Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Galo de Cuca ou Galo de Sampaoli?

Paulo Peixoto

Responda aí atleticano, quem foi mais eficiente até aqui na comparação do Brasileirão 2020 com o Brasileirão 2021, o Galo de Sampaoli ou o Galo de Cuca? Pense rápido porque a resposta já vem…

Saiba você, caro leitor, que com 14 jogos disputados na primeira fase dessas duas edições do Brasileirão o Galo deste ano é um ponto melhor do que o Galo da temporada passada na soma dos pontos conquistados.  

O Galo de Sampaoli tinha 30 pontos somados, o que representava 71,4% de eficiência. Já o Galo de Cuca, com a vitória de domingo passado, somou 31 pontos ganhos, com aproveitamento de 73,8%.

O que diferencia estatisticamente até aqui os dois Galos? O time de Sampaoli tinha quatro derrotas, uma a mais do que o time de Cuca, que, por sua vez, empatou um jogo. Essa é a diferença que fez com que o time de Cuca esteja um pontinho mais bem posicionado em relação ao time do técnico argentino naquela ocasião. Ambos os times somaram dez vitórias nesses 14 jogos. Até então o Galo de Sampaoli não tinha empatado nenhuma partida. Os pontos perdidos eram todos por causa das derrotas. 

Cuca, então, leva vantagem por causa de um empate, mas foi um empate com sabor de derrota muito amarga. Foi naquela patacoada contra a Chapecoense, que arrancou o empate no Mineirão após estar sendo dominada e derrotada por 1 a 0, com o Galo tentando administrar o resultado. Que raiva! A Chapecoense segura a lanterna da competição. Eu tenho imensa dificuldade em apagar da memória jogos como aquele.

Vitórias, empates e derrotas servem para a comparação sobre a eficiência estatística dos dois Galos. Gols marcados e sofridos dizem mais sobre a atuação dos dois times nesses 14 jogos. O de Sampaoli marcou 29 gols, sendo 2,07 por jogo. Era um ataque rápido, sempre chegando com cinco jogadores, sendo dois ponteiros bem abertos pelos lados. Criavam muito, mas também perdiam gol demais. Ê Galo!

O Galo de Cuca soma 21 gols marcados, sendo 1,5 por jogo. É um ataque mais acanhado, porque raramente entra com três atacantes na área do adversário. Além dos dois atacantes – ou de um único apenas, como em algumas escalações –, o auxílio ao ataque vem de jogadores do adensado meio-campo. 

Isso tem reflexos lá atrás, nas defesas dos dois Galos. O time de Cuca sofreu 10 gols nesses 14 jogos, o que representa 0,71 por jogo. O Galo de Sampaoli havia sofrido até aquele momento 16 gols, ou 1,14 por partida. 

Resumindo, então, o Galo de Cuca foi melhor defensivamente e mais eficiente no aproveitamento ao fim dos 14 jogos. O Galo de Sampaoli era bem mais eficiente no ataque, não só para marcar, mas também para criar. Era exímio criador de jogadas ofensivas, mas ficou um pontinho atrás na comparação com o time de Cuca.  

O Galo de Sampaoli era o líder do Brasileirão 2020 ao final das 14 rodadas, com dois pontos à frente do segundo colocado, que tinha um jogo a mais. O Galo de Cuca é o vice-líder do Brasileirão 2021, um ponto atrás do primeiro colocado. 

Eu particularmente era fã do futebol ofensivo mostrado pelo Galo de Sampaoli, pena que, defensivamente, o time foi piorando nesse quesito na medida em que a competição avançava, a ponto de comprometer o ataque ofensivo que tivemos. Com tamanho desequilíbrio, a coisa desandou. Começou a partir do 15º jogo da primeira fase, com uma sequência de duas derrotas e dois empates.  

Mas tem um outro elemento de comparação com o Galo de Sampaoli que é fundamental nessa análise. O Galo de Sampaoli disputava somente o Brasileirão, nada mais. O Galo de Cuca disputa ainda a Libertadores e a Copa do Brasil. E fez a melhor campanha da fase inicial da disputa sul-americana. Portanto, o Galo de Sampaoli jogava descansado. O Galo de Cuca joga no limite físico. Isso faz muita diferença a favor do Galo de Cuca na comparação dos resultados, penso eu.

A vida segue e o Galo avança, jogando bem ou mal, mais ou menos competitivo. Eu tenho boa dose de paciência com o trabalho do Cuca, embora às vezes me irrite tanta cadência (vide os dois jogos contra o Boca, por exemplo). Penso que é um trabalho que poderia ganhar mais ritmo ofensivo, mas confesso não saber avaliar quanto o desgaste físico contribui para que isso não aconteça e justifique a cadência excessiva do time. 

Fato é que Cuca tem a seu favor, em relação a Sampaoli, a experiência de conhecer bem o Brasileirão e saber o quanto é difícil esse enduro. Sabe também que precisa fazer mais do que o Galo de Sampaoli. Tomara que o time mantenha a regularidade que mostra até aqui nessa competição, mas que seja eficiente o suficiente para chegar em primeiro lugar. Não é tarefa fácil, porque o nível dos adversários dá mostras de ser melhor do que no ano passado. A ver e torcer.

O campo de amanhã

Amanhã o Galo volta a jogar pela Copa do Brasil, e me preocupa o fato de o time não poder jogar contra o Bahia no estádio do clube em Salvador. A partida será em Feira de Santana, porque o Bahia foi punido pelo STJD com a perda do mando de um jogo por problemas ocorridos na disputa da Copa do Nordeste.

Por mais que o estádio em Salvador seja o local onde o Bahia está acostumado a jogar, penso que a mudança para Feira é ruim para o Galo por causa da condição supostamente pior do gramado, em comparação com o estádio da capital baiana. Digo suposta porque não sei da condição do gramado e do estádio de Feira de Santana, sendo que quase sempre esses estádios do interior têm campos castigados e acanhados. 

Toda atenção é pouca, mesmo com a vantagem de dois gols aberta no jogo de ida. Não dá para vacilar amanhã. Vai, Galo!

21 thoughts to “Galo de Cuca ou Galo de Sampaoli?”

  1. Boa tarde a todos!
    Putz, Galo do Sampaoli ou Galo do Cuca?Particularmente preferia o ataque do Sampaoli no sentido das movimentações, pressão na saída de bola, criação das jogadas, do que o ataque mais acanhado do Cuca, porém do outro lado do campo, o time do Cuca passa mais confiança na defesa. O ideal seria um misto dos dois. Defesa mais forte do Cuca e ataque avassalador do Sampaoli. Ataque que está muito reforçado pelo incrível Hulk.
    Como não é possível ter isso no Galo neste momento, vou optar pelo time do Cuca que está a frente hoje, mesmo eu achando que ele não é o técnico ideal para o Galo.

  2. Bom dia, Eduardo, Peixoto e Massa!
    A estatística até ajuda a termos comparações como as que foram feitas. Entretanto, tem duas verdades que precisam ser exaltadas:
    1) Uma boa defesa é o começo de um bom time!
    2) O Cuca está com fome de título!
    O Pardaoli só pensava nele! Ele saiu bem, voltou para a Europa, A massa ficou chupando dedo!
    Não tenho saudade nenhuma dele! Passei muita raiva com aquele toque de bola pra trás!
    Acho que o Galo está no caminho certo! Está crescendo durante as competições! E olha que são três ao mesmo tempo!
    Vamos beliscar alguma coisa em 2021!
    Vamos pra cima deles GALOOOO!

  3. Bom dia , faltou analisar o mais importante , o custo benefício . Sampaoli e sua comissão , custo em torno de 3 milhões por mês . Cuca e sua comissão , custo em torno de 1 milhão por mês . Fonte : Jorge Nicola .

  4. Vimos o Sampaoli num todo e sinceramnte logo no início do 2º turno deu para perceber que o time não chegaria. Melhor ataque e a defesa quase a mais vazada.
    1º Criava muitas jogadas, mas não tinha o “homem gol”. Sasha “era” esse cara. Keno salvou enquanto deu com gols e assitências.
    2º – Tomava gols até da vovozinha, principalmente em contra-ataques.
    Para competição de pontos corridos até uma criança sabe que a defesa tem que ser osso duro de roer. Hoje vc analisa com cautela realmente foi identificdo essas carências. o Nosso 10 era Nathan que foi um foguete molhado e o 9 era Sasha.

  5. Bom dia,

    Quanto a comparação com 2020, temos hoje 31 pontos contra 32 de 2020, primeiro turno, ainda faltando 5 jogos e se mantido o ritmo podemos até bater o recorde de pontos de 20212 com 46 pontos. Defesa com om média de 0,55 gols por jogo no ano.
    Com a chegada de Nathan Silva nossa defesa ficou estável e até o futebol do Alonso voltou a ser o de antes.
    Gostaria de comentar sobre a venda do Marrony, mesmo sabendo da necessidade de grana no bolso que o Galo está necessitando, julgo uma pechincha, haja visto que o Internacional acaba de recusar 60 milhões pelo jogador Yuri Alberto que não tem mais futebol do que o Marrony, e um parcelamento misterioso que não explica como fica em caso dele não jogar os tais de 50% dos jogos.
    A única explicação é do treinador julgar que ele não fará falta, afinal a forma de jogo hoje está sem ele e o Keno, e com a volta do Keno ele fará menos falta ainda.
    Espero que o DM não comece a tirar nosso time de campo e assim enfraquecê-lo.
    O mês de Agosto continua com a maratona quase completa, podendo ser completada com a classificação as quartas da libertadores, vamos torcer para a vitória de amanhã e que venha um jogo por vez e as vitórias junto.
    Boa terça feira a todos!

  6. Bom dia Paulo Peixoto e demais atleticanos de plantão! Acho o tema de hoje uma discussão desnecessária e completamente fora de hora. Respeito qualquer opinião, mas neste caso sou 100% Cuca, em detrimento ao Ex ditador e irresponsável, Dom Sampa. Este ano, até hoje e até que provem o contrário, os números dizem por si só. A hora agora é de apoiar e não de ficar influenciando o torcedor, que muitos vezes se deixa levar pelos formadores de opinião. Quero o galo jogando feio, ganhando apertado e batendo campeão. Vamos pensar prá frente e olhar para o futuro. É Cuca neles galooooooo!!!!

  7. Bom dia!

    Acho essa comparação um pouco difícil de fazer, porque são situações diferentes, como foi abordado no texto. A maratona de jogos era completamente diferente dessa de hoje, sendo que atualmente são três competições importantes acontecendo simultaneamente. Por outro lado, o time de Cuca recebeu três reforços importantes, sendo dois deles do Hulk e do Nacho. Imagina aquele time que finalizou 31 vezes contra o Botafogo com esses dois?

    Então, não vejo forma de comparar um com o outro. Vejo muitos méritos do Sampaoli, a começar pelo fato de ele ser insaciável na busca por reforços, colocando a diretoria para se movimentar. Não fosse ele, como estaria o time hoje? Mas a forma como ele conduziu o grupo parece não ter sido a melhor, visto que no decorrer do campeonato o time começou a pouco produzir. Com destaque para a festa do gerente, onde na minha opinião foi onde ele perdeu o grupo, fora os episódios de pouca ou nenhuma acessibilidade dentro do clube. Outro fator que me incomodou bastante foi a insistência e pouca flexibilidade dele em relação a certos jogadores e formas de jogar.

    Já com o Cuca, vejo um time de muitos resultados positivos, um time mais seguro, mas muito burocrático muitas vezes, o que dificulta alguns jogos, como foram os dois contra o Boca. Dizem que o futebol às vezes é mentiroso, mas fica difícil argumentar com os números que ele vem conseguindo. 10 jogos invictos, em três competições importantes, sendo aí 8 vitórias, 7 seguidas pelo BR. As mesmas 7 seguidas que se igualaram ao recorde de 2012, justamente com ele.

    O que incomoda aqui não é a torcida dos corneteiros, porque cornetar faz parte. Mas tem uma turma que não corneta, mas só critica e torce contra. Quando o time do Sampaoli ganhava, era porque “usou os jogadores na posição que eles deveriam jogar”, “não fez nada que não deveria ser feito”, “que colocou zagueiro pra jogar de zagueiro…” Quando o time do Cuca ganha usa os mesmos termos ou então foi sorte dele e da fé dele. Contra o Flamengo, se não me engano, ele escalou um time diferente, com três zagueiros e o Nathan Silva estreando, na fogueira. Ganhou, passou ileso das críticas, se tivesse perdido, era um inventor. Sobre os jogadores, torcem para que dê errado, que o cara erre só porque a maioria o considera acima da média.

    Eu concordo com as críticas muitas vezes, mas saber reconhecer os méritos é uma virtude. Se tudo está ruim, entra técnico, sai técnico, pode ser que esteja faltando um pouco de boa vontade na avaliação.

    O time está passando por uma fase espetacular, o que me dá muita confiança de que esse ano seremos campeões.

  8. Vai uma sugestão para a reserva do Hulk. Moro no Chile e tenho acompanhado jogos do Union de Concepcion na 2a. chileno. Tem um jogador interessante: 28 anos de nome Lionel Altamirano. No histórico 104 jogos e 62 goals. Não é nenhuma Brastemp mas acho que pode ser um bom substituto para o Hulk . Procurem no Youtube que tem um video de uns 10 minutos com os goals, jogadas em participou. Vale uma avaliação pelo custo-beneficio. A aquisição não deve custar muito. Fica a sugestão.

  9. Bom dia xará, Paulo Peixoto e amigalos!
    Concordo com a opinião do amigalo JBHGALO de que o time ideal seria o ataque de Sampaoli com a Defesa de Cuca. Uma equipe SampaCuca seria o sonho de todos nós atleticanos. Como isso é impossível então vamos nos conformar com a equipe para enfrentar o Bahia. Deve ter a volta de Rever no lugar de Nathan Silva. No meio eu escalaria Nathan no lugar de Zaracho. No ataque eu iria de Vargas, Hulk e Savarino. Jogar com três zagueiros lá porque ganhou a primeira de 2 x 0 seria muito arriscado. A cornetagem do dia fica por conta de Keno e Jair. Keno só volta em 2022?? Jair vai parar de se contundir quando???

  10. A comparação com aquele blefe, farsante , não faz sentido. As primeiras rodadas , até, mais ou menos, a décima quarta, decima quinta, o time do argentino foi muito bem , até o enganador começar a aprontar , a escalar errado, a substituir errado, a inventar. Blindado e com total autonomia da silenciosa diretoria omissa, vide o caso da festa sem nenhuma punição , concedendo carta branca pra sampaoli fazer todo tipo de lambança , que é sua caracteristica nos times por onde passa , deixou escapar entre os dedos o campeonato que desenhava pra nós. Pode se questionar cuca e eu questiono toda hora , porém, não se compara , cuca se importa de perder , mexe no time, acerta, erra , escuta a torcida, a voz que vem das ruas. . Não entrega nada de mão beijada como o enganador fazia, jogo após jogo. O momento atual do galo é muito bom, mesmo o time não dando espetaculo, a torcida sente firmeza na busca por bons resultados , estamos pontuando em todas as tres frentes , é o que interessa. Nacho precisa jogar , caiu muito de produção ,é o diferencial do time, junto com Hulk , Keno precisa voltar urgentemente.

  11. Quem é o atual treinador do GALÃO?
    Qual a necessidade de falar do passado?
    Quem vive de passado é museu e a turma das vaidosas simpatizantes!
    No futebol cabe muito bem uma máxima do meio jornalístico: “Nada mais antigo que jornal de ontem”! Simples assim!!!!

  12. Bom día Avila. Bom día Ernest. Keno, Vargas e Natan um trío que custou caro e nao está jogando nada. Se, esses tres começarem a jogar bola, o Galo terá excelentes opcoes. Mudando de assunto: como o América dificulta negociacoes com o Galo nao é. Eles nao colocaram maiores dificuldades em liberar o Messias para o Ceara. Comportamento totalmente diferente tiveram em relacao a liberacao do Ademir para o Galo.

    1. Domingos Sávio,

      Penso que a queda do futebol do Keno tem a ver com o Cuca que quer o cara mais como secretário de lateral do que como ponteiro agudo e atacante.

      Basta ao Cuca liberar o Keno para atacar e desobrigá-lo de voltar tanto para marcar que o futebol do Keno voltará a brilhar.

      Para tanto Cuca deveria colocar os laterais para jogar mais como laterais e menos como alas.

      Ou seja, deveria segurar mais os laterais e soltar mais os pontas, Savarino e Keno, que estão, ambos, com o freio de mão puxado.

      Se o Cuca fizesse isso penso que o time jogaria o futebol mais vistoso e menos pífio, como você sempre corneta o treinador.

  13. Bom dia Massa, Peixoto e Guru,

    Excelente o assunto o de hoje Peixoto! Dia destes comentei aqui que o time ideal seria uma mistura: o ataque do Sampaoli e a defesa de Cuca. Se o time de Sampoli enchia nossos olhos pela maneira agressiva que jogava pressionando o adversário o tempo todo, o Galo de Cuca gera menos aflição e sobressaltos nos contra-ataques dos adversários.
    Ainda comparando, se Cuca tem um elenco mais qualificado, Sampaoli só teve o Brasileirão a disputar. Se Cuca teve o empatou com o Chapecoense como mal resultado, Sampaoli perdeu para o Bostafogo, time ridículo e que caiu para a série B.
    Mas o que Sampaoli e Cuca tem em comum? Ambos são constantemente chamados de Prof. Pardal, Mágico de Oz e outros apelidos pelas suas invencionices. Será que nós torcedores estamos mesmo com a razão?
    No fim, o que vai interessar é o resultado que virá no final da temporada, e meu maior sonho é, estar postando aqui, que Cuca é muito melhor que Sampaoli.

  14. bom dia Eduardo e massa e paulo Peixoto. para mim cuca pardal e sampaoli pardal são iguais. sampaoli jogava para frente e deixava a zaga em apuros e cuca é retranqueiro e não gosta de atacar e preserva mas a zaga. aliás são tantos parecidos que não tiram seus afilhados no time. mudar de assunto o keno bichado marrony e jair canelas de vidros vai voltar jogar quando? eita DM demorado. aliás outro canela de vidro voltou para o Dm zaracho. aff. ja disse aqui 500 vezes a diretoria não trouxe reforços principalmente para reservas de Hulk e nacho Fernandes está esperando perder os títulos para se reforçarem acorda. aff.a galo nos deixa sonhar. vai galooo.

    1. Bom dia!
      Concordo plenamente com você, blá-blá-blá puro e desnecessário. Até parece falta de assunto!
      GALÃO indo muito bem nas 3 competições que disputa e perder tempo com esse tipo de comparação, pra que??????

  15. Bom dia, Peixoto e Canto do Galo!!!

    Interessante o texto de hoje, Peixoto, pela dúvida que não se resolve facilmente.

    Galo de Sampaoli ou Galo de Cuca?

    Acrescento ao questionamento outra indagação para complicar um pouco mais:

    Será que o Atlético de Cuca sofre de HulkDependência?

    Entendo que sim, mesmo que no jogo de domingo contra o Furacão o Hulk não tenha jogado e o Galo vencido.

    É bom que se diga que todos os times que têm um craque a dependência dele existe, obviamente.

    Foi assim com todos os times em todos os tempos da história do futebol.

    As Seleções Brasileiras de 1958 a 1970 eram PeléDependentes, assim como o foi Santos de Pelé…

    Os times por onde Maradona passou sempre foram MaradonaDependentes…

    O Barcelona continua MessiDependente…

    O Atlético de Ronaldinho Gaúcho era BruxoDependente…

    E o Galo atual está HulkDependente, como o Flamengo é GabigolDependente…

    A diferença é que o Flamengo tem Pedro que quando chamado responde a contento e o time não sente tanto as ausências de Gabigol.

    Já o Galo não tem quem substitua o Hulk e aí é que mora o perigo.

    Mas há um porém…

    Vargas, desde que chegou ao Galo, muito pouco fez para cair nas graças da Torcida.

    Desde que chegou as atuações do cara deixaram a desejar, seja porque chegou acima do peso, seja porque contraiu Covid por duas vezes, seja ainda pelo comportamento pouco profissional de frequentar noitadas e baladas que acabaram, tudo somado, afastando Vargas de seu melhor futebol.

    Só que depois que voltou da Copa América, Vargas parece ter tido um momento de autorreflexão que estaria empurrando o cara a focar a condição de atleta, como faz o Hulk, com vistas a alongar a carreira.

    Vargas está mais magro por dieta de atleta adotada, sem refrigerantes e cervejas, além de buscar treinar com muito mais afinco como exige uma carreira com alta performance no futebol.

    Se o Vargas realmente estiver com foco em prolongar a carreira tem tudo para recomeçar a brilhar, eis que possuidor de boa técnica e habilidade, tem futebol ainda para jogar em alto nível.

    Se isso acontecer, teremos a opção certa para substituir o Hulk, diminuindo um pouco a HulkDependência que ainda se manterá, obviamente.

    Até diria mais, que há espaço para Cuca, numa boa dor de cabeça, tentar montar o time com Hulk, Vargas e Nacho como titulares.

    Uma escalação que poderia ser tentada seria, num 4-3-3, a seguinte: …Allan, Nacho e Hulk; Savarino, Vargas e Keno.

    Ou Hulk, Vargas e Keno, no trio de ataque…

    Ou Savarino, Vargas e Hulk…

    O bom é que o Atlético tem opções para tentar.

    E se Vargas e Keno, e até Marrony, voltarem em grande forma, o time tem potencial para subir muito sua condição ofensiva ao ponto de acreditar em um futebol mais equilibrado, tanto em termos de bons resultados, quanto de desempenhos melhores e mais convincentes.

    Vargas foi trazido por Sampaoli e nada jogou até então.

    Se Vargas for recuperado por Cuca e o Galo terminar campeão, Cuca será o bestial.

    Se nada ganhar, porém, será um besta tanto quanto Sampaoli que saiu sem convencer.

    Seremos Campeões!!!

    Eu Acredito!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.