Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Lavando minh’alma Atleticana

Tenho manifestado meu otimismo com o Galo. E motivação não me falta. Somos uma Torcida diferente de muitas que existem por aí. Tenho orgulho dessa nossa Atleticanidade, sobretudo quando sinto atitudes de gestão, time em campo e Torcedor onde quer que esteja. Impedidos de lotar os estádios, percebo nas ruas – essa semana me esbaldei pela cidade – esse pensamento positivo estampado no rosto e nas prosas com parceiros do time do nosso coração.

Quando as coisas andam bem dentro de casa, o sucesso nos projetos é consequência disso. Sou crítico a gestão Sette até o momento que decidiu mudar e agora vem mostrando uma alternância radical de rumos. Mal o conheço, se troquei dois ou três cumprimentos com o próprio, foi o limite. Ah! Cruzamos uma vez quando eu saía do Diamond. Olhou-me com olhar de sargentão de pelotão do Exército. Retribui com um aceno de Recruta que não se submete a cara feia. Nada, além disso!

Conheço e respeito muitos de seus parceiros de mandato. A começar pelo Lásaro Cândido, seu vice-presidente, que poderia estar cândida e acomodadamente em sua grande banca de advocacia gozando do prestígio que tem no meio jurídico. Domênico e Emir Cadar, duas pessoas pelas quais tenho enorme apreço. Outros, igualmente, que não desfruto de maior proximidade e que emprestam seus serviços à causa Atleticana.

Três nomes recentes, que estão se transformando nos alicerces desses novos tempos, merecem registro. Alexandre Mattos e Jorge Sampaoli estão mostrando, com resultados, a que vieram. Estou seguro que ainda vamos evoluir e muito na temporada. Mattos haverá de anunciar os nomes que faltam à equipe e Sampaoli, tomara que com menos cartões amarelos, gerenciará também com os resultados dentro de campo.

O Terceiro nome veio a somar depois da epidemia; nunca o vi, e se passar ao meu lado não vamos saber um quem é o outro. Trata-se de Leandro Figueiredo Magalhães. O novo Diretor de Negócios do Galo. Assumiu a missão faz exatamente um mês. Tempo insuficiente para mostrar qualquer efetivo resultado. Jovem e com invejável histórico profissional, tem formação acadêmica em Administração e Comunicação Social, habilitação em publicidade e propaganda.

Por curiosidade, passeando pelas redes sociais, percebi que fizemos curso de Comunicação na mesma Faculdade. Também vi outras coincidências no nosso histórico profissional, entre os lugares que trabalhamos. Evidente que, tanto na FAFI quando no Hoje em Dia, em tempos totalmente distintos. Afinal, já sou sessentão.

Mas nossa maior convergência está naquilo que nos une. Atleticanidade! Sou daqueles que acredita e confia na marca “Clube Atlético Mineiro” e suas derivações. Acho que a frase tanto dita no marketing: “bola na casinha”, é fundamental sim, desde que acompanhada por ações que aproximem o cliente do produto. Vale dizer, ganhamos dois títulos excepcionais e inesquecíveis em 2013 e 2014, mas será que a receita dos cofres do clube faturou o quanto seria compatível com aquele momento? Não tenho essa resposta.

Ouço, entre nossos amiGalos, dados que são interessantes. Vamos ao que tenho percebido. Nossas redes sociais já ocupam a terceira colocação no Brasil e somos a 17ª do mundo. Visibilidade, patrocínio e, como consequência, receita. A campanha #galodecoracao para o lançamento do aplicativo, antes mesmo de ser conhecido, já sugere e motiva o Torcedor a comprar produtos licenciados. Nossa amiga aqui do espaço, Lucy, dias atrás dizia que “vou comprar sem mesmo saber do que se trata”. E o Galo Doido interagindo e valorizando o Torcedor.

Parabéns a todos os envolvidos. Estou confiante em novos tempos.

Amanhã falo de time e, claro, da expectativa para a final do Mineiro. Precisava fechar essas considerações que sinto na minha alma Atleticana.

*fotos: 1) Bruno Cantini/Atlético; 2) extraída das redes sociais

19 thoughts to “Lavando minh’alma Atleticana”

  1. Os do lado de la’ nos chamam de cavalo paraguaio, além desta zoeira de monotitulo pra cima de nós. Mas os ventos mudaram. Eles estão mal na segunda divisão e nós num momento de ascensão. Este ano vamos ser campeões.
    A arrogância do lado de lá deu lugar à crise sem precedentes, enquanto aqui a coisa vai cada vez melhor.

  2. Boa tarde!
    Quero ser campeão mineiro amanhã!
    Vai pra cima Galoooo!
    Fechado com o Galo!
    Fechado com o Presidente!
    Fechado com Sampaoli!
    Porém, Sampaoli disse que a “jóia colombiana” não está pronto pra jogar. “Se estivesse, estaria aqui”. Palavras do nosso craque. Então eu pergunto, quando é que essa jóia vai estar pronta? Outra pergunta, será que um dia essa jóia estará pronta? Outra pergunta, quem viu potencial em Borrero? Outra pergunta, Quem é o responsável pela caríssima contratação desse garoto? Outra pergunta, esse responsável vai ser responsabilizado e cobrado pra devolver a grana que o Galo investiu? Outra pergunta, por onde anda Kevin, o primeiro a ser contratado por Sette, uma “jóia” que veio do futebol paulista, com grande potencial de lucro e que até hoje, não virou nada?
    Obs. Aceito respostas, sugestões e críticas às minhas críticas, tá certo, Tiago Lúcio? Bem vindo de volta, LUGALO!!!

  3. Pois é, Sette Camara nao era o sargentão de pelotão. Era o temido Tenente Câmara do 12BI no distante ano de 1986. Um babaca arrogante odiado por todos. Não conversei com ele depois disto mas acho improvavel que tenha melhorado alguma coisa

  4. Eduardo!

    Viva a sua e a nossa atleticanidade.

    Viva o 7′!!!

    E Viva o Galo!!!

    Sigo fechado com o Sampaoli e Sigo o Blogueiro!!!

    Da vida somos todos recrutas!!!

  5. Como são as coisas, não! Um mandatário q num determinado momento resolveu peitar o torcedor,desmereceu duas grandes conquistas do Clube,montou verdadeiros esquadrões de cabeças de bagre, não ganhou nada,foi afogado e em menos de 24 hrs poderá ser tornar um gênio.
    Miguel Monteiro é q estava certo: Se acha que a competência custa caro, experimente a incompetência.
    Sorte ao Leandro,pelo ao menos veio da arquibancada Alvinegra e deve saber bem onde o calo do torcedor aperta.
    Vamu GALO!
    YABAMBE ✊✊

  6. Caros,

    Um pt de vista:

    A partir dos 90, na periferia de BH, Contagem, Betim, Ribeirão das Neves, etc , possível perceber um fato FATO insofismável: a diminuição do “encantamento” da meninada com o NOSSO CAM. É FATO: numa sala de aula com 50/60 amontoados um nos zozontros era possível q SER atleticano fosse um ato de VALENTIA. O Atleticano tava ficando em minoria em Minas Gerais. Na década perdida, 2000-2010, o fenômeno se aprofundou, e atingiu o coração da ATLETICANIDADE: Belo Horizonte.

    Vejam, ñ é a qualidade dA Torcida, a diferenciada, a q torce conta o vento, com poeteiro pra tudo qnt é lado, a do copo no chão e o grito, etc. Nada disso. Isso tá intacto. Falo de números e falo do FATO. Falo da diminuição do “calor” da torcida, o distanciamento do Clube e o surgimento do NUM TÔ NEM AI, “Eu Acredito é no AnoQVem, basta vestir!”, q pouco significam!

    Entre fins de 60 e começo de 90, NOSSO GALO figurava sempre, nos Ibopes da vida, entre a 3ª e a 5ª maior torcida do Brasil. Isso é SIGNIFICATIVO para um Clube de Futebol. FATO! Um clube de futebol é a sua torcida, mais do q estrutura física, tipo ESTÁDIO, só de ex. Acho importante ter uma casa (tem até quem prefira ter uma ALUGADA!)…é um FOCO, ñ deveria ser IDEIA FI$A!

    É atoa q entre fins de 60 e fins de 80 tivemos, na ERA MODERNA DO FUTEBOL, nossos MELHORES times, ano apos ano, e éramos uma nação TEMIDA? O Clube Atlético Mineiro, O NOSSO GALO, entrava nos torneios, seja quais fossem, prá disputar MEIO DE TABELA, prá disputar VAGA em num sei o q? Tava em formação? Ora, isso ñ existe! FATO!…há uma IDEOLOGIA estranha sendo implantada no NOSSO GALO (Kalil quebrou um pouco, mas ela taí)! Pensem!: NOSSO GALO ñ é um nome FANTASIA comercial prá dar LUCRO pra num sei quem (sempre tem ABNEGADO, q deixa os seus negócios, etc)… é um CLUBE DE FUTEBOL! Respeitem, VELHACOS!

    Se a CARTOLADA atleticana fosse séria…a CARTOLADA, ñ, O Ceo, O officer, a NOVA administração… se fosse menos VAIDOSA, se preocuparia, para o FUTURO, com a formação de novos torcedores e, principalmente, com a abertura da BASE para O POVÃO! Infelizmente a BASE hj é um trampolim prá tudo qnt é MALAbarista PERNA DE PAU. A base alvinegra é muito ruim tem uns 20 anos, casa da Mãe Joana, com todo respeito…Isso de estádio como o último argumento para o futuro, maquiado com lançamento de camisa a cada estação, produtos tais como água benta, calcinha, batom, máscara, para incrementar as VENDAS da loja…PÁRA!

    Obs.: NÓS, os VELHOS atleticanos e os atleticanos VELHOS e os VELHACOS tb temos a responsa. EXIGIR da CARTOLA o respeito à TRADIÇÃO: times BONS E COMPETITIVOS dentro de campo. A década perdida, eles estavam lá, RG, 7 & Cia, ñ é a referência e nós sabemos qual é. Esses caras ñ nos devem nada para o futuro, devem AQUI E AGORA! Devem uma explicação por 2005, isso sim! Ñ existe almoço GRÁTIS!..NOSSO GALO é LUTADOR na competição q disputa!…tem q tá FORMADO!

    SEM TIME, SEM TORCIDA! SEM TORCIDA, SEM CLUBE!…O resto á abobrinha da PATOTA do P7!

  7. Oi Eduardo e Amigos, boa tarde!

    Não podemos negar, há tempos que o Galo leva o futebol, o marketing e outras coisas mais, de forma amadora.

    Parece que agora, as coisas caminham para o profissionalismo. Cada um no seu quadrado e capacitados.

    Agora, é esperar os resultados dentro e fora dos gramados.

    Bora em busca de mais um rural.

    Saudações Alvinegras,

  8. Amigo Barata. Vê se pode: o Galo acaba de anunciar ( sem revelar valores obvio) que contratou o Zagueiro Kainandro de 20 anos para o time de transição. Ele estava Al Ithihah. Por que nao ficou por la? E também contratou um meio campo Paulo Victor que também nao conseguiu sucesso em Portugal. Desse naipe já tivemos o Zagueiro Matheus Mancini e por ai vai..Este Chavare já contratou mais de 100 jogadores para as categorias de base. Eu acho, e só acho, que clube nenhum vai abrir mão de suas revelações assim. E tem a joia colombiana: Borrero contratado por um milhão de euros e que até agora nao mostrou absolutamente nada. Para mim, no minimo, estranho…

    1. DOMINGOS SÁVIO ,

      você disse tudo ao afirmar que NINGUÉM
      abriria mão de um jogador, com 20 ANOS
      de idade , que tivesse potencial para vir a
      ser um fenômeno da bola .

      Jogador de futebol você conhece ali pelos
      infanto/juvenis , ali você sabe quem pode
      ou não prosperar .

      Não me cansarei nunca de defender essa
      VERDADE quase que absoluta , com suas
      raras exceções .

      E criticarei SEMPRE , como admirador do
      futebol que carrega a paixão verdadeira
      do atleta pela camisa que veste .

      Sei que o futuro nos reserva o que está a
      acontecer no futebol europeu , mas se a
      gente reparar bem , as equipes que mais
      entusiasmam são aquelas que trazem na
      sua formação uma plêiade de atletas de
      base que , depois , são dispersados .

      E assim seguimos , senhores de nossas
      virtudes e defeitos, exercendo o sagrado
      direito de termos AS NOSSAS OPINIÕES ,
      sem termos que nos render ao que nos
      querem VENDER como espelho de uma
      ideia de sucesso , um “case” ( chique ,
      não é mesmo ? , esse termo )

      1. E SEGUEM AS EXAGERADAS CONTRATAÇÕES DE JOGADORES (???) PARA A TAL BASE. ESSE CHAVARE É UM MALUCO QUE JÁ CONTRATOU , SEI LÁ , MAIS DE 50 -60 JOGADORES PARA A BASE E NENHUM PRESTA , SÓ PERNA DE PAU.
        HÁ 40 ANOS A NOSSA BASE NÃO REVELA MAIS CRAQUES , OS ÚLTIMOS FORAM DA GERAÇÃO DE GÊNIOS , REINALDO – TONINHO CEREZO.
        ESSE TAL DE BORRERO CO. MAIS DE 20 ANOS NÃO ESTÁ PRONTO , PODE TER CERTEZA QUE NUNCA ESTARÁ , ASSIM COMO BRUNINHO , ALESSANDRO VINÍCIUS E OUTROS PERNAS DE PAU.

  9. Bom dia Eduardo, Lucy, atleticanos e atleticanas,
    o segredo do sucesso em qualquer atividade é conseguir formar um equipe competente e capaz… E parece que é isso que o Galo está fazendo, tanto que tem grandes atleticanos acreditando no projeto e investindo nele….
    A esmagadora maioria da torcida acredita e apoia o projeto, mas tens uma “meia dúzia” de “gatos pingados” que insistem em descontar frustrações pessoais e talvez até por inveja do sucesso alheio, criticando tudo o que é feito…. Mas, como eu já disse, ninguém dá ouvidos a esses recalcados… O estádio está com cronograma adiantado, temos o melhor treinador do Brasil, um dos melhores diretores de futebol e estamos montando um time pra brigar na parte de cima…. Mas nada está bom para quem só pensa em criticar e reclamar…. Aliás, “bons” são os que não estão no Galo porque se estivessem aqui também seria criticados por eles…
    Um ótimo sábado aos atleticanos e atleticanas que querem um Galo forte….

  10. Bom dia massa e guru

    Leandro Figueiredo Magalhães terá muito trabalho pela frente, pois o clube está perdendo muito dinheiro justamente pela falta de alguém que tenha visão para explorar mais a nossa marca. Exemplos são o galo na veia e a loja do Galo, que são voltados unicamente para os consumidores de BH, e isto pode ser notado pelas várias críticas de gente que mora fora, , quer comprar produtos e principalmente quer ajudar o clube, mas se depara na nossa incapacidade de atendê-los. Tem gente de fora que comprou vários mantos da massa e distribuiu para os youtubers sortear em suas lives, e agora há um destes atleticanos que está oferecendo 27 anuidades grátis do galo na veia para sortear.
    Mas Leandro um pedido: tira o Maria dai!!!!

  11. DOMINGOS SÁVIO ,

    compartilho a sua preocupação com aquilo
    que É a essência do Atlético ( e que deveria
    ser de todos os times ) , qual seja a chance
    para que os moleques que sonham em um
    dia vestir o Manto possam ser recebidos lá
    no CT com todas as honras .

    Para ser mais recente , quantos “Bernards”
    da vida enfrentaram os “busão” com suas
    chuteiras surradas nas mãos à espera de
    uma oportunidade de poderem mostrar o
    seu potencial no gramado da Cidade do
    Galo e serem aceitos , realizando o sonho
    que os embalou até ali ?

    Que maluquice é essa de buscar jogador
    cheio de vício e nenhum compromisso a
    preços exorbitantes e idade avançada no
    mercado da bola ?

    É INADMISSÍVEL um clube como o nosso
    não encontrar alguém que possa buscar
    nos campos de pelada espalhados pelo
    nosso imenso estado jogadores que, ao
    lado da paixão pelo clube , tenha futebol
    para mostrar .

    Não quero ser mais cansativo do que já
    sou citando uma centena de jogadores
    que chegaram aos times da capital nas
    condições apontadas e que assumiram
    o time profissional com idade entre os
    seus 16/18 anos .

    E hoje o que temos é um elenco que
    se forma sem que UM ÚNICO jogador
    esteja naquela condição apontada lá
    no começo , que é aquele que , com
    suas chuteiras surradas , tenha vindo
    realizar seus sonhos no time de seus
    devaneios .

    E assim se sepulta a esperança dos
    jovens e infantis sonhadores em um
    dia poderem vestir a camisa do time
    que tanto amam .

  12. EM TEMPO –
    SEGUNDO O QUE FOI DIVULGADO A ARENA MRV COMPROU O NAMING RIGHT DA ARENA DO GALO POR 100 MILHÕES , VALOR QUASE QUATRO VEZES MENOR QUE O DO CORINTHIANS.

  13. Boa dia Eduardo e massa ATLETICANA.
    Falando de administração , O Corinthians fez um contrato com a Hyper Marcas , e recebeu $350 MILHÕES , pelo Naming Rights do seu Estádio.
    Ora , o Naming Rights da Arena do GALO , vale muito mais do que ouvi dizer que foi contratado com a MRV.
    É PRECISO VALORIZAR O POTENCIAL DA NOSSA ARENA E CERTAMENTE MERECE UM REAJUSTE.

  14. Bom dia Eduardo. Bom dia a todos. Setembro se aproxima. O Sete disse que em setembro seria lançado um site para dar transparência total no Galo. Estou aguardando para verificar se realmente teremos mudanças na gestão. Eu tenho muitas curiosidades, tais como o que faz Eder e Reinaldo no Galo e quanto recebem por ano. Em relação ao trabalho de Alexandre Matos e Sampaoli eu também estou otimista. Sigo o blogueiro. Entretanto, eu vejo com preocupação os trabalhos na basee do Galo. Surgiu um tal de Chavare, como se fosse um Dom Sebastião que iria fazer com que os dias de glória na base retornassem. Contratacoes e mais contratações de jogadores para a base foram realizadas. Quantos? Quem sao? Pertencem a quais empresários? Qual o custo com as aquisições? Quantos desses adquiridos pelo Dom Sebastião Chavare mostraram potencial? Quem faz uma análise dos resultados do trabalho do Chavare? A guisa de exemplo, éÉtriste ver que essa base do Galo nao revela sequer um lateral esquerdo para o profissional, pois o ultimo que me lembro foi o Dede.

    1. bom dia Eduardo e massa. amanhã será o 2 jogo da final do mineiro. e depois o galo só tem o brasileirão então diretoria e jogadores tem que disputar o brasileirão é para ganhar e não quero desculpas por ter muitos jogos o galo vai ter só o brasileirão. mas para isso tem que dar os reforços que o sampaoli quer principalmente o camisa 10 e 9.repito estou otimista com sampaoli eo time mas por favor ninguém merece o péssimo Hyoran no time titular. então ok serve está base falam em uma promessa Sálvio que nunca vê jogar então porque não dar chances para o jogador. vai galooo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.