Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Jogo protocolar e sonolento

Nenhuma das equipes teve qualquer empenho na partida de ontem. Poderia dizer que foi um desrespeito aos torcedores capixabas que lotaram o estádio e mostraram a força da Massa Atleticana, além das fronteiras. Os Torcedores do Galo, que tomaram conta de todo o espaço, deram uma lição a parte à alguns que frequentam o Mineirão – ou Independência – no apoio ao time em campo.

Com um time reserva, nem alternativo foi, cantaram e incentivaram a equipe durante todo o tempo. Com exceção de Mariano e Guga, que se alternam na lateral direita, nenhum entre os jogadores utilizados têm lugar no time principal Atleticano. E o jogo foi ruim demais, eu mesmo me segurei para não cochilar durante o segundo tempo, mas dava gosto ouvir o barulho das arquibancadas em Cariacica.

Apesar disso, agora refiro ao joguinho mequetrefe, o que interessa é que o Galo avançou às oitavas da Copa do Brasil. Agora é esperar o sorteio, a ser realizado no dia 2 de junho, para conhecer nosso próximo adversário na competição. Sobre o jogo, o gol do Fábio Gomes, que testou com firmeza para as redes, diria que 80% dele foi do Savinho. O garoto, esperto, roubou uma bola mal trabalhada naquelas saídas suicidas e colocou com açúcar e com afeto (Dario diria mamão com açúcar) na cabeça do atual camisa 9 do Galo.

Foi, ao que vi, a única jogada do Fábio Gomes. Ele ficou até o final da partida em campo, mas a meu gosto teria saído na primeira alteração. Com todo respeito à sua pessoa, mas não é jogador para o Galo. Savinho, pelo primeiro tempo, foi nossa melhor peça. Neto, que entrou quase no final, mostrou – com seu toque refinado na bola – a razão de muitos reclamarem mais chances ao menino que subiu da base. Felipe Felício, o terceiro destes jovens, mostrou menos, porém ainda deposito confiança em seu futuro no Galo. Assim como em Rubens, já consolidando, e até mesmo no Castilho.

Serviu para isso, dar minutagem aos garotos e até mesmo ao Mariano que voltou de contusão. A quem, como eu, esperava uma partida eletrizante com os reservas querendo mostrar seu potencial, pode ter ficado uma ponta de decepção. Depois de dormir, refletir e acordar para essa nova semana, conclui que valeu pela classificação. Afinal, o “gaganho”. E mais, “ai credo, o Galão ganhou mais uma vez”. E segue o baile.

Concomitante ao jogo pela Copa do Brasil, como já havíamos antecipado a partida pelo Brasileiro da sétima rodada, os demais jogos aconteceram. Para muitos Atleticanos, essas partidas chamaram mais a atenção que o jogo de volta com o Brasiliense. E não foi por acaso, afinal ligamos o secador e conseguimos relativo êxito. Poderíamos ter perdido várias posições na tabela, entretanto ao fechamento de toda a rodada, caímos tão e somente da vice liderança para a quarta colocação.

Ao analisar a tabela de classificação, à nossa frente estão três equipes paulistas. Corinthians, com 14 pontos; seguido por Palmeiras e São Paulo, com 12, mesma pontuação do Galo em quarto lugar. Seguem-nos o Botafogo, também com 12; Santos e Fluminense, esses com 11 pontos. O peixe em sexto e o tricolor em sétimo. Percebem que no G6 são quatro paulistas, um carioca e um mineiro.

No domingo, antes ainda fechamos a fase de grupos da Libertadores com o Tolima – – quarta-feira- no Mineirão, vamos receber também na Pampulha o Avaí pelo Brasileirão. Temos boa chance de melhorar nossa posição na tabela, para depois fazer dois jogos duros fora de Belo Horizonte. Palmeiras e Fluminense. Ao que penso, passadas essas dez rodadas, seguramente vamos mostrar a que viemos na temporada em termos de Campeonato Brasileiro.

Para nosso sucesso, fundamental – além de o time manter um padrão de jogo elevado – seria limpar o Departamento Médico do Galo. Ontem, nossos desfalques – quatro pela opção de preservar – tínhamos ainda mais cinco por conta do DM. Arana, Jair, Nacho e Hulk mereciam e precisavam sim de uma pausa. Já Éverson, com Covid; Dodô (voltando de cirurgia, ainda Vargas, Keno e Zaracho – contundidos – são peças importantíssimas ao bom desempenho do Galo em todas as frentes que estamos disputando.

Torcendo pelo esvaziamento do Departamento Médico. Quem pode nos brindar com isso são os demais setores do futebol como a preparação física, fisiologia, fisioterapia, dentista, nutricionista, podologia, enfim não podemos ter mais baixas na sequência da temporada. Ano passado isso funcionou bem. Ah! Menos ainda perder jogador por suspensão, seja por cartões vermelhos ou acúmulo de amarelos, nessas sete partidas já tivemos essa situação. São inaceitáveis algumas advertências, como – por exemplo – jogador que já tem sete cartões amarelos em 12 atuações, sendo sete partidas pelo Brasileiro (cinco) e cinco jogos pela Libertadores (dois).

*fotos: Pedro Souza/Atlético

23 thoughts to “Jogo protocolar e sonolento”

  1. Estou tentando a tática do Jogo proposto pelo Técnio…El Turco.
    Acho que sei o nome…
    ROLANDO LERO.

  2. Boa tarde!
    Concordo com praticamente todo o texto do Eduardo.
    Os poucos minutos de. Neto em campo mostraram sua qualidade. Ele conduzindo a bola pelo meio, parecia fácil jogar, ficava tudo claro, descongestionado. Não dá pra entender esse garoto fora dos planos da comissão técnica. Além dele, gostei do empenho do Rubens e da qualidade de Sávio, principalmente na assistência ao gol.
    Réver e Igor Rabelo são os reservas imediatos. Já o Godin…pqp. Como é que essa diretoria trouxe esse cara? Pelamor…ô cara lento! Não serve nunca pra o Galo! Podem sumir com isso.
    Gostei muito do Castilho no Juventude. Pode voltar pra lá.
    Calebe não é o mesmo do ano passado.
    Enfim, valeu pela classificação e só.
    Falta de respeito com os torcedores.

  3. A libertadores começa é nas oitavas e Brasileiro até agora só pegou time fraco e vai valer a partir do jogo contra o Palmeiras , então vamos aguardar…

  4. Boa tarde para todos!
    Ontem era para os caras terem jogado com garra,determinação, vontade etc e tal,esse grupo só treina e quando tem a oportunidade de jogar… dispensa comentários.
    Com todo respeito ao ser humano que veste a nossa 9 ( que já foi do Rei) esse cidadão é uma “TAUBA”, a bola bate na canela dele e volta ,ora armando contra ataques, ora saindo pra lateral.
    Godin tá só completando a aposentadoria com o seu 1 barão por mês.
    Turco ainda não me convenceu …
    Saudações atleticanas!

  5. Aquilo ali ontem no ES foi uma verdadeira pelada de fim de tarde… o time de Brasília, que joga a Série D, é pra essa divisão, um time até bem armado e deve inclusive, subir pra Série C mas o nosso CAM, atual multi campeão do Brasil e mesmo “jogando” com os reservas dos reservas e ter vencido o primeiro jogo por 3 x 0, deveriam os jogadores mostrar muito mais empenho e dedicação em nome do respeito a instituição e aos torcedores que foram assistir “in loco”, foi uma VERGONHA pra esquecer e nunca mais se repetir!!!

    OBS.: na minha humilde opinião, ao que parece e visto ontem, alguns jogadores que quase nunca jogam, não têm o mínimo interesse e vontade de mostrar serviço pro treinador e pra torcida, será porquê???
    Vejamos então… são contratados pelo gigante CAM, têm contratos de 2,3 e até 4 anos firmados e salários em dia, muito bem acomodados e treinando no melhor CT das Américas, vida boa em BH, pra que mais não é mesmo???

  6. Boa tarde MASSA!

    Que o jogo seria sonolento, todo mundo sabia. O q não sabíamos era da apatia dos reservas. Sinceramente, jogo p garotada mostrar serviço. Chance de pelo dizer q sim, temos condições de ser reservas e qdo precisar estaremos dispostos e com disposição.

    Infelizmente não mostraram vontade nenhuma. Q pena, perderam uma ótima oportunidade de mostrar serviço.

    Vamos q vamos. A janela vem aí e creio q
    teremos muitas novidades. Para alguns do time, creio q a notícia não será tão boa.

    BOOORAAAAA 9AAALLLLÔOOOOO!!!!!

  7. Os resultados até aqui na temporada são muito bons, porém há uma sensação que tem algo faltando com esse time atual.

    Que sensação?

    A percepção é que esse mesmo time, na temporada passada, tinha mais sede e fome de vencer as partidas.

    A mim me parece que o time atual perdeu a vontade de jogar…

    Esse deve ser aliás o perigo de qualquer time no pós-conquistas: o relaxamento que é natural…

    Vamo que vamo…

  8. Bom dia xará e amigalos!
    Futebol pobre contra um time horroroso! Perdi boa parte do jogo porque cochilei diante da TV. Deu pro gasto. A lição fica. Não dá pra contar com alguns destes jogadores em jogos importantes contra adversários qualificados. Apesar do gol, Fábio Gomes é um inconfundível peladeiro…..
    Também estou ansioso pela esvaziamento do DM do GALO….

  9. Impressionante o que acontece com a Comissão Técnica do Atlético e a Diretoria de Futebol :

    não é possível não se dar uma única chance ao NETO no time de cima , para jogar com Arana , Hulk , Jair…

    De toda essa safra de jogadores (???)
    da chamada “base” é o ÚNICO que em dois ou três toques mostra como se joga bola .

    Pode até ser que não seja nada disso em 90 minutos de jogo , mas o que nos deixou ver nas vezes que entrou é uma categoria que nenhum outro moleque mostrou até hoje , nos dias atuais .

    Lembra demais o toque refinado do DANIVAL .

  10. Bom dia Eduardo e amigos do Galo. Com certeza a apresentação do NOSSO GALO contra o Brasiliense foi ” um desrespeito aos torcedores capixabas que lotaram o estádio e mostraram a força da Massa”. Independentemente do NOSSO GALO ter vantagem no placar e ter conseguido avançar na Copa do Brasil, acho que o torcedor merecia um futebol melhor, afinal de contas jogamos contra um time que já se acostumou a jogar a série D do Brasileiro. Pelo futebol que apresentou ontem e vem apresentando no Brasileiraão, mesmo contrariado tenho que concordar com o comentário do Elia Júnior da Band: ” Antonio Mohamed não tem tamanho para comandar o elenco do Clube Atlético Mineiro “. Quero estar enganado, quero que ele realmente mostre alguma qualidade técnica que ainda não mostrou, mas até hoje, dia 23/05/2022, o trabalho dele é muito fraco.

    1. Quero meu dinheiro de volta. Não é o galo que vi jogar ontem…..foi outro time. E muito ruim, diga-se de passagem.

  11. Bom dia, Eduardo e demais alvinegros!!
    A partida de ontem contra o Brasiliense, pela Copa do Brasil serviu mais para observar alguns jogadores e testar mais um esquema tático, porque o futebol apresentado, apesar da vitória, foi pífio e sonolento.
    Alguns jogadores que foram escalados, deveriam ter se doado mais, ter apetite e ambição, mas infelizmente não foi o que se viu.
    Se querem ter mais chances e condições de estar num elenco de ponta, é preciso mostrar mais.

    Que dá próxima oportunidade, entrem em campo com sangue nos olhos e muita vontade de jogar.
    De qualquer forma, valeu pela vitória e pelo treino.

    Pra cima deles, Gaaaaaaaaalo.

    Abraço a todos!!

  12. Bom dia Massa e Guru

    Alguém em sã consciência realmente esperava alguma coisa diferente do show de horrores do jogo de ontem?
    O que esperar de um time com 3 zagueiros, trocando passes maravilhosos, contra o imbatível Brasiliense?
    E nosso ataque arrasador com o camisa 9 dos sonhos? Para melhorar, ainda fomos brindados com o futebol não menos horroroso de Castilho e Calebe.
    El turco ontem foi brilhante ao ser político e escalar vários jogadores que não teriam o mínimo de oportunidade de entrar em um jogo de verdade. Mitou pois administrou o grupo.
    Mas olhando o copo cheio podemos valorizar, porque a vitória valeu a classificação para a próxima fase, a grana, e principalmente afastou o risco de termos Godin no próximo jogo.
    O destaque mesmo fica para os heróis que foram ao estádio e apoiaram o time e em troca receberam um futebol medíocre e vergonhoso.
    E para encerrar meu comentário cornético (inventei esta palavra) vou deixar uma dica à diretoria: precisamos baixar as despesas? Então fechem o CIGA, porque depois do aval na contratação de Godin e Fábio Gomes e do retorno do Castilho, a cota de bobagem já foi alcançada.

  13. O Turco fez bem em.polpar o time, para jogar com aquela pelada do Brasiliense o time alternativo deveria ter sobrado. O que me assusta é o time alternativo não querer jogar e massacrar e encher a cabeça do técnico de dúvida, jogaram com uma baita má vontade.

  14. Este pessoal, quando tem oportunidade para mostrar o trabalho, entendo eu que deveriam jogar em alta rotação, fazer vários gols, comer a bola, grama etc. Nessa sonolência estão querendo é ficar no banco mesmo. O pasto deve estar bom.
    Se venderam Savinho mal? E as inúmeras revelações que saíram de graça? Mancini, Fred volante, Tabata… A lista é grande. Savinho seria mais um pelo jeito. Tem empresário que ainda manda no Galo. Não quer fazer acordo para ganhar mais com multas. Tem coisa ruim escondida aí.
    Pavón vem aí, mas e a lateral direita? Ainda vamos de Guga, que vai aprender a ser lateral com 30 anos?
    Sigamos.

  15. Prezado Guru Eduardo, ótimo dia

    Fui ao jogo ontem, concordo com suas observações sobre a partida, a torcida encheu o estádio cantou o jogo inteiro sem parar e antes do jogo a festa do lado de fora foi sensacional e o time foi conduzido até a entrada no estádio com a rua de fogo.
    Apenas divirjo de você à respeito de Fábio Gomes, ele tem limitações sim, entretanto, o time não trabalha a bola para um centroavante tradicional como ele (cabeceador) atuou muito isolado, o GALO pouco explorou cruzamentos de bola de fundo, a grande maioria da vezes tentava o corte para dentro e chutava.
    Agora o Neto, entrou e mostrou uma qualidade impressionante na condução de bola e passes, já em contra partida o Sasha é de dar dó.

  16. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    Time sem tesão! Jogadores descompromissados com o espetáculo que é o futebol. Devolva o dinheiro dos que pagaram para ver um treino e dos piores. Mas de qualquer forma, entraram RS 3 milhões no cofre do GALO. O El Turco continua substituindo mal. O neto precisa jogar para uma melhor avaliação. Tem potencial. O Godin não demonstra futebol para integrar o time do atlético.
    Sigamos! Espero que o circo de horrores tenha baixado as lonas.
    Hoje e sempre, galo!!!

  17. Bom dia Avila. Bom dia a todos. Inaceitavel a falta de atitude dos jogadores do Galo ontem. Jogadores jovens, como Calebe, Rubens, deveriam ter se empenhado mais. O Fabio Gomes conseguiu seu intento: ser aclamado, com louvor, como o pior jogador que ja vestiu a camisa 9 do Galo em todos os tempos. Até o goleiro Rafael patrocinou um lance bizarro quando recebeu um recuo de bola e cedeu um escanteio para o Brasiliense. Por fim nota zero para o Turco que nada fez para aquele time mudar de atitude e respeitar a torcida que foi a campo. Aquela falta de atitude e toques lentos na bola tem só um adjetivo: sacanagem.

  18. Em.jogos como o de ontem , em que vai a campo o time dos “Amigos do Savim” , a direção técnica poderia escalar o ÉDER pra gente matar a saudade do ponta esquerda .

    Seria bem legal vê-lo bater uma falta, um escanteio , …

    p.s.
    Em dois toques que deu ontem o NETO mostrou que tem muito mais bola que o ALLAN .
    O garoto merece uma chance no time A .

    1. Melhor que o Alan ele não é, ainda…
      mas talvez jogando ao lado dele, talvez no lugar do Castilho que sinceramente é uma decepção.
      Abraço a todos.

    2. Prezado amigalo José Eduardo Barata,

      Mais uma vez cirúrgico na observação sobre o Allan. O Neto mostrou qualidades muita acima. Eu vi um loco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.