Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Eu avisei

http://toqdiletra.blogspot.com/
Roberto Caldeira

Chega, cansei! Vou deixar a modéstia de lado: Eu avisei! Muito triste ter que dizer isso. Como se isso fosse algum mérito ou algo pra se orgulhar. Pelo contrário, a cada dia, mesmo contra a razão, eu sempre torci para estar errado. Mas eu avisei! Esse barato, que não é tão barato, nos custaria muito caro.

Custou caro e a conta chegou! Essa Diretoria que pregou Austeridade, não ganhou nada e só fez a gente passar vergonha. Ou já se esqueceram dos seguidos vexames? Chape, Crüzëirö, 1ª fase LA, Colon, Union Santa Fé, Afogados. E a dívida que já era enorme, só fizeram aumentar.

Uma Diretoria que fala em Transparência, mas segurou por meses um balanço que estava pronto, ao qual só tivemos conhecimento porque vazou. Uma Diretoria que faz uso de uma Contabilidade criativa, para tentar mascarar um rombo de 54 Milhões em 2.020.

Esquecem do presente, não precisam nem olhar pro futuro. A culpa do fracasso é do passado. É sério que tem alguém que ainda cai nesse papo furado, nessas falácias para dormitar bovinos?

Não precisa ser Especialista em Finanças para entender a situação atual do Galo. Basta dar uma olhadinha nos números do Atlético, segundo análise da Ernst & Young e comparar com outros Clubes. (Por favor, leiam atentamente esse excelente artigo do Prof. Denilson Rocha).

A conclusão que chego é simples e direta, doa a quem doer, a situação do Galo é vergonhosa!

Renova Galo
Renova Galo

Um Clube da grandeza e tradição do Galo, com uma Torcida como a nossa, conseguiu a proeza de gerar receitas de “match day” menores que o Fortaleza, e quase a metade do Vasco. Com todo respeito a esses Clubes que usei para exemplificar, mas não podemos aceitar o Galo tão abaixo nesse tipo de receita.

Como explicar uma Receita Comercial do Galo que não equivale nem a um terço da receita alcançada pelo Grêmio? O que será que eles fazem de diferente para atingir isso? Ou melhor, o que será que a gente não faz, pra ter resultados tão ruins?

A boa notícia, que nem tão boa é, que ao “avaliar a relação entre dívida líquida e receitas, o Atlético se mostra em condição muito mais confortável que diversos clubes brasileiros. Se Sport e Botafogo estão em situações próximas da insolvência, mais uma vez Bahia, Fortaleza e Grêmio nos mostram como colocar as contas em ordem.” Se está difícil competir com esses times, imagina contra os que estão no topo?

Voltando ao que importa no artigo do Prof. Denilson, “parece que o foco da discussão dos números do Galo está bastante desajustado: nosso maior problema não está no endividamento, mas na incapacidade de gerar receitas comerciais, de matchday (bilheteria e GNV) e premiações pelos resultados esportivos.”

Não se questiona a necessidade de reduzir seus custos e endividamento do Galo. Parar de falar em vender patrimônio e focar na geração de receita, pois há bastante espaço para isso. E foi exatamente o que os Clubes que hoje são exemplos, fizeram. Ampliaram de forma significativa a geração de receitas. “A solução está na ampliação das receitas geradas no relacionamento com a torcida.”

Mas como fazer isso? O que precisa ser feito?

O Atlético precisa mudar tudo e se modernizar, a partir de sua Constituição, seu Estatuto.

  • Ser Democrático, reconhecendo o sócio torcedor na Assembleia do Clube, criando o sentimento de pertencimento e responsabilidade do torcedor junto ao Clube.
  • Ser Transparente, gerando mais credibilidade junto ao torcedor, investidores, Conselheiros e todas as partes interessadas.
  • Ser Profissional, em todos os cargos, incluindo o Presidente (CEO) com dedicação exclusiva e devidamente remunerado.
  • Ser Responsável, estabelecendo regras rígidas de Governança e Compliance.

Será que é difícil fazer isso? Não! O Grêmio está aí pra provar que é possível, viável e bem sucedido.

Porque o Clube não muda então? Será que precisaremos passar por uma tragédia para resolver mudar?

Enquanto a Torcida não entender que a gente precisa realmente reivindicar e cobrar, o Galo não vai mudar. Não vai ser a chegada de 3 bons reforços que vai fazer o Clube mudar de patamar. Jogadores e técnicos são importantes nessa engrenagem, mas não resolvem o problema de forma sustentável e duradoura a longo prazo.

Neste contexto, vou avisar novamente: Se o Galo não mudar, mesmo com Estádio novo, em poucos anos poderemos estar numa situação caótica, à beira de uma falência. Profeta do apocalipse? Deus queira que não! Vou rezar e torcer para estar errado. Mas se o Clube não mudar, não quero voltar aqui e dizer que eu avisei.

27 thoughts to “Eu avisei”

  1. boa noite Eduardo e massa e Roberto Caldeira. mais um grande texto Roberto Caldeira. eu também avisei que uma hora a conta chega e cada vez mais chega. o 7 câmera disse que não ias cruzeirar mas simplesmente já estamos quase iguais elas em dívidas. etc. entrei a pouco minutos na página esportiva do galo e simplesmente aparece uma notícia que o galo esta negociando com um zagueiro paraguaio com 27 anos,não acredito que seja verdade espero eu.estamos com umas barcas furada e vamos aparecer com outras. volta galo estamos com saudades. cuida-se amigalos. vai galooooooo.

  2. Boa tarde MASSA!

    Duas notícias tristes no dia de hoje:

    1) Morte do ex-CAMpeão Ronaldo Drummund, é destino que não escaparemos. Que DEUS o receba de bom grado e dê o conforto merecido a todos os familiares, amigos e torcedores.

    https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/1,9,1,168/2020/06/09/noticia_futebol_nacional,3850166/ronaldo-drummond-campeao-por-atletico-cruzeiro-e-palmeiras-morre-ao.shtml

    2) Espero que seja notícia plantada. Do contrário é mais um bonde, e caro, que vem aí. Um jogador que não conseguiu se firmar no Lille e nem no Celta de Vigo, não poderia dar certo no Boca. Imagina então no 9ALO.

    https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2020/06/09/noticia_atletico_mg,3850185/atletico-esta-proximo-de-contratar-o-zagueiro-junior-alonso-diz-tv-ar.shtml

    Fica difícil assim.

    9ALÃO DA MASSA!!!! 9ALÃO DA MASSA!!!! Alguém nos ajude.

  3. Boa tarde Caldeira xará e amigalos!

    Começou a austeridade!!!!!! R$ 20.000.000,00 no “craque” Marrony da espetacular equipe e reveladora de jovens talentos VASCO DA GAMA!!!!!!!!!!!!!!!!! O filme do atacante Clayton está passando novamente lá em Lourdes….Meu Deus! Quando é que irão aprender?????????? Esse dia chegará?????????????????????

  4. A diretoria da austeridade é a que faz o maior investimento da história do clube num jogador mediano como Chará.
    É a que, em julho de 2019, gastou 25 milhões em lateral esquerdo e volante (hernandes e martinez) e, meses depois, gasta mais 35 milhões em lateral esquerdo e volante (Arana e Alan).
    É a que torrou milhões em Bolt Geovanio e, precipitadamente em 2018, renovou contrato do idoso Ricardo Oliveira até dez/20.
    E tem mais coisa que não me lembro agora.
    Isso tudo sob os auspícios do Sette Câmara, péssimo presidente que só tem a oferecer ao Galo a própria renúncia, mais nada.

  5. Bom dia. Com todo o respeito ao consultor de finanças que lhe subsidiou no artigo, discordo veementemente. Um dos erros clássicos que pessoas com formação em finanças costumam cometer é utilizar o célebre “caeterus paribus” para projetar seus números. Ocorre que NADA SE MANTÉM CONSTANTE na prática. Por exemplo: “parar de focar em vender patrimônio e focar na geração de receita” é das frases mais paradoxais que eu já ouvi na vida. Na verdade, eu, como gestor de finanças, já recomendei MUITAS vezes a alienação de patrimônio PARA gerar receita. Exemplo: um grande banco é dono de um imóvel de grande monta, que ele ocupa sem custos de aluguel, por ser proprietário. Ocorre que, se esse grande banco VENDER esse imóvel, e em seguida ALUGAR esse imóvel do novo proprietário, o funding obtido pela VENDA implicará em remuneração maior se aplicado no seu negócio próprio (emprestar dinheiro) do que o aluguel a que ele estará sujeito a pagar por ter alienado o imóvel. Ou seja: ele VENDE o imóvel e com isso GERA receitas. Ou poderia detalhar isso a fundo, se alguém quisesse, inclusive com a criação de FII’s. Mas o fato é: empresas endividadas têm menos capacidade de gerar receitas. E isso é tanto mais traumático quando a dívida é de curto prazo, concentrado em um único credor, e o imobilizado tem pouca liquidez. Logo, o foco do Galo, NA MINHA OPINIÃO, é livrar-se da dívida, mesmo que para isso tenha que alienar patrimônio. Então, vamos deixar duas coisas: 1) o que importa não é ser dono da casa, o que importa é ter onde morar; 2) gerar receita é mais fácil quando não se tem dívida (seu patrimônio vale mais, caso, por exemplo, dos direitos econômicos dos jogadores). A ÚNICA dívida boa é aquela que CUSTA MENOS do que a receita que você pode auferir ao usá-la no seu negócio. Os déficits sucessivos do Galo deixam claro que esse nao tem sido o caso. Por exemplo: outro dia mesmo um jogador JOVEM E PROMISSOR foi DADO em troca de PARTE da dívida do Elias. Por que? DÍVIDAS EXÍGIVEIS NO CURTO PRAZO, e parece que o mecenas tava com dorzinha de cotovelo e nao quis dar a tradicional “ajuda”. Portanto, se querem gerar mais receitas, só há um caminho a trilhar: LIVRAR-SE DAS DÍVIDAS. Nao há um só consultor financeiro que veja a situação do Galo e nao recomende, de pronto, VENDER O PATRIMONIO PARA SE LIVRAR DAS DÍVIDAS. Alias, só já significaria uns R$ 7 milhões de acréscimo de renda, dinheiro que sai do ralo da Sede de Lourdes e para nao se sabe onde (quer dizer, melhor fingir que nao se sabe). O Galo tem dono. Há quem goste, mas duvido que OS ATLETICANOS gostem.

    1. Prezado Maurício,
      Não sou expert no assunto. Entretanto, para mim a conta é simples: se a valorização de mercado do imóvel for superior a atualização das dívidas, não tem porque vender. No caso inverso, se a atualização das dívidas for superior à valorização do imóvel, em montante significativo, aí sem venda. Mas antes precisa-se ajustar o estatuto, de forma a que o endividamento futuro esteja atrelado à receita. Porque se não daqui a poucos anos estaremos de novo com dívidas astronômicas e sem patrimônio para cobrir. Esse é o meu pensamento.

      1. Caro Angelo, bom raciocínio. Ocorre que existem dois conceitos que atrapalham um pouco essa visão: Capital de Giro (CG) e Necessidade de Capital de Giro. Ou seja, patrimônio e renda são coisas que não se comunicam. Você paga suas dívidas COM RECEITAS, não com valorizações patrimoniais. E, claro, convenhamos, é bem difícil que um patrimônio valorize-se ACIMA do valor de uma dívida. Se essa fosse a praxe, todos poderiam se endividar e adquirir patrimônio, e assim enriquecer com a diferença entre o preço da divida e a valorização do patrimônio. A lógica e a prática aponta para o inverso: dívidas crescem exponencialmente. Patrimônios crescem aritmeticamente. Traduzindo: se o Galo nao vender patrimônio JÁ para pagar a dívida, daqui a pouco vai PERDER o patrimônio (via penhora, por exemplo) e ainda vai sobrar dívida.

    2. Boa Noite,

      Nunca menti que participo deste blog para aprender, por isto sou atendo para não ficar falando abobrinha e mesmice.
      Então solicito do Eduardo pedir ao Maurício para debater este assunto num post futuro, julgo que foi a melhor explanação deste assunto que já li nos últimos tempos. Parabéns!

  6. Tudo indica que me campo teremos um time competitivo. Sampaoli mostrou ser muito bom no Santos (Espero que o fator surpresa do ano passado não tenha caído por terra logo na nossa vez).
    Agora mais do que nunca os holofotes estarão virados para o Galo (triste dizer…. muito mais pelo efeito Sampaoli e Alexandre Mattos do que pelo efeito Galo).
    O padrão das contratações mudou e segue mais a linha racional de jogadores mais jovens e valorizados (mais uma tristeza é ir buscar esse menino do vasco por essa grana toda!! Não é possível que na nossa base não tenha um, pelo menos um desse nível).

    Enfim, enquanto o vizinho estiver pior do que nós vamos esquecendo e deixando esses dirigentes levar nosso time ao abismo. Acorda Galo!!!

  7. Bom dia,

    Até disse anteriormente que não venho comentando nos post de quarta feira, escritos pelo Roberto Caldeira porque está muito repetitivo, é sempre o mesmo do mesmo.
    Porém, sei que essa é a sua proposta e certamente a solução passa por ela, mas, hoje gostaria de perguntar:
    Como conseguiria equacionar as dívidas e pagar os juros da mesma e assim mesmo viabilizar o clube?
    Renovar conselho é como pedir para deputado não aumentar o seu próprio salário, nunca vai acontecer.
    Além do voto do sócio torcedor (proposta) qual dos demais itens da proposta não está começando a sair do papel ?
    Já disse em post anterior, sócio torcedor votar em conselho ou para presidência, isso tem a possibilidade muito grande de ser um tremendo tiro no pé, explico:
    Moro em Santos e no Clube da cidade (Santos F.C.) é exatamente assim que funciona, e o que nós vemos em época de eleição: – compra de votos por pagamento de dívidas com o programa de sócio, candidatos pagando ônibus para os associados de São Paulo vir votar em Santos, torcedores pró Democracia fechando a rodovia e atacando os ônibus de carreira ou especiais que venham a Santos, os mesmos pró democracia fechando toda a entrada da cidade e de quebra confronto com a polícia e quebradeira e daí por diante.
    Pergunto: Você consegui pensar que aí em Minas no Galo seria diferente?
    Então, este ano de 2020 está sendo tocado de forma diferente, queira ou não, goste ou não, mas, nunca tinha visto um presidente dando tanta explicação com relação aos números, e também nunca tinha visto tanto torcedor questionando números, talvez isto seja por falta de futebol, mas, está existindo transparência, o que acho é que o sentimento de não querer “Cruzeirar” está ficando muito forte e trazendo junto um medo tremendo.

    Boa quarta feira para todos!

  8. Bom dia MASSA!

    Caldeira, isso só demonstra as várias vezes que informei o tamanho de nosso rombo com essa gestão do 7C.

    Nada mais do que esperado que isso iria acontecer. Vejamos, ele pagou 60 milhões e teve um aumento de 100 milhões, ou seja, deficit de 40 milhões e ainda não acabou 2020. Pra mim já são mais de 100, pois nesse valores não estão computados o que deixou de arrecadar com o vexames.

    Por outro lado, seria querer muito de alguém que não entende nada de futebol, como ele mesmo disse ao chegar a presidência do 9ALO. Ok, não é necessário saber de futebol, de regras, de táticas, fisiologia, etc., mas tem de saber sobre gestão. Isso inclui saber contratar subordinados capacitados, com experiência, pelo menos nos pontos chave. O resto pode ser do bom e barato. Mas o comando tem de ser feito por gente que tem capacidade. Será que é ele quem faz a gestão da carreira do filho?

    Felizmente ele vai passar, mas infelizmente ele vai deixar um dívida monstro para o próximo, sem nenhuma responsabilidade. O próximo seguirá o mesmo caminho, dizendo que está apagando fogo de antecessores e fazendo mais dívida para o que virá. É um ciclo maldito, que tem de ser rompido, pois do contrário irá o restante do shopping, a Vila, Labareda, e depois não terá mais nada.

    Enquanto o futebol não deixar de ser casa da mãe perdida, não haverá responsabilidade com o clube.

    VAAMMÚUUU 99AAALLLÔOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!! Solta a bola.

  9. ROBERTO CALDEIRA ,

    fique tranquilo , meu caro !

    Vamos torcer em campo, levar nossas bandeiras ,
    beber nossa cerveja , comemorar , xingar juízes e
    tudo o mais que ao torcedor pertence .

    Patrimônio , contabilidade em dia auditadas pelo
    Ernesto , marketing e que tais foi tudo para mãos
    dos donos da bagaça , os Três Mosqueteiros .

    Ou tem ainda quem acredite que o Alexandre , o
    de Matos , claro , o Sampaoli e sua troupe , folha
    de pagamento , compra de supermercado, carne
    e sacolão , bolas para treinamento (sim , acredito
    que elas voltarão a ser destaque) , enfim , tudo o
    que é necessário para que o futebol possa vir a
    ser praticado e apreciado pela torcida nas gerais
    e arquibancadas da vida AINDA ESTÁ NAS MÃOS
    DE ABNEGADOS QUE DÃO SUA VIDA E SEU SUOR
    PELO CLUBE DE CORAÇÃO ?

    Eu ‘tô de boa , só esperando o TIME ENTRAR EM
    CAMPO .

  10. Alguem tem que auditar os contratos de auditoria do Sette fracassado, é muito contrato, é muita empresa, parece que está usando de escudo e esvaziando ainda mais os cofres do Galo.

  11. Bom dia Massa

    Com todo respeito meu caro, mas como este espaço aqui é democrático, na minha opinião seus posts são repetitivos, já que a necessidade de mudança de estatuto é assunto saturado e de conhecimento de todos.
    Não só aqui, mas em vários lugares todos têm a fórmula para resolver os problemas do clube como se não houvessem gente mais preparada para vislumbrá-las dentro da própria instituição.
    A Administração 7C foi péssima neste primeiro mandato? Isto é notório, principalmente na questão futebol, porém não reconhecer que ele como outros presidentes anteriores, vêm herdando problemas de diretorias passadas é ter uma visão míope. Ademais comparar nossa situação com a dos demais times, principalmente o Vasco, é no mínimo irresponsabilidade, pois cada time tem sua particularidade. Vc sabia por exemplo que o Vasco deve salários a jogadores e profissionais do clube há 4 ou 5 meses? Com a agravante de que há profissionais que ganham R$1.800,00/mês? Vc sabia que eles tiveram a energia cortada por falta de pagamento?
    Vc também criticou o fato do clube faturar menos em “matchday” do que o mesmo Vasco, mas vc sabia que o Vasco proporcionalmente faturou mais do que todos os demais times da séire A, inclusive Flamengo, Corinthians, Palmeiras e o próprio Grêmio aqui citado como exemplo? (http://folhanobre.com.br/2020/06/04/receitas-de-matchday-foram-responsaveis-por-24-do-faturamento-do-vasco-em-2019/300501).
    Mas se é para comparar, porque não também comparar a venda de jogadores, que é outro tipo de receita entre os times que vc citou, com o faturamento do Galo, que foi um dos que mais faturaram neste quesito?
    Que o clube está endividado todos sabem, inclusive nós torcedores que finalmente agora passamos a fiscalizar mais de perto as coisas do clube, mas ao contrário dos engenheiros de obras prontas, existe gente capacitada dentro do clube, trabalhando para que a situação não saia do controle.
    Me desculpe meu caro, mas o que parece é que vc não está acompanhando as notícias do clube e as transformações que ele vem sofrendo, quando vc imagina um futuro sombrio para o clube. Então vou lhe atualizar: melhor diretor de futebol do Brasil, um dos maiores técnicos do mundo na atualidade, contratações de auditorias para fazer uma devassa no clube, contratações pontuais e de jogadores com oportunidade de retorno financeiro, parceria com investidores, lançamento do portal da transparência. Se vc pediu mudanças meu caro, algumas, já estão aí e outras já estão em curso, e com certeza se tiverem o nosso apoio e confiança será muito difícil a sua profecia se concretizar.

  12. O mais importante agora é ganhar o BR. Ano que vem completa 50 anos, isso mesmo, 50 anos do nosso único título nacional. Nesse momento, importante apoiar o time e retornar aquela sinergia que nos torna muito fortes. Mesmo sem público, no início, manter o bom ambiente é fundamental. O presidente errou feio nos últimos anos, é sabido. O aumento da dívida não veio na mesma proporção esportiva. Só que agora vem tentando mudar a postura, contratou bom técnico, diretor, reforços e rescindiu com os refugos. A mentalidade vencedora que tanto pedimos parece ter chegado. Não se paga dívida sem resultados esportivos (bilheteria, ppv, patrocínios, produtos licenciados, etc). Vamos juntos, este pode ser o nosso ano.

  13. Morreu mais um campeão brasileiro de 71, O ponta direita Ronaldo Drummond. Todas as homenagens para ele! SAN

  14. Belíssimo artigo do Roberto Caldeira, na minha opnião o Galo só pode vender o shopping, se antes da venda for feita a modernização do estatuto, conforme sugestões do Renova Galo, porque se não daqui a pouco estaremos cruzeirando com esses dirigentes incompetentes e irresponsáveis.

  15. Devido a comentários assim parece que o galo merece ser 2 divisão. Senão contrata, reclamam ! agora que tá contratando reclamam. Como gerar receita se o time tava disputando para não cair. Tem que montar time mesmo, contratar jogador que está em evidência e bom ( custa caro mesmo ). Apostar em bom e barato não cola mais. Somente um obs.: Um time que gasta milhões com categoria de base tem que revelar jogadores, não justifica ficar com Fábio Santos se temos kelvin para ser lançado. E tem mais jogadores na base. Vítor tb já deu. Um time não pode ter jogadores caros demais na reserva, não justifica.

    1. Por pensamentos míopes como o seu que o Clube está assim.
      Precisamos sim de jogadores.
      Mas mais do que isso, o Clube precisa é mudar.
      Pra ser sustentável a longo prazo.
      Os Clubes que mudaram estão colhendo frutos e estão há anos luz em nossa frente.

  16. Acorda Galo. Ano que vem vamos completar bodas de ouro do nosso único título do Brasileiro. Muito pouco.

  17. Continuo com a minha opinião sobre vender patrimônio.
    Clube não precisa ter shopping e correlatos. Pode tê-los,desde que as suas finanças estejam sanadas e saneadas.
    Para salvar um clube como o Galo de uma suposta e possível insolvência futura ,abrir mão de um shopping é algo responsável e transparente.
    O que eu sempre vou questionar é quanto á idoneidade e capacidade dos dirigentes maiores do clube.
    Para que um estádio e shopping se não há estrutura financeira plausível e suficiente para se ter um bom time de futebol digno da torcida que temos?
    Ter patrimônio é louvável, desde que estes sejam secundários. A prioridade é um time ganhando títulos, pois é disto que vive um clube de futebol e o Galo não é diferente.

    1. Boa Tarde,Antonio e demais Atleticanos!concordo plenamente com vc pois nunca vou em frente do shopping para torcer!SE O SHOPPING È TÂO “BÂO” ASSIM PORQUE AS FINANÇAS ESTÂO DESTE JEITO?E o xarà acima tambèm esta certo!se nâo contrata tà ruim,se contrata reclamam!o urubu carioca deu uma banana para o mundo e contratou todo mundo e deu no que deu:so a bilheteria pagava os salarios.Nâo estou de acordo com esta diretoria em vàrios pontos mas tambèm vamos reconhecer que pegaram o clube devendo,fizeram escolhas erradas sim mas eu continuo torcendo para que tudo de certo.Criticar somente nâo leva a nada.

  18. Prezado Roberto Caldeira, ótimo dia

    Perfeito, a anos que comento aqui o nível sofrível das gestões do CAM, nunca em 112 anos de existê ncia tivemos uma diretoria competente, que fizesse uma gestão como se deve ser feito, para não me estender muito veja as contratações, prazo dos contratos e valores pagos e finalmente as avalanches de ações trabalhistas.

    Chego a pensar que esta situação é extremamente calculada, para em um futuro próximo, o CAM passe a ser um clube empresa, a custo zero para seus “novos proprietários”. E os “proprietários ” serão os “mecenas”. Basta analisar os cenários atuais para concluir que este é o projeto.

    1. Bom dia !!!!
      Perfeita colocação, já havia dito isso anteriormente !!!

      “Chego a pensar que esta situação é extremamente calculada, para em um futuro próximo, o CAM passe a ser um clube empresa, a custo zero para seus “novos proprietários”. E os “proprietários ” serão os “mecenas”. Basta analisar os cenários atuais para concluir que este é o projeto.”

  19. Eu também venho avisando faz tempo, presidente incompetente, contratou diretores incompetentes, permitiu que esses diretores contratassem técnicos inexperientes e incompetentes, e jogadores fracos, caros e com contratos longos, Agora para se reeleger muda a politica, contrata diretor bom más caro, técnico bom más caro, e com parceria de investidores começa a contratar jogadores melhores, más caros. Não quero nem ver onde vai dar isso, esse incompetente do 7CAM vai quebrar o Galo, vamos a falência. não permitam que esse infeliz seja reeleito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.