Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Ganhamos sem convencer

JPG mktplace 300x250Evidentemente, o resultado ficou longe, mas muito distante mesmo, do que todo Atleticano imaginava. Era para fazer o placar e praticamente decidir a vaga no jogo de ontem, mas, com todo respeito, o time do Galo deu moleza. O Juventude é, na verdade, um time chato de ser batido. Sempre e historicamente foi, tanto para o nosso time quanto para qualquer outro clube brasileiro, que vai a Caxias do Sul.

Diria que é uma espécie da Chapecoense, como também no passado era o América do Rio de Janeiro, times pequenos que sempre arrancam pontos dos favoritos nas competições em que participam. O fato de o time gaúcho estar na série C não tira deles o credenciamento, pois chegaram nesta fase eliminando dois times da série A – Coritiba e São Paulo. O Galo não será o terceiro. Tenho certeza!

Nas partidas de ontem, apenas o Galo venceu sem tomar gol do visitante. Vale dizer, basta ir a campo pelo empate ou até mesmo podendo perder por um gol de diferença desde que também balance as redes adversárias. Os demais que ontem foram derrotados, diferentemente, podem passar à próxima fase com resultado magro de um a zero. É o regulamento da competição. Fosse pelo Brasileirão, bastava o placar para assegurar três pontos.

O resultado esperado pelo Torcedor era algo de três ou mais gols de diferença. Entretanto, três fatores impediram atingir tal elasticidade no placar: o futebol que o Galo apresentou, a surpreendente vontade do adversário e o péssimo trio de arbitragem paulista. Tento evitar o último assunto, mas – apesar das constantes mudanças na arbitragem da CBF – eles continuam prejudicando ao Galo. Tendencioso, especialmente no segundo tempo. O Juventude bateu o jogo todo, nada era marcado e tampouco seus jogadores advertidos. Isso acontece desde meados dos anos 70. Jurei que não ia comentar. Se fosse destrinchar lance a lance, o espaço não comportaria.

Victor, Gabriel e Leo Silva - jogo com o Juventude 28-09-16
Fotos: Bruno Cantini/Atlético

De qualquer maneira, como é sabido – desde os tempos em que o treinador Marcelo Oliveira era jogador – o Galo para vencer em competição nacional tem de superar adversário e arbitragem, Ontem, parecia que o modesto time do Juventude estava decidindo sua vida, enquanto os jogadores do Galo – notadamente os dois volantes – tiravam o pé nas bolas divididas. Júnior Urso foi uma nulidade. Victor, que é e sempre será o ídolo que merece destaque na nossa galeria, estava moroso na reposição de bola. Talvez tenha ficado inseguro com tantos erros no jogo do último domingo. Chegou a reagir e gesticular reclamando da irritação do Torcedor.

Carlos César, que vem se destacando, foi infantilmente expulso ao receber a segunda advertência com cartão amarelo. Colocou em risco o resultado, que vinha se arrastando minuto a minuto. Novamente a boa surpresa, voltou a ser Gabriel, que na última partida atuou o tempo todo, sendo que agora teve de reassumir no lugar de Erazo, que voltava e sofreu um enorme corte bem no início do jogo.

Pratto, novamente foi o destaque. Seu gol, o único da partida, foi todinho seu. Após receber a bola, enxergou Carlos César isolado do lado direito e, ao tocar a bola para o lateral, avançou imediatamente para a área e se posicionou para receber e levar a Torcida ao delírio bem no início do jogo. Esperava-se que a porteira ia abrir, mas o Galo repetiu os mesmos erros de partidas anteriores, encolheu ainda na primeira etapa. Já o segundo tempo, a exemplo de outros no ano, foi sofrível. Nem a entrada de Dátolo, que vinha sendo fator de reação, serviu para acordar o time em campo.

O resto do time, se não teve destaque, pelo menos não comprometeu como no caso dos dois volantes. Rafael Carioca, que até gosto muito do seu futebol, começa a fazer o blogueiro entender as constantes reclamações dos leitores. Sua convocação pode até abrir a oportunidade que alguns pedem de ver Urso atuando ao lado do Leandro Donizete. Só que para essa possibilidade vencer, o primeiro jogador tem de jogar muito mais do que mostrou ontem. Achei que naquela substituição em que o treinador chamou Dátolo, ele – Urso – seria sacado. Fiquei novamente surpreso com a saída do Cazares. Quem sabe Donizete e Dátolo.

Apesar disso, valeu a vitória. Agora é ir para Caxias do Sul, no próximo dia 19 de outubro, com o regulamento debaixo do braço. Ah! E com uma caixa de rivotril para o blogueiro e a mesma medida para quem tem a pressão arterial alterada. Haja coração!

50 thoughts to “Ganhamos sem convencer”

  1. Depois de classificação contra a Ponte Preta, cerca de 20 a 25 comentários. Depois do time jogar mal, mas vencer o Juventude, 45 comentários. Lembrando que nenhum mandante ontem venceu com mais um gol de diferença. “Ah, mas o Juventude é da terceira divisão”” Pois é, mas eliminou o São Paulo. Na realidade, certos atleticanos gostam mesmo é de sentir raiva do time que torcem e de expressarem isso da maneira mais desabrida possível. Vá se entender um negócio desses, mas nesse mundão acontece de tudo. Para mim, o que vale é a vitória (mais uma seguida), e que o Galo continue jogando mal e tomado sufoco, mas vencendo e se classificando, pois isso é que conduz aos títulos que disputamos e que buscamos!
    PS; Quando vencemos, tal ocorreu pela excelência dos nossos jogadores e do nosso plantel. Quando perdemos, a culpa é toda do Marcelo Oliveira! Eita!

  2. Como o Fred Paiva disse: adote um corneta. Galo disputando dois títulos e galera vaiando jogador em campo. Pegaram no pé do Vitor porque ele não repôs a bola rápido ontem com o galo com um a menos e ganhando o jogo. Que isso….

  3. Rodrigo Coutinho, vc está certíssimo. Gostaria de acrescentar que temos que diminuir o valor dos ingressos e a diretoria aumentar a cobrança em cima dos jogadores. MUDA GALÃO !!

  4. Rodrigo Coutinho – em sua feliz análise você sintentizou o verdadeiro time do Atlético 2016,falta sangue nos olhos

  5. Mais uma vez, que DECEPÇÃO. Um time jogando como fosse FINAL, o outro andando em campo. Time sem alma, sem vontade, sem nenhum esquema tático. São quase 50 anos sem o Brasileiro, isto não é motivação? A torcida do Palmeiras alertou e agora tenho que concordar: MARCELO É FRACO. O Galo não é combativo, não divide bolas, não se impõe, deste modo deixa o adversário gostar do jogo, mesmo que inferior tecnicamente. Temos visto mais do mesmo. Não está nada bem. A torcida avisa, alerta, manifesta, mas NÃO é ouvida. Victor tem errado sistematicamente na reposição, L Silva lento, Carioca e Urso não marcam ninguém, Cazares errou td ontem e Clayton é jogador de série B. Será que ninguém vê os erros e tem pulso para corrigir? Que situação vergonhosa…

  6. Desde a chegada do Kalil, o Galo implantou uma filosofia de diretoria, mas não conseguiu implantar ainda uma filosofia de grupo no time, algo muito maior q um projeto de temporada.

    A torcida já se esqueceu que mesmo depois da virada na administração em 2009, apesar de apresentar capacidade de ser campeão, sofremos com quedas de rendimentos, desânimos, jogadores q perdem o foco no meio da temporada e a culpa é sempre do técnico.

    Cuca ontem perdeu e há relatos de que metade do elenco não joga mais por ele, o técnico do flamengo é um ninguém e ontem foi humilhado novamente em casa para um time inexpressivo.

    Estou longe de exaltar o trabalho do M.O., mas tô aqui só esperando o final do ano pra ver quantos jogadores vão declarar que estavam com a cabeça na europa, que ficaram incomodados com regras de conduta na cidade do galo, q estão com saudades da comida da mãe, etc, etc, etc.

    A decepção de ontem vai se concretizar realmente se os jogadores não tiverem guardado nada para o jogo do brasileirão. Antes disso, me recuso a entrar em histeria de quem não sabe nada do que acontece nos bastidores do clube. Já passei da idade de achar q o que eu não sei é irrelevante pra analisar o q passa realmente com o galo.

  7. Continua faltando vontade a grande parte do elenco. Esse é o maior problema atualmente. No jogo de ontem, MO foi prejudicado por ter que fazer duas alterações emergências, trocando zagueiro por zagueiro logo nos minutos iniciais, devido a contusão, e lateral por lateral (sim, Patrick não foi improvisado, ele é lateral direito!), após a expulsão do Carlos César. Teve como alteração tática somente a entrada do Dátolo no lugar do Cazáres, e para mim, fez corretamente. Por isso, não entendo como justas as críticas ao treinador no jogo de ontem.
    Estou esperançoso de que o comportamento do time altere para melhor com os retornos de Donizete e Luan, que são mais aguerridos e pilhados em campo. Assim como a volta do Maicossuel que dará ao treinador uma opção com maior velocidade no meio campo. A fase de Fred, Pratto e Robinho marcando gols é um avanço. Tira a pressão de cada um, bem como minimiza á do treinador, quando optar pelas escalações.

  8. Marcelo Oliveira é a Dilma do Galo. Cabeça dura, não consegue entender o momento, não tem conhecimento estratégico, não tem controle sobre seus subalternos. Impeachment nele já. Tchau querido.

  9. #aquisomosGalo, porém precisamos ter a inteligência de notar que a má atuação não foi só ontem (Juventude estava sem seis titulares). Poderíamos até perder que faz parte do jogo. O que não dá é ver time ser envolvido tão facilmente pelo Juventude e na maioria dos jogos da série A. Estamos vivendo de lampejos da qualidade individual do elenco que é pouco para ser campeão. Já tomamos 36 gols na série A. Mais de um gol por partida… Como alguns colegas disseram, alguma coisa está errada!!!!

  10. De acordo com os comentarias aqui, se eu não tivesse assistido o jogo ontem teria certeza que o Galo havia perdido e de goleada para o juventude. Podem até me achincalhar, mas sinceramente não vejo motivo para tantas criticas, a meu ver o Galo não jogou uma grande partida nem tão pouco foi o dono das ações durante todo o jogo, mas daí a dizer que merecia ter perdido de goleada, que não merecia nem empatar, haha convenhamos, não existe time no futebol brasileiro que anda dando show nos adversários e o Galo idem, apesar do estilo de jogo não agradar a grande maioria inclusive a mim, reconheço que nesse momento está sendo eficiente, se vamos ser campeões ou não isso é uma outra historia, se não vencer vou criticar e colocar o meu ponto de vista, mas no momento prefiro acreditar nos profissionais que estão conduzindo o time, futebol é resultado prefiro um estilo de jogo que não agrade e que vença a um estilo bonito e sem eficiência. Organizar e exigir raça de jogadores com tanta qualidade deve ser facinho hahahah. Vamos vamos Galo, vamos ser campeões!!!!

  11. O Resultado é consequencia, 1, 23 gols dependem também de sorte…mas alma não pode falatar a uma equipe, acho que falta uns carregadores de piano no Galo, tecnica com “corre pra mim”, não da certo, ta ganhando jogos, mas não sei se vai ganhar alguma coisa alem disso e pior que o treinador parece que ta com sono, tudo é normal e a gente fica aqui , torcendo mas sabendo que desse jeito não vamos ganhar titulo nenhum esse ano.

  12. Verdade é que realmente Marcelo não conseguiu dar uma cara para o time, que parece não treinar. Não tem uma jogada, não consegue mudar uma situação adversa. Diretoria omissa não dá as caras e vamos ter um ano com alto investimento e tudo por água abaixo… Agora estamos entendendo por que imprensa paulista derrubou Marcelo…

  13. Eduardo, alguém precisa explicar para nós o por que dessa implicância com o General. Todo técnico é isso. Um dos motivos da perda do título no ano passado foi a decisão do Burro Com Sorte, nesse caso burro mesmo, em ter tirado o LD do time. Agora o MO vem com a mesma coisa. O Carioca não da mais para ficar em campo, precisa urgentemente de banco para acordar e voltar a ser o jogador de quando chegou no 9ALO. Ontem podia ter entrada com os três volantes, já que o Urso só quer atacar e não marcar. O Clayton de novo um marasmo em campo, então entrava com os 3. Patric tb é outro, só quer atacar. Jogo de ontem estava fácil, ainda mais depois daquele gol, que vinha sendo feito desde o início, mas como aqui é 9ALO, resolveram botar pressão na gente. Jogamos 25 min, os outros 65 foi de sufoco. Haja RIVERtril. Mas, EU A CRE DI TOOOOO, afinal não é milagre é CAM. VAMOS 9AAALLÔOOOOO! AQUI É SÓ 9ALO, P…!!!!!

  14. Mais do mesmo Dudu ! Nosso time é time de vinte e poucos minutos esta é a verdade . Pela série C oTombense meteu 3 x 0 neste juventude , com um detalhe ,o time estava completo e o GALO com um elenco que é dos melhores de nossa história nas mãos de Marcelo não rende , além de tomar banho físico e tático dentro de nossa casa . Ver o Erazo saindo de CAMpo por conta de um corte no supercílio levou-me ao ano de 99 – final do Mineiro – meteram uma toca no Gallo ,seguiu no jogo e ainda levantou a taça . Não sou de chorar pitangas,mas este ano nosso maior adversário está em nossa casa-mata , fato! Feliz pela vitória e preocupado com a constante queda de rendimento do nosso GALO – por correr errado – e a perda do fôlego ainda no 1º tempo ,ela é nítida só não vê aquele precisa ver . Virando a chave ; que venha a macaca campineira …TODOS POR UM IDEAL . SAN

  15. Algumas conclusões que já podem ser tiradas: 1- É preciso proibir ao Marcelo Oliveira ir para o vestiário no intervalo do jogo; é que o que ele deve falar lá não é coisa boa; todos 2o. tempo de jogos do Galo são um fracasso; o time só piora. 2- A presença do Tite deve ter convencido a ele que esta será a última vez que ele convoca o Carioca; jogador lerdo e sem alma. 3- Hoje mudei o nome do Pratto; não é mais Quentinha; agora é Marmita. Lé Silva: joga depois de tomar Rivotril. Urso: uma Lesma. Estou anotando tudo. Essa é o 11o. jogo do Galo que deu uma pena assistir. Time sem gana, sem alma, sem futebol, sem nada.

  16. O Galo vem sendo um time sem alma e ontem deixou isso ainda mais evidente. Complicado ficar acreditando num time que não acredita em si.

  17. Bom dia galera alvinegra!!!!!! Como de constume o GALO voltou para o segundo tempo praticando um futebol abaixo da crítica e isso tem sido comum nos jogos do brasileirão. Dificilmente o time mostra um futebol regular durante os 90 minutos. O que temo é que o GALO não sabe jogar pelo empate. Isso vai ser perigoso lá no segundo jogo. Marcelo Oliveira vai ter que mostrar seu lado estrategista para eliminar o Juventude em seu caldeirão. Se continuar esse joguinho pobre voltaremos com uma vexatória eliminação. Espero que os jogadores joguem com RAÇA e determinados a jogarem pelo regulamento. OBS: A melhor notícia da noite sem dúvida foi a eliminação no “poderoso” FRAMENGO para o desconhecido Palestino do Chile na Sulamericana. Com a palavra os comentaristas do eixo-Rio-Sao Paulo sobre o CHEIRINHO DE ELIMINAÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    1. “Marcelo Oliveira vai ter que mostrar seu lado estrategista…”. Amigo, então fudeu!

  18. Eduardo o pior é que isso ganhar e não convencer aconteceu umas 500 vezes esse ano.
    Eu acho absurdo o tamanho da incompetência do Marcelo Oliveira, tomar sufoco pra juventude?
    Não tem esquema defensivo o time do Galo.
    Juventude(e tava desfalcado) deu calor, Ponte Preta, Internacional, Sport entre outros.
    São times q sofrem por falta de qualidade de jogada na frente, mas com o Galo os caras tem milhões de oportunidades de gol.
    Não dá, é incompetência de mais do Marcelo Oliveira.

  19. O que me chateou mais uma vez não foi propriamente o resultado de ontem ,mas ver que o time não consegue superar os problemas de sempre . O segundo tempo foi uma nulidade total e já estava sendo antes do Carlos César ser expulso . O que nos leva a isso , não sei . Decidi apoiar o time até o final e também dar uma secada nos adversários .Até porque , só vai dar paar chegarmso ao título, se eles vacilarem muito .
    Eu não vou me estender as críticas porque tenho consciência que me tornarei chato .porém, também é muito chato para o torcedor aguentar a mesma coisa por tanto tempo .

  20. Desculpe-me esqueci-me do Victor. Tá precisando de umas aulas de reposição de bola. Talvez uns dois jogos no banco o fizessem acordar.

  21. Marcelo Oliveira prova, cada vez mais, que não é técnico para time grande. Não tem comando nem sabe muda o modo de jogar do time de acordo com o jogo do adversário. o zago, téncio do Juventude, eu uma aula pro MO. Acho que Daniel Nepomuceno está demorando demais a tirar o Marcelo. Ainda temos chance, mas tem que um ter treinador de verdade, com pulso e comando para fazer estrelinhas encararem uma dividida. Carlos César, para mim, está tomando a posição de Marcos Rocha. Robinho ainda mostra algum esforço, Cazares não acertou um passe contra o Juventude. Clayton, nunca vai passar de uma ameba… Nepomuceno, acorda antes que a tragéida aconteça. Já temos a CBF e os juízes contra nós, não precisamos de um quase técnico para atrapalhar.

  22. Estes treinos secretos servem para que? não vemos nada de diferente, o galo esta muito mal treinado, estamos igual ao treinador, devagar quase parando. Galo é raçã, é gana, é vontade de ganhar sempre, podemos até perder, mas temos que lutar.

  23. Quando o Marcelo Oliveira vai entender que Junior Urso e Rafael Carioca não podem jogar juntos? Não marcam e atacam ao mesmo tempo, desguarnecendo a defesa/laterais.

  24. Correndo o risco de ser repetitivo, nosso treinador (?) tomou mais um vareio de bola, dessa vez do Antônio Carlos. Fico imaginando nosso time nas mãos dum treinador competente. Que pena que Nepomuceno escolheu o Marcelo, que é samba duma nota só. Fraco, muito fraco. Sigamos na base de nossos talentos individuais, enquanto não tivermos treinador continuará sendo assim, sufoco todo jogo. SAN. PS: Sério que tem alguém que acha que Júnior Urso joga mais que Rafael Carioca?!?!

    1. Pois é caro Barros ! duro ver um time de série C bem treinado ,obediente taticamente ,com variações táticas dentro da partida e com um treinador que enxerga o jogo . Enquanto pelo nosso lado qdo os valores individuais não aparecem , qqr time minimamente organizado dificulta muito nossas ações.Não sei por que o Marcelo fecha os treinos – se é que ele dá treinos – não se vê uma jogada ensaiada ,uma mudança de esquema sequer .Como disseste , Marcelo é tipo samba de uma nota só , e o GALO conta com a sorte de o surdo não atravessar, fato ! Mas vamu lá , classificação será no sufoco ,porém ela virá … SAN

  25. Caro rabino. Você está caindo na real e vendo que o RAFAEL CARIOCA engana mas não joga. Como não torço para a seleção brasileira, acho ótimo o entregador de camisas, Tite, elogiar o CARIOCA: que ele desarma armando (ONDE?), que ele dá passes na vertical(ONDE?), que ele é isso é aquilo… O tal de Tite é míope, para não dizer cego, ou ele viu outro carioca jogando. Passe na vertical dava o Cerezo com seus lançamentos para o Reinaldo. Alguém já viu o CARIOCA fazer um lançamento em profundidade? É o verdadeiro cerca lourenço, não marca, não divide (vejam o gol do Cruzeiro que ele não dividiu com o Robinho genérico), só da passes para o lado, além de quebrar o ritmo do time que, quando sai em velocidade, perde o embalo quando a bola é passada para o CARIOCA. Nunca vi uma cabeça dura quanto a do Marcelo, não dá para entender…….

  26. Impressionante como o time está mal, em termos coletivos está muuiiitto pior que o do Aguirre. MO está se mostrando um péssimo técnico. Com os jogadores que tem, o time deveria estar num patamar infinitamente superior. Quanto aos jogadores, a falta de vontade é latente! O time não marca ninguém. Tava difícil distinguir qual dos times era o da série C. O Juventude mereceu ganhar o jogo de pelo menos 3×1, essa é a verdade!! E se jogar a bolinha que jogou ontem, não vai classificar lá no Sul, pois a sorte que demos contra a Ponte não sei se voltará. Em tempo, não adianta ir pro Mineirão, no fim do mês e com ingresso à R$50,00 que não vai encher. Quanto à arbitragem não achei que influenciou no resultado ontem.

  27. Como tenho dito anteriormente, o Galo hoje é a cara do Marcelo Oliveira como jogador, muito bom tecnicamente, mas sem raça, vontade e alma, nunca ganhou nada quando jogava, só molhava a camisa quando chovia, nunca com suor. A torcida deve exigir uma postura diferente do time senão não vamos chegar a lugar nenhum, como o Marcelo, no Galo, nunca chegou!!

  28. SAUDAÇÕES ALVINEGRAS. FIZEMOS UM GOL E NÃO TOMAMOS NENHUM. A MEU VER É UM BOM RESULTADO. IREMOS NOS CLASSIFICAR. ANOTEM AI. TIME DO GALO MUDOU O ESTILO DE JOGO. É MAIS CADENCIADO AGORA. AQUELE GALO DOIDO QUE PRESSIONAVA O TEMPO TODO NÃO EXISTE MAIS. MAS VAMOS ASSIM AOS TRANCOS E BARRANCOS E VAMOS SER CAMPEÕES.

  29. Bom dia Eduardo. Que sofrimento hein, pelo amor de DEUS ser dominado pelo time reserva de um time da série C é demais, em pleno salão de festa nosso, com quase 40 mil ATLETICANOS. O GALO esta ganhando os jogos pela qualidade de seus jogadores, por que se for depender do nosso treinador, estaríamos fuuuu. O Antônio Carlos técnico deles deu um banho no MO. Acredito no titulo da CB e do Brasileirão, mas pela qualidades dos nossos jogadores e pela força da MASSA. Ontem deu vontade de gritar, oh,oh,oh queremos treinador. Grande partida do Gabriel será um novo Jermeson, AbraçoS e AQUI É SÓ GALO.

  30. Amigos Atleticanos, nós ontem não merecemos o empate. O time continua apático, com toquinhos demais, sem alma, como costumo dizer. Foi duro ver o nosso GALO sofrer para vencer um time da série C em pleno Mineirão. Alguma coisa está errada!!! O treinador não vê, a Diretoria se omite.

  31. Eduardo, dessa vez foi complicado. Discordo de você em alguns aspectos. Não achei que o Víctor foi lento nas reposições, muito pelo contrário. Em muitas delas ele foi muito afoito. E teve uma hora que a torcida pressionou tanto ele que ele até achou ruim. Na verdade achei até um aspecto negativo do jogo de ontem. A torcida vaiando e pressionando muito o time. Vaiando no final por exemplo. E realmente, Rafael Carioca está começando a dar nos nervos. E o trio de arbitragem foi foda. Não achei o primeiro lance do Carlos César para cartão amarelo. Mas fazer o que né? Galo contra tudo e contra todos!

  32. Quero lembrar que jogamos contra um time de série C
    Ingressos a preços populares e mais uma vez não lotamos o mineirão
    O técnico M.O disse que perdemos no físico,é brincadeira.

    1. Daniel! Daniel! Qual treinador não gostaria de ter um elenco desses na mão? O nosso tem mas é fraco! Jogo em casa, mais de 30 mil incentivando! Aliás, vou re-re-repetir, o M.O parece morto à beira do campo. Incapaz de incentivar, gritar, de sacudir os brios, de mudar algo no intervalo… Ontem eu disse que iriamos ao Mineirão incentivar e fomos. E disse também que venceríamos bem se o M.O não atrapalhasse. Se o time não joga, fica tocando de lado e encolhe e ele reclama disso pra imprensa, falta o que? Claro que falta comando e comandante! Abraço.

  33. Tem que achar um estádio para 80 mil pessoas. Só com 40 mil o time não vai ganhar nada este ano. Já que quem joga é a torcida. Ainda dá tempo de salvar o ano, mas tem que ter técnico. Vão perder a oportunidade agora, chega no fim do ano tem que dar satisfação à torcida e contrata qualquer um. Dá no que deu este ano. Nem o Rural ganhamos.

    1. Daniel! Daniel! Qual treinador não gostaria de ter um elenco desses na mão? O nosso tem mas é fraco! Jogo em casa, mais de 30 mil incentivando! Aliás, vou re-re-repetir, o M.O parece morto à beira do campo. Incapaz de incentivar, gritar, de sacudir os brios, de mudar algo no intervalo… Ontem eu disse que iriamos ao Mineirão incentivar e fomos. E disse também que venceríamos bem se o M.O não atrapalhasse. Se o time não joga, fica tocando de lado e encolhe e ele reclama disso pra imprensa, falta o que? Claro que falta comando e comandante! Abraço.

  34. O Atlético pelo menos venceu. Isto conta muito. è chato ficar se lamentando por não ter liquidado o adversário com mais gols. a única coisa que fica doendo é ver o Juventude se matando em campo para empatar e nossos jogadores só administrando, fingindo que está tudo bem. pois não está tudo bem. Acorda Galo, enquanto é tempo. permita-me não me alongar pra não virar um torcedor chato. Agora é focar o brasileirão. pra cima deles Galão.

  35. Mais um jogo mais do mesmo, apenas uma variação individual aqui, outra acolá. Disse que chegaríamos carregados por atuações individuais e com a força da Massa, apesar do técnico. Ontem, foi só a Massa, nem o time ajudou.
    Eu acho válido experimentar Dátolo + General, com Cazares na armação (apesar de que estiveram mal ontem tanto o hermano quanto o equatoriano). Jr. Urso é muito caneludo, socorro!
    Pelo menos o Juventude terá que sair para atacar, não poderá se entrincheirar, mas todo cuidado será pouco, jogo perigosíssimo.
    E por falar nisso, virando a chave, tb será o novo embate contra a Ponte.
    Sigamos na luta, sofrimento garantido, não sabemos fazer de outro jeito.
    Bom dia, Xará!

  36. Prezados atleticanos,

    Infelizmente o que tenho visto neste time é a falta de compromisso. Começam o jogo como nos bons tempos de 2013/2014 e, após arrancarem um gol, nos lembram 2004/2005. Este time está sentindo falta do Donizete, do Luan, e ainda, da garra e motivação do Pierre. O time é repleto de craques midiáticos, que só se preocupam em aparecer para a televisão. Rafael Carioca acha que é o Zidane. Fred e Robinho (esse ainda participa mais, mas sempre tira o pé) são artistas da globo. Cazares acha que é Pelé…. E por aí vai. O que vi ontem foi o mesmo que vi nos últimos jogos. Um time que sobra na técnica e é nulo na disposição. Lamentável e bem diferente do que estamos acostumados. Os únicos que correram ontem foram os que participaram do gol: Pratto e Carlos César (este, embora infantil como vc disse, foi expulso injustamente). Quanto à arbitragem, já estamos acostumados, não pode ser desculpa. Em todas as competições temos que já entrar sabendo que vão cutucar o Galo. Em 2014 (Corínthians-Flamengo) só não cutucaram porque achavam que estaríamos eliminados já no 1º jogo e aí a escala foi amenizada….
    Quem não viu entrevista com um dirigente dizendo que o campeonato brasileiro já foi “arrumado” para o Flamengo e a comissão de arbitragem já teria até acordado neste sentido? Temos que superar esses “imprevistos” previsíveis…
    Agora, vontade, nunca pode faltar ao Atlético. Está no sangue, na história do clube, na veia do torcedor. E essa vontade, definitivamente, este time não tem, com raras exceções. Que ano que vem o elenco seja reformulado com jogadores de qualidade que tenham o espírito do time. Saudações.

    1. Voces tem certeza que sao atleticanos?!
      Porque pra mim, com um ano cheio de problemas, o Galo avanca.
      Nao adianta jogar um futebol lindo e morrer.
      Nao adianta tomar gol em casa na Copa do Brasil.
      Nao comparem este time com os dos anos anteriores.
      Quando Luan estiver em condicoes, ganharemos mais velocidade na recomposicao e nas saidas de bola.
      Enquanto isto nao ocorre, a entrada do donizete no segundo tempo, mantendo urso e carioca pode ser uma saida.
      Dos tres ultimos brasileiros, o MO levou dois.
      Nas tres ultimas finais de Copa do Brasil, ele levou uma e esteve na final das outras duas.
      Parem de reclamar e entendam o novo GALO.

      1. Isso aí, Raul! Chega de derrotas e desclassificações “gloriosas” na nossa história! O que importa é vencer e ganhar os títulos, pois é isso que fica e que traz grandeza, visibilidade, respeito, torcida e dinheiro para o clube!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.