Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

#ForaCorneta

Foto: https://www.flickr.com/photos/clubeatleticomineiro/49544845798/ Flickr Atlético
Foto: https://www.flickr.com/photos/clubeatleticomineiro/49544845798/ Flickr Atlético
Roberto Caldeira

O tempo passa, os jogos acontecem, os vexames se acumulam. Quando a gente acha que não tem como passar uma vergonha maior, lá vem o Galo nos provar o contrário.

E segue nossa sina nos últimos 3 anos (2019, 18 e 17), mas de um time que já começava a demonstrar fraqueza em meados de 2.015. E nada muda! Aliás, muda sim, pra pior!

O que está acontecendo com o Galo, Meu Deus?

Na busca por respostas, nunca respondidas, mas quase sempre rechaçadas: Oportunista! Pessimista! Eletricista! Cornetista (rsrs)! Eu tô começando a delirar e achar que o problema todo é culpa dos torcedores que chamam de modinha, nutela, corneta e afins.

Onde já se viu isso? Querendo plantar crise no Galo? Atleticano raiz não faz isso! E por que deveria? Pouca importa ter um time competitivo e vencedor! O que importa é torcer pro Atlético! Daqui a pouco, o Atleticano raiz vai comemorar o cinquentenário do único título do Brasileirão! #ForaCorneta!

Pra que foram inventar os cornetas? Seria tão melhor um mundo onde a gente pudesse crer que o Zé Wellison, Patric e Di Santo são craques! Que pudesse crer que nosso Clube tem exímios estrategistas, que fizeram um excelente planejamento e montaram um time que dá gosto de ver!

Vai Zé Wellison! Vai Di Santo! Não se preocupem com as vaias! Vamos tirar os cornetas do Estádio e das Redes Sociais! Aí resolvemos tudo! Tudo será perfeito, no Fantástico Mundo de Bob! Viva o Atleticano raiz!

Mas eles pedem pra gente ter paciência, neh!

Isso aí! Vamos ter paciência! Mas pode me falar mais quantos anos, por favor? Alguém pode dizer?

Ohhh Ohhh Tardelli chegouuuuu! Pronto, tudo resolvido! Agora vai…

Foto: https://www.flickr.com/photos/clubeatleticomineiro/49543795416/in/album-72157713134258161/ Flickr Atlético
Foto: https://www.flickr.com/photos/clubeatleticomineiro/49543795416/in/album-72157713134258161/ Flickr Atlético

Errado é quem critica! Errado é quem aponta outros caminhos! Pra que tomar outro caminho? Deixa tudo como está! Tudo bem! Tudo com dantes no Quartel de Abrantes! Se não for sofrido “e vergonhoso” não é Galo, neh! Isso ái! Deixa o Atleticano raiz feliz e em paz!

IRONIC MODE OFF!

Enquanto a gente discute quem é mais corneta, mais apoiador, mais modinha, ou mais passador de pano, os vexames continuam! Enquanto a gente discute entre quem pede a cabeça de fulano, ou se deve apoiar siclano, tudo continua como está! Entra ano, sai ano! Entra técnico, sai técnico! Por que será?

Mas quem está discutindo o Atlético? O que vamos fazer pelo Atlético, Meu Deus?

Eu queria conseguir escrever mais? Mas o desânimo tá mais forte do que eu!

Será que conseguem entender onde está a raiz de nossos problemas?

#FechadoComAtletico

60 thoughts to “#ForaCorneta”

  1. Eu não discuto mais nada de Galo até o dia q ver jogar todos as jogos do brasileirão com profissionalismo e vontade, nem vou me preocupar com posição na tabela.

    Vivemos um eterno dejà vu e nem nos damos conta por tanta paixão. Os comentários de hoje são os mesmo de 2, 3, 4 anos atrás, só trocar o nome do venezuelano pelo uruguaio, troca nome reforço de hoje pelo de ontem, só o patric não precisa mudar.

    Infelizmente torcedor raiz é estar acostumado com tragédias, ver aproximar o cinquentenário da última conquista sem um profundo questionamento sobre a filosofia do clube: triturador de técnicos, SPA de medalhões descompromissados, terreno fértil para empresário, estágio para dirigentes e diretores, catapulta política para néscios do esporte, etc, etc…

  2. Eduardo,
    Acabo de receber no WhatsApp um vídeo onde o senhor Emanuel Carneiro menciona o Canto do Galo em seu programa na radiA. E diz costumar ler suas crônicas e opinião dos comentaristas.
    Tenho a certeza de que não é o único da imprensa mineira que frequenta esse espaço para saber o que pensa o senhor e seus leitores. Esse é sem duvidas o MELHOR Blog Atleticano que existe.
    À você, querido Duduco, que persiste apesar das adversidades, hoje e sempre os meus APLAUSOS!

  3. Ao Paulo Silva,
    Vindo de alguém por quem nutro tamanha admiração, é com encantamento que recebo suas palavras. Muito obrigada!
    Contive-me nos comentários pois sei que sugadores de energia costumam escolher um só alvo. Fechei a porta.
    Ainda venho aqui porque há pessoas iguais ao senhor com capacidade reflexiva e de discernimento. Gosto de apender, com quem pode e sabe ensinar.
    Um abraço.

    Ao Alex, deixa de excessos, às vezes “menos é mais”.

    Ao Welington Souza,
    Não é. [risos]

    Ao Elias, irei ler…

    Ao Caldeira,
    Será um prazer. Entrarei em contato.

  4. Atleticanos e atleticanas,
    acabo de ler a notícia de que o Sport recife fez consulta pelo Patric, que dessa vez o nosso presidente não perca a chance de se livrar desse encosto que nunca foi jogador de futebol… Que ele facilite a saída dele inclusive bancando parte do salários, se for necessário, até o fim do contrato que se encerra no fim desse ano… E que ele não faça a mesma “cagada” (me desculpem o linguajar mas a notícia é boa demais!!!!) que fez ano passado ao prorrogar o contrato desse pereba por mais um ano!!!! Que suma daqui e nunca mais volte!!!!! DEZ ANOS aturando esse enganador, sempre emprestando, sempre sendo devolvido e sempre renovando (isso é o que não dá pra entender e seria de bom tom uma explicação)…
    Se depender de torcida podem ter certeza que o negócio será concretizado!!!!

  5. Boa tarde a todos,
    Qual a raiz do problema?
    Vejamos…
    O futebol há muito tempo deixou de ser acontecer apenas dentro das 4 linhas.
    Mas qual a razão disso tudo? O Futebol se tornou uma mina de ouro! Tudo que envolve futebol, eleva as cifras à estratosfera!
    Patrocínios, compra e venda de jogadores.. Quem não quer participar dessa farra?
    Empresários, sócios, cartolas, dirigentes, TVs, todos, quase que com certeza, tem garantida sua fatia.
    E os atores do espetáculo também, não nos esqueçamos…
    Mas retornemos à pergunta: Qual a raiz do problema?
    Acredito que seja CONFLITO DE INTERESSES!
    Precipuamente, o que interessa mais: O sucesso do Time em campo ou o dinheiro que o futebol GERA?
    Em tese, naturalmente, seria o sucesso do time em campo, pois entre outras coisas, agregaria mais valor à marca e consequentemente receitas advindas das mais variadas formas. (vide GALO 2013/2014).
    Mas e na prática? É evidente que é o dinheiro que GIRA com o “negócio futebol”!! (vide o queridinho da tv, com a própria tv).
    Mas afinal…
    A quem interessa vender e vender e vender?
    A quem interessa ter no time jogadores desconhecidos ou sulamericanos de times de segundo escalão ou repatriar os esquecidos em praças longínquas?
    A quem interessa fazer contratos longos mesmo sabendo dos riscos, das ações trabalhista advindas das nevitáveis rescisões?
    A quem interessa se perpetuar à frente do Clube? Ou nos bastidores?
    A quem interessa que a oposição seja silenciada?
    A quem interessa a reforma do Estatuto?
    A quem interessa transformar o Clube em empresa?
    A quem interessa jogar no “Independência” ou no Mineirão?
    E agora as polêmicas:
    A quem interessa a construção do estádio?
    A quem interessa vender o restante do Shopping?
    Tudo isso interessa realmente a quem?
    Algumas coisas interessam sim ao TORCEDOR, mas o TORCEDOR só tem um único e legítimo “direito”: TORCER!
    Há quem diga que muitos de nós só sabe reclamar sem sugerir nenhuma idéia?
    Idéias são muitas.. E aliás todos nós já apresentamos diversas aqui neste espaço, mas a pergunta deveria ser: Quem tem condições de executar essas idéias?
    E deixo aqui um questionamento aos nobres colegas:
    Algum Ilustre Conselheiro já abriu algum canal junto aos torcedores pra ouvi-los? Saber de seus anseios? De suas sugestões?
    Saudações.

  6. boa tarde Eduardo e massa e Roberto Caldeira. querias eu não ser corneta,mas erros gravíssimos vem acontecendo desde 2015 e tenho que continuar a cornetar. então o 7 câmera está se saindo o pior presidente da história do galo são 2 anos e 2 meses de amadorismo e incompetência. afundando o galo na lamba com seus incompetentes diretores. marques come e dorme. GALLO estagiário e para afundar o resto trouxe o Rui bosta e suas tropas de refugos e peladeiros. um dia a conta chega e quando chegar vai fazer igual as Marias caloteiras e para falência. eu fico espantado é com as torcidas organizadas simplismente bate palmas para está diretoria amadora e se venderam por pouco. uma diretoria que teve a lata de contratar bolt tartaruga a ganhar 100 mil euros. renovar os contratos de pastor pipoqueiro. patrick. Elias andou a mamar no galo 3 anos. uns refugos gringos. e para piorar trouxe o burro e teimoso dudamerda. estamos fritos e lixados. não tem como não deixar de cornetar. vá galooo.

  7. Essa “torcida” que comparece nos jogos do Galo pra mim é comprada, só pode ser. Não acredito que alguém de livre e espontanea vontade vai pagar para ver esse “time” que está aí.

  8. 1 – Por que Ricardo Oliveira ainda continua no Galo? Por que Di Santo ainda continua? Zé welisson? Patrick?? Tem muitos jogadores que não tem condições de estar no Galo, a torcida inteira sabe disso, parece que só a Diretoria que não, melhor deixar a base jogar. Façam as rescisões e terão o apoio da torcida. Não pode ter medo de fazer as mudanças necessárias.
    2 – Alo Dudamel, o que passa contigo? Parece perdido. Sem rumo. Não conhece os jogadores, mas tem um mês e meio de trabalho, um mínimo de padrão tático já era esperado. Por que alguém do clube não o auxilia? É impossível ver Di Santo/pastor no time. É impossível ver zé welisson. Patrick, até logo.
    Vejam só o que este time poderia fazer na quinta: MICHAEL, MAILTON, RABELO, GABRIEL E ARANA, JAIR, GUILHERME CASTILHO, NATHAN; OTERO, BORRERO E FELIPE.
    OLHA AÍ, É MUITO DIFÍCIL??????

  9. Boa tarde a todos!
    Corneto demais e apoio mais ainda.
    Menos que 4×0 nesta quinta eu nem comemoro!
    Time para a virada: Michael, Guga, Rabello, Gabriel, Arana, Jair, Natan, Hyoram, Marquinhos, Dylan e Felipe. Não acho outra escalação melhor para o momento.

  10. Bom dia Eduardo, Roberto e Atleticanos! caro roberto a resposta para sua pergunta é facil os problemas do Atlético estão na atual diretoria e no Estatuto arcaico que permite a concentração de uma monte de bananas podres no Conselho Deliberativo do Clube.
    Quanto ao time, quinta tem mais: o que virá?
    Vexames e a já esperada eliminação precoce ou um milagre para brindar a incompetência, a caduquice e a burrice da atual diretoria.
    Prezados, não adianta: ou o Atlético se livra dessa diretoria e conselho deliberativo, ou vai continuar com essa sina de fracassos e vexames, infelizmente.
    Se um raio não cai no mesmo lugar mais de uma vez, o mesmo pode ser dizer: se em dois anos uma gestão não deu resultado, não será no terceiro ano que dará. Saudações Atleticanas

  11. O NOSSO GALO DOIDO ERROU , MAS A PUNIÇÃO FOI DESPROPORCIONAL E EXAGERADA.
    UM PEDIDO DE DESCULPAS SERIA O O MAIS APROPRIADO PARA O CASO.
    MAS , O DESASTRADO , SETTE CÂMARA QUERENDO APARECER DEMITIU O COITADO.
    O GALO DOIDO É A ALEGRIA DA MASSA COM A SUA BANDEIRA DESFRALDADA.
    O FUTEBOL ESTÁ FICANDO MUITO CHATO E ELITIZADO.
    FIZERAM A LOUCURA DE PROIBIR AS BANDEIRAS NOS ESTÁDIOS , QUE FAZIAM A BELEZA DAS ARQUIBANCADAS.
    QUEM NÃO SE LEMBRA DO “”MAR DE BANDEIRAS”” QUE ERA O MINEIRÃO??
    TODOS DEVEMOS RESPEITAR AO PRÓXIMO , MAS ESSE TAL DE POLITICAMENTE CORRETO É OUTRO EXAGERO.
    E O CARNAVAL , COMO FICA??
    NO FAUSTÃO E OUTROS PROGRAMAS DE TV , O QUE SE VÊ SÃO MULHERES PELADAS , REBOLANDO COM A BUNDA E OS PEITOS DE FORA , MAS NINGUÉM FALA NADA.
    PORQUÊ NA TV , PODE ??
    BOM , O MELHOR É DAR ESSE ASSUNTO POR ENCERRADO , POIS ESTÃO MANCHANDO MUITO A IMAGEM DO NOSSO GALO POR AÍ.

    E VOLTA GALO DOIDO.
    E VOLTAM AS BANDEIRAS.
    FAZEM A ALEGRIA DA MASSA.

  12. Prezado Caldeira.
    Permita-me uma pequena reflexão sobre seu questionamento: a raiz do problema está em nós que ainda acreditamos que o futebol é feito pelos e para os torcedores. Está em nós que ainda pensamos que um amontoado de pernas de pau entram em campo para defender nossas cores, nossa história. Essa história de que o time é da torcida já era. O time é dos donos, sejam eles os empresários que aqui desovam seus entulhos, sejam eles os ditos investidores que utilizam o clube para auferir lucros em contratações e rescisões de jogadores, ou ainda, dos ditos conselheiros que se apoderaram do clube por caminhos garantidos em estatuto e que só podem ser alterados por… advinha? Por eles mesmos!!!! Então, caríssimo escriba, nós, torcedores, hoje somos apenas um componente da equação de renda do clube. Contribuímos comprando produtos oficiais, pagando ingressos ou o programa se “sócio torcedor” que não te torna sócio de nada. Na minha humilde opinião, enquanto assim nos comportarmos, nada, absolutamente nada mudará. Poderemos até ter algum vislumbre de melhora em uma ou outra gestão, mas mudança de postura de um clube que existe por sua torcida… esqueçam. Torcer por um time que lute, que se entregue em campo que literalmente defenda suas cores e que nem sempre seja vitorioso é algo possível, porque nos sentiríamos representados por aqueles 11 dentro de campo, que mesmo na derrota mostraram ao mundo quem somos nós. Neste contexto, os títulos ficariam quase que em segundo plano. Mas querer que sejamos torcedores de um time que não ganha nada e ainda ridiculariza seus torcedores, é pedir demais. Então, Sr. Caldeira, a raiz do problema está aí: somos torcedores de um futebol que não existe mais.

  13. Bom dia Eduardo, atleticanas e atleticanos envergonhados com esse time e sua diretoria.
    Bom dia, Roberto Caldeira.
    A torcida do Galo está desnorteada. perdida, dividida. Também pudera, sendo completamente ignorada por profissionais e dirigentes do clube, não lhe resta alternativa a não ser virar-se contra si mesma.
    É aquela máxima que tenho repetido aqui há tempos: “Em casa onde não tem pão, todo mundo manda e ninguém tem razão”.
    O Galo é o pão do atleticano. Como mataram o Galo, a torcida está faminta e num grupo faminto a autofagia é recurso de sobrevivência.
    Torcedor criticando técnicos, jogadores e dirigentes tem de montão, porém, quem lhes dá ouvidos?
    Criticar e zombar do rival é chover no molhado, não tem repercussão. Então, resta matarmos uns aos outros para disfarçar nossas frustrações.
    Não cura nem resolve nada mas, alivia a dor.
    Veja o caso da Lucy. Peço permissão a ela para chamá-la de Lucy, a lúcida.
    Bons comentários que retratavam bem a infelicidade atleticana, aliados a um engajamento sócio-político que só merecem elogios e ressaltam a sua lucidez.
    Todavia, sofreu tantas críticas de alguns iluminados de lamparina que se recolheu. Sentiu-se certamente tolhida no seu direito de expressão.
    Assim tem acontecido com outros AmiGalos que enriqueciam este blog. São tantos os que se afastaram que já não dá para contar.
    E os iluminados de lamparina ficam aqui destilando a sua frustração e envenenando o ambiente.
    Não vai demorar muito para que a massa atleticana se veja resumida àquele bando de torcedores remunerados, que se julgam donos da razão e do direito quando se trata de CAM.
    Aqueles mesmos que vão ao aeroporto “buscar” qualquer merda contratada por essa diretoria medíocre.
    São remunerados para aplaudir e cumprir ordens. E não se turbam em ver o Galo se afogando em desmandos e servindo apenas para a locupletação de alguns.
    A realidade nos atinge em cheio e sem clemência. Estamos fadados ao desaparecimento, sucumbidos por nós mesmos.
    Uma boa terça-feira para todos os AmiGalos, inclusive os iluminados, e hoje tem Champions League. Uma maneira para nós adversa de ver futebol.

    1. Paulo, parabéns por tanta LUCYdez ao falar dessa mulher também conhecida como Lucy. Realmente aí está uma mulher engajada e inteligente,acima de seu tempo.Ela possui um feeling para o futebol q intimida muitos aqui nesse blog, principalmente alguns representantes mariescos escondidos por trás de apelidos. Conheço bem a Lucy,e sei q sua essência é de bondade e inteligência acima da média, causam inveja ,por isso os ataques. Ela é uma mulher com M maiúsculo, feminina sem ser FEMINISTA, não é mulher de mimimi. Uma torcedora raíz, frequentadora de arquibancadas, no meio do povão.Eu também ando meio desanimado com o blog por causa da turma azul calcinha disfarçada,mas na vdd , tenho pena dos acusadores da Lucy, eles não sabem aonde estão se metendo. Essa mulher derruba qualquer um na classe ,com a categoria ímpar nas palavras q ela possui.Por mais Lucys nos blogs esportivos, meu voto é sim, viva as mulheres q amam meu Clube Atlético Mineiro. Forte abraço e parabéns pelas palavras meu caro Paulo. Vc me representou!

  14. Vejam bem a política de austeridade do CAM (ou seria a política dos esquemas?):

    – Fred e Robinho custaram apenas em salário 53 milhões de reais, valor amplamente divulgado pela imprensa no final de 2018. Só pesquisar na internet https://globoesporte.globo.com/futebol/times/atletico-mg/noticia/presidente-do-atletico-mg-revela-valor-milionario-gasto-com-fred-e-robinho.ghtml

    – Atacante Cleyton, veio do Figueirene em 2016, contratado por 13,5 milhões de reais. Salário 190 mil por mês, 5 anos de contrato. Custo total: 25 milhões de reais. Valeu o investimento?

    – Maicon Bolt, veio sem custos, ano passado, salário de 100 mil euros por mês, 3 anos de contrato. Custo total: cerca de 17 milhões de reais. Valeu o investimento?

    – Ricardo Oliveira, veio sem custos, salário de 450 mil, 3 anos de contrato. Custo total: cerca de 16 milhões de reais. Valeu o investimento?

    – Elias, veio do Sporting, contratado por 8,4 milhões de reais (mais o jovem Marco Túlio). Salário 450 mil por mês, 3 anos de contrato. Custo total: cerca de 25 milhões de reais. Valeu o investimento?

    – Lucas Hernandez custou 12 milhões de reais. Não se sabe ao certo o salário.
    – Ramon Martinez custou 8 milhões de reais, não se sabe ao certo o salário.
    – Franco di Santo, não foi divulgado informações sobre ele. Mesmo de graça não vale a pena, é péssimo.
    – Edinho, Davi Terans, Denílson, Hyuri, Zé Welison, todos eles vieram com contrato de 5 anos. Quanto custarão aos cofres alvinegros? Pode colocar dezenas de milhões de reais aí na conta.

    Esses valores foram levantados apenas pelas informações divulgadas na imprensa. Certamente existe muito mais coisa por trás, que nunca saberemos.

    Resumo da ópera: temos um clube altamente endividado e ao mesmo tempo com dirigentes perdulários, que fazem péssimas negociações, em grande parte lesivas aos cofres. Aqui mandam os empresários e parceiros. Estes sim estão ricos às custas do CAM.
    Essa realidade vai mudar??

      1. Roberto Caldeira, boa tarde.
        Acho seus textos bem redigidos e com ótimo propósito.
        No entanto, quero te perguntar algumas coisas. Seja sincero:
        – Você tem noção que os caras que comandam o CAM são verdadeiros tubarões e nós (torcida) não passamos de sardinhas nesse oceano?
        – Você acha mesmo que esses caras vão largar o osso? Estão lá dentro há décadas, muitos deles vivem e se enriqueceram às custas do clube. São dirigentes, conselheiros, empresários, investidores, políticos. Só gente “graúda”.

        Ou seja, não acredito em absolutamente nenhuma mudança por parte deles. O Galo é na verdade a galinha dos ovos de ouro deles. Não vão abrir mão dos ganhos, benesses e vantagens nunca! E para ocorrer algo de fora, seria necessário um revolução nunca vista, sem precedentes. Quem vai entrar nessa briga? Quem tem peito pra enfrentar esses tubarões?
        A maioria esmagadora da torcida quer saber de bola na rede e foda-se o resto. Parte financeira, administrativa não importa. Pouquíssimo se preocupam com aqueles números citados no comentário que fiz. Se ganhar um título importante pode entregar o shopping que ninguém liga. Pode fazer negociatas, contratos suspeitos, o que o torcedor enxerga são os títulos. Já ouviu falar de povo gado? Então, a massa é na verdade uma boiada, que se satisfaz com vitórias em campo e algumas gracinhas da diretoria, nada mais.
        O que ocorreu no rival é a prova cabal disso. Enquanto estavam ganhando nada importava, era só festa. Precisou a coisa apodrecer, quase fechar as portas pra tomarem atitude.
        Enquanto o Atlético não entrar em processo de falência nada será feito, é a minha opinião.

  15. Ê Caldeira, sempre certeiro. Cornetar, TODO TORCEDOR corneta. Mas são poucos os que, com ideias viáveis, indicam o que fazer. E quase ninguém quer FAZER algo pela mudança.
    Você, Max e o professor Denílson são como oásis nesse deserto de ATITUDES que se transformou a Torcida Atleticana.

    Ao Eduardo de Ávila,
    Como o senhor tão docilmente me ensinou, continuarei ‘blasé’. Mas não posso deixar de destacar que – segundo me disse – suas observações quanto aos comentários políticos ontem referiam-se aos que citavam a Venezuela. Tem quem entendeu que foi pra mim. Acontece.

    1. Lucy, bom dia!
      Muito obrigado pelo elogio!
      Temos outros amigos que se juntaram a nós nesse árdua luta!
      Mas precisamos ainda de muito mais apoio!
      Pq não se junta a nós?

    2. Reitero, em meu entendimento o viés político mencionado e que teve meu registro, estava relacionado ao país do treinador.
      Aproveito para reiterar e até rogar por evitar alusões fora do nosso contexto.
      Tenho minhas convicções pessoais sobre esses temas, mas não as trago para este espaço Atleticano.

  16. Bom dia,

    Assunto interessante, procuro ser positivo na forma de pensar e na forma de analisar.
    Sou sincero em dizer que estou com o meu positivismo muito enfraquecido, mas, mesmo assim procuro não radicalizar com os bordões, fora fulano ou ciclano.
    Assim, procuro ser mais racional e menos emocional, então, posso dizer que existe no Galo um passivo de jogadores ruins que se instalaram no clube através de contratos longos, diretores corruptos e agentes espertalhões que se utilizaram dessa política do bom e barato, a tal austeridade, para poder infiltrar estes pernas de pau no nosso time.
    Este é o nosso problema. Inclusive quando se contrata técnicos.
    Reflexo de tudo isto, está sendo colhido em campo.
    Elenco pobre de bons jogadores, técnico limitadíssimo.
    Existe sinais que são dados pelo mercado, é só o Atleticano ficar atento, um clube como o Atlético-MG, melhor CT e estrutura do país, como pode vários técnicos recusarem trabalhar aqui.
    Outra forma de ver o momento atual, é ter o discernimento de olhar para o passado recente e ler um pouco sobre o Atlético.
    Vejamos a manchete de hoje, Galo vai a FIFA pagar dívida da compra de Maicosuel e Douglas Santos (2013 e 2014), será utilizado 13 milhões da venda do Clayton.
    Dois anos de mandato do presidente e só em 2020 ele começa a receber os direitos das transmissão de TV.
    Ou seja, torcedor quer título, então os dirigentes “políticos” fazem tudo para dar estes títulos e FDS a instituição, nosso rival quem diga.
    Imaginem se o Kalil fosse presidente vitalício do Galo, estaria hoje pelo menos com mais uns dois títulos no bolso, e preparando outro CNPJ e outro nome para o Atlético-MG, amarrado e juntos rumo ao fundo do poço com nosso rival.
    A falha da administração do Galo está em eleger um presidente que está fazendo estágio de futebol para num segundo mandato poder dizer que conheci um pouquinho, mas, talvez naquele momento o clube necessitasse realmente era de um excelente advogado e gestor financeiro para não deixar a vaca ir para o brejo, mas, a torcida quer título.
    E ele na sua falta de conhecimento fez péssimas escolhas que comprometeram seu mandato e agora ficou desacreditado e a mudança de rumo está difícil pelos erros anteriores.
    PS. Concordo com o comentário do Maurício com relação ao fato relacionado com a jogadora, e acrescento que estamos vivendo um país de extremos (o politicamente correto) e o clima está pesado com relação a tudo, o mascote pisou na bola porque deveria ter feito a mesma coisa com o Tardelli (RSRS) para agradar ou desagradar (sei não), outro lado dos gays e as meninas também, não é Lucy.
    Talvez assim teria cortado a possibilidade de tanto blá, blá, blá.

  17. Se eu ainda tivesse ânimo… iria comentar mais por aqui!
    Se eu ainda acreditasse…. iria propor soluções!
    Se a torcida tivesse crédito com a diretoria…. iria à sede protestar!
    Se tivéssemos um técnico de verdade…. Patric, Zé Wellison e Di Santo não seriam titulares!

    Como percebo que esse canal a cada dia se torna mais um local de desabafo, deixo aqui expressa minha tristeza, pois a mediocridade que invadiu o Galo não nos permite sequer aproveitar o feliz momento de zoar o rival em sua maior crise, pois conseguimos igualar pelo menos dentro de campo um time falido e mau gerido.

    Saudações Atleticanas.

  18. Sr. DUDAMEL, o Zé Welisson vestindo a gloriosa camisa do nosso CAM, nos rouba a alegria e o prazer de ver um jogo do nosso time do coração… portanto se o Sr. não gostou das vaias que foram dirigidas a ele, faça-nos um grande favor, não escale mais essa porcaria de jogador que ninguém mais aguenta ver dentro de campo com a nossa camisa… a torcida do GALO não têm nada contra a pessoa dele mas sim contra o péssimo futebol desse brucutu de terceira categoria… e pra finalizar Sr. DUDAMEL, caso queira ir contra a torcida e defender esse pereba, fique a vontade mas depois não venha reclamar se for chamado de BURRO!!!!!

    OBS.: tenho certeza absoluta que todos os torcedores que aqui vêm para deixar seus comentários etc… gostariam muito mais de elogiar do que cornetar… gostariam muito mais de dizer o quanto estão felizes com o time dentro de campo jogando bem e vencendo os jogos… gostariam muito mais de dizer o quanto estão entusiasmados e esperançosos de ver o time sair da fila no brasileirão… essas são as verdades que infelizmente estão longe de nós, portanto, cornetar é preciso como também é um direito nosso, fato!!!!!

    #renovagalo

  19. Olá amigos da bola!

    Maior problema do Galo, é a própria torcida! Pelo menos maioria. Alienada, fantoche, passiva, do apoio incondicional. Meu Deus!…. Quanta……………….

    Falta de visão.

    Esses torcedores não enxergam um palmo diante do nariz. Fazem muito mal ao clube.

    E ainda tem os corrompidos, aqueles que se vendem. Não são torcedores, são anarquistas, foliões remunerados. Para esses, tudo é festa.

    Olha, a coisa é séria! Destroem o Galo com total apoio incondicional de grande parte da torcida. Que pena.

  20. Respondendo ao Caldeira e demais Atleticanos,

    A raiz do problema já está sendo resolvida e, em mais ou menos dois anos será eliminada definitivamente, assim espero:

    Ou seja, a CONSTRUÇÃO DA CASA DO GALO.

    À Lucy, sumi não, de quando em vez, eu volto aqui.
    Realmente, não foi pedido à qualquer jogador, do time masculino, que dessem “uma voltinha”. Mas veja bem, imagine também se ao invés do Tardelli, tivessem pedido pra alguma das atletas, balançar o bandeirão, naquela apresentação. Qual seria a crítica da imprensa, machista ou feminista?

    Um abraço.

    1. Sou um pouco empirista, confesso que já tentei balançar um bandeirão e não consegui, muito pesada. Como as atletas tem um preparo físico diferente talvez ela conseguisse com facilidade.
      Não entendo de “dismorfia sexual”, não discuto. Oque a imprensa diria sobre, não me importai. Não sou sugestionável.
      Devo dizer que sou também contra sugestão que o Blogueiro já deu aqui por duas vezes, de que o GNV – tal qual o do Santos – para mulheres seja metade do valor.
      Não quero privilégios, quero tratamento igual, quero respeito.
      Bom te ver por aqui. Cadê os poemas?
      Um abraço.

  21. Salve massa!

    Caro Guru. Sabedor da repercussão das postagens aqui deste espaço, gostaria de levantar um assunto para chegar à diretoria. A repercussão de ontem da infeliz brincadeira feita pelo Mascote.
    O Mundo mudou. Coisas que antigamente eram tidas como comentários banais e brincadeiras, viraram alvo dos politicamente corretos. Costinha, os Trapalhões e outros comediantes no dia de hoje seriam severamente taxados de homofóbicos, apesar das bundas da Anita Pablo Vitar e Ludmilla desfilarem todos os dias diante de nossos olhos sem que haja manifestação de que esta atitude é uma alusão à futilidade feminina.
    A brincadeira do mascote foi infeliz e realmente merecia um puxão de orelhas e um manifesto da diretoria pedindo desculpas, mas com medo da repercussão, principalmente dos hipócritas da Globo, acabou por afastá-lo.
    Ontem no web rádio galo, o pessoal citou uma coisa que foi desconsiderada. Porque assim como a atitude infeliz do mascote não foi ou não é divulgado o trabalho social do clube usando justamente a figura do mascote, ao visitar hospitais, asilos, creches e escolas levando alegria às crianças, pessoas de idade e doentes?
    O mascote errou? Sim e merecia ser chamado a atenção e vir publicamente pedir desculpas através do setor de comunicação do clube. Mas ao mesmo tempo que o pedido de desculpas, o clube deveria divulgar as ações sociais usando a figura e participação do mascote, justamente para que as pessoas que não conhecem este trabalho, entendessem que foi um deslize em sua conduta, mas que esta conduta não faz parte do seu dia a dia, até pelo contrário.
    O clube tem vacilado sim nestas questões, sinalizando um despreparo do setor de comunicações, e prova disto foi o desfile no lançamento do uniforme na gestão Neponucemo. Mas acredito que a mídia aproveita estes deslizes para denegrir a imagem do clube, esquecendo propositalmente de que outros clubes cometem coisas iguais ou piores e a repercussão é menor ou é abafada como a morte dos jogadores de base do flamerda.

  22. Me desculpem os politicamente corretos mas eu detesto o futebol feminino praticado no Brasil. Eu não estou tendo paciência nem de ver o futebol praticado pelo Galo. Eu só assisto uns 10 a 15 minutos, depois de algumas patricadas e paro de ver. Que dirá futebol feminino!
    A seguir, um pouco de ironia:

    Acho que o mascote do Galo deveria mudar. Quem sabe uma pomba branca!? Galo é muito macho, dá esporada, bica, come o dia inteiro, inclusive milho, trepa demais, inclusive em puleiros…

  23. Prezado CALDEIRA ,

    não há como afastar o desânimo , lutar contra
    a realidade assombrosa do Atlético , haja vista
    a total apatia de membros do Conselho com
    os quais tenho conversado , demonstrando a
    certeza de que com eles não podemos contar .

    O Atlético de hoje é um clube entregue total e
    definitivamente aos considerados beneméritos
    que um dia nos “salvaram” da derrocada em
    nossas finanças e hoje controlam tudo dentro
    da instituição .

    Essas pessoas não estão nem aí para a torcida ,
    o Clube Atlético Mineiro se tornou apenas e tão
    somente uma “marca” a ser explorada por elas
    próprias .

    Só nos resta aquilo que ninguém nos tira , que
    é a indignação que manifestamos , cada qual à
    sua maneira , seja a vaia , a repulsa , a ironia , o
    afastamento , a desilusão .

    p.s.
    Acho que todo mundo tomou conhecimento do
    que aconteceu com o Manchester City , não é ?

  24. Bom dia Massa Atleticana!
    Existem algumas coisas no Galo que me deixam intrigado, uma delas, mais latente e que gostaria que alguém tentasse me esclarecer é o fato de a diretoria contratar alguns jogadores que, eventualmente, nós torcedores e a imprensa de forma geral aprovam considerando um bom investimento e no final das contas se mostram um grande fiasco ( vejam o caso do Clayton e Guga por exemplo.
    O Gabriel e o Edinho no ano passado tiveram atuações de razoáveis para muito boa nas equipes em que atuavam; chegam no Galo simplesmente se esqueceram como se joga futebol. Não consigo entender.
    Como alguns amigalos registram quase que diariamente, se não mudar os homens raramente teremos mudança de atitude…
    Toda empresa mal gerida esta fadada ao fracasso, a falência, vide o caso de nosso rival e nós estamos indo pelo mesmo caminho. Contratos com valores astronômicos, rescisões que ninguém sabe como foi feita e valores envolvidos, cabide de empregos e por aí vai.
    E o pior, os senhores que representam o clube, que tem associados que não cobram nada, não se manifestam e querem coibir aqueles que se propõem a fazer seu papel de sócios de tomarem qualquer ação diferente da sua.
    Emfim, há algo de podre no reino…e o que será do Galo?
    Saudações alvinegras.

  25. Bom Dia! Pergunta fácil de responder: o nosso CAM está entregue a 3 “aventureiros”. O presidente – que quando assumiu o cargo, admitiu “que não entende de futebol”, assessorado por um “pseudo” diretor de futebol, comprometido com empresários de futebol e, por um treinador, além de desconhecer as tradições do Clube, também tem enormes limitações técnicas.

  26. Diaa. Reforma do estatuto já. Democracia já. Acesso de sócios a decisões e gestões no clube. Gerar valor, gerar sentimento de pertencimento ao clube. Mudar a estrutura de gestão. Transparência. Percebo o clube cada vez mais distante da torcida…Pensamento no clube e conselho é que servimos apenas da arquibancada pra fora, comprar ingressos e camisas…e que as vezes incomodamos ainda o clube…atritos que vem desgastando essa relação clube torcedor…clube cada vez mais fechado a torcida. Assim, reforma do estatuto urgente. Saudações.

    1. Jorge Chagas, bom dia!

      O que me intriga é que sequer eles tem coragem de falar nisso!
      Quando falam, como o Dr. Lásaro o fez ontem no Podcast da Globo.com, a visão é muito rasa, superficial, e com desculpas esfarrapadas que não duram num debate de 5 minutos.
      E os jornalistas que acompanhavam ainda endossam, não questionam.
      Tá pra nascer uma pessoa para vir provar que mudar o Estatuto vai fazer mal ao Clube!
      Tá pra nascer!
      O modelo vigente fracassou! O povo não aguenta mais tanto desmando e incompetência e sequer ter o direito de dar seu pitaco, de ser ouvido, de ter alguém que o represente no Conselho do Clube!
      Até quando?

  27. Falar o que mais do mesmo……..
    Acho importante este espaço para expressar minha opinião sobre o episódio do Galo Doido, que está tomando proporções absurdas. Atitude infeliz sim, merecia ser reprendido, contudo os oportunistas de patrão (Sport TV), utilizando do fato para denegrir a imagem do Galo. São tão hipócritas que deveriam pedir demissão da emissora que trabalham, que por diversas vezes fazem e repetem a mesma atitude infeliz do Galo Doido em programas inclusive de viés infantil (Trapalhões, Escolinha do Prof. Raimundo, entre outros humorísticos), e outros que ainda são exaltados como o do Velho Guerreiro Chacrinha, quem não se lembra das Chacretes. Lá pode, lá não é errado…. Lamentável

  28. Caríssimos,

    #borareconstruirogalo Não somente as marias precisam de reconstrução, o Galo também…a que ponto chegmamos!!!!!! Reconstrução antes que seja tarde demais….

  29. Bom dia!
    Cansado de mi mi mi no futebol!
    Cansado de treinador burro, e agora um internacional!
    Cansado de Patric, Fábio Santos, Di Santo e Ricardo Oliveira!
    Cansado de Marques e outros ex que não agregam nada ao clube, e, pelo contrário estão dando prejuízos enormes…socorro MP! Cadeia pra Marques!!!! O que esse infeliz ainda faz o clube?
    Cansado de torcidas organizadas que só visam o próprio interesse, assistem o clube sucumbir e não protestam, quando protestam é só pra inglês ver.
    Cansado de esperar pelo “ano que vem”.

  30. Prezado Roberto Caldeira, meu primo, você esqueceu de acionar a tecla “IRONIC MODE ON” logo após o seu nome, um pouquinho antes do início do post. Vá lá e corrija que ainda dá tempo, antes que comecem as pauladas… Abraços!

  31. Em uma organização séria, uma atitude de um funcionário como o do mascote do Galo, que denigre a imagem do clube e ofende a metade da torcida é solucionada com demissão por justa causa. O “afastamento” do funcionário só levanta dúvidas sobre a seriedade desta diretoria.
    Caso Bolt: como este perna de pau provavelmente iria ficar mamando até o final do contrato e ainda entraria na justiça alegando alguma coisa ridícula, melhor fazer acordo na justiça e pagar quando puder e quiser. Além de ser um bom aviso para outros encostados do time. Pelo menos uma decisão acertada. Figueirense propondo pagar 15% do salário de Clayton: outro excelente candidato para rescisão.

  32. Bom dia Caldeira, xará e amigalos decepcionados versão 2020!
    A raiz dos nossos problemas está na SAFRA ruim de conselheiros candidatos a dirigentes do GALO nas últimas décadas(exceção de Kalil nos anos de 2013 e 2014 apenas). São pessoas que GERALMENTE não entendem nada de futebol. Contratam jogadores com referência de lances de youtube. Se deixam levar por indicações de “empresários” inescrupulosos que só visam o lucro e empurram verdadeiras BOMBAS como esse Bolt de araque por exemplo dentre outros. Como é possível pagar 100.000 euros para um jogador que não consegue ficar em pé numa jogada??? Como apostar uma fortuna dessas num contrato longo?????? É MUITA INSANIDADE!!!!! Então, meu caro, é difícil aparecer alguém que entenda do riscado. Sai Sette Câmara e entra outro destruidor de time! É desanimador tendo em vista os 50 anos que nos separam de um título brasileiro. Será que é tão difícil perceber que Zé Uelison, Fábio Santos, Patric, Di Santo, Edinho e muitos outros mais não tem a menor condição de produzir para o time???? Porque não sentam e analisam posição por posição? Porque contratam de maneira tão afoita?????? Porque dirigentes demoram tanto a enxergar????? É bom colocarem as barbas de molho porque o desempenho é pífio e o BRASILEIRÃO ESTÁ AÍ…BATENDO NA PORTA…..

  33. Bom dia.
    Vixe…. Uma Verdadeira assombração essa foto do DI FUNTO , logo pela manhã.
    Eu não consigo entender qual a função de MARQUES no Atlético . Foi ele que deu um grande prejuízo ao GALO ao contratar o horroroso MAICON BOLT .
    RONY E NAHUEL BUSTOS SERIAM DUAS ÓTIMAS CONTRATAÇÕES PARA REFORÇAR O ELENCO.
    VEM OU NÃO.???

  34. – O Dudamel está tão perdido que não sabe o significado de vais no Futebol Brasileiro!
    – O Dudamel arma o time para tomar contra-ataques!
    – Não tenhas vergonha Dudamel, arme o time defensivamente, não escute o que a imprensa fala, a imprensa acha que todos tem jogar igual ao Flamengo, somos um time limitado, faça como você fez na Seleção Venezuelana, quanto o time é limitado, arme-o defensivamente.
    – Tenha coragem de nunca mais escalar Di Santo e Ricardo Oliveira, tenha coragem dê chance a qualquer um dos centroavantes da base!

  35. Bom dia. E fora Dudamel. Um texto radiante e nevrálgico. De fato, a torcida da torcida é O grande problema do Atlético. A torcida da torcida usa o Galo para destilar suas posições políticas e exigem do clube alinhamento total à sua visão de mundo. A torcida da torcida recepciona o jogador no aeroporto trajadas com camisas, bandeiras e bonés da torcida da torcida. A torcida da torcida muda o hino… “lutar, lutar, lutar, com toda raça e orgulho pra vencer” é o hino que a torcida da torcida popularizou nos estádios cada dia mais vazios. O dono do Galo, é claro, assiste a tudo passivamente. É conveniente. Mas parece que a torcida da torcida é “bem-vinda entre “NÓS””, não é mesmo?! Ontem, um contrato foi desfeito. E já foi tarde. Hoje, de minha parte eu espero que outro também se desfaça. Uma colaboradora do clube disse, segundo publicou esse E.M: “Eu me senti um objeto sexual”. Sua namorada, jogadora de um clube rival carioca – aquele que todos os atleticanos conhecem – começou o coro contra o CAM, no que foi seguida pela sua companheira e atleta do CAM. Ora, como pode alguém que se sentiu um objeto sexual permanecer no clube? Há clara e absoluta quebra de confiança. Se tivesse tratado o assunto internamente, ainda vá lá. Mas em público?! Vai ser feliz no rubro-negro, ao lado da companheira. Deixe o Galo em paz. Aliás, se não houver aí claro conflito de interesse, em ter uma atleta envergando nossas cores enquanto sua namorada enverga as cores do maior rival interestadual, então eu já morri e esqueci de cair. Porque, “no meu tempo”, isso representaria claro conflito de interesses. Mas, hoje em dia, o clube é mero detalhe.

    1. Com todo respeito, entendo que uma das maneiras de combater o discurso político seria não entrar na pilha dele. Aqui tratamos de Galo. Sobre o episódio do mascote, cada um tem seu olhar. O meu, por exemplo, difere dos dois extremos. Enfim, por um Galo melhor, é o que nos une neste cantinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.