Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Eleições Atleticanas e o sonho do Torcedor

Desde que fui escorraçado do Conselho Deliberativo do Clube Atlético Mineiro, pelo então presidente Paulo Cury, me recolhi e adotei o comportamento básico e exclusivo de Torcedor. Não me meto em política interna, embora tenha cá meus conceitos e opiniões sobre o assunto.

Reitero que a mim, não importa se o presidente é o Zé, João, Bastião, Sérgio e qual seja o sobrenome, uma vez que sou Atleticano por convicções pessoais e íntimas que em nada se relacionam sequer ao número que o jogador usa em campo. Se 7 ou outro, embora nunca vá me esquecer do 1, Victor; 9, Reinaldo, 10, Ronaldinho.

Estive no Conselho por dois ou três mandatos consecutivos, entre meados dos anos de 1980 até metade da década seguinte. Tentei apurar isso lá na sexta-feira, sem sucesso, uma vez que os telefones não atendiam. Já contei sobre isso aqui, tempos atrás, não fazia parte dos interesses de continuidade do então presidente, que sequer terminou seu mandato. Tempos idos, isso jamais interferiu na minha Atleticanidade, ao contrário, me mostrou ser o lugar da minha origem. Na arquibancada, embora tenha exercido o mandato com honradez e dignidade.

Mas o que nos interessa é o futuro. A chapa única, já registrada, deixa alguns recados para a Massa. Eu até preferia, baseado em intuição pessoal, que poderia ser até os mesmos nomes, mas nas posições invertidas. Será Sérgio Coelho e José Murilo Procópio, presidente e vice. O primeiro foi vice de Nélio Brant e depois do Ricardo Guimarães. Já Zé Murilo foi vice Jurídico do segundo. Isso comprova que, embora a grande parte do aporte financeiro recebido venha dos Menins, o Guimarães é que vem ditando o assunto de gestão.

A mim, e creio que para a maioria dos Atleticanos, importa sim a administração do time. Os dois últimos presidentes não marcaram seus nomes na história do Galo. Nepomuceno venceu apenas dois mineiros e Sette até o momento o mesmo regional desta temporada. É muito pouco para a expectativa do Torcedor. Ainda mais considerando que seu antecessor, o polêmico Alexandre Kalil – reeleito prefeito de Belo Horizonte sem segundo turno – conquistou Libertadores, Copa do Brasil e Recopa.

Porém, sem muitos detalhes para conhecimento da Massa, teria deixado o clube endividado e com pendências que só foram quitadas recentemente na gestão Sette Câmara. Sei que tem muita gente que não se importa com o endividamento, o que não se aplica ao blogueiro. Se realmente o atual presidente cumpriu bem essa missão de equacionar dívidas antigas e sem assumir novos compromissos para o futuro, sua gestão haverá de ser reconhecida.

Via de regra, e não me excluo disso. Afoitamente avaliamos exclusivamente pelas conquistas de títulos, deixando de lado a questão financeira. Apesar do mísero título mineiro do Sette Câmara, sou capaz de lhe conceder a imunidade administrativa de Torcedor, caso duas situações (talvez até uma), se configure de fato. Gestão transparente e sem deixar dívidas para o futuro. E que, ao sair, ainda neste ano, entregue o clube além de saneado, nas primeiras colocações (preferencialmente na liderança) do Brasileirão 2020/21. Simples assim!

Já o virtual presidente, a ser eleito nos próximos dias, faz interessantes projeções. Quero acreditar nelas, por diversas razões. A exemplo dos gestores públicos, eleitos a cada quatros ano no sistema eleitoral brasileiro, a escolha do eleitor se fundamenta no melhor discurso entre os postulantes ao cargo. Pois Sérgio, agora falo do Coelho – que vai presidir o Galo – não tem concorrente e vem criando boas expectativas entre os Torcedores. Elencou, mesmo não tendo necessidade de tentar convencer a quem escolhe (conselheiros) seus quatro pilares para seu mandato.

Sanear as finanças, destacando o trabalho da diretoria se finaliza. Depois falou sobre o Estádio do Galo, afirmando que com a nossa casa própria seremos uma das potências do futebol mundial. A categoria de base, tanto esculhambada por gestões seguidas – inclusive vitoriosas nos gramados – que tem revelado pouco em relação ao nosso histórico passado.

Destacou as décadas de 70 e 80, período que tive o privilégio de acompanhar desde o dente de leite até os profissionais. Finalmente, ao que mais interessa ao Atleticano, a parceria com os 4 Rs – Rubens, Ricardo, Rafael e Renato – que vem se notabilizando como um trabalho de quase filantropia ao nosso Galo.

Afirmou ele, que vamos disputar com protagonismo e alto nível as competições que são objetivos de todos nós, diretoria e Torcedor. Que sua gestão seja o sucesso que todo Atleticano quer e espera. Todos nós temos em comum o sobrenome que nos une. Desde o meu Ávila, passando por Menin, Guimarães, Salvador, Coelho, Procópio, Câmara, Cândido, Nepomuceno, Kalil, Cadar e tantos outros, assinamos Galo com nossa alma Atleticana.

18 thoughts to “Eleições Atleticanas e o sonho do Torcedor”

  1. Saudações atleticanas,
    domingo sem jogo do Galooooo é um pouco sem graça, o Galoooo devia jogar todo dia…
    Temos que confiar na nova diretoria que será eleita, o empresário Sérgio Coelho e o advogado José Murilo Procópio e o grupo dos r, Rubens, Rafael, Ricardo e Renato além dos 9 milhões de torcedores em Minas Gerais, Brasil e pelo mundo.
    O Galoooo é maior que todos nós, vamos confiar que tudo vai dar certo, um time competitivo, com raça e muito amor pela camisa preto e branca.
    Em breve teremos um estádio, a Arena do Galooo será a redenção do Maior de Minas,
    vamos firme,
    Vencer, Vencer, Vencer

  2. Eduardo participando dos numeros de camisa tentei formar um time dos melhores que vi por posiçoes e numeraçao, vou tentar.
    1 Victor 2 Nelinho 3 Leonardo Silva 4 Luisinho 5 Cerezo 6 Paulo Roberto Prestes (menção ao Dedê) 7 Sergio Araujo 8 Palhinha 9 Reinaldo 10 Ronaldinho Gaucho 11 Eder Aleixo Tec. Telê Santana
    Concorda?

    1. Sensacional time, meu caro! Meu Galo de todos os tempos tem apenas duas mudanças: Ze do Monte no lugar do Palhinha e Tardelli na do Sergio Araújo. Qto à numerac, até 1993, nosso lateral direito usava a 4. No ano da grotesca SeleGalo, passamos a usar a 2 pro LD. SAN

  3. Amigos, boa tarde, Respeito a opinião de todos, não sou dono da verdade, sou um simples torcedor , que a muitos anos, décadas conhece de cor e salteado esta fauna que orbita nesta famigerada cbf e rede globo , sempre dando as cartas, sempre manipulando, sempre roubando a céu aberto,. A convicção deste árbitro de ontem, a sua firmeza em não dar a penalidade , mesmo vendo a violencia da entrada do goleiro, repetindo, não importando ser ou não intencional, acredito que não foi, a sua convicção não se trata de guerra de egos com heber no var, não se trata de mostrar personalidade, se trata de ser direcionado pra este fim, ajudar o são paulo. E é isto mesmo, sei que não estou errado , daqui alguns anos ouviremos seus comentários na globo, emprego conquistado por serviços prestados.

  4. Boa tarde amigos do Galo. O atual mandatário do NOSSO GALO, passou grande parte do mandato defendendo a austeridade, mas na prática, talvez por ter sido mal assessorado, a prática foi contrária. Nunca vi na história do NOSSO GALO, tantas contratações equivocadas, tantas avaliações erradas, jogadores que nem sequer jogaram e levaram milhões do CAM, teve até um goleiro que jogou uma partida e levou quase um milhão. Acho que só com mudanças no estatuto NOSSO GALO poderá conquistar uma estabilidade política e financeira. Faço este comentário com base nas informações divulgadas na mídia.

  5. Bom dia!
    Não sei e acho que nunca vou saber o que de fato acontece nos bastidores do glorioso Clube Atlético Mineiro. Na hora que eu estava ensaiando gostar do Sette e me preparando pra ovacioná-lo, eis que de repente, sem quê nem pra quê, o cara resolve pacificamente, não disputar a reeleição pra que haja paz no clube. “Que nobreza!”
    Mas…sou apenas uma neblina que logo se acaba e dos que passaram por lá, só Reinaldo, João Leite, Serginho ponteiro, Thiago Larghi e Cazares, trocaram algumas palavras comigo, o Galo de um modo geral não sabe nem saberá de minha existência e de minha partida. Por isso não perco meu tempo em querer saber o que acontece de fato no reino da Dinamarca. E o que realmente me interessa é o Galo em campo. A propósito, um domingo sem Galo por causa das “infraudáveis urnas eletrônicas brasileiras”, é pra torcer que a segunda chegue logo pra vermos os que nela estão e ficarão por muito tempo, a não ser que mudem pra C.

  6. De seu post nesta data, nobre Eduardo, retiro uma CONSTATAÇÃO (os torcedores, em sua maioria, não valorizam a tentativa de se atingir um equilíbrio administrativo-financeiro em médio/longo prazos, como ferramenta para grandes e muitas conquistas) e uma CONCLUSÃO (os clubes terão, num futuro próximo, donos legais, porque na prática essa apropriação já existe). Do exposto vejo como positivo o fato de os donos do Atlético serem Atleticanos e acho justo que queiram lucrar, ao tomar posse do clube, afinal de contas, estão colocando muito dinheiro lá (bem, pelo menos é o que ouvimos falar). Um abraço e um bom domingo para todos (se é que é possível ter um bom domingo sem o Galo).

  7. Não é possível q neste clube do bolinha_ conselho deliberativo_ ñ exista Conselheiros que sejam Atleticanos de fato e q só queiram o bem da Instituição. Caso exista, devem acabar sendo engolidos,pq ao q parece,80% deste “clube do bolinha” é totalmente inútil. Tristeza bicho! Perceber q pelo segundo triênio consecutivo,com o intuito de “apaziguar” a política interna do Clube, o “rainha da Inglaterra II” será eleito por aclamação pq simplesmente NÃO existe oposição ao “sistema” imposto pelas castas q subjulgam a Instituição as suas vontades.E nada é tão admirável em política_ seja ela em q âmbito estiver_ quanto uma memória curta! Honestidade e transparência é o mínimo q se espera de um ser humano,seja em qual cargo for atuar e contratar auditoria p quê,se já tem TRÊS atuando há quase um ano dentro do Clube? Difícil comprar ideia de espermatozóide q venceu a corrida apenas porque não tinha outro mais esperto…
    Saudações Atleticanas . #GALOSempre

  8. bom dia Eduardo e massa. repito para mim o Kalil foi o maior presidente do galo no seu mandato só não ganhou o brasileirão porque a safadeza da arbitragem. cbflixo não deixou ganhar em 2012.mas o Kalil é passado. o Nepomuceno e 7 câmera não vai deixar saudades principalmente o Nepomuceno que atolou o galo em dívida e trouxe o Fredcone e Robinho peladeiro e outras barcas. só espero eu que não estamos voltando na década passada com ex vice presidente e diretores que nos colocou na série B.pois é sampaoli perdemos pontos para equipe medianas e são paulo esta na nossa cola a 1 ponto e com 2 jogos a menos. a derrota para o atretico. Bahia. fortaleza. empate com esporte. flor nos pode sair caro.a galo nos deixa sonhar. vai galoooooo.

  9. Bom dia!!!

    Permita-me divagar do seu texto por uma questão de ordem, meu estimado Eduardo.

    Parece que andaram colocando duas faixas na Sede de Lourdes para protestar contra o técnico Sampaoli:

    “Fora Sampaoli irresponsável”…

    E “Sampaoli irresponsável. O Galo não precisa de você”.

    As faixas teriam sido colocadas por um grupo intitulado “Galo sempre”…

    De minha parte vejo que tem gente interessada em minar a paz atleticana.

    Tudo isso seria resultante do efeito COVID que se abateu na Cidade do Galo em surto ainda muito preocupante.

    Muitos da Torcida, inclusive aqui do Blog, criticaram muito o treinador taxando-o justamente de “irresponsável” por participar de “festa” em badalado restaurante que teria sido até de um “ex-cruzeirense”.

    Eu não vejo por aí.

    A tal festa aconteceu no dia 09 de novembro, uma segunda-feira, a noite, num restaurante que abriu apenas para comemorar o aniversário de um integrante da comissão técnica.

    Não vejo irresponsabilidade de ninguém, inclusive do próprio treinador, nisso.

    Os integrantes do grupo participante praticamente estão o dia inteiro juntos porque trabalham e convivem também juntos, simplesmente assim.

    Numa segunda-feira a noite, aliás, geralmente bares e restaurantes estão vazios, seja pela segunda-feira em si, seja em função da pandemia que reduziu muito a presença do público nesses locais.

    Ademais, até onde sei, o restaurante teria funcionado dentro dos protocolos de segurança de saúde estabelecidos para prevenir a doença.

    Agora outra coisa importante: no mesmo dia 09 de novembro, dia da tal festa, aquele garoto da Base, já adoentado pelo COVID, teria treinado com o grupo de profissionais.

    Então, a causa para o surto na Cidade do Galo teria se iniciado em 09 de novembro a partir de duas possibilidades: o garoto da Base e a tal festa.

    Nesse contexto, como taxar Sampaoli de irresponsável se o surto de COVID pode ter começado na Cidade do Galo a partir do garoto da Base?

    “Que atire a primeira pedra quem nunca pecou”, nos protocolos de segurança, nesse tempo de pandemia!!!

  10. Bom dia amigo Paulo Silva, Eduardo, amigalos. Nersta belissima manhã de domingo, de um domingo sem Galo, que é como tomar cerveja sem alccol ou levar irmã num baile, um domingo sem adrenalina, enfim. Hoje não vou falar do nosso time, que vai muito bem, obrigado. Hoje vou falar do modus operandi que os safados nos tiram pontos, sistematicamente, rodada após rodada, até perdermos a chance de ganhar o caneco. Lá vem ele, dirão muitos , com a velha e cansada teoria da conspiração , teoria que não consegue explicar a perda de pontos pra bahia, sport, cbflu,, atletico generico paraguaiense, Reflitam, 2012, foi assim , igual agora: roubam descaradamente pro time eleito(este ano, o são paulo), e operam nos times que estão no páreo. Ontem, se a , em letra maiuscula, ONTEM, SE A REGRA FOSSE APLICADA E RESPEITADA, COM UM PENALTI PRO BAHIA , ONDE O GOLEIRO NOCAUTEOU UM JOGADOR DO BAHIA PERTO DA PEQUENA ÁREA, SE A PENALIDADE FOSSE MARCADA E O AGRESSOR EXPULSO, CERTAMENTE SERIA OUTRO O RESULTADO FINAL. PONTO. Ah, foi sem intenção, foi sem querer. Sim, mas ISTO NÃO EXISTE NA REGRA , , ISTO NÃO É INTERPRETAÇÃO, iSTO NÃO É DISPUTA DE BOLA, , ISTO NÃO É LANCE NORMAL DE DISPUTA DE ESPAÇO. FOI UMA AGRESSÃO , PENALTE CLARO.SE A REGRA FOSSE APLICADA POR ESTE SOPRADOR DE LATINHA, QUE MESMO ALERTADO PELO VAR , MANTEVE SEU ERRADO POSICIONAMENTO.

    1. Chega desse blábláblá. A culpa de não estarmos tranquilos na primeira colocação é do próprio Galão.
      Time que quer ser campeão não pode perder pontos para times como Botafogo, Sport, Fortaleza, Bahia e outras titicas.
      Chega de culpar os outros por nossos fracassos.
      Chega de corroborar com tudo que falam aqui e acolá.
      Não se esqueça que erraram aqui no jogo contra esse mesmo São Paulo…
      E antes que venham com insinuações sou sim Atleticano, tenho 63 anos, vi o Galão ser campeão em 71 e também vi o Galão perder muito título por incompetência.Mais verdade e mais realidade!!!!!

    2. Exatamente, Evandro.
      Falar que o lance de ontem foi acidental é uma piada. 90% dos pênaltis são “acidentais”, tirando casos como o do Gil no Vargas.
      Se for julgar por intenção, não pode ter pênalti por bola na mão.
      E o que falaríamos da expulsão do borrero, por suposta cotovelada de costas??
      É uma palhaçada, estão moldando o campeonato para os bambis do Morumbi.
      Galo vai ter que comer a bola pra ganhar esse título.

    3. Avaliação corretíssima. Nas últimas rodadas, o “escolhido” foi sucessivamente beneficiado por decisões estranhas, de forma similar à ocorrida em 2012 e 2014 com o Fluminense e Corintians. Olho neles. A imprensa, como sempre, de maioria SP e RJ, ficou muda. Contra o Bahia, o Rafael foi expulso no começo do jogo por muito menos.

    4. Evandro, otima tarde

      Eu particularmente não vejo conspiração contra o GALO, por si só esta perigando não ser campeão por conta própria, perder jogos botafogo, fluminense, santos, fortaleza, atl. Paranaense e bahia. Vai reclamar do que?
      Simplesmente facilitou para a CBF, Globo etc.

  11. Bom dia Eduardo. atleticanas e atleticanos que como eu estão perdidos num domingo sem Galo. Este domingo está pior porque não tem nem adversário para secar.

    Os adversários resolveram sua vida ontem. O São Paulo mais uma vez ajudado pelo juiz que não deu um penalty (soco na cara dentro da área virou acidente) cometido pelo seu goleiro venceu o Bahia fora de casa. Palmeiras venceu o genérico e o Internacional, de acordo com a previsão do AmiGalo Evandro Pereira, segue seu destino em direção ao fundo. Ou o Inter se livra do Abel ou o Abel enterra o Inter.

    E o Galo descansou e está recuperando os infectados para pegar o descente Inter. Pronto. Acabou o domingo. Nem adianta abrir a geladeira, a Stella não está lá. E o boy da distribuidora não entrega no domingo. Vou ter que contar com a má vontade de alguém da casa para pegar uma prá mim. Dureza, viu, domingo sem Galo é o fim do mundo.

    Mas, se não tem Galo tem o doidão. Eu e alguns AmiGalos entendemos que o doidão, apesar do ótimo trabalho que realiza à frente do nosso Galo, não está criando nada de novo e apenas recupera a essência do time. Outros AmiGalos entendem que o doidão está fazendo milagres e inclusive inventou a roda novamente. Se estivessem na Argentina iriam criar a Igreja Doidônica.

    Divergências à parte o que importa é que o trabalho dele é ótimo, o Galo, aos trancos e barrancos continua na liderança e tudo leva a crer que não vai largá-la facilmente. Temos confiança cada vez maior nisso. Afinal, o Confiança sergipano com apenas cinco atleticanos formados na nossa base está vencendo alhures, imagina o que o doidão e o nosso time completo podem fazer.

    E não é só imaginação é realidade mesmo.

    Bom domingo para todos os atleticanos felizes porque não têm que sair para votar e podem curtir a família em tempo integral.

    E VIVA O GALO DOIDO DO DOIDÃO QUE ESTÁ QUASE NOS ENLOUQUECENDO.

    1. Bom dia!! Fica olhando que todos nós apoiamos os investimentos do banqueiros , mais ninguém fala como foram esses empréstimos, tem juros? Alguém viu os contratos que foram assinados? Eles estão mandando no galo, tiraram fora o atual presidente, por aí vcs verem como era fraco o 7 câmara, que não questionou, estão colocando uma pau mandado. Óbvio que todos nós estamos gostando da atual colocação do time. Vamos ficar de olho nesta turma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.