGRA É : “BOLA PRO MATO , QUE O JOGO É DE CAMPEONATO”.

    1. Caro Paulo Roberto.

      Concordo plenamente, ontem faltou administrar a partida, os erros individuais foram determinantes para a nossa desclassificação, inclusive do nosso comandante que mexeu muito mal na equipe e manteve em campo o Nathan, que estava nervoso e amarelado.
      A saída do Jair também foi determinante, era o melhor em campo e depois que ele saiu, o time morreu.
      Brasileiro agora é prioridade e obrigação.

      Abraços

  25. Bom dia, Amigalos!
    É doloroso presenciar mais uma queda em que ficou faltando aquele golzinho para seguir na disputa. Já estou calejado com isso, e vários amigalos já relacionaram esses momentos. O que me conforta é saber que a realidade do nosso Galo hoje é outra, se antes apenas éramos um mero participante dos campeonatos, hoje estamos estruturando para sermos protagonistas e brigar na cabeça com os poderosos e protegidos de sempre. E olha que com pouco tempo desta virada de chave, os frutos já estão chegando. Bora focar e ganhar o Brasileiro deste ano e seguir brigando lá em cima sempre, com certeza as chances de gritar “”É Campeão!!!”” são reais. Abraço a todos.

    1. Confesso que ser stleticana é um teste definitivo para grandes decepções!
      Desde sempre atleticana espero há meio século pelo Brasileiro estava na fatídica partida de 1977.
      Nós sempre somos assim,primeira rodada já somos campeões, e o final o mesmo!
      Não tenho esperança alguma de título mais.
      O time do Galo não estudou isso que achamos.Faxer um gol aos sete minutos,não matar a partida e ainda levar um gol aos 22(do Dudu!!!)e perder muitas chances de virar ,me deu raiva.E ainda paguei um absurdo no ingresso,o que pensam?O mundo todo em crise é não somos Real Madrid, PSG,Manchester etc.Muita raiva!!!

  26. Uma ducha de agua fria na torcida atleticana, que viu, perplexa, que assistiu, revoltada, o time entregar a classificação, de mão beijada, mão beijada, sim, para um time inferior tecnicamente, covarde e com um treinador tambem pessimo e covarde. A primeira partida , lá em Sao Paulo , foi caso de policia. Um time nas cordas , recuado, e medroso e nosso time, desfilando em salto alto, errando penalte, errando gol feito, com a grande “tatica” do roedor de unhas,de “trazer pro mineirao a decisão” Não tev e armadilha, armação , arbitragem. Teve um time fraco, com vontade de classificar e um time sem noção como este nosso, disputando uma semifinal de libertadores como se disputasse um jogo do campeonato mineiro. Nacho , uma jogadinha de efeito aqui, acolá, recuos e passes lateriais , quando a bola se oferece, chute no meio do gol, na mão do goleiro, vargaas, faz um e erra tres, sem falar nos ataques que mata , zaracho, ninguem no mundo viu ele ontem, maraiano errando passes, chegando atrasado , o erro deste zagueiro, de tão bisonho, me recuso a falar, é seu irmão werlei nos melhores tempos. Arana improdutivo , hulk numa fominhagem que dá nojo, errando penalte em decisão. Para avaliar o que perdemos, O QUE O CLUBE PERDEU, dá uma lista longa, interminavel. Mídia internacional, dinheiro, uma montanha de dinheiro, fama e reconhecimento no mundo todo , mobilizaçaõ da torcida ate fim de novembro , enfim, uma competição que não foi, nas semifinais, por culpa de treinador e jogadores, encaradas com a devida altíssima importancia que ela merecia. Passou um time mediano, que se superou na nossa pouca vontade. Este é o quadro , mais uma INCOMPETENCIA NOSSA pra ser catalogada na loga e amarga lista do amigalo Teobaldo. Para a torcida, a tristeza a frustração e a dura realidade de sentir que não nos representaram nesta semifinal de libertadores , um fracasso total, com o pior ingrediente que pode haver : falta de gana de vencer, falta de vontade de ganhar

  27. Bom dia a todos!
    Eliminação dolorida, noite de sono perdida, mas, são coisas que acontecem no futebol.
    Achei o time do Galo muito nervoso no jogo ontem, nosso grande zagueiro Nathan Silva errou tudo e mais um pouco, Hulk desapareceu nos dois jogos, Vargas perdeu gols incríveis, Cuca mexeu mal no time e foi engolido pelo português. Coisas que acontecem e, infelizmente, aconteceu em um jogo onde não poderia haver erro. Vida que segue. Ainda estamos vivos no brasileiro e copa do Brasil. Precisamos vencer uma das duas competições para lavar a alma do Atleticano, se vier as duas melhor.
    Cuca, quando tínhamos a vantagem você poderia ter resguardado um pouco mais nosso time, ter reforçado nossa zaga e mais, nas substituições, com todo respeito, mas, tirar Nacho e Zaracho para entrar com Tchê² e Réver tendo no banco Franco e Natan, com o time precisando do resultado foi um soco na boca do estômago da torcida.
    Minha avaliação dos jogadores ontem, Éverson foi monstro, jogou demais, pegou todas que eram possíveis; Mariano jogou bem, só que abaixo do que vinha apresentando; Alonso foi seguro mais uma vez; Nathan Silva, monstro na zaga, porém, falhou muito no jogo em que deveria ser perfeito; Arana jogou muito bem, como sempre; Allan ficou um pouco abaixo do que estamos acostumados; Jair foi um monstro em campo, talvez o melhor jogador do Galo na partida de ontem; Nacho apareceu bem, deixou Vargas na cara do gol para matar o jogo e finalizou a gol também; Zaracho foi anulado pelo adversário em campo, pouco apareceu na criação e finalização de jogadas; Vargas anotou nosso gol, mas errou no mínimo uns dois lances que poderia nos dar um placar mais elástico; Hulk sumiu em campo nos dois jogos, foi fominha em alguns lances, errou passes demais, estava muito nervoso em campo; Cuca vinha muito bem, mas foi engolido pelo treinador adversário e fez substituições terríveis. A culpa não recai nem deve recair sobre nenhum deles. Quando ganha é o coletivo e quando perde também. Bola pra frente que ainda há duas taças em disputa e esperamos levantar ao menos uma.
    Minha avaliação de parte da torcida. Em um jogo difícil e disputado como o de ontem pegar no pé do Vargas não ajuda, pelo contrário, atrapalha o time. Outro ponto também, uma pequena parte da torcida precisa aprender a jogar junto com o Galo, saíram inúmeras matérias falando de Atleticanos que já haviam comprado ingressos para a final da LA, isso dá um gás extra para os adversários, então, deixem de ser BURROS e joguem junto com o time. Não saiu, por exemplo, nenhuma notícia falando de flamenguistas que compraram ingresso para final, mesmo eles tendo vencido o jogo de ida por dois a zero. Usem a cabeça, incentivar o adversário é burrice.

    1. Caro Emerson Bom dia!!
      Está sendo o mesmo script de sempre,não gostei dessa família se mostrando com entradas da final.Isso irrita os adversários, mas o Galo,com Cuca e esses pseudos craques me irritam muito mais!
      Perderam gols que nem juniores perdem.Enfim..é a nossa saga.Não acredito em título algum mais,me iludindo há mais de meio século. Chega!!

  28. Não adianta falar que fomos eliminados pelo regulamento, fomos eliminados por nossa incompetência. Até ontem tinha gente achando que 0x0 fora e bom resultado. Em mata mata com gol qualificado, é melhor perder fora fazendo gol do que empatar em 0x0. Vargas perdeu 2 gols feitos, Nathan jogou muito mal, precisava ter sido sacado após o amarelo, esta nervoso demais em campo, amarelo, literalmente.

    Agora entregamos mais uma libertadores nas mãos do Flamerda, que não dará as bobeiras que demos.

    Perdemos por incompetência, ponto!

  29. bom dia Eduardo e massa. aliás um péssimo dia. simplismente o galo pipocou dentro de casa. coloco 3 maiores culpados pela eliminação. cuca pardal. Hulk bunda grande que pipocou no primeiro jogo e Nathan silva abriu as pernas na hora errada. aff.alias eu ja tinha dito e repito qual jogo que nacho Fernandes decidiu este argentino não esta jogando nada a tempos e ainda tem amigalos que não goste que criticam. ontem simplesmente nota 0 para todos. um verdadeiro vexame do cuca pardal e suas tropas de peladeiros. esta aí minha corneta queira ou não os verdadeiros atleticanos que aparecem aqui quando o galo ganha. simplesmente o português engoliu cuca pardal com suas armadilhas. espero eu e milhões que não abre as pernas no brasileirão porque ja estavamos calejados de tantos vergonha e vexame. aff.acorda cuca pardal e suas tropas de peladeiros. a galo sempre nos decepcionando. aff.

  30. Bom dia xará e amigalos!
    A fama de time azarado e cavalo paraguaio voltou nessas semifinais para o GALO. Diego Costa foi contratado depois de uma verdadeira novela e na hora de jogar a partida decisiva??? O que aconteceu??? Ele machuca. Hulk é especialista em perder gols??? Mas perdeu pênalti em São Paulo na primeira decisão. Vargas marcou? Marcou mas perdeu inúmeras oportunidades cara a cara com o goleiro do Palmeiras. É por estas e outras que só acredito no título brasileiro desse ano após MATEMATICAMENTE CONFIRMADO!!!!! Em se tratando de GALO até o IMPROVÁVEL acontece…..

    1. Se tivesse lido ou entendido, talvez pudesse entender a pistagem. Não sei se leu ou se não entendeu.
      Quanto a parte que cortei, caro, ao contrário do que quis demonstrar, não acompanha o blog. Política, prezado, não é tema nesse espaço.

  31. Bom dia para todos!
    Em todo esse tempo que existe o Canto,ontem foi um dos poucos dias em que não li ,nem o texto ,nem os comentários para não criar expectativas.
    No entanto, fica mais uma vez a frustração de termos sidos eliminados por um adversário que nos 180 minutos foi inferior,muito inferior.
    O Galo ,apesar da ampla superioridade, perdeu mais uma vez por seus próprios erros,e estes nos custaram muito; pênalti perdido,muitas e muitas chances perdidas do Vargas, cartão bobo do zagueiro no primeiro tempo e a falha capital no lance do gol adversário,ele é novo e alguém tem que ensiná- lo que jogar feio também é futebol, se tivesse isolado a bola ao invés de tentar ganhar no corpo do palmeirense, talvez não estaríamos frustrados agora, o Gomez é muito mais zagueiro e não tem vergonha de jogar feio quando é preciso.
    Frustração de termos perdido a vaga por um time muito inferior,cuja a única proposta de jogo é o pragmatismo de jogar por uma ou duas bolas. Infelizmente!
    Saudações atleticanas!

    1. Sério que vc acredita que foi tão superior assim? 1o jogo nenhum chute no gol, ontem uns 2…é por esse pensamento que fomos eliminados de novo. Pés no chão nunca, só indo atrás do que a grande imprensa comenta, super favorito, etc…deu nisso aí…

      1. Caro Amarildo, boa tarde!
        Sinceramente acho que fomos superiores nos jogos , não nas estratégias e futebol é estratégia e nisso o Palmeiras foi superior .

      2. Ao contrário do que você escreveu, eu não vejo nada de futebol, a não ser os jogos, não tenho TV paga e sequer tenho tempo pra essas coisas,vejo os jogos com a TV sem som ou com o som de alguma rádio mineira e tiro minhas conclusões sozinho.
        Abs.

  32. Bom dia, Eduardo, atleticanas e atleticanos.

    Pois é. Dessa vez não foi uma grande decepção, pelo menos para mim. Eu sou um velho atleticano e atleticano velho tem medo de decisões. O Galo jogou muito e buscou com brio o resultado necessário. Mas é o Galo. E o Galo e decisões são coisas que ainda não se conhecem bem. Quando se encontram sempre falta uma ou outra coisa. Quando não falta aquele tal golzinho, sobra aquele gol que não devia existir. Nesses dois jogos decisivos de semifinal faltou aquele gol de penalty, perdido pelo melhor atacante do Galo e sobrou um gol em falha do melhor defensor do Galo. É o jeito galista de decidir. Então, não há o que reclamar, penso eu, a não ser da sorte. Porque será que a sorte raramente está presente nas decisões do Galo?

    Apesar do futebol ser um jogo, não é um jogo de azar. Por isso não se joga futebol dependendo da sorte. No futebolvence quem tem talento aliado a uma boa estratégia de jogo. E quem jogou com estratégia definida foi o Palmeiras, nos dois jogos. O Galo se deixou envolver pela estratégia palmeirense que sufocou o seu talento. Mas o Galo não ficou pelo caminho. Está vivo e pronto para prosseguir e perseguir o seu destino.

    Resta agora trabalhar o emocional dos atletas do Galo para que esse revés seja esquecido e não contamine o time no restante das disputas em aberto. O Galo ainda pode vencer o Brasileirão, que terá jogos importantes e difíceis, e a Copa do Brasil que terá pelo menos duas decisões e o Galo poderá mostrar que finalmente aprendeu a tecer estratégias inteligentes e aproveitar bem o seu talento..

    O GALO ESTÁ VIVO E VOLTARÁ A ESTAR ATIVO TÃO LOGO ESQUEÇA O IMPACTO NEGATIVO DESSA DERROCADA.

    1. “Dessa vez não foi uma grande decepção, pelo menos para mim”. (PRA MIM TAMBÉM NÃO!)
      “Eu sou um velho atleticano (EU TAMBÉM!) e atleticano velho tem medo de decisões” (EU TENHO!)
      “Então, não há o que reclamar, penso eu, a não ser da (FALTA DE) sorte”. (COMPLEMENTEI, PARA CONCORDAR INTEGRALMENTE!)
      “Porque será que a (BOA) sorte raramente está presente nas decisões (À FAVOR) do Galo”? (PRA ESSA PERGUNTA EU NÃO TENHO A RESPOSTA, MAS ACHO QUE GASTAMOS TODA A NOSSA BOA SORTE, DE UMA SÓ VEZ, EM 2013!)

      ps.: ainda bem que o Brasileirão não será decidido numa final… Ufa!

      Abraços!

  33. Eduardo,

    Vc vem falar de arbitragem hoje?!
    Peloamordedeus

    O time do Palmeiras é terrível. Falar que defende bem é piada. Só não levou goleada pq o adversário foi o Galo, o eterno entregador de paçocas.

    Como algum time decente quer ser campeão de libertadores errando pênalti na casa do adversário, perdendo contra ataque ridículo, perdendo gol ridículo, com zagueiro escorregando. O time do Palmeiras é tão ruim, que mesmo com tudo isso não conseguiu vencer o galo.

    Na boa, desanimador total. Não tenho forças para falar que vou apoiar o time, que acredito em titulo, pq a verdade é que sei que no final do ano o Galo vai perder para um Goiás da vida e entregar campeonatos como sempre.

    Que seja diferente, e que os torcedores tenham mais força que eu….pq eu desisti do ano já.

  34. Esse é o preço a ser pago qdo se tem um supersticioso no lugar de um técnico comandando um time,seja no futebol ou outra modalidade esportiva; qdo mais precisa da interferência dele arrega e torce pelo terço. No Atlético é assim; na hora do *vamu vê* até super-herói verde amarela. Incompetência que chama. Continuo com meu pensamento sobre este “téquinicu” caro amigo temporão, qdo tem,ele não perde a oportunidade de humilhar o torcedor. Sambista de uma nota só e os times de camisa feiona já descobriram isto,daqui prá frente o “ferrolho” vai cantar,vai vendo!
    Saudações Atleticanas

    1. Prezado Teobaldo, ótimo dia

      Para mim essa é a melhor postagem. Para mim chega, fim de linha. Acabou

  35. Bom dia!
    Temos Vargas sendo que podíamos ter Roger Guedes. Fazer o que…
    Uma pena também não termos um Gabiru, aquele tipo de jogador que só e tão somente só, aparece no momento mais importante da vida de um torcedor colorado. Hulk ainda é o nosso maior jogador mas o fato é que o herói verde simplesmente AMARELOU!
    Que essa cambada jogue a vida em todas as rodadas restantes do Brasileirão.

  36. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    Dois erros cruciais nos tirou a esperança! Bola pra frente, sem crucificar ninguém!
    Vamos em busca do brasileirão para amenizar o nosso sofrimento.
    Hoje e sempre, Galo!!!

  37. Bom dia, Massa e Guru,

    Permita-me discordar nobre Guru, não é hora de lamentar. É hora de aprender a lição e seguir em frente, pois ainda temos caminhos a seguir, bem diferente de muita gente que ontem estava com o secador a todo vapor.
    Perdemos a vaga nos detalhes, que foram a falha de Natan Silva e os gols perdidos por Vargas, coisa corriqueira no currículo do jogador. Mas não é hora de caça as bruxas e nem de desanimar. Vamos seguir em frente e a perda da vaga já faz parte do passado.
    É como diz aquela velha clássica música
    “Reconhece a queda e não desanima, levanta sacode a poeira e dá volta por cima”
    #AQUI É GALO P@#!

  38. Prezado Eduardo e Atleticanos! A verdade é que o time do Atlético ficou devendo. Não se pode aceitar uma eliminação para um time visivelmente e reconhecidamente inferior. Que show de erros e falhas no jogo de ontem- gols feitos perdidos, falha bisonha de defensor presenteando a rara chance de o adversário conseguir o seu gol, e baixa produtividade dos nossos melhores jogadores. Para desagravo desse time, eles terão que ir a São Paulo e enfiar um goleada no time do palmeiras, caso contrario não quitarão sua dívida com o torcedor.
    Era uma das partidas mais fáceis para passagem de fase na libertadores que o Atlético teve pela frente e literalmente o time pipocou.
    Sinceramente, antes de tristeza ou decepção, me deu vergonha ser eliminado dentro de casa por uma equipe inferior que se acobertou no anti jogo. Portanto não consigo entender as palmas da torcida para a equipe após o final do jogo.
    O resultado horrível de ontem talvez sirva de cobrança para que o elenco entre mordendo nos jogos que lhe restam para conquistar o brasileirão e a copa do brasil, pois essa eliminação, da forma como foi, é inteiramente creditada ao elenco que portanto está em dívida com o torcedor.
    Essa eliminação mexeu com meu entusiasmo e confiança na equipe. Por hoje paro por aqui dizendo: Amarelar é coisa de fracos!

  39. Bom dia a todos. Vou olhar as oportunidades que virão. As que passaram, que nos sirva de lição. Se foram ontem, 3 taças. Libertadores, mundial e recopa, além é claro de grande quantia em dinheiro, que seria de muita serventia.
    Nosso currículo, vai se enchendo de predicados inigualáveis, com eliminação invicta. Mais uma.
    Temos 17 rodadas do brasileirão e precisamos vencer 10 partidas. Segundo os sites de estatísticas . Temos 10 partidas em casa, mas algumas delas bem difíceis, mas ao mesmo tempo, partidas fora que podem e devem ser vencidas.
    Galo, não se deixe abater. A eliminação tem que fazer parte do aprendizado e da paciência em alcançar objetivos. Apostaria todas as fichas no brasileiro vencendo todas as partidas possíveis e imaginávies p criar gordura e lutar por essa copa do brasil com unhas e dentes, ou esporas e bicas. Vamos galo. Força. Sua torcida confia.

  40. Após o jogo em S. Paulo, deixei, nesse espaço, o seguinte comentário: o pênalti, perdido por Hulk, custará caro ao Galo. Eis aí o resultado.

  41. Eu estava disposto a nada comentar porque vivemos o mais do mesmo .

    Claro que teremos os judas de sempre, como no caso citado pelo ÁVILA, mesmo que sutilmente, fazendo lembrar que o Vargas isso, o Vargas aquilo…

    Mas preserva-se , sabe-se lá o porquê, a “caca” de jogo que o Nacho e o Hulk apresentaram : lastimável ,sob todos os aspectos, o futebol desses dois ontem .
    Aliás, mais uma vez .

    Quanto à referência sobre o torcedor presente , só reforça o que tenho dito aqui , e que me torna alvo de pesadas críticas, o que de todo pouco se me dá :
    o passeio das câmeras pelas arquibancadas trouxe de forma insofismável o quão sem graça, apática e sem vibração a torcida se tornou .

    Patética a imagem daquela gente a gritar “eu acredito” , todo mundo devidamente “produzido” para uma festa em que seria servido chá com torradas .

    1. Prezado Barata. Realmente nutelaram o futebol. 720 reais um ingresso? E concordo também as suas observações em relação ao Hulck e Nascho. Veja que nos 3×0 contra o River e na vitória contra o Flamengo o Nascho não participou dessas partidas. Coincidência apenas? Sei não viu, mas parece que um esquema com três atacantes: Savarino, Hulck e Vargas, com o meio formado por Alan, Jair e Zaracho funciona melhor. Outra situação estranha foi a virose do Keno….virose tirar uma atleta de duas partidas? Entao tá…

    2. O Vargas de fato fez o nosso gol e não pode ser julgado como o principal culpado, já que o pênalti perdido por Hulk e a falha do Nathan sim foram determinantes para a desclassificação! Mas o Vargas é um dos culpados também: perde gols muito mais do que marca! Precisa melhorar a pontaria e aprender a ser mais veloz quando quiser tocar, tá muito lento e pesado! Quanto ao Nacho, acho que ficou devendo na primeira partida, ontem não, foi um dos melhores jogadores, porém estava sozinho já que Hulk e Vargas não tavam jogando nada e o Cuca só trocar no fim do jogo. Uma pergunta: a virose do keno foi na perna ou no joelho? Dois jogos fora por conta de virose? Só se for COVID-19…

    3. Prezado, se me permitir, Barata,

      Mais uma vez concordo quase totalmente com voce.

      Zaracho, Mariano, Alan…não viram a cor da bola, parecia que todos estavam com peso de cem quilos amarrados em cada perna, não estavam conseguindo nem dominar a bola.

      Menos ruins foram Arana e o mão de quiabo, Everson, que se não foi herói, não comprometeu e fez algumas boas defesas.
      o ponto que discordo é quanto ao Cuca (o manso). Se o time não tivesse criado oportunidades, ai sim debitaria na conta dele, porem, foram criadas chances claras e quem estava em campo é que tem de aproveitá-las.

      Quanto a torcida…daqui a bem pouco tempo, ao qe se desenha, será como partida de tênis, aquela coisa chocha e sem graça.

      Sigamos porque sonhar ainda nos é permitido. Saudações.

  42. Força massa a zueira é só até sábado, depois ninguém lembra disso,a sina de fracasso tem que ser vencida nessa hora,ontem fomos eliminados em campo e talvez Deus nos salvou de zoeira pior se fosse para o Flamerda,mas eu torce para o Barcelona nessa noite e no resto do campeonato

  43. Bom dia, Eduardo e Canto do Galo!!!

    Eduardo, que texto fantástico!!!

    Você brilhou!!!

    Isso se chama sabedoria que só chega com no mínimo 50 anos bem vividos…

    Parabéns!!!

    Sobre o Atlético, não acho que seja a hora de achar culpados.

    “Crianças adoram culpados, homens precisam de responsáveis”.

    Dura lex sed lex!!!

    A lei é dura, mas é lei!!!

    Não digo o árbitro, mas o VAR, que checa todos os gols, deveria invalidar o gol palmeirense pela invasão de campo.

    O regra é clara. Bastava aplicá-la.

    Então checar o gol para quê?

    Decerto checaram, viram a invasão e arregaram…

    O Atlético precisa encaminhar uma RECLAMAÇÃO OFICIAL a Conmebol para marcar o grande prejuízo em desfavor do Clube.

    Sobre Nathan Silva, paciência, errar faz parte do jogo.

    Esse erro precisa ser perdoado pela Massa.

    O erro do VAR, não!!!

    O GALO foi mais uma vez roubado.

    Isso que é f@4@!!!

    Vamo que vamo!!!

  44. Eliminação de forma invicta, na fase semi-final, contra um time muito bom e atual campeão, após sofrer um gol IRREGULAR.

    Ora, era o Palmeiras, não era o Afogados.

    Há pouco mais de um ano éramos um total fracasso. Hoje, um baita time.
    Eu fiquei, no máximo, chateado.
    Mas não estou ligando tanto, não.

    Espero que o Hulk volte a jogar para o time, e que dêem total e absoluta prioridade ao Brasileirão.
    O Galo de hoje já não precisa ficar de cabeça inchada ao perder uma competição. Outras duas importantes ainda são possíveis. Essa é a nossa verdade atual.

    Por mim, foco total no brasileirão.

    Nathan Silva é monstro. Hulk é monstro.
    Alonso devia ser o capitão.
    Baita time.

  45. Bom dia Eduardo. Bom dia a todos. Mais uma vez cai por terra a falacia de influência de torcida em resultado de futebol. Já vi até o Colon da Argentina eliminar o Galo na presença da torcida. Em relação a eliminação penso que Abel Ferreira e Felipe Melo colocaram o Cuca e o Hulck no bolso. Venceu a estratégia do técnico e quem tinha condições de fazer a diferença nas partidas, pipocou nos dois jogos. Espero que não venha uma derrota contra o Internacional, pois aí corremos o risco de pagar mais um vexame histórico, ou seja morrer na praia nas três competições..Em se tratando de Galo tudo é possível. Infelizmente, temos um DNA de perdedor…

    1. DNA vencedor é de quem está perto de comemorar o tri da B, né? Hj vai enfrentar o galático Guarani de Campinas para tentar fugir da Série C, porque subir pra A só no sonho mesmo kkkkk

  46. Bom dia, na minha modesta opinião, perdemos porque faltou espírito de vencedor, malandragem, o meio de campo do Galo ontem não mostrou desenvoltura dos jogos anteriores e o Vargas não tem muita gana para vestir a camisa do glorioso, pois se tivesse tinha feito aquele gol que o Nacho colocou ele frente a frente com o goleiro. Tem que ter garra e fibra para vestir esse manto sagrado. Aqui é Galo

  47. Bom dia, Eduardo e demais alvinegros!!
    Depois da queda de ontem, que o galo possa se erguer rapidinho e focar ainda mais no Brasileirão e Copa do Brasil.
    Ganhar esses títulos ou pelo menos um deles será o consolo de todo atleticano.
    Confesso que não esperava um jogo tão ruim do Nathan Silva, Zaracho e Hulk. E o Vargas, apesar do gol, do foi titular porque não tinhamos o DC. Não é hora pra crucificar jogador, mas que alguns precisam entrar focados e se doarem ao máximo em campo.
    Pra frente, galo!! Rumo ao título do BR e CB

    Abraço a todos.

  48. Caro Amigo acho que faltou malandrade por Parte do Jogadores Técnico…Também nesta Temporada ta Faltando Futebol por certos Jogadores..Não Pode Perder tantos Gols Assim.
    Diretoria ta na Hora de Cobrar do Cuca e Jogadores mais Raça e Mais comprometimento com esta Camisa.. Tem Sim que Ganhar o Brasileiro.
    Estamos Cansado de Chegar e não Levar Nada…Chega.

  49. 1 -Foco total no Brasileirão agora. Nada de poupar jogadores. Se for priorizar competição, que poupe na Copa do Brasil. Será inadmissível perder o Brasileirão, que já está em nossas mãos. Seria até melhor entrar com time reserva na Copa do Brasil, nas duas partidas contra o fortaleza.
    2 – Antes de crucificar o Nathan Silva: Ele estava amarelado no lance do gol palmeirense. E poderia ser amarelado e expulso, se forçasse mais a jogada. Não justifica. Mas dá para entender o vacilo do jovem excelente zagueiro. E desempenho por desempenho, antes de culpar o jovem zagueiro, seria bom, comparar o desempenho dele e do Hulk, e também comparar os salários de ambos os jogadores nas duas partidas contra o Palmeiras, antes de cometer injustiça contra o menino zagueiro (um achado de Cuca)..
    3 – Abaixo, transcrevo parte de um comentário muito interessante de um torcedor, que retirei na postagem do Chico Maia.
    “Por que o Cuca não retirou o Natan, uma vez que ele já tinha cartão amarelo? (Como ficou provado na falha do gol ele evitou fazer a falta para não ser expulso).
    Por que o Cuca insiste com o Vargas sendo que o aproveitamento e a raça dele são insuficientes para um time de ponta? (Em todas as partidas perde gols feitos).
    Por que o Cuca mantém o Hulk nos jogos mesmo ele estando mal nas partidas? (Hulk é fominha e desperdiça muitos ataques)”

    1. Respondendo as perguntas
      “Por que o Cuca não retirou o Natan, uma vez que ele já tinha cartão amarelo?

      acho que poderia sim ter entrado com Igor Rabello no segundo tempo, mas deve ter ficado com medo de falta de entrosamento e ritmo. Aí a culpa seria dele, por n~~ao usá-lo mais para ter ele pronto para uma necessidade dessas.

      Por que o Cuca insiste com o Vargas sendo que o aproveitamento e a raça dele são insuficientes para um time de ponta?

      Neste jogo especificamente, não tínhamos Keno nem Diego Costa, nao havia opção melhor. Porém vem um erro tb de trás. Diretoria deveria ter trazido o Roger Guedes ao invés do D. Costa, jogador veloz, jovem e goleador. Achei um absurdo perder a oportunidade. Inclusive poderia render grana em uma venda futura.

      Por que o Cuca mantém o Hulk nos jogos mesmo ele estando mal nas partidas?
      Falta de opção e falta de conversa pra ele parar de tentar resolver sozinho. Tem que ser mais solidário, pensar no time.

      1. É ISSO AÍ LuizGalo. Não temos elenco, conforme tão divulgado por aí. E a nossa carência de elenco já nos tirou o primeiro e principal título no ano. O Flamengo e os azulados agradecem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.